História Give Me Love - NaruHina - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chiyo, Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Konohamaru, Kushina Uzumaki, Maito Gai, Mei, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Amor, Drama, Fanfic, Hinata, Naruhina, Naruto, Romance
Visualizações 124
Palavras 1.803
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura❤📖☕

Capítulo 8 - O Dia


Fanfic / Fanfiction Give Me Love - NaruHina - Capítulo 8 - O Dia

━━━━━━༺۵༻━━━━━━

Acordei-me um pouco mais cedo que o normal. Talvez a ansiedade não tenha me permitido dormir normalmente ou só a vergonha antecipada do meu corpo... Sim, o pessoal da festa vai rir de mim.

Fui tomar meu café, que é somente café mesmo. Quando minha mãe está por perto eu como alguns biscoitos integrais, mas, geralmente é somente a bebida mesmo. Não me julguem, eu preciso emagrecer para conseguir ser feliz.

- Bom dia! – Cumprimentei e eles responderam, juntei-me a mesa.

- Então, filha, é hoje a festa na casa da Ino, certo? – pergunta meu pai.

- Sim. – Coloco o café na xícara. – Por que?

- Eu me preocupo com vocês em festas, geralmente acontece aquelas brigas... Tenho medo que aconteça algo a vocês.

- Não tem com o que se preocupar, pai, eu sei me cuidar. – Ele me encara com certa preocupação. – Eu prometo. – Beijei os dedos em forma de cruz.

- Vou ficar bem, quando você chegar bem.

Meu pai sempre é o tipo de homem que pensa na pior das hipóteses quando se refere a nós. Quando Neji foi morar com Tenten, ele deu mil e um motivos para ficar conosco, ele aceitou, mas é muito coruja. Sorrio de lembrar de seu drama.

Terminei de comer e fui para meu quarto. Lavei meu cabelo e coloquei uma hidratação, e iria ficar com ela no cabelo por um bom tempo. Comecei a assistir um filme que passava, quando acabou, tirei o creme de meu cabelo.

Estava secando o cabelo quando Hanabi entra no quarto e senta ao meu lado na cama.

-Qualquer dia ele vai vir... – Ela começa a roer as unhas. – O que eu faço?

- Primeiro, para de roer as unhas. – Desligo o secador e sento ao seu lado. – Segundo relaxa, como eu já disse, vai dar tudo certo. Deixa de ser bobinha.

- Eu me lembro bem quando você apresentou aquela coisa para nossos pais, eles não reagiram bem. – Ela se referia ao meu ex.

- Intuição de pais nunca mentem... Me arrependo até hoje desse relacionamento. – Suspiro cansada. – Mas, eu sinto que esse namoro de vocês vai dar certo.

Ela sorri de lado e coloca uma mecha de cabelo atrás da orelha. – E eu me sinto insegura... Nunca namorei sério, sabe...

- Sei... Sobre o que você se sente insegura?

- Nós... – Ela começa a rir descontroladamente – Nenhum de nós dois nunca fizemos... Meu Deus!

- Por que você tá rindo, criatura?

-  Sabe aquela expressão “Eu estou rindo para não chorar” – Assinto. - É por isso.

- Que lindinho – Sorrio de uma forma terna. – Do que você tem medo, afinal?

- De dar errado e eu sair prejudicada...

- Olha, fala com a mamãe, vão em um médico e quando você se sentir pronta, vai acontecer. – Tá, eu sou péssima em conselhos, mas tudo bem, eu tenho boa vontade em ajudar as pessoas. – Eu sei que não ajudou muito...

- Não mesmo. – Ela dá uma risada nasal.

➷➷➷➷➷

Passamos um bom tempo conversando, ela fazia umas perguntas que me deixavam roxa de vergonha e ela ria quando isso acontecia.

A tarde passou-se voando e com ela, eu nervosa pra caramba. Vocês podem achar besteira eu ficar assim por causa de uma festa, mas, eu não me sinto bem com meu corpo, não gosto de mim mesma.

Eu estava terminando de passar um batom rosa nude quando alguém bate na porta e entra.

- Filha, as meninas já chegaram, estão no carro te esperando.

- Certo, obrigada por avisar.

- Por nada... sim, e você está linda! – Ela sorri fechando a porta.

Mães, sempre veem os filhos como seres incrivelmente perfeitos. Logo eu, que sou obesa e não tenho um padrão de beleza igual ao das meninas.

- Seja o que Deus quiser! – Guardei umas coisas dentro da bolsa e fui até o carro.

- Uau! Que produção hein, Hina! – Diz Tenten enquanto me encara.

- Tenho que concordar. Uma verdadeira princesa. – Sakura pisca um olho para mim. Eu reviro os olhos.

- Vocês que estão, meninas. – No fundo eu sei que elas só querem que me sinta bem. – Vamos? Se não chegaremos atrasadas.

Entrei no banco de trás e fomos até a casa de Ino. O caminho inteiro nós fomos conversando sobre coisa tão aleatórias que nem sei como entrei nesses assuntos, mas tudo bem.

O carro estacionou em frente a uma casa tão grande, que me surpreendi, se por fora é tão perfeita, imagina dentro. Fomos até a entrada, e já podia-se ouvir a música, não muito alta por que a vizinhança tinha idosos, mas é considerável.

- Meninas! – Ino vem em nossa direção. O vestido que ela tinha escolhido na loja encaixou-se perfeitamente em seu corpo. – Que bom que vieram, olha, sintam-se à vontade e se divirtam, essa festa também é para vocês. – Ela sorri verdadeiramente, nos abraça e logo vai atender os outros convidados.

- Gente, não era só para os mais íntimos? – Perguntei as meninas.

- Então... Parece que os mais íntimos chamaram seus amigos. – Sakura rir e nos arrasta até um dos bartender. – Eu quero três dessas. – Ela aponta para uma bebida arroxeada.

- A minha se álcool, por favor. – Elas me encaram como se eu fosse um E.T. – O que foi?

-Você vem para uma festa e quer se divertir assim?  - Tenten encara o barman. – Coloque álcool na bebida dela.

- Não coloque!

- É para colocar o não? – Ele pergunta confuso.

- Sim.

- Não. Não coloque, eu que vou beber, então EU decido. – Frisei bem o EU.

- Chata. – A morena resmunga.

Esperamos um pouco e logo ele nos servir, fomos até um sofá e nos sentamos. De longe avistamos os garotos chegarem, arrancando olhares das mulheres presentes. Nem preciso dizer como Sakura e Tenten ficaram.

- Olá, meninas. – Naruto nos cumprimenta, Neji e Sasuke fazem o mesmo. – Não sabia que você bebia, Hina.

- Ah, eu não bebo. – Ele olha para a bebida. – Sem álcool.

- Ah, tá. – Ele sorri. – Bom, eu vou começar com algo leve. – Ele vai até a mesa de bebidas e volta com um copo de Uísque.

Eu encaro. Aquilo é o leve? Onde minha gente? Ele deu algumas goladas e começamos a conversar. Após alguns longos minutos eu começo a olhar em volta do local e me arrependo amargamente, sim, meu ex estava lá, agarrado com a garota que ajudou na traição.

- Essa noite estava até boa... – Resmungo para mim mesma.

- O que... Não. – Sakura suspira, provavelmente viu ele. – Ignora e se diverte.

Falar é fácil, agora me digam: Como ignorar alguém que você confiou, gostou e viveu momentos felizes? Como esquecer algo como uma traição? Como esquecer aquelas palavras ruidosas e frias? Como esquecer alguém que te fez viver em uma ilusão.

- Impossível.

- Do que estão falando? – Naruto pergunta confuso.

- Problemas pessoais... – Desvio meu olhar. – E que problemas, queria apaga-los e nunca mais lembrar.

- Tem uma forma bem rápida de esquecer. – Ele levante seu copo com um resto de bebida. – O que me diz?

Pensei um pouco. Talvez não fosse uma má ideia beber um pouco e me distrair, eu precisava, ver meu ex é algo que mexe comigo ainda. – Eu topo. – Vejo um sorriso nascer, ele pega em meu braço e me puxa para uma mesinha.

- Já bebeu alguma vez?

- Só uma vez, e não foi muito.

- Por favor, algo bem fraquinho para ela, e para mim, aquele drink vermelho. – O encaro e faço uma cara emburrada. – Calma, estamos apenas começando.

- Acho bom mesmo. – O rapaz nos entrega a bebida. Eu dou um gole leve e era realmente uma delícia, beberia várias.

- Agora me diz, por que você ficou assim, do nada?

- O idiota do meu ex, aquele baka. – Viro a bebida de uma vez e ouço um WOW vindo dele.

- Vamos com calma. – Ele ri e começamos a conversar sobre coisas aleatórias.

Não lembro quantos drinks eu já tinha bebido, com forme íamos bebendo, ele pedia coisas mais fortes. Eu ainda não estava bêbada, mas, tenho certeza que minha sinceridade foi afetada. O pessoal nos chamou, eles iam jogar EU NUNCA.

E assim foi, algumas pessoas se sentaram em circulo e colocaram umas garrafas com bebida e copos para cada um. Perguntas vai, perguntas vem, alguém fez algo que eu temia.

- Eu nunca... fui traído.

Peguei meu copo e virei o restante da bebida, vi Naruto, Ino, Lee, Shino e outras pessoas fazerem o mesmo. E sim, eu estava levemente embriagada e agora com mais mágoa de mim mesma por causa dessa traição.

Após algumas rodadas o jogo acabou e fomos curtir a festa. Naruto começa a me cutucar.

- Hina, aquela loira ali... Ela tem namorado? – Ele aponta.

- A Shion? – Naruto assente. – Aquela dali é mais rodada que catraca de busão... Acho que já deve estar como uma bacia. – Coloco a mão na boca quando percebo o que falei, a culpa foi álcool. Ouço uma gargalhada alta vindo dele.

- Você bêbada é muito engraçado... Então ela é uma bacia? – Eu estava ficando vermelha. Desferi um soco em seu braço. – Ai! Você fala as coisas e eu que pago?

Comecei a rir. Sim, agora tenho certeza que não posso beber. Ele pediu outra bebida, provavelmente estava ficando bêbado, assim como eu.

- Hinata! – Sakura me chama a atenção.

- Oi, Sakurinha. – Comecei a gargalhar e Naruto acompanhou.

- Espera, vocês estão bêbados? – Ela parecia irritada.

- Só um pouquinho. – Naruto faz gesto de quantidade com o dedo. – Mas, a Hina aqui. – Ele bate em meus ombros. – Ela já bebeu uma bacia.

- Baka! – Dou um beliscão nele e começamos a rir. – O que foi, Sakura?

- Ino está nos chamando para tirarmos uma foto... Vamos logo, eu não esperava isso de você, Hinata.

- Nem eu.

Fomos até onde o pessoal estava se reunindo para a foto, nos juntamos. Senti o braço do Naruto passar pelo o meu pescoço e ele fazer V com os dedos e eu repeti o gesto dando um leve sorriso. Depois que a foto foi tirada retornamos para onde estávamos e continuamos a beber. Não sei por que estou fazendo isso, mas me sinto bem com a companhia dele.

➷➷➷➷➷

A galera da festa já estava quase todos embriagados, então Ino sugeriu que nossa turma dormisse lá mesmo, pois havia quartos para nós, então ficaríamos até o final da festa, se bem que estava quase no final e beirava às 1hr da manhã.

Eu já estava fora de mim e Naruto me acompanhava, estávamos compeltamentes embriagados, parecíamos dois loucos e por algum motivo estávamos dançando descontroladamente, logo fomos novamente até a mesa e pedimos outra bebida e foi aí que eu perdi consciência dos meus atos.

E de uma coisa eu tive certeza: eu fiz besteira.

 


Notas Finais


#OQueAHinaAprontou?

Vai ter capitulo no meio da semana sim, porque sou dessas😂💜

Espero que tenham gostado💜📖

Me perdoem pelos erros💜✒

Me contem o que estão achando😌💜

🌹Amo Vocês🌹

🌼Srta.Vickys🌼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...