1. Spirit Fanfics >
  2. Goku x Misa: My Heart Attack >
  3. Goku x Misa: My Heart Attack

História Goku x Misa: My Heart Attack - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Goku x Misa: My Heart Attack


Era apenas mais um dia comum na vida pacata do saiyajin conhecido como Son Goku. Ele acordou bem cedo, de manhã, e se aprontou em questão de segundos para ir treinar com Vegeta. O saiyajin riu ao ver seus músculos no espelho, piscou para si mesmo e então usou seu clássico teletransporte para ir até a Corporação Cápsula. O saiyajin se surpreendeu ao ver Trunks desesperado, agarrando Vegeta pelos ombros, enquanto clamava por sua ajuda. Goku jamais vira ele assim, nem mesmo quando Goku Black, ou melhor, Zamasu, destruiu todo o seu futuro triste:

"Por favor, pai, o senhor tem que chamar o senhor Goku, não vai conseguir vencer essa luta sozinho..." - Exclamava o Trunks crescido, enquanto Chichi e Bulma viam tudo, de longe, segurando os seus filhos dentro da casa, pois sabiam que os dois iriam querer ir juntos para ajudar, e talvez acabassem mortos pelo tal assassino:

"Calma, gente, o que que tá pegando aqui, hein? Não vá me dizer que o Black voltou, nós vimos o Zeno em pessoa dar um fim nele, poxa..." - Goku coçava a sua cabeça, agora despreocupado, observou o adolescente soltar Vegeta e derramar algumas lágrimas, andando calmamente até ele, tentando controlar toda a sua dor:

"Senhor Goku, deixe-me explicar para o senhor. Depois que o Black, ou Zamasu, foram eliminados da existência, eu voltei para o meu futuro. Tudo estava em paz, como era previsto, mas eu e a minha namorada, Mai, achamos que talvez fosse melhor se a gente mudasse de país, pois seria mais fácil esquecer tudo o que nós passamos, como a morte da minha mãe, Bulma, e do meu pai, e do senhor Gohan. Então, nos mudamos para um país bem distante, chamado Japão..." - E então o Trunks do futuro explicou tudo, detalhe por detalhe. Goku e Vegeta ouviam tudo calados, embora o príncipe dos saiyajins não expressasse medo algum e Goku já estivesse excitado por achar o inimigo um tanto forte, imprevisível, ou até invencível:

"Deixa eu ver se eu entendi, ele é um inimigo misterioso, pois não sabemos quem ou como ele é, se é humano ou se é alienígena. O governo está procurando ele, e um tal de L, que é o maior detetive do mundo, está na cola dele, e descobriu que pode haver um segundo assassino. São conhecidos como Kira e Segundo Kira respectivamente. Uau, isso é interessante, eles devem ser muito rápidos, para terem o poder de matar sem serem vistos" - A voz de Goku lutava para não mostrar sua empolgação, em respeito a Trunks, mas Vegeta apenas sorriu com aquele desafio:

"Fácil, só precisamos eliminar a cidade inteira e depois reviver todo mundo com as esferas do dragão" - Sugeriu Vegeta, já se considerando vitorioso com a ideia, mas Trunks negou com a cabeça, andou pelo pátio e se sentou sobre a mesinha de centro, já parecendo mais preocupado:

"Se fizermos isso, os assassinos também ressuscitarão, devido ao fato de nós não sabermos quem ele é. Kami-Sama não existe no meu futuro, e as suas esferas, consequentemente, também não existem mais. Se esse fosse o caso, não acha que eu já teria feito algo?" - Trunks parecia estar cada vez mais desesperado, seus olhos expressavam uma dor que era tão grande, que chegava a doer em Goku:

"Tem alguma ideia de como esse tal de Kira opera? Alguma pista, algo que nos leve até ele, afinal pode ser apenas um alienígena com o poder de ficar meio que invisível, ou sei lá..." - Questionava Goku, preocupado, ao mesmo tempo em que se empolgava em lutar contra um oponente supostamente invisível ou muito rápido. O saiyajin estava louco para ver se poderia ultrapassar os limites do Instinto Superior, até o momento o seu máximo de poder. Goku queria se tornar mais forte do que Whiss, o mestre do deus da destruição de seu universo, queria ser o mais forte de todos os universos ao mesmo tempo...

"Tudo o que sabemos sobre esse tal de Kira, é que ele consegue matar qualquer pessoa do mundo, desde que saiba o seu nome e seu rosto. Quanto ao Segundo Kira, ainda estamos estudando essa tal possibilidade de ele de fato existir, mas, se for confirmado a sua existência, ele é muito mais perigoso, pois só precisa do rosto para matar. Lembrando que isso não foi confirmado ainda, mas por favor, o mundo precisa de vocês, não deixem que a Mai e a Bulma morram em vão..pensem nas crianças, em Goten, Trunks, e na Bulla também..." - Trunks apertou os seus punhos de raiva. Goku e Vegeta trocaram olhares preocupados, mas determinados. Eles tocaram nos ombros de Trunks, e, ao lançarem um último olhar para as suas esposas e filhos, entraram na máquina do tempo, e partiram em uma viagem que poderia ser a última viagem de sua vida.

Quando Bulma e Chichi deixaram seus filhos brincando na sala e retornaram ao pátio da corporação cápsula, começou a chover fortemente. O céu escuro dava um ar assustador à cidade, Bulma apertou um botão na parede, imediatamente, um teto enorme e circular, como uma grande abóbada protetora, cobriu todo o local e os abrigou da chuva e da tempestade. No momento em que todos se sentaram, as duas figuras surgiram ao seu lado, Whiss e Beerus não estavam sorrindo, e o anjo parecia preocupado ou até mesmo triste:

"Goku e Vegeta estão indo em direção a um futuro bem mais sombrio do que eu jamais poderia imaginar. Esses inimigos serão piores do que Freeza, Cell, Majin Boo ou Zamasu. Espero que tudo corra bem com eles" - Whiss sentou-se, ainda muito sério, enquanto Beerus olhava para o último local em que a nave estivera antes de partir, desejando que nada de mal acontecesse com seus companheiros.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...