História God of Destruction - Kim Namjoon - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kim Nam-joon / Rap Monster
Personagens Personagens Originais, Rap Monster
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, Jeon Jungkook, J-hope, Jimin, Jin, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 845
Palavras 3.314
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Amor gostoso com você


Fanfic / Fanfiction God of Destruction - Kim Namjoon - Capítulo 39 - Amor gostoso com você

Namjoon POV on

Já fazia um bom tempo que eu e o garotos não íamos a um evento juntos, e na noite do dia seguinte à este, nós iríamos, pois ganhamos o premio de música Kpop mais tocada do semestre. Para minha surpresa, até mesmo S/n foi convidada, indo separada de nós, mas iria também, e sentaria na nossa mesa

-Se vistam logo, pois daqui a alguns minutos as maquiadoras e as cabeleireiras chegarão -passei de porta em porta avisando os garotos

S/n estava calada se arrumando dentro de seu quarto.

Ela estava diferente esses dias, estava misteriosa. Um dia desses mesmo, ela saiu sem dizer para onde ia, e voltou escondendo uma sacola em suas mãos. Estava falando pouco comigo, e na maioria das vezes falava em códigos...códigos esses que eu não conseguia desvendar, não estava sendo capaz de decifrar se o que ela falava realmente tinha malícia,ou se era apenas viagem da minha cabeça...viagem de dias sem sexo.

Resolvi bater na porta de seu quarto,saber se ela precisava de algo.

-S/n? Precisa de ajuda?- perguntei da porta

-Oi- ela disse e sorriu alegremente -Preciso sim. Me ajude a subir o ziper do vestido - ela disse e abriu um pouco mais a porta para que eu entrasse, mas ao mesmo tempo cobrindo seu corpo com ela

Entrei e fiquei parado no meio do quarto, esperando que ela fechasse a porta. Olhei para cama e o vestido ainda estava sobre ela

-Só falta uma coisinha para eu fazer, e já visto o vestido para você fechar o ziper- ela disse passando na minha frente com uma lingerie super sensual(foto de capa)

Ela dizia e caminhava como se aquilo fosse a coisa mais natural possível, mas dessa vez eu pude sentir malícia na sua atitude,muita malícia.

"Essa garota quer me provocar, mas não sabe onde está se metendo", pensei e sorri de forma maliciosa ao vê-la andar, movendo seu quadril de um lado para o outro de forma sexy

-Era isso que estava naquela sacola?- perguntei apontando para o corpo dela

-Sim,gostou?- ela perguntou em um tom inocente

-Muito- Disse sentindo como se uma corrente elétrica percorresse meu corpo

-Minhas roupas íntimas já estão ficando um pouco velhas, por isso decidi comprar essa e mais algumas, já que são tão simples -ela disse olhando para seu próprio corpo e depois para mim

-"Simples"...- Disse passando a mão na nuca

-Sim, simples- ela disse e riu, ainda tentando parecer inocente -Comprei também estas coisinhas- disse apontando para os suspensórios que seguravam suas meias 7/8

Ela sabia ser sexy, mas principalmente sabia como provocar ao se passar por inocente. E inocência dava um contraste interessante com aquela lingerie.

-Estas coisinhas?- Fingi não ter entendido, apenas para passar a mão em sua coxa

Pude ver que seus pelinhos ficaram arrepiados

-Melhor eu vestir o vestido- ela disse rindo

-Acho melhor mesmo- Disse encarando o corpo dela sem nenhum pudor

-Para Namjoon -ela deu um tapa em meu braço e saiu andando para a cama

-Não se faça de inocente, você não comprou isso atoa- Disse me posicionando atrás dela, que subia seu vestido

-Talvez...- ela disse e terminou de se vestir -Pode subir o ziper

Subi o ziper, e quando ela se virou de frente para mim, ambos sorrimos de forma maliciosa

-Espero que aquele hotel, tenha um quarto vago- Disse a ela

-Já reservei um quarto - ela disse sorrindo, me pegando de surpresa

-AH, então é por isso que você estava estranha esses dias- Disse rindo

-Sim, por isso-ela Disse sorrindo -Agora vá, você tem que acabar de se arrumar -ela disse me empurrando para fora do quarto, praticamente me expulsando

-Ok,ok,eu vou- Disse saindo do quarto

Terminamos de nós arrumar e ficamos esperando na sala, os carros chegarem para nós levar. Em poucos minutos eles chegaram, e logo nós já estávamos no local do evento. Antes de nos sentarmos, fizemos o de costume, falamos com alguns jornalistas, tiramos algumas fotos, cumprimentamos alguns fãs, entre outras coisas. Depois de alguns minutos, enfim sentamos a mesa. S/n e eu, nós sentamos mais próximos. Nossa mesa, como muitas outras, ficava em uma parte um pouco escura, discreta.

Nós fomos um dos primeiros a receber o prêmio, mas teríamos que ficar ali até o final, prestigiado os outros grupos

-Você está lindo hoje- ela disse em meu ouvido -Como sempre alias- Ela disse e colocou a mão em minha coxa, bem próximo do meu membro

-Obrigada Jagiya. Você também está linda como sempre- Disse e sorri maliciosamente quando ela apertou minha coxa

Aquela garota estava realmente disposta a me provocar.

Conversa vai, conversa vem, S/n tirou sua mão algumas vezes dá minha coxa,mas apenas para gesticular certas coisas durante a conversa, e sempre quando acabava de falar, voltava sua mão para o mesmo lugar. Mas em um determinado momento, quando ela acabou de falar, voltou sua mão para baixo da mesa, porém desse vez, ela colocou sobre meu membro. Olhei para ela, que despistou e continuou olhando para a apresentação que acontecia, fingindo não estar fazendo nada. Abri um pouco minhas pernas, para que o contato da mão dela, fosse quase direto em meu membro. Para minha decepção ela apenas ficou com a mão ali, parada...sem fazer nada...repito,SEM FAZER NADA. Aquilo já estava me deixando ansioso, inquieto, fazendo com que eu ficasse me mexendo na cadeira, tentando dar algum sinal a ela, para que ela tocasse meu membro

-Esta tudo bem hyung? - Jungkook perguntou

-AH...sim...esta- Disse a ele um pouco nervoso -Só estou um pouco cansado de ficar nessa cadeira- Disse forçando uma risada, e por incrível que pareça, saiu de forma que pareceu natural

-AH, bom. Espero que esteja bem mesmo- Disse Jungkook preocupado

-Pode ficar tranquilo, estou bem sim- Disse sorrindo

Desse momento em diante desisti, e apenas esqueci que a mão dela estava lá.

Depois de algum tempo, estava distraído conversando com os garotos, e S/n me pegou de surpresa, apertando exatamente a cabeça do meu membro. Por causa disso soltei um som estranho e engraçado (link)

-Foi assim que eu...Aaaarrrh- soltei esse som e todos riram

-O que foi Namjoon?- Jin perguntou segurando para não rir, enquanto todos os outros já estavam gargalhando

-Bati meu pé na mesa- Disse a eles e todos continuaram gargalhando

-Você é realmente muito desastrado Namjoon- S/n Disse gargalhando ainda com a mão sobre meu membro

-Sim, sou o Google of Destruction -Disse rindo, mas olhando-a maliciosamente

Ela entendeu o recado, sorriu e retirou sua mão, passando-a para seu colo.

Continuamos conversando, e em determinado momento, ela deixou seu celular cair no chão entre nossas cadeiras. Ela afastou sua cadeira, se abaixou para pegar, e ao se abaixar, me deu a visão perfeita do seu decote. "Ah como eu preciso dessa garota". E enquanto pegava seu celular, S/n mordeu minha coxa, e voltou a se levantar.

-AH como eu quero sair daqui e te foder do jeitinho que você está merecendo -Sussurrei em seu ouvido

-O quarto nos espera- ela disse dando alguns tapinhas em minha coxa

Eu tinha que parar com aquilo e me controlar, pois se tivesse que me levantar, todos veriam o volume em minha calça. Respirei fundo e bebi alguns goles da bebida que estava bem gelada, na tentativa de que o calor fosse abaixado.

Novamente eu fiquei inquieto, mas dessa vez o motivo era a ansiedade de ir para o hotel com aquela maravilhosa garota. "Ah S/n, você verá quem eu realmente sou esta noite...Nunca provoque onça com vara curta...Ou melhor, o monstro", pensei enquanto a observava conversar com os garotos.

-Foi um prazer tê-los aqui está noite. E tenho certeza que os nossos queridos e maravilhosos telespectadores também gostaram muito- Disse o apresentador se despedido de nós

"Caramba, até que enfim", pensei e bufei

Conversamos com algumas pessoas dos outros grupos, nós despedimos de todos, e nos preparamos para ir embora

-Não vamos no mesmo carro que voces- avisei aos garotos -E não voltaremos hoje - Disse e eles me olharam de forma maliciosa

-Safadão- Disse Jimin com uma cara engraçada de malícia

-Hoje tem- Disse Hoseok com uma cara parecida com a do Jimin

Todos gargalhamos. Me despedi deles, e chamei um táxi.

S/n e eu pegamos o táxi e fomos para o hotel. Mesmo quarto de sempre. Acho que as pessoas de lá, já devem até imaginar o porquê de alugarmos um quarto naquele hotel.

Bom, eu alugaba o quarto no hotel, pois o hotel parecia ser um ambiente mais aconchegante e bonito, diferente de um motel. Sinceramente falando, jamais teria coragem de levar S/n para um lugar como esse.

Subimos para o quarto

-Esse quarto tem tantas lembranças -ela disse para no meio do quarto, olhando para mim

-Ótimas lembranças...e hoje te darei uma melhor ainda- Disse colando nossos corpos

-Não te chamei aqui para isso, chamei apenas para conversar- ela disse primeiro fingindo estar indignada, mas logo em seguida gargalhou, me fazendo também gargalhar -Quase acredito no que eu disse - Disse ela rindo

-Quase acreditei também - Disse gargalhando ainda mais

Depois de alguns segundos, paramos de rir, e olhamos um nos olhos do outro

-Você não existe S/n- Disse rindo fraco, e juntei nossas testas, aprofundando o olhar -Gostou do que eu fiz na mesa?- ela perguntou nos afastando, e se virando de costas para mim, para que eu descesse o ziper do seu vestido

Desci o ziper, descendo também o seu vestido até à altura das coxas, e o restante deslizou sozinho. Me abaixei, e reitirei as sandálias dela

-Gostaria que fizesse de novo...mais forte- Disse colando meu corpo ao dela, forçando meu membro em sua bunda

-Também quero que você faça algumas coisas mais fortes - ela disse baixinho

-Como o que por exemplo? - Sussurrei em seu ouvido e mordisquei seu pescoço

-Me...foder- ela disse baixinho, soltando o ar de forma selvagem e sensual, como um lobo

Meu membro que já estava duro, desde a subida pelo elevador, pulsou forte em sua bunda

-Farei isso com muito prazer- Disse dando vários sentidos para as duas últimas palavras

Coloquei minhas mãos na cintura de S/n e forcei ainda mais meu membro em sua bunda, sentindo pulsar forte novamente

-Você gosta da minha bunda?- ela perguntou se virando de frente

-Amo. Principalmente se ela estiver vermelha, com as marcas dos meus dedos-dise mostrando minha mão

S/n mordeu seu lábio inferior com força quando disse isso

-Falando dessa forma, você só aumenta minha excitação -ela disse olhando profundamente em meus olhos

-E agindo dessa forma, você só faz meu pau ficar ainda mais duro...doer- Disse e a olhei com cara de safado

-Sente-se ali- ela apontou para beirada da cama

Me sentei, ela pegou seu celular, colocou uma música sensual para tocar, e veio caminhando em minha direção.

-Você precisa de mim Namjoon?- ela perguntou alisando seu próprio corpo parada em minha frente

-Preciso S/n- Disse um pouco ofegante, encarando cada centímetro do corpo dela

-Precisa quanto mochi?- ela se virou de costas, e rebolou de forma lenta, jogando sua cabeça para trás

-Muito jagiya - Disse sentindo minha calça ficar apertada, onde minha ereção só crescia

-Quer que eu sente no seu colinho?- ela perguntou ainda de costas, rebolando e me olhando por cima do ombro

-Se não fizer isso, punirei você-disse de forma maliciosa

-Adoro ser punida- ela disse sorrindo de forma sapeca, impinou sua bunda, e rebolou mais um pouco para me provocar

Nesse momento eu a puxei bruscamente para o meu colo

-Não me provoque mais S/n, pode ser perigoso- sussurrei em seu ouvido

-Você é muito fofo para ser perigoso Namjoon -ela disse e se virou um pouco para apertar minha bochecha

-Hahaha- ri de forma maldosa e a joguei de bruços na cama

Dei um tapa forte na bunda dela, e me inclinei sobre ela

-Veremos se sou muito fofo para isso -dei mais outro tapa forte, fazendo-a agarrar o lençol

-Fofo igual a um mochi- ela disse e riu sapeca, para me provocar

-Deus S/n- Disse e dei três tapas fortes em sua bunda -Quanto mais você me provoca, mais vontade eu tenho de te foder até você revirar os olhos -Disse rindo de forma maliciosa

-Então está funcionando meu fofo mochi- ela disse rindo de forma travessa

-Garota, você não anda mais depois dessa noite- Disse rindo e dei uma série de tapas em sua bunda

Me abaixei e mordi sua bunda. Por causa da pele sensível, ela soltou um baixo gemidinho e ficou toda arrepiada

-Gosto de ver você toda arrepiadinha- Disse e mordi de leve sua bunda novamente

S/n arqueou as costas, e impinou sua bunda, por causa do contato dos meus dentes em sua pele sensível. Massagiei e alisei sua bunda, fazendo-a soltar alguns gemidinhos novamente

-Você sabe tão bem o que fazer Namjoon- ela disse um pouco ofegante

-Conheço seus pontos, e também sei do que você gosta. Temos mentes parecidas, gostamos de amor, mas também de uma boa pegada forte- Disse colocando-a praticamente de quatro, com sua cabeça apoiada no colchão

Antes que ela pudesse dizer algo, dei um tapa um pouco mais forte que os outros, ecoando em todo quarto. Ela mordeu seu lábio inferior com força, e gemeu manhosa.

-Ooh Namjoon

Naquela posição, mesmo o tecido sendo preto, pude ver que sua calcinha já estava bastante molhada

-Realmente nós temos a mente muito parecida- ela disse me olhando de forma maliciosa

-Gosto de te ver dessa forma- Disse passando a acariciar sua intimidade, sentindo que o pano realmente estáva bastante molhado

Senti a intimidade de S/n pulsar em minha mão, e diante disso, meu membro pulsou forte. Me levantei, tirei minha calça, e sentei na beirada da cama. Pedi para que ela se levantasse, ficando parada na minha frente. Eu a coloquei posicionada entre as minhas pernas, fazendo com que ela ficasse bem próxima de mim. Admirei seu corpo, e distribui alguns beijinhos por sua barriga, causando arrepios em todo seu corpo. Retirei os suspensórios de suas meias, e as desci, deixando nuas as pernas de S/n. Me abaixei um pouco mais, distribui alguns beijinhos pela coxa dela, e a mordi

--Aaw Namjoon - ela soltou um gemidinho manhoso

-Gosto disso- Disse e mordi novamente sua coxa, mas ao mesmo tempo, eu acariciava sua intimidade, seu clitóris

Ela estremeceu.

-Sente-se aqui- Disse dando alguns tapinhas em minha coxa

Ela se sentou virada de frente, e desabotoou os botões da minha camisa e a reitorou. Distribuiu alguns beijos pelo meu pescoço

-Você tem um sabor tão bom- ela disse e mordeu meu lábio inferior, enquanto fazia movimentos de vai-e-vem, roçando nossos íntimos

-AH jagiya -gemi soltando o ar de forma pesada

Meu membro a essa altura estava mais duro que rocha. Desci minhas mãos para bunda dela, massageando e dando alguns tapas. S/n selou nossos lábios em um beijo necessitado , que era quase sexual demais, por estarmos ofegantes e gemendo, fora que somado a isso ainda haviam os barulhos dos tapas. Em minha cueca já havia uma mancha molhada e melada, de tão excitado que eu estava.

-Quero você Namjoon oppa- ela disse manhosa

-Quer mesmo jagiya?- Disse e apertei sua bunda com mais força, dando um tapa em seguida

-Sim...-ela disse baixinho

Olhei nos olhos dela, e segurando-a em meu colo, eu a coloquei deita na cama, e fiquei deitado sobre ela. Escorreguei para fora da cama e retirei a calcinha de S/n

-Mas antes, quero lhe deixar um pouco mais molhada, para aguentar o que te aguarda -Disse olhando-a de forma maliciosa

Antes eu sentei sobre ela, e reitirei seu sutiã, distribuindo alguns beijos e mordiscadas por seu seio, e principalmente em seus mamilos

-Ooooh Namjoon- ela gemeu um pouco alto e agarrou meus cabelos, quando puxei seu mamilo entre meus dentes

Escorreguei novamente, ficando dessa vez entre as pernas dela, com a minha cabeça na direção de sua intimidade. Dei um leve beijinho em seu clitóris e ela arqueou as costas. Continuei distribuindo vários beijinhos em sua intimidade, ela respondia com seu quadril como se estivesse tomando alguns pequenos choques

-Namjoon oppa- ela disse manhosa

Não respondi, apenas suguei forte seu clitóris

-Ooooh- ela gemeu manhosa, e agarrou meus cabelos

Continuei sugando, em seguida passando a lamber a entrada de sua intimidade.

-Namjoon...- ela disse me puxando para cima -Acho que já estou molhada o suficiente -ela disse olhando em meus olhos

-Opa- sorri maliciosamente e me levantei

Retirei minha cueca, e voltei a me deitar sobre ela

-Hoje você vai conhecer o verdadeiro God of Destruction -Disse e comecei a penetrar meu membro

Quando chegou na metade do meu mebro, o coloquei de uma vez, fazendo-a cravar suas unhas em minhas costas e gemer alto. Comecei a me movimentar de forma lenta e calma, ficando dessa forma por alguns segundos. Quando comecei a acelerar, ela empurrou meu peito

-Não, assim nao- ela disse e me empurrou novamente

-O que?- perguntei me afastando, ficando um pouco preocupado

No momento eu fiquei assustado, pensando ter feito algo de errado. Mas ela entao ficou de quatro, e impinou sua bunda para mim

-Assim é melhor - ela disse sorrindo de forma maliciosa

-Aaah garota- Disse aliviado, sorrindo de forma maliciosa

Me posicionei atrás dela, e voltei a penetrar meu mebro, já estocando-a de forma um pouco mais rápida

-Oooh, isso Namjoon -ela disse agarrando o lençol da cama

-Quer mais S/n?- Me inclinei sobre ela, e sussurrei em seu ouvido

-Sim...- ela disse baixinho

Juntei seus cabelos em minha mão, e a outra mão, eu cravei em sua cintura. Dei uma única estocada forte, fazendo-a gemer alto.

-Geme meu nome jagiya- Disse baixinho, e e dei algumas estocadas fortes, um pouco mais fundas que a anterior

-Ooooh Namjoon -ela gemeu alto

Puxei seu cabelo para trás de forma que não a machucasse

-Você é minha- sussurrei em seu ouvido e dei um tapa forte em sua bunda

-Só sua Namjoon oppa- ela disse manhosa -E eu sou só seu S/n- Disse e dei outro tapa forte em sua bunda

-Somente meu...- ela disse e não conseguiu dizer mais nada, já que passei a estoca-la com a mesma força, só que agora eu ia rápido

-Aaaooh S/n- gemi e dei um tapa em sua bunda

Passei a estoca-la ainda mais forte(se é que era possível). Meu quadril e minhas pernas já doíam por causa da força do impacto. A bunda dela já estava bastante vermelha por causa dos meus tapas

-Oooooh - ela gemeu alto, agarrando com força o lençol

Diminui a velocidade e a intensidade das minhas estocadas para que nos acalmassemos um pouco. Puxei S/n pela cintura, para que ela ficasse de joelhos junto à mim

-Gosta quando te pego forte assim?- sussurrei em seu ouvido, dando algumas mordiscadas em seu pescoço

-Gosto muito- ela disse ofegante

-Bom saber- Disse e com leve toque em suas costas, fiz com que ela ficasse de quatro novamente

Dei apenas uma estocada forte e funda. As pernas de S/n tremeram a olhos vistos

-Aaaarh Namjoon -Ele gemeu soltando o ar de forma selvagem

Voltei a estoca-la da mesma forma que antes, arrancando gemidos altos de ambos

-Que bunda gostosa- Disse e dei alguns tapas em sua bunda

As pernas de S/n novamente tremeram

-Estou te deixando de pernas bambas jagiya?- sussurrei em seu ouvido

-De pernas bambas, de queixo caído...- ela disse com dificuldade mas rindo de forma maliciosa

Continuei estocando-a daquela forma por mais algum tempo, até que suas pernas tremeram um pouco mais forte dessa vez, e ela perdeu as forças, caindo com sua cabeça no colchão. Ela ficou tremendo, convulsionando por mais algum tempo, até que acalmou um pouco, S/n teve um organismo tão intenso, que quando voltei a estoca-la, seu corpo tremeu novamente, por estar sensível. Poucos minutos depois eu também cheguei a meu ápice, gozando também de forma intensa. Cai ao lado dela, e ficamos nos olhando

-Nossa, acho que depois dessa noite precisarei de um quadril novo- Disse rindo

-E eu de um útero novo- ela disse rindo

-Pra quê? Se depois eu vou destruir mesmo?- Disse rindo


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...