1. Spirit Fanfics >
  2. Glory Of Gods >
  3. Capitulo 2.

História Glory Of Gods - Capítulo 2


Escrita por: LarinaAssaf

Capítulo 2 - Capitulo 2.


Longos cabelos vermelhos, pele clara e esbelto porte, vestes prateadas e uma capa grossa extravagante, esse é o personagem Enryu ao qual eu criei para jogar no jogo.


Enquanto olhava o reflexo no lago eu notei o quanto esse avatar era belo, no jogo em si era complicado de vislumbrar a aparência dos personagens, mas agora que vejo tenho certeza que se fosse em meu mundo esse cara seria modelo.


"Meu mundo?"


Fui trazido para esse mundo, mas que mundo é esse? Essa pergunta me veio à mente nesse momento, acho que o mais correto seria dizer que estou dentro do jogo "Glory Of Gods" porém seria tão simples assim?.


Já faz algum tempo que estou aqui e mesmo que eu tenha andado uma certa distância não sinto vontade de suprir minhas necessidades básicas como me hidratar e alimentar, muito menos me sinto cansado.


Começo a olhar em volta tirando o lago a minha frente a única coisa que vejo são árvores e rochas, "estou realmente perdido" essa foi minha conclusão ao analisar a situação.


Fico no mesmo lugar até o entardecer, o pôr do sol deixava o céu em um tom alaranjado com um leve tom rosado, e ao decorrer que a noite vinha notei algo peculiar sobre esse mundo.


"Duas luas, que mundo fascinante eu estou, mas eu me pergunto qual o sentido disso tudo, seja sobre o do porque eu vim parar aqui ou simplesmente quem será o que criador desse jogo?


"Jogo!"

"Agora que parei pra pensar eu literalmente estou no corpo de um personagem de jogo né não? Então será que eu possa talvez…"


Estendo minha duas mãos para frente e me coloco em extrema concentração e depois de um tempo percebo que nada aconteceu.


"Não tenho nenhuma habilidade? Ou será que fiz algo de errado? Talvez uma pose ou cerimônia"


Na tentativa de que algo extraordinário aconteça, começo a fazer diversas poses de todas as maneiras possíveis e outras coisas, e depois de um tempo me via extremamente corado.


"Que vergonha, ainda bem que não tem ninguém por perto, em todo caso é meio estranho pois tenho certeza que adicionei incontáveis habilidades nesse personagem"


Enryu, o primeiro avatar a se tornar um Deus ao longo de 10 anos desde o lançamento do jogo, adquiriu várias habilidades, seja das mais fracas até as mais poderosas.


"Será que elas não vieram com o personagem ou não estou acertando a maneira certa de usá-las, de qualquer forma não vou pensar muito nisso nesse momento"


Depois dessa breve tentativa fracassada, me deitei no chão duro daquele lugar e contemplei aquele ambiente noturno enquanto me coloco pensando sobre tudo novamente.


"Amanhã vou explorar essa região para me distrair um pouco e quem sabe eu não acho algo"


No dia seguinte: caminhando em meia a floresta seguindo para o leste e sempre vendo os arredores eu me perguntava: "cadê as criaturas ou animais desta floresta?"

Já fazia um tempo que andava por aqui e misteriosamente não via praticamente nada ou nenhuma forma de vida e isso era estranho.


Além do mais outra coisa vinha me incomodando o caminho todo que era minhas vestes, apesar de serem extremamente confortáveis, elas eram muito chamativas e isso não era bom, pelo menos isso é o que penso.


Andei e andei sem rumo algum apenas seguindo pro leste: "esse corpo é incrível, se fosse um humano normal já estaria morto de fome ou por outros fatores porém não sinto nada disso" pensei enquanto seguia.


Momentos depois pude sentir um alívio pois sai da floresta e contemplei a magnitude de um campo aberto com somente pastos e animais.


"Animais?"


Estavam longe e pareciam ser herbívoros devido ao fato de estarem se alimentando da grama baixa, se assemelhavam ao gado do meu antigo mundo porém algo os diferenciava.


"Que enorme!"


Esses animais tinham uma estatura enorme passando facilmente dos 3m de altura cuja aparência era a mistura entre Búfalos e Rinocerontes.


"Bufarinos!"


Foi o nome que eu dei a esses animais, eles pareciam ser dóceis então irresponsavelmente eu comecei a ir na direção deles mas sempre mantendo uma certa distância.


E sem me dar conta já estava entre eles, pareciam não se importar comigo então eu decidi deixá-los em paz afinal eles estavam de boa e sem preocupações.


"Graaaaa..."


Um som similar a de um rugido ecoou no local e aqueles Bufarinos começam a ficar agitados e como uma manada começam a correr daquele local aí me veio o pensamento "o que poderia fazer esses enormes animais saírem correndo desse jeito?"


E depois daquela manada passar por mim eu conseguir ver o que estava acontecendo, um dos Bufarinos que visivelmente parecia ser o líder pois seu porte mais intimidante e pelo mais escuro estava enfrentado outras duas criaturas.


Pareciam ser lobos mas não tão simples pois de suas costas até a ponta da cauda se encontrava uma espécie de espinhos ósseos.


Assim como eu via no Discovery Channel, estava presenciando uma luta animal ao vivo só que com verdadeiros monstros.


O Bufarino alfa ataca os lobos espinhentos com seus enormes chifres e consegue golpear um deles, mas o outro pula contra o bufarino e começa a feri-lo com mordidas e ataques com garras afiadas.


O outro lobo se recupera do ataque sofrido e estranhamente começa a esticar sua cauda para cima e em um rápido balanço da mesma, espinhos ósseos são disparados como dardos em direção ao bufarino.


O Bufarino alfa então rola no chão esmagando o lobo que estava atracado nele pelos lados e com um forte pisão no chão fazendo assim os espinhos presos a ele se soltarem sinalizando que apesar de ser atingido eles não conseguiram perfurar sua pele.


O lobo se acovarda e foge, mas o bufarino avança como uma locomotiva estoura o lobo que estava atingindo com seus poderosos chifres.


"Incrível"


A única coisa que pude pensar ao observar aquela cena, porém mais lobos aparecem e dessa vez eram 4 e novamente o bufarino se coloca em posição defensiva.


"É melhor eu sair daqui, isso está ficando perigoso"


Trick.


Um som ecoou, era de um mato seco que acabei de pisar enquanto me afastava do local.


Um arrepio percorre meu corpo pois todos os animais ali pararam de lutar e estava prestando atenção em mim, tanto o bufarino quanto os lobos haviam parado de se enfrentar e focaram em mim.


"Merda, será que corro? Não, se eu correr eles vão me atacar, como eu vi em documentários o melhor a se fazer e ficar imóvel e não demonstrar medo"


E assim fiquei, sem mexer um único músculo mas parecia não funcionar pois aquele enorme Bufarino se aproximava de mim, "se eu pelo menos pudesse usar os poderes desse personagem resolveria isso fácil" pensamentos que passaram pela minha cabeça.


Mas para minha surpresa aquele grande animal se deita na minha frente e logo depois até os lobos fazem o mesmo e se deitam ao meu redor.


Eu fico sem entender mas por algum motivo eu estava sem preocupações e irresponsavelmente aproximo minha mão de um dos lobos que sinal eram maiores que eu e o toco no fucinho.


Momentos depois: essas poderosas feras agora parecem animais de estimação.


"Porque eles ficaram tão dóceis em um curto período de tempo?  Se eu parar pra pensar e analisar a situação só deve haver uma resposta que é, esse personagem"


No jogo Glory Of Gods, quando o avatar de algum jogador ultrapassar a categoria Ancestral, e recebido um bônus na diminuição da agressividade dos animais, eu nunca testei então olhando dessa maneira, por Enryu está na categoria divina ou deus e isso que acontece ou seja as feras se tornam dóceis.


"Pera, se um bônus desses está presente aqui isso significa que ainda tenho minhas habilidades mas só me resta descobrir como usá-las, todavia não faço ideia de como fazer isso"


Não passa muito tempo e um dos lobos chega com um pequeno animal na boca, parecia ser um coelho, ele o deposita bem na minha frente e começa a abanar sua cauda.


Parece que essa fera quer que eu coma algo, fiquei surpreso mas infelizmente não tenho fome agora então o acaricio.


"Desculpa mas não estou com fome, tudo bem"


O lobo então "acena" com a cabeça e pega o coelho e leva para outro lugar e o devora lá.


"O Que! Ele entendeu oque eu disse, não pode ser"


Parecia ser alguma coincidência mas a fera realmente entendeu o'que Enryu havia dito, vendo isso ele olha para o Bufarino e pensa, "Será? Não custa nada tentar"


"E e Bufarino você por acaso sabe onde fica a cidade ou povoado humano mais próximo?"


O animal então acena de forma negativa, porém um dos lobos começa a chamar atenção e vendo isso Enryu pergunta a mesma coisa a ele, porém dessa vez o lobo espinhoso acena de forma positiva afirmando que sabe onde se localiza a vila mais próxima. 


Minutos depois: depois de se despedir dos animais, Enryu parte logo atrás do lobo que o está guiando até a Vila Humana mais próxima.



-Enquanto isso-


Em uma imensa cratera, tão grande que para olhos normais é quase impossível ver a outra borda, no meio de um floresta.


O solo dentro do enorme buraco era desértico e quase sem vida, mas no centro de tudo isso se encontra uma planta similar a uma pequena árvore.


Na borda desse lugar se encotram 3 seres vestidos com sobretudo brancos e capuz cobrindo seus rostos.


"Vão…. Avisem os outros"


Disse o ser que parecia ser o lider dos outros,  "sim senhor" responderam os outros retirando de suas vestes um papel e o seguram firmes como se estivessem fazendo algo semelhante a uma oração.


O papel brilha e os dois somem do local em forma de relâmpagos, o outro que sobrou olha para aquela cratera.


"Finalmente achamos"




Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...