1. Spirit Fanfics >
  2. Goku: Ragnarok >
  3. " Eu despenquei.... Por 30 minutos!!! "

História Goku: Ragnarok - Capítulo 2


Escrita por: ThelegendGohan

Capítulo 2 - " Eu despenquei.... Por 30 minutos!!! "


Fanfic / Fanfiction Goku: Ragnarok - Capítulo 2 - " Eu despenquei.... Por 30 minutos!!! "

Goku: Ragnarok



Vegeta, após gritar com Kuririn, se vira para Goku e ergue os braços, com um sorriso sarcástico.

- Você tinha que aparecer né? Bejita estava prosperando! - Vegeta.

- Onde está nosso pai? - Goku.

- Olha.... - Vegeta.

- Você o matou? - Goku.

- O-Olha você tinha a independência que queria! - Vegeta.

Goku se irrita, se aproximando e erguendo seu bastão na direção de seu meio irmão, o deixando sem saída e pressionado.

- Ok, ok! Eu sei onde ele está! - Vegeta.

E então, Kuririn os leva com a ajuda do teletransporte para New York.

Ao chegarem, eles ficam de braços cruzados olhando para frente.

- Eu juro que tinha deixado ele bem aqui. - Vegeta.

- Aqui na calçada.... Ou no prédio que tá sendo demolido? - Goku.

Então, eles olham novamente para uma asilo para idosos sendo demolido. Goku suspira e olha para Vegeta.

- É sério mesmo isso?! - Goku.

- Não tinha como saber ok? Eu não sei ver o futuro, não sou uma bruxa. - Vegeta.

- Ah, não? Então por que se veste como uma? - Goku.

- HEY! - Vegeta reclama olhando o meio irmão indignado.

- Poxa Vegeta, eu vi você morrer, eu chorei por você! - Goku.

- Eu.... Me sinto honrado. - Vegeta.

Quando Goku ia responder, aparecem algumas fãs pedindo fotos para o Saiyajin, o mesmo tira as fotos com elas.

- Tem que achar onde ele está! - Goku falou, logo depois sorrindo para a câmera.

- Obrigada! Uma pena que a Bulma terminou contigo.... - Fã.

Elas saem andando e Goku olha com o olho estreito.

- Ela não terminou comigo, eu terminei com ela.... Um término mútuo. - Goku.

Porém, algo aparece em volta de Vegeta, o que assusta os dois irmãos. Goku aponta seu guarda chuva (no caso era o bastão mágico) na direção do meio irmão.

- O que cê tá fazendo? - Goku.

- Não vem de mim! - Vegeta.

E antes que algo mais acontecesse, Vegeta foi sugado, e no lugar dele, ficou apenas um papel com um endereço.

- Vegeta! Vegeta! - Goku cutucou o papel, pensando ser seu irmão. Ele pega o papel, e vai no dito endereço.

Andou por um tempo e chegou em uma grande casa com arquitetura japonesa. Iria bater na porta, mas acabou sendo teleportado para uma sala, e nela, viu um ruivo com sobretudo.

- Uh? Ah.... A terra tem... Magos agora? - Goku.

- Prefiro que me chame de mestre supremo Ichigo... - Goku começa a mexer em uns garfos, mas acaba desarrumando tudo. - Pode largar isso agora.

Goku então segura um garfo e para de mexer no resto e olha para Ichigo.

- Ok MAGO, me diz o que quer. - Goku.

Então, ambos são novamente teleportado para uma sala com duas poltronas, e ambos se sentam nela.

- Chá? - Ichigo.

- Não gosto de chá. - Goku.

- Então o que bebe? - Ichigo.

- Não chá. - Goku.

Então, quando o saiyajin vê, em sua mão há um grande copo de cerveja, que o mesmo vai bebendo tranquilamente.

- Sabe.... Seu irmão Vegeta está em uma lista de potenciais ameaças para o planeta Terra... - Ichigo.

- Uma inclusão digna. - Goku.

- Por quê o trouxe aqui? - Ichigo.

- Sabe eu e ele queremos apenas encontrar nosso pai e ir embora. - Goku.

- Então se eu disser onde seu pai está você e seu irmão irão retornar de imediato para Bejita? - Ichigo.

- Exato! - Goku.

- Conte comigo. - Ichigo.

- Olha, se sabia onde meu pai estava por quê não me ligou? - Goku.

- Olha eu tenho que dizer seu pai insistiu em não ser perturbado.... E você não tem celular. - Ichigo.

- Sim, mas podia ter me mandado uma carta eletrônica se chama E-mail. - Goku.

- E.... Você tem um computador? - Ichigo.

- Não pra quê? - Goku.

O ruivo olhou o saiyajin tentando manter a paciência. Suspirou e se teleportou para outra sala com livros, deixando Goku um pouco tonto, e então, novamente, teleportou ambos para outra sala e Goku cambaleou derrubando a cerveja no chão.

- Hey, para com isso! - Goku.

- Estou vendo se esses encantos saiyajins requerem alguma modificação... Não! - Ichigo.

E novamente, outro teleporte, dessa vez para uma sala com uma escada, escada essa que Goku desceu rolando.

- Ouch, Argh! Isso foi... Radical. - Goku. 

- Bem, aqui está, ele aguarda você.- Ichigo.

- Ah, eu quero meu irmão de volta. - Goku.

- Ah sim claro. - Ichigo então começou a girar as mãos, vegeta caiu do teto dando de cara no chão.

- ARGH! EU DESPENQUEI.... POR 30 MINUTOS! - Vegeta.

- Acho que pode cuidar dele daqui. - Ichigo.

- Claro que sim, obrigado.- Goku.

- Cuidar de mim?! Seu mago de araque não pense que eu....

- Ah passar bem. - Ichigo.

E então, o portal passa por Goku e Vegeta, e o saiyajin mais velho cai de cara no chão de novo. Vegeta se levanta e vê seu pai sentado em uma pedra. Goku e Vegeta vão até lá.

- Vocês chegaram, meus filhos.... - Bardock.

- Pai, vamos, o senhor precisa voltar. - Goku.

- Não.... Não posso mais, estou em outro caminho agora... - Bardock.

- C-Como é...? - Goku.

- O Ragnarok. - Bardock.

- Não, eu dei um jeito em Freeza, tá tudo bem! - Goku.

- Não falo dele, Kale.... Minha primogênita... Eu a bani para o mundo de E'mah-Dai'oh a séculos.... Mas ela irá retornar, e vocês precisam dar um jeito nela. - Bardock.

- Bardock, eu queria.... - Vegeta.

- Não me chame de Bardock, me chame de pai.... Eu sinto muito por ter sido um pai horrível para você Vegeta.... Me arrependo, e agora que estou partindo... Eu queria disser minhas últimas palavras. Eu os amo meus filhos. - Bardock.

E então, os dois filhos vêem seu pai falecer, com seu corpo se transformando em poeira e sendo levado pelo vento.

- Irmão.... - Vegeta fala, vendo Goku ficar irritado e se transformar em super saiyajin 3.

- É culpa sua... - Goku.

Porém, antes que ambos pudessem iniciar um confronto, uma poeira negra surge a alguns metros atrás deles, e então, aparece Kale, aparentemente inofensiva, mas com um olhar cruel e com cabelos verdes balançando com o vento. ( Kale com o corpo da forma base e cabelo de super saiyajin, resumindo.)

Goku e Vegeta então andam na direção dela, e colocam seus trajes de combate, Goku o seu GI, e Vegeta sua armadura saiyajin. A energia dourada em volta de Goku era poderosa graças ao super saiyajin 3, e o mesmo segurava seu bastão mágico com força.

- Pressumo que seja Kale. Eu sou Son Goku filho de Bardock. - Goku.

- Sério? Você não é nada igual a ele. - Kale.

- Podemos chegar a um acordo talvez... - Vegeta.

- Você sim é igual a ele..... De joelhos. - Kale.

- Como? - Vegeta.

- Perante sua rainha! - Kale então cria uma esfera de energia na sua mão.

- EU RECUSO! - Goku.

O saiyajin lança seu bastão mágico com toda a força na direção de Kale, que o segura com facilidade, e começa a apertar com força.

- Impossível! - Goku.

- Você não tem ideia do que é possível. - Kale.

E então, ela aperta com tanta força, que o bastão mágico se parte em vários pedaços, e causa uma explosão enorme.


FIM DO CAPÍTULO.







Notas Finais


É isso minha gente linda! 😎✌️

Espero que tenham gostado! Desculpe-me qualquer erro ortográfico e até a próxima! 🤡✌️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...