História GN - Nada Mudou - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Alexandre Nero, Giovanna Antonelli
Tags Alexandrenero, Giovannaantonelli
Visualizações 174
Palavras 982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei!
Boa leitura bbs! ❤️

Capítulo 20 - Você é trouxa!


X- Giovanna?

Me virei rapidamente dando de cara com quem eu não gostaria de dar.

G- ah...oi Marina! - Falei com um sorrisinho forçado enquanto ela me cumprimentava.

M- Quanto tempo ein. A última vez que te vi foi lá na loja. - Disse sorrindo.

G- Pois é. Você tá bem? - Digo tentando manter um clima agradável.

M- Ótima, mais bem cansada! E vc?

G- Tô bem tbm! - Forço um sorriso.

Essa vida é bem engraçada mesmo, Marina já fez papel de minha filha, mais eu tinha bastante ciúmes dela quando ela fez Império junto com o Nero. Isso fez com que eu pegasse uma certa "raiva" dela, por que eu via os olhares que ela dava pra ele em cena, ia muito além de encenação. Se ele tivesse dado mole, estariam casados e com três filhos. Tá sei que sou exagerada, mais eu via algo a mais em relação a ela sobre ele.

Eu tava querendo ir embora já! Mais toda hora ela arrumava um assunto, quem passava pela gente até achava que éramos melhores amigas da vida, mal sabem eles. Ficamos ali ainda conversando um pouco até eu me despedir.

G- Bom, tenho que ir...

M- Tá bom Gio vai lá. - Se despediu de mim com um beijo no rosto e saiu.

Aaan? Gioo? Desde quando dei essa liberdade toda? Será que ela nunca percebeu que não sou muito achegada? Né possível que seja tão sonsa a esse ponto!

Segui meu caminho, entrei no meu carro, e estava decidida a conversar sério com o Léo. Em aproximadamente uns 35 minutos eu cheguei. Entrei e dei de cara com o Leonardo descendo as escadas. 

G- Oi Léo! - Disse me virando pra trancar a porta.

L- Oii Giovanna! - Disse seco.

G- Podemos conversar? Sem brigas? - Disse me aproximando. 

L- Podemos! - Disse fugindo do meu olhar.

G- Aqui em baixo ou lá em cima? 

L- Aqui mesmo! - Disse já indo em direção ao sofá.

G- Tudo bem então! 

Coloquei minha bolsa em cima da mesinha que havia ali, e fui seguindo até o sofá. Nós sentamos e eu comecei a falar. 

G- Vou direto ao ponto. Por que você acha que eu iria te trair com o Alexandre? - Encaro ele séria.

L- Giovanna pelo amor né. Quando você trabalhou com o Alexandre lá em Salve Jorge, eu até relevei esses comentários absurdos de suas fãs. Mais em A Regra Do Jogo eu via os olhares de vocês. Eu nunca quis falar nada porque você nunca demonstrou realmente. Você acha que sou trouxa? - Altera a voz.

G- SIM! Você é trouxa! - Falo me alterando também. - Trouxa por não dar valor a mulher que você tem do lado, por não satisfazer ela. Porra Leonardo, tudo seu agora é trabalho e trabalho. Você não tem tempo pra sua mulher e nem pros seus filhos. Assim tá ficando impossível de conviver! - Falo já com lágrimas nos olhos.

L- Você quer que eu faça oque se eu preciso trabalhar? Quer que eu dê furo no trabalho pra ficar aqui com você? - Me olha com cara de bravo.

G- Não Leonardo eu não quero! O problema é que você tem uma família também! E não é possível que você trabalhe tanto assim. Ta ficando impossível tudo isso! - Falo com a voz alta. 

L- Você tá querendo dizer oque com essa conversa? Tá querendo o divórcio Giovanna? 

Eu estava muito confusa sobre tudo que estava acontecendo na minha vida. Meu casamento a cada dia estava indo por água a baixo. Nunca conseguiamos conversar sem brigar, era discussão atrás de discussão. Leonardo não tinha tempo pra família nunca! Essa história de trabalho toda hora estava saindo do controle. Eu estava totalmente confusa, metade de mim só queria restaurar meu casamento, e a outra metade só queria sair dali e correr para os braços de um cara casado. Sim! Esse cara era o Nero, eu não posso negar esse sentimento. Eu não mando no meu coração, não tenho culpa de amar, sim amar, um cara que é casado e está a espera de mais um filho. Mais eu não posso continuar sofrendo tanto assim. 

Fiquei ali um tempo sentindo as lágrimas descer pelo meu rosto, apoiei os braços na minha perna e coloquei a mão no rosto. Minha cabeça pensava em mil coisas no mesmo momento. Eu estava perdida! Mais eu como uma mulher de 42 anos não poderia me arriscar por um cara casado atoa, apesar de saber que ele sentia o mesmo por mim. Decidi que iria lutar pelo meu casamento.

Olhei para o Leonardo, e ele me olhava esperando uma resposta. Seu semblante demonstrava tristeza e medo. 

G- Não Léo, eu não quero o divórcio! Eu quero tentar lutar pelo nosso casamento. - Encarei ele ainda derramando algumas lágrimas. - A Não ser que você queira pedir o divórcio... - Olhei pra ele com um certo medo.

N- Eu não quero jogar 9 anos de casamento no lixo assim, dessa forma. Eu ando cheio de trabalhos, mais vou tentar o máximo de tempo pra vocês. - Alisa o meu rosto.

Eu não tive mais reação nenhuma, simplesmente o abracei e me desmanchei em lágrimas. Ele foi me soltando aos poucos e colamos as nossas testas. Eu ainda derramava alguma lágrimas.

L- Eu quero que você me perdoe. Quero ficar pra sempre ao seu lado! - Disse enquanto nós olhavamos.

G- Me perdoa por ser assim... Eu também quero ficar do seu lado pra sempre. - Disse em um sussurro, aproximando nossas bocas até nos beijarmos. 

O beijo transparência saudade, tristeza, medo é uma imensidão de sentimentos. Como eu falei, eu amo sim o Alexandre, ele não pode nem sonhar com isso. Mais será que vale apena acabar com meu casamento por isso? Tenho certeza que não! Deixa ele lá construindo a família dele, vou me manter aqui, forte! Como sempre fui. Eu tenho uma família linda, ele também, então vamos seguir como sempre foi...



Notas Finais


Vocês também acham que ela está sendo burra? Comentem!
Até breve! 💁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...