1. Spirit Fanfics >
  2. Go strainght on >
  3. Eu quero que você seja feliz Kagome!

História Go strainght on - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Roi povuh? Turo baum com vcs? Espero q sim!
Novamente estou eu com uma oneshot de Inuyasha kkk. Resolvi fazer um Kouga centric, pq ele é um dos meus perssonagens favoritos do anime, e queria retratar sobre como ele ficou quando soube (provavelmente ele soube kkk) que a Kagome estava casada com o Inuyasha, e como o Kouga gostava dela... tive a idéia de fazer essa fic, enfim... sem mais delongas vamos logo pra fic.

Capítulo 1 - Eu quero que você seja feliz Kagome!


Fanfic / Fanfiction Go strainght on - Capítulo 1 - Eu quero que você seja feliz Kagome!

O coração de Kouga quase saltou pela boca de tanta felicidade, assim que ele soube que Kagome havia voltado para a era feudal. Sua tão amada Kagome, que o mesmo jurava amar com todas as forças, finalmente estava de volta. 

Mesmo estando junto com Ayame, Kouga nunca deixou de amar Kagome nem por um segundo se quer. Ele gostava de Ayame, mas não da forma que gostava de Kagome. 

A primeira coisa que passou pela cabeça do youkai lobo, foi ir ve-la, e dar um abraço bem forte nela, ou talvez algo a mais... quem sabe um beijo, ou coisa do tipo. Talvez não fosse tão correto da parte dele beija-la já que estava com Ayame, mas não garantia que iria evitar disso acontecer caso se encontrasse com Kagome, ele a amava de verdade e com todas as suas forças.

Porém sua alegria logo se acabou. Pois no mesmo dia, Kouga também soube que Kagome estava casada com Inuyasha. O cara que ele mais odiava na face da terra.

O grande sorriso que estava formando em seu rosto, se desfez automaticamente, mudando para uma expressão de surpresa e tristeza ao mesmo tempo.

Kouga não conseguia acreditar que aquilo era verdade. Sério mesmo que eles estavam juntos? A alegria que ainda lhe restava foi pro espaço em menos de segundos, e o pouco de esperança que tinha daquilo ser mentira, também se acabou, quando o mesmo resolveu ir até o vilareijo de Kaede e falar com um dos amigos de Inuyasha, no caso Miroku.

Mesmo com Miroku confirmando a Kouga que Kagome estava casada com Inuyasha, ainda não lhe havia caído a ficha. Só iria acreditar que era verdade quando ouvisse da própia Kagome, que ela estava casada, com Inuyasha. 

Mas ele nem mesmo sabia como falar com Kagome. Depois de tanto tempo sem ve-la, não queria perguntar logo de cara se era verdade mesmo o que Miroku lhe havia confirmado. O rapaz havia se perdido na própia mente com tantos penssamentos, mas logo voltou a si, quando ouviu aquela voz, a voz de Kagome, que para os ouvidos de Kouga era como música.

- KOUGA! - Kagome diz enquanto acenava para ele de longe.

Kouga não esborçou nenhuma reação em seu rosto quando a viu, mas novamente sentiu como se seu coração estivesse prestes a saltar pela boca. Era uma sensão de alegria. Agora sim ele teria a certeza que o que todos falaram para ele era verdade.

Kagome correu na direção do mesmo, e quando chegou bem perto, pulou em cima de Kouga dando um abraço bem forte nele.

Um pequeno sorriso se abriu no rosto do youkai lobo, qua a abraçou de volta com a mesma intencidade. Ficaram abraçados por algums segundos, até Kagome se soltar para conversar melhor com Kouga.

- eu estava morrendo de saudades de você! Até me perguntei hoje cedo se você já sabia que eu havia voltado, bom... parece que sabia mesmo. - Kagome fala, com um sorriso em seu rosto.

Aquele sorriso, para Kouga era o mais lindo que existia. Seu coração se encheu de alegria novamente quando a viu sorrir depois de tanto tempo. E mesmo que saudades não seja uma coisa tão boa, Kouga ficou ainda mais feliz quando Kagome disse que estava morrendo de saudades dele, isso mostrava que ela se importava com Kouga, mesmo que fosse um pouquinho.

- eu também estava com saudades! Estou feliz que esteja de volta Kagome! - Kouga afirma.

- é bom estar de volta! Aqui as coisas são muito diferentes de lá da minha era, não tem nem mesmo eletricidade, mas aqui é tão bom quanto lá, aliás... meus melhores amigos estão aqui.

- imagino que tudo seja bem diferente mesmo! Quem sabe tenha coisas melhores pra se fazer do que ficar procurando os pedaços da jóia de quatro almas junto com aquele pulguento do Inuyasha.

- hahaha! Tem coisas melhores pra fazer mesmo lá, tem dias que aqui é um verdadeiro tédio, talvez seja porque resolvi ficar aqui permanentemente. E sobre a jóia de quatro almas, não precisamos mais juntar os pedaços dela, ela não existe mais.

- sério? Até agora eu só sabia que vocês tinham derrotado o Naraku, que aliás... falsidade de vocês não terem me chamado pra dar umas pancadas nele. - Kouga diz inflando uma de suas bochechas.

- aah me desculpe por isso Kouga! Foi tudo de última hora, não teve como te chamar. Mas se tivesse eu te garanto que tinha te chamado pode acreditar! - Kagome diz se sentando em um pequeno banco de madeira, que ficava em baixo de uma árvore.

- eu acredito em você Kagome!  Mas... isso já passou, vamos falar sobre o presente, é melhor não acha? - Kouga fala sentando ao lado dela.

- tem razão, é bem melhor falar sobre o presente! Bem... comigo está tudo ótimo, o Miroku e a Sango tiveram três filhos, e assim meu shipp virou real.

- seu shipp? Como assim?

- tipo... shippe, é um casal que ainda não é oficial, mas que algumas pessoas torcem pra dar certo. Por exemplo, eu shippava o Miroku com a Sango e eles ficaram juntos, então agora são um casal.

- hahaha! Agora eu entendi! Quando você fala do jeito que é na sua era eu fico meio confuso.

- como sabe que na minha era dizem essas coisas?

- aah eu só chutei! Você é de uma época mais avançada né? E eu nunca tinha ouvido a palavra "shipp" até hoje. E o que mais aconteceu?

- bem... e-eu... me casei com o Inuyasha! E até agora nenhum monstro feioso veio me encher o saco pensando que eu sou a Kikyou, odeio quando me confundem com ela. Mas pra falar a verdade... eu gostava da Kikyou, menos quando ela ficava colada no Inuyasha, sabe como é né?

Kouga nem ao menos ouviu o resto da frase de Kagome, só focou em uma pequena parte, a parte que ela mesma confirma que estava casada com Inuyasha.

Kouga desviou o olhar de Kagome e abaixou a cabeça. Sua expressão que antes estava alegre, voltou para uma expressão de tristeza.

- Kouga? Tudo bem com você? - Kagome pergunta de forma preocupada ao ve-lo de cabeça baixa.

- está tudo bem sim Kagome! - Kouga ergue sua cabeça e volta a encara-la. - fico feliz que esteja casada, mesmo com o pulguento do Inuyasha, afinal... o que importa mesmo é que você esteja feliz.

- Kouga?

- olha só... o sol está se pondo! Tenho que ir pra casa, senão vou chegar lá de noite. - Kouga diz e logo depois de levanta do banco de madeira.

- espera Kouga! Você nem me falou o que aconteceu com você quando eu estive fora.

- aah deixa isso pra outro dia! Até lá, Adeus Kagome! 

Depois disso, o youkai lobo se retira do local onde estava a poucos minutos com Kagome, dentro daquele redemuinho. Nem mesmo esperou Kagome dizer alguma coisa.

- Adeus... Kouga! - Kagome se despede, enquanto o vento soprava seu cabelo e algumas folhas que haviam caído da árvore em que ela estava de baixo

Kagome não sabia que Kouga iria reagir daquela forma quando soubesse que ela estava casada com Inuyasha. Claro, Kagome sabia que Kouga a amava, mas pensou que ele já estivesse superado isso. Sua intenção jamais foi deixa-lo triste, mas ela havia feito isso.

- me descupe, Kouga, e siga em frente.

(...)

Um pouco mais perto de casa, quando já havia anoitecido, Kouga parou de correr, e caiu de joelhos no chão. Não conseguiu segurar as lágrimas naquela hora. A ficha ainda não havia caído, não conseguia acreditar de forma alguma que Kagome havia casado com Inuyasha.

- eu quero que você seja feliz Kagome! Mesmo se não for ao meu lado. O que importa pra mim mesmo, é que você seja feliz. E ai do pulguento do Inuyasha se ele não te fizer feliz. - Kouga diz em meio a um sorriso triste e lágrimas.

- sem ela será difícil ter um motivo para sorrir todos os dias, mas vou seguir em frente.

Nisso, Kouga se levantou do chão, enxugou suas lágrimas e seguiu seu caminho, não só seu caminho, mas seguiu em frente. Mesmo não estando presente, Kagome era seu motivo pra sorrir todos os dias, a coisa que Kouga mais queria era ve-la feliz, e se não fosse com ele, tudo bem, o importante era a felicidade dela.

Kouga nunca deixou e nunca irá deixar de amar Kagome, e não importa se ele ou ela são casados, ele a amaria até outra vida, e espararia por ela.

Eles não ficaram juntos nessa vida, mas talvez em outra, eles possão ficar juntos, mesmo que demore uma eternidade pra esse dia chegar, se for por Kagome, Kouga esperaria toda essa eternidade. Mas agora para Kouga, a melhor coisa a se fazer, era seguir em frente.


Notas Finais


Bom gente... foi isso! Espero q tenham gostado da história kkk.
Autora-san é Inukag, mas eu adimito que shippava muito o Kouga e a Kagome, por mim ela tinha pegado os dois kkkkk. Mas enfim... espero mesmo que tenham gostado, e até a próxima história.
Bye!😳❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...