1. Spirit Fanfics >
  2. GlauciDrarry >
  3. Londres trouxa

História GlauciDrarry - Capítulo 8


Escrita por: fonsi_malfoy

Capítulo 8 - Londres trouxa


(06.06.1998 sábado)

Harry POV

É difícil de acreditar que eu e o Dray nos beijámos... E até temos diminutivos fofos um para o outro... Eu tinha tanto medo que ele me rejeitasse, e agora nós estamos numa boa, depois de nos beijarmos... É incrível... À muito tempo que eu não dormia tão bem, tirando a parte do pesadelo... Sempre que eu tinha pesadelos, que era todas as noites que dormia, eu não conseguia dormir mais nada, mas com o Draco... Bem... Eu sinto-me completo com ele perto de mim...

- Hazz despacha-te!!! - ouvi o Dray gritar à minha porta. Acabei de vestir as minhas calças de fato de treino cinzas e o meu moletom verde e fui para o banheiro lavar os dentes. Depois de os lavar fui a correr e abri a porta derrubando-me a mim e ao Dray no chão. Pelos vistos ele estava à minha espera.

- Desculpa kkkk.

- Não faz mal kkk.

- Vamos. - E começo a correr para a cozinha.

- Calma Hazz, os morangos não vão fugir kkkkk.

- Neste mundo já não duvido de nada kkkkk.

- kkkkk.

- Por favor Hazz, devagar...

- Tá bom... Mas com uma condição.

- O quê? - e no mesmo momento dou-lhe um abraço, que é retribuído, e então dou-lhe um selinho.

- Só tu Hazz.

- Eu sei que gostaste kkkk.

- É... Tens razão kkkkk.

- Meninos!

- Estamos a ir mãe!

- Estamos a ir senhora Narcissa.

Fomos para a cozinha e sentamo-nos um ao lado do outro. Então a mãe do Dray sorriu para nós e pôs os copos com os batidos, os pratos das panquecas e as taças de morango à nossa frente.

- Morangos! - Eu amo morangos, quando estava com os meus tios não podia comer morangos e quando os Weasley e a Hermione souberam deram-me imensos morangos. E é por isso que eu amo morangos, porque além de serem deliciosos, eu descobri o seu sabor graças aos meus amigos ��.

- O Draco e os brigadeiros, o Harry e os morangos...

- Tu e as coxinhas de frango kkkkk.

- DRACO!!!

- Desculpa kkkkk.

- kkkkkkk. - Eu.

- Não faz mal kkkkk, então Harry o que gostas de fazer nos teus tempos livres?

- Verdade, o que gostas de fazer nos tempos livres, Hazz?

- Bem eu gosto de voar, principalmente ao por do sol, gosto de cozinhar, de desenhar, às vezes vou a um canil trouxa e vou brincar com os cãezinhos, passeá-los, levar-lhes comida, ...

- Gostas de desenhar?

- Sim, é relaxante...

- Posso ver os teus desenhos?

- Pode ser depois de comermos?

- Óbvio kkkk.

- E tu Dray? O que gostas de fazer?

- Eu gosto de voar sobre a àgua e tocá-la enquanto voo e de sentir o vento no cabelo, gosto de ler e de escrever.

- Que fixe...

- Senhora Narcissa?

- Querido, podes chamar-me de tia Cissa.

- Ok. Tia Cissa, o que gosta de fazer nos tempos livres?

- Eu gosto de tratar das minhas flores e de estar no jardim, seja a ler um livro, a ver uma revista ou apenas a descansar, às vezes também gosto de escrever ou desenhar pássaros ou flores.

- Que bom tia Cissa, a tia deve amar a natureza.

- É.

- Bem Hazz, o que vamos fazer hoje?

- Eu estava a pensar, como o teu guarda-roupa é praticamente ternos, eu pensei em irmos às compras na Londres trouxa. O que acham? Tia Cissa quer vir? Pode comprar algo mais confortável.

- Pode ser.

- Dray?

- Claro, porque não? Kkkk.

Começamos a comer e estava tudo delicioso.

- Está incrível Sen- tia Cissa.

- Obrigada Harry, eu aprendi a cozinhar assim com o Dobby :).

- Hum...

- Tudo bem Hazz?

- Sim... - disse-lhe com um sorriso falso no rosto. Pelos vistos ele ainda não sabia da morte de Dobby e não lhe vou contar por agora.

Continuamos a comer a comida deliciosa que a tia Cissa nos preparou e fomos para a Londres trouxa.

- Tu sabes conduzir Harry? - Dray.

- Não kkkk, é só usar um feitiço no carro kkk, só seguro o volante e finjo que estou a conduzir.

- Awn... ok kkk.

- Eu estava a pensar, já temos de comprar roupa, podemos ir ao MC Donalds o que acham?

- O que é o MC Donalds? - Dray e Cissa.

- Não sabem o que é p MC Donalds?!

- Não...

- O MC Donalds é um dos melhores restaurantes de Fast Food do mundo trouxa. Vamos lá depois de fazer as compras.

- Ok kkkkk.

Então fomos a diversas lojas de roupa e o Dray e a tia Cissa compraram muita roupa, muita mesmo kkkkk e o Dray ficava lindo com roupas largas...

Depois das compras fomos ao MC Donalds.

- O que é que vocês querem?

- Não sei, nunca vi nada parecido no mundo bruxo kkk. - Cissa.

- Nem eu kkk. - Dray.

- Sério que não existem hambúrgueres no mundo bruxo?

- Não kk. - Dray.

- Meu Merlim...

- Escolhe para nós Hazz, eu sei que tu não tens mau gosto. - Dray.

- É querido, escolhe para a gente também. - Cissa

- Ok. Mas eu pago.

- Nem pensar Hazz. - Dray

- Eu pago Dray.

- Mas tu já pagaste as roupas Hazz...

- E vou pagar a comida também!

- Nós somos ricos querido, nós pagamos. - Cissa

- Primeiro, eu também sou rico, já que tenho acesso ao cofre dos Potter e dos Black. Segundo, a vossa riqueza foi diminuída por causa da guerra, ou seja, o ministério roubou-vos mais de metade do vosso dinheiro. Terceiro, a moeda bruxa não tem valor nenhum no mundo trouxa e eu presumo que ainda não trocaram algum dinheiro bruxo por dinheiro trouxa.

- Cofre dos Black?! - Dray.

- Sim...

- Mãe?!

- Como tens acesso ao cofre dos Black?

- Sirius... Ele era meu padrinho e deixou-me o cofre quando morreu...

- Hazz...

- Enfim... Eu pago.

- Tá bom, ganhaste.

- Ainda bem kkkk

- kkkkk

- kkkkk

Então para mim comprei um MC Royal Bacon, batatas grandes e uma cola grande, para o Draco um MC Royal Cheese, batatas grandes e uma cola média e para a Cissa um MC Royal Deluxe, batatas grandes e cola grande. Também pedi uns nugets para dividir com o Dray. Pegamos a nossa comida e escolhemos uma mesa à janela com uma vista agradável, sentamo-nos e começamos a comer. Eu sentem-me ao lado do Dray, o Dray do lado da janela, e a tia Cissa à nossa frente.

- Come Dray kkkk.

- Mas como é que-

- Só pode ser a brincar! kkkk - e com esta frase vejo-o a ficar envergonhado - Olha, pegas no hambúrguer e comes, simples, e as batatas é a mesma coisa. Olha - e então comi um bocado do hambúrguer e uma batata para exemplificar. - Entendeste? kkkk

- Awn kkk. Sim, obrigado Hazz. - Então ele leva o hambúrguer à boca e dá-lhe uma mordida.

- O que achas Dray? - perguntei-lhe depois de ele ter engolido.

- É- É delicioso... Humn...

- kkkkk. Tia Cissa?

- Maravilhoso - diz com a boca cheia e os olhos a brilharem kkkkk.

- kkkkkk.

Então continuamos a comer, o Dray engasgou-se umas três vezes a falar em quanto comia kkkk, ele não parava de comer, nem para falar. E eu e a tia Cissa também nos engasgámos três vezes, mas foi por causa de rirmos quando o Dray se engasgava kkkk.

- Humn... - saboreei os nugets enquanto o Dray me fazia carinho dos cabelos.

- Isso é por causa do nuget ou por causa do carinho? - Dray.

- Dos dois kkkk

- Dos dois ham?

- Ok, principalmente por causa do nuget kkkk.

- A- - disse Dray enquanto ficava cada vez mais com o rosto fechado e ia parando o carinho.

- Estou a brincar kkkkk. É obvio que é por causa do carinho kkkk.

- Meninos, relembro que ainda estou aqui kkkk.

- Nós sabemos mãe kkk.

- Mas a tia Cissa tem razão Dray. E no mundo trouxa um relacionamento entre pessoas do mesmo género não é bem... aceite, digamos assim...

- Eu ouvi falar nisso...

- Olha aqueles gays horríveis �� - disse uma mulher que estava a três mesas de distância.

- Fiquem com raparigas seus gays! - um homem que estava à espera para receber a comida.

- Então gayzinho queres apanhar? kakakaka - disse um rapaz alto e musculado que veio ter connosco. Aparentemente devia frequentar um ginásio e para ser sincero não tinha nenhum estilo. Ou seja, ele é o típico estúpido que se acha durão e forte, mas que não tem cérebro e que é mais frágil que uma flor.

- É melhor irmos Hazz...

- Um segundo kkkk -

 

Draco POV

- O que vais fazer Hazz? - pensamento do Draco: Vai dar merda, de certeza...

- Os olhos dele não estavam a brilhar, pois não? - perguntou-me a minha mãe em meio a um sussurro.

- Estavam... - respondi-lhe, também em meio a um sussurro.

- Fudeu...

- Concordo...

 

Harry POV

- Primeiro, eu não sou gay, sou bissexual tá bom? Ok? Segundo se vocês não gostão não olhem. E tu que falaste em apanhar... - E viro-me para o rapaz - Toma! - E eu dei-lhe um soco mesmo no meio da cara dele, o que o fez  gemer de dor - Isto é por falares de nós. E isto - dei-lhe um pontapé naquele sitio kkkkk ��, fazendo-o gritar e cair no chão - é por seres indelicado com o meu namorado! - virei-me para o Dray e para a tia Cissa e agarrei nas mão deles puxando-os para fora do restaurante - Venham. Afinal... Nem todos conseguem admirar a nossa espetacularidade, apenas conseguem ter inveja dela. - Então puxei a tia Cissa e o Dray para o carro. Eu sentei-me no lugar do condutor, o Dray no lugar ao lado, e a tia Cissa atrás.

- O que foi aquilo?! - Dray.

- Foi assim tão mau?

- Sim! Bem não... talvez... Eu não sei, mas mesmo assim Hazz!

- Aí, desculpa.

- Tá bom, mas para a próxima apenas ignora tá bom?

- Não prometo nada...

- E que conversa foi aquela de namorado? - E sinto as minhas bochechas corarem.

- Bem... Era para ficar melhor... E-e

- Tá bom kkkk, eu gostei. - E as minhas bochechas coraram ainda mais.

- Foi?

- Sim kkkk.

- Harry, acho melhor irmos. - Cissa.

- É verdade kkkk.

E então voltamos para casa. Durante o caminho fomos falando sobre a manhã, sobre as roupas que compramos e sobre o almoço. Depois do ocorrido o Dray até elogiou o momento em que bati naquele estúpido homofóbico recebendo um sermão da tia Cissa kkkkk. Quando chegamos a casa tiramos a roupa nova do carro e levamos para os quartos.

- Ei Hazz. - chamou o Draco quando estávamos na cozinha a comer alguns brigadeiros que sobraram da festa de ontem.

- Que tal irmos para o teu quarto assim posso ver os desenhos que disseste.

- Awn... os desenhos... claro... eu acho...

Então quando acabamos de comer fomos para o meu quarto. Ele não era tão charmoso como o do Draco, mas eu gosto. O quarto era grande, com banheiro e varanda, que tem dois bancos e vista para o quintal. Tinha uma cama de casal e um criado-mudo. Um roupeiro de parede, uma secretária e a minha estante onde tenho alguns livros. Também tinha duas poltronas e uma pequena mesa no meio. De cada lado da cama tinha um tapete felpudo e também tinha um tapete semelhante aos outros junto às poltronas, debaixo da mesa.

- Que quarto lindo Hazz... E a escolha de cores e os desenhos, que interessante...

- Bem... A Hermione e o Ron decidiram decorar o quarto já que eu não tinha tempo para isso com todos os julgamentos e outros afazeres por ser o menino-que-sobreviveu e etc. A Mione disse que o Ron queria vermelho e amarelo por causa da grifinória, mas ela queria verde por causa dos meus olhos, então eles chamaram a Luna para os ajudar kkkk, e ela decorou assim kkkkk, olha ali - apontei para um desenho que a Luna fez numa parede - ela desenhou-nos aos três. E ali - apontei para outro desenho onde estavam Neville, Ginny e Luna. - E aqui - fechei a porta e apontei para o desenho que estava atrás dela, desta vez era do Dray.

- Sou eu?

- Sim... eu pedi para a Luna vir cá depois de decorarem o quarto e desenhar-te mas como não queria que os outros vissem, então ela teve a ideia de pintar aí. E o teto olha...

- Parece o do salão principal.

- É. A Hermione fez um feitiço para ficar igual, ela sabe que eu gosto de dormir a olhar para as estrelas.

- Aquela é...

- É... Ela ontem veio cá e alterou o feitiço, para mostrar a tua constelação, Draco.

- Ohhhhh. Este quarto é a definição do meu Hazz, fofo, bonito, confuso, mas perfeito kkk.

- "meu Hazz"?

- Humn... bem... - e então vejo-o ficar levemente corado, tão fofo... kkkk - Então posso ver os tais desenhos? - só para desviar o assunto kkkk.

- Claro kkkk. Estão... - fui à minha secretária e peguei no meu caderno de desenho. - aqui... - Dei o caderno ao Dray e ele abriu-o e viu todos os desenhos até que parou num em particular.

- Sou eu, mas quando estávamos no terceiro ano... tem tantos detalhes...

- É, estão aí muitos desenhos kkkk, eu ainda me lembro desse dia kkkk.

- E este... na aula do Hangrid, o desenho está lindo kkkk.

- Obrigado - sinto as minhas bochechas corarem muito, enquanto vejo o Dray continuar a esfolhear o livro. Mais de metade dos desenhos eram dele...

- Estão perfeitos Hazz! Tantos detalhes... E este... como é que conseguiste desenhar este? - ele apontou para a página onde eu desenhei a nossa pequena briga na aula do Hagrid, mais especificamente o momento em que ele se aproximou de mim a me olhar de cima a baixo, quando eu tive o meu primeiro bi panic, coisa que só percebi depois da Guerra kkkkk, bem que a Mione diz que sou lerdo kkk, acho que é uma prova de que sempre gostei dele mesmo sem saber...

-Eu pedi à Mione e ao Ron a memória através do seu ponto de vista e depois vi-as na pensadeira e recreei - digo coçando a cabeça atrás.

- Uau...

- Então o que queres fazer?

- Eu estava a pensar em aproveitarmos o tempo juntos. Tu podias desenhar e eu podia ler entretanto...

- Boa ideia, tens algum livro para ler?

- Sim, aquele que o Blaise me deu.

- Awn... oki - se ele soubesse kkkk.

Então deitámo-nos na minha cama e fizemos o que planeamos. Eu desenhei o Dray enquanto ele lia... acho que foi um dos meus melhores trabalhos kkk.

- Ent como está a ficar Hazz?

- O quê?

- O desenho.

- Awn, já vou no segundo kkkk.

- JÁ?!

- Dray, já passarão 6 horas kkkk.

- 6 HORAS?!

- kakakakakaka Sim Dray, 6 horas kkkk estás a ler à seis horas seguidas!

- Isso explica eu estar praticamente no fim do livro kkkk.

- Já? kkkk

- Já kkkk. Mas deixa-me ver os desenhos - disse e logo em seguida tirou-me o caderno da mão. - Hazz... - disse quando viu o primeiro desenho que fiz, recebendo um selinho dele - Uau... são?

- Sim, são os meus pais, inspirei-me nesta foto - mostrei-lhe uma foto bruxa dos meus pais a dançarem, a minha preferida que estava na minha moldura ao lado da cama.

- Ó Hazz... Anda cá. - disse dando-me um abraço longo.

- Eu estou bem Dray, eu sinto falta deles, mas não te preocupes, já estou habituado.

- Hazz...

- Continuando, vê o próximo, esse comecei à pouco.

- Tá bom... - e então ele virou a página - É Hogwarts?

- É, mas mal comecei. É, só é um pequeno rascunho com formas e nem está acabado...

- Sim... mas mesmo assim...

- E o livro é bom?

- É bem interessante, mas nunca li um livro bruxo assim kkkk.

- É bom escrever e ler coisas novas.

- Verdade kkkk. São quantas horas?

- 20:48

- 20:48?!

- Sim Dray kkkkk.

- Meu Merlim kkkk.

- Agora quero carinho kkkk. - digo abraçando o Dray e dando-lhe um selinho.

- Só tu Hazz kkkk - diz ele passando os braços ao meu redor e fazendo um carinho na minha testa com o nariz kkk.

Ficamos assim no carinho durante um tempo até que a tia Cissa nos chama para jantar. Ela preparou Bouillabaisse e Pumpkin Pasties.

- O Dray disse-me que gostas de tortinhas de abóbora então decidi fazer algumas.

- Obrigado tia Cissa.

- De nada querido.

Então jantamos enquanto falávamos sobre quais queres assuntos, escola, julgamento, ministério, livros, os meus desenhos, etc.

Depois apenas arrumamos a cozinha todos juntos e fomos ver televisão e 2 horas depois fomos dormir.

 

Draco POV (23:50)

- Hazz... podemos dormir juntos?

- Claro, mas hoje sou eu que durmo no teu quarto, vou só me arranjar, já vou para lá Dray.

- Ok Hazz

- Vocês estão muito apegados querido, foi tão rápido.

- É... é estranho como as coisas evoluíram tão depressa, mas eu gosto...

- Eu sei querido kkk, então boa noite Draco.

- Boa noite mãe.

- Boa noite Harry.

- Boa noite tia Cissa. - gritou Harry do seu quarto.

Então a minha mãe foi para o quarto dela e eu fui para o meu. Vesti o pijama e fui ao banheiro para lavar os dentes. Enquanto lavava os dentes ouvi o Hazz a bater à porta.

- Posso entrar?

- Podes Hazz, eu estou no banheiro, deita-te que eu já vou.

- Tá bom.

Acabei de lavar os dentes, fiz as minhas necessidades, lavei as mãos depois, obviamente, e fui para o quarto. Quando saí do banheiro, o Hazz olhou para mim com um sorriso. Deitei-me ao lado dele e puxei-o para perto e ele encostou a cabeça no meu ombro.

- Boa noite Hazz.

- Boa noite Dray.

Aproveitamos o silencio aconchegante enquanto trocávamos carinho. Então o Hazz adormeceu e logo de seguida em também.


Notas Finais


~ Bouillabaisse (Bouillabaisse)
Prato tipicamente francês, servido quando a escola de Beauxbotons visitou Hogwarts durante o Torneio Tribruxo. Bouillabaisse é uma espécie de sopa ou guisado feito a base de peixes brancos, frutos do mar sortidos, vegetais e ervas aromáticas.

~ Tortinhas de Abóbora (Pumpkin Pasties)
Uma das sobremesas servidas em Hogwarts.

link:
http://bibliotecadehogwarts.blogspot.com/2016/06/comidas-do-mundo-bruxo.html

~~~~~~

Oiiiii, tiveram saudades???
Aqui está o novo capitulo :)
Então, gostaram da boiolice?
E gostaram do Harry defender o seu "namorado"??? E de bater num homofóbico???
Eu espero que sim kkkkkk.
Até ao próximo capitulo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...