1. Spirit Fanfics >
  2. GOD IS A WOMAN, imagines >
  3. Deal - Max Mayfield

História GOD IS A WOMAN, imagines - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Série: Stranger Things

Max Mayfield x Leitora (Hannah Dale)

Capítulo 3 - Deal - Max Mayfield


Deal

MAX OUVIU O CARRO ACELERAR e se afastar do fliperama e não se impediu de mandar o dedo do meio para o babaca, que também era seu meio irmão, mas ainda assim um grande panaca.

Consciente de seus perseguidores a observando, entrou naquele lugar onde passara a maior parte do tempo desde que se mudara para Hawkins, e foi direto para o jogo que tanto gostava, Dig Dug.

E ela era a melhor nele.

Era.

O placar dizia MadMax (751.300 pontos) em segundo, Dalelol (793.600 pontos) em primeiro.

O quê?

Era absolutamente impossível, Max era a melhor naquele jogo, ninguém nunca tinha conseguido ultrapassá-la, quem diabos era Dalelol? E que tipo de username era esse?

Enfurecida, a ruiva marchou até o garoto esquisito que trabalhava lá, encontrando-o devorando um pacote de salgadinho e lambendo os dedos alaranjados. Ugh.

- Ei, você! - Ela chamou, o encarando com a expressão firme. Kith a encarou com tédio enquanto continuava a devorar o pacote de salgadinho.

- O que você quer, pirralha? - a ruiva cerrou o maxilar, tentando se controlar para não socar a cara do garoto esquisito.

- Quem é Dalelol? - ele revirou os olhos com uma expressão de "Ah, era isso?" e apontou para a porta, pela qual passava uma garota de cabelo rosa ou roxo, Max não tinha certeza, com um sorriso lindo. - É ela?

O garoto assentiu e se virou para afastar-se da ruiva explosiva, que tão pouco prestava atenção nele. Quem era aquela garota? Max moveu o peso de um pé para o outro, incomodada com a sensação estranha na boca do estômago.

Então a garota se moveu lentamente até jogo onde era a melhor e sorriu pro garoto que estava jogando, com um sorriso bobo de volta ele deu passagem pra ela que riu, agradecendo.

Saindo do transe, Max cruzou os braços decidida, logo em seguida indo até a garota de cabelo roxo que acabara com o seu dia. Max simplesmente adorava ser a melhor em Dig Dug, claro, ela era boa em outros jogos também mas aquele era o seu jogo.

- Você é a Dalelol? - perguntou com a voz firme sem demonstrar seu estado anterior. A garota não desviou os olhos do jogo quando respondeu.

- A própria, e você deve ser a MadMax, não é? - surpresa, Max assentiu mesmo sabendo que a garota não veria.

- Eu me chamo Hannah Dale.- A garota bonita disse assim que ganhou o jogo, dando agora total atenção a ruiva, olhando-a com um sorriso.- E devo dizer que não achei que você fosse tão bonita.

Imediatamente Max soube que ficara da cor de seus cabelos e agradeceu a confusão de cores do fliperama. Chegou o pensamento em seu cérebro que isso parecia bastante um flerte, apesar de que a ruiva não tinha muita experiência para dizer ao certo. E ao mesmo tempo também chegou o pensamento que talvez ela só estava sendo educada.

E por algum motivo Max ficou decepcionada.

- Maxine Mayfield.- respondeu a ruiva, fazendo uma careta ao dizer o primeiro nome.- Mas nem ouse me chamar de Maxine, é Max.

A garota riu e Max acabou sorrindo, até a risada de Hannah era bonita. O pensamento a fez corar novamente, mas o quê?!

- Tudo bem, Max.- então a garota apontou para o jogo.- Sabe, eu vi seu placar, você é incrível.

- Você me ultrapassou.- disse Max meio ressentida, tanto pelo jogo quanto por seus próprios pensamentos inconscientes. Voltando a postura Max durona, ela estendeu a mão para a garota.- O que acha de uma revanche?

- Só se pudermos fazer uma aposta.- seus olhos negros brilharam, enquanto apertava a mão da ruiva, demorando um pouco para soltá-la, soprando as próximas palavras com um sorriso convencido. - Se eu ganhar você me deve um beijo.

Arregalando os olhos, Max percebeu que não estava realmente incomodada com a ideia de beijar uma garota, especialmente essa garota.

- Fechado, se...- e tomando coragem, mesmo com suas bochechas coradas e um nervosismo que fazia suas pernas virarem gelatina, completou: - eu puder te pagar um sorvete depois.

Hannah pareceu surpresa por um momento e então, abrindo um sorriso envergonhado, disse com a voz suave:

- Feito.


Notas Finais


gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...