História Go Away - Capítulo 12


Escrita por:

Visualizações 151
Palavras 1.335
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, ainda tem alguém que acompanha isso aqui?

Gente mil perdões por ter prometido postar e não ter postado, eu me sinto mal mesmo. Mas eu tenho uma justificava plausível! Bem, depois do aviso eu fiquei com um bloqueio criativo (devido a problemas pessoas etc) mas então consegui escrever o capítulo onze e eu achei que tivesse saído desse bloqueio porém quando fui escrever o doze nada saiu, eu não conseguia pensar em nada! Juro por dois, e foi uma luta nesses dois meses porque nada me inspirava para escrever essa fanfic e eu até deixei outras de lado por estar tão pra baixo em relação a isso. O negocio é que eu finalmente saí desse bloqueio no começo da semana passada, mas ai vocês podem perguntar "Mais por que está postando só Hoje?" bem desde que eu comecei a escrever e a postar a fanfic eu falei que a fanfic terminaria no capítulo oito, só que eu percebi que tinha algumas coisas inacabadas e decidi continuar mesmo assim, mas escrever um capítulo e postar não funciona comigo, então eu tive que finalizar a estoria primeiro para depois começar a postar de novo, entendem? Eu peço o perdão de vocês porque eu entendo o meu vacilo e se não for pedir de mais (alem que leia o capítulo ajajajaj) gostaria que vissem as notas finais.

Capítulo 12 - Capítulo Doze - Editado, Repostado


Fanfic / Fanfiction Go Away - Capítulo 12 - Capítulo Doze - Editado, Repostado

Enquanto preparava um chocolate quente comecei a pensar no quanto eu estava cansada, era a minha preocupação com minha carreira, a preocupação com o que meus pais iam dizer sobre minha gravidez e o principal, Nicholas. Desde que o mesmo voltou nós não conversamos em nenhum momento sobre o que iremos fazer no futuro agora que teremos um filho e sobre o que nós eramos, eu não queria o pressionar, mas aquele assunto estava martelando em minha cabeça. E no entanto ainda tinha a tal conversa do sexo!

— Tudo bem Demi, um passo de cada vez...

Eu resmunguei enquanto minhas mãos se enterravam em meu cabelo desgrenhado, depois de pegar uma xícara contendo minha bebida favorita deitei no sofá e esperei. Não sei bem o que eu esperei. Talvez Nicholas, talvez Marissa, talvez meus pais. Só sei que com o decorrer dos minutos minha paciência foi se esgotando, ninguém havia chegado e meus pés já batiam com rigidez no estofado. Minhas mãos foram em direção a barriga tentando me acalmar, então fiz o que eu mais estou fazendo ultimamente.

— E então bebê, você acha que seu pai foi atrás daquela garota? — Minha voz saiu baixa, estava deitada no sofá, a camisa levantada enquanto olhava para minha pequena barriguinha estufada.

Um suspiro saiu de mim, e eu fechei meus olhos.

Nicholas seria louco se me trocasse por ela…

[Do outro lado da cidade, apartamento dos irmãos Jonas algumas horas atrás.]

Cheguei em meu apartamento apenas com o intuito de tomar um banho e trocar de roupa, e depois lógico voltar para casa da Demi que com certeza acordaria daqui a pouco, no entanto ao entrar na sala dei de cara com Kate sentada no sofá comendo cereais.

Só podia ser brincadeira não é?

— Está fazendo o que aqui? — Fui direto.

Ela tirou os olhos da televisão e me encarou, sem dizer nada deixou a vasilia na mesinha de centro e se levantou, andou em passos lentos até mim e eu cruzei os braços rolando meus olhos.

— Seu irmão me deixou ficar, até eu partir. — Ela murmurou.

Os olhos se encheram de lágrimas e ela fungou, tentei não demonstrar que aquilo havia me atingido de alguma forma mas acabei por suspirar e assentir. Sabia que não tinha sido nenhum pouco certo com ela no Kansas e tão pouco agora a tratando daquela maneira, porém eu não conseguia! Sempre ficava com um pé atrás por que bem eu poderia perder Demetria por causa disso.

Dei meia volta e subi as escadas em direção ao meu quarto, ao chegar lá abri a porta e encontrei a cama desforrada além de algumas roupas femininas em cima da mesma.

Respirei fundo diversas vezes querendo matar o Joe por causa disso, que merda, precisava colocar a menina logo no meu quarto?

Deixei o banho para lá, e arrumei uma mochila com algumas roupas, calcei outro par de tênis e meias, não sabia se Demi iria me querer lá mas de qualquer maneira eu vou prenvinido.

Depois de finalmente ter tudo pronto, principalmente estar com meu carregador e fones, desci as escadas torcendo para não cruzar com Kate no caminho, ela já tinha me dado trabalho de mais para um dia.

Ao entrar na cozinha dou de cara com os dois conversando aos sussurros e muito perto um do outro. Franzo meu cenho não acreditando naquilo.

— Bom dia Joe, que tal me apresentar a sua hóspede? — Eu sorri forçado quando os dois se viraram para me olhar, ouvi meu Irmão bufar.

— Você já a conhece idiota, não tem porque eu te dizer alguma coisa. — Deu de ombros.

— Ah okay, se você não se lembra nós dividimos o apartamento, você pelo menos deveria ter contado que ela ia ficar aqui, e aliás que raios você tem na cabeça pra colocar ela no meu quarto se tem dois quartos de hóspedes nessa casa! — Arfei ao final me sentindo sem fôlego.

Meu irmão com seus típicos olhos surpresos riu achando graça enquanto eu revirava meus olhos pela segunda vez hoje. Kate estava calada olhando para o balcão da cozinha, eu poderia a ter poupado disso mas de qualquer maneira ela iria escutar.

— Vai pra onde com essa mochila? — Joe perguntou depois de alguns segundos em silêncio.

Eu pensei antes de responder, não poderia dizer que iria dormir na casa da Demi, além de soar estranho, também seria suspeito. Principalmente depois do ocorrido de ontem.

— Malhar. — Respondi o minimo possível enquanto me retirava da cozinha.

Ainda pude avistar um olhar de desconfiança do Joe antes de sair do cômodo, mas como minha alegria naquele dia estava durando pouco Joe veio correndo até onde eu estava e me pediu para esperar porque ele iria comigo.

Que ótimo!

[Demi - Casa]

Passei a manhã toda entediada. vi televisão, comi, mexi nas redes sociais e nem mesmo assim consegui me concentrar, meus pensamentos sempre voltavam ao Nick que até agora não tinha dado sinal de vida, já tinha mandado altas mensagens, ligado e nada!

Pensamentos que talvez ele estivesse me ignorando veio a tona, ou será que ele estava com a tal da Kate? Só de pensar meu estômago embrulhava e não querendo vomitar tentei a todo custo direcionar minha mente para outra direção.

Eram três da tarde quando uma ideia me veio a mente, se eu queria me distrair porque não cozinhar? No entanto eu não sabia cozinhar nada!

Se bem que…

Os Próximos minutos eu passei pesquisando tutoriais de como fazer cookies, minha tarde sem Nicholas seria divertida.

***

Depois de conseguir fazer uma fornada cheia de biscoitos só para mim deixei em cima da mesa esfriando enquanto tomava banho, ao chegar no segundo andar escolhi um short simples e uma blusa larga de ficar em casa, ainda estava surpresa por ninguém ter me ligado, nem minha agente, assistente, minha melhor amiga, meu empresário, meus pais e afins. Me sentia estranhamente só, e isso estava me incomodando. Eu enchi a banheira e derramei meus sais roxos de lavanda nela, a água fez espuma e eu logo entrei relaxando meu corpo. Fiquei ali por mais ou menos uma hora, devo ter até tirado um cochilo sem perceber de tanto pensar. Depois vesti a roupa que eu escolhi e sequei os cabelos, ao encarar a tela acessa do meu celular vi uma chamada perdida da minha mãe. Suspirei, fazia quase duas semanas que eu não falava com ela. O que era raro porque geralmente nós nos falávamos todos os dias, mas depois que Nicholas chegou eu mal havia tido tempo e cabeça para pensar em outra coisa a não ser ele e nosso bebê.

Eu retornei e ela atendeu ao terceiro toque.

— Demetria, onde você está? — Sua voz estava séria.

Franzi o cenho enquanto descia para o primeiro andar.

— Em casa ué, por quê? — Eu perguntei.

Ao entrar na cozinha vi Nicholas comendo meus biscoitos e levei um susto, coloquei a mão livre no peito e o ouvi gargalhar. Revirando meus olhos prestei a atenção no que minha mãe dizia.

Nick se levantou da cadeira e veio ao meu encontro, suas mãos se apossaram da minha cintura e eu suspirei, ele perguntou quem é sem fazer som e eu apenas disse "mamãe" o imitando.

— Eu e sua irmã acabamos de ver uma notícia sua que diz que você está grávida, se você estivesse você nos contaria não é? — Ela foi direta.

Meu corpo ficou tenso e Nick beijou minha bochecha, meu pescoço e depois minha boca. Tentei me afastar mas foi impossível, eu estava morrendo de saudades dele. Sua mão pegou meu telefone e ele rompeu o beijo, olhou para tela e desligou, simplesmente desligou na cara da minha mãe.

Abri minha boca em descrença e ele sorriu de canto trazendo meu corpo para mais perto, nós nos beijamos com fervor e desejo. Não sabia que ficar algumas horas longe dele me afetaria tanto, mas descobri isso quando nos sentamos no sofá e eu não queria mais me desgrudar de seu corpo.


Notas Finais


Oi de novo gente, Então... Alguém ai gostaria de uma segunda temporada? 👀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...