História Give me love - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Anjo, Cake, Givemelove, Homossexual, Romance
Visualizações 6
Palavras 304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi, sweeties! Boa leitura!

Banner feito pela Lava Girl do Incredible Design

Capítulo 11 - Capítulo 10 - O bar (parte II)


Fanfic / Fanfiction Give me love - Capítulo 11 - Capítulo 10 - O bar (parte II)

Faith Gold

Assim que Eva saiu olhei para a latinha nas minhas mãos, não fazia mais sentido beber aquilo sem ela ali.

—Quer que eu abra? —Perguntou Andrew sorridente, mas antes que eu pudesse respondê-lo ele já tinha tomado a latinha das minhas mãos e abria ela.

Sorri em agradecimento assim que ele me devolveu a latinha e tratei de dar um gole. Um belo e grande gole. Senti o mundo girar, mas logo respirei fundo e tentei controlar aquela sensação. Que apesar de tortuosa era boa. Era uma liberdade condicional aquilo, ainda sim uma leve liberdade.

—Uau, vai com calma garota...

—Faith, meu nome é Faith...

—Andrew...

—É, eu sei...

—Como?

—No café, hoje mais cedo...

Ele assentiu de degustou um gole da sua "liberdade".

— De onde conhece a Eva? —Ele perguntou e eu respirei fundo. Como driblaria aquilo? Não tinha como lhe contar a verdade, não podia contar a ele a verdade.

—Conheci um amigo dela na verdade e então acabei conhecendo ela. —Respondi vagamente. Ele pareceu aceitar minha resposta. — E você, de onde a conhece?

—Do café, ela é minha chefe lá... —Ele fez uma careta e tomou mais um gole, fiz o mesmo.

Observei-o um pouco. Aliás, mais um pouco, como um ser poderia parecer tão perfeito e ter a alma corrompida e pecadora?, pensei.

—Você está morando com ela?

—Não, com o amigo dela na verdade...

O seu sorriso pareceu se perder por um momento, mas logo voltou ao ouvir os primeiros acordes de Eva no violão. Nos viramos para o palco e apreciamos a primeira música. Sua voz era incrível e poderosa. Era doce e encantadora, podia transportar qualquer um ali para outra dimensão. Lógico que a melancolia da letra ajudava, mas ela podia estar cantando em Tupi, que todos ali amariam a sua voz de qualquer forma.


Notas Finais


E aí, o que estão achando? Comentários são muuuito importantes, amores, não deixem de comentar o que estão achando.
Beijos
~Ana França || SweetDrama


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...