História Good Dream - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Yuri!!! on Ice
Personagens Otabek Altin, Yuri Plisetsky
Tags Otabek, Otayuri, Yaoi, Yurio, Yurionice
Visualizações 283
Palavras 1.163
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus amores, quanto tempo né non ? Como prometido, tá aí a fic que mencionei na última história que postei.
Obs: demorei pois fiz uma história grande, mas aí chegou em um ponto e tudo ficou forçado então eu excluí os rascunhos e fiz uma one shot com o objetivo da outra.
Espero que vocês gostem.
E EU TAVA MORRENDO DE SAUDADES DE VOCÊS ❤❤😘❤😘❤😘❤😘❤😘❤😘❤😘❤😘❤😘❤😘❤😘.
I love u all ♥.

Capítulo 1 - Hot hot hot


Yuri pov:



Estou no banho e uma sensação me corre pelo corpo, essa sensação que nunca esteve tão forte como está agora.


“ Mancinho como um gatinho preguiçoso “ suas palavras me ecoam na mente enquanto me lembro de seu olhar que penetra na minha alma.


Quando dou por mim estou com uma ereção, mas me lembro que Otabek pode estar no quarto neste momento o que me faz pensar que não posso fazer barulho…


Eu já chamei ele aqui por que não posso mais aguentar toda essa barra sozinho, eu preciso dele, eu preciso de sua presença, eu preciso saber se ele me quer, eu preciso sentir que tenho ele ao meu lado.


“ QUÊ ? “ uma parte de mim pensa.


Eu realmente deveria ter me masturbado no banheiro, quando fico com tesão eu viro outra pessoa e acho que virar essa “ outra pessoa “ com Otabek por perto não seria legal, mas não me importo mais, vou faze-lo me pagar por me fazer se apaixonar por ele.


Coloco um roupão e abro a porta do banheiro, vejo Otabek sentado na cama de costas para mim mexendo em seu celular e aproveito essa oportunidade.


Chego por trás enquanto ele está distraído e passo minhas mãos por de baixo de seus braços acariciando seu abdômen.


– Yuri ?.– ele tenta me olhar por cima dos ombros.


– Cala a boca.– respondo e dou vários beijos por seu pescoço, como pode ser tão gostoso ?.


Coloco minha mão por de baixo de sua camiseta e passo meus dedos sobre seu abdômen definido devagar até chegar em seu peitoral, aperto seus mamilos e deixo vários beijos de seu queixo até a base de seu pescoço.


Escuto um gemido abafado vindo de Otabek o que só me incentiva a continuar, olho seu rosto e ele está com os olhos fechados mordendo seu lábio inferior, sinto tanto tesão que mal posso me controlar.


Desço minha mão direita pelo seu abdômen até a base de seu pênis e aperto sua semi ereção sobre o pano de sua calça o fazendo arfar.


Aperto mais algumas vezes até estar totalmente duro e então coloco minha mão dentro de sua cueca. Ele abaixa o moletom que está vestindo até os pés para que eu possa ter mais liberdade de apalpa-lo, e que pênis é esse ? Meu Deus, medindo mentalmente deve ter aproximadamente 20 ou 19 centímetros, tudo o que quero nesse momento é descer até lá e engolir ele todinho até as bolas, quero fazer ele ficar maluco.


Aperto seu peitoral com minha mão esquerda e pego em seu pênis com a mão direita, seu pescoço já deve estar todo marcado de tantos beijos e chupões que eu estou deixando pela área, não consigo enxergar com tanta clareza pois estou ficando cego de tanto tesão, só consigo enxergar seu pênis.


Aperto a extensão que está dura feito pedra com a minha mão e vejo Otabek abrir a boca e morder seu lábio, passo minha mão por sua glande fazendo movimentos lentos de vai e vem e ele começa gemer.


Aumento a velocidade das bombeadas e Otabek começa gemer loucamente palavras desconexas mas consigo escutar meu nome algumas vezes.


Quando vejo que ele está prestes a gozar eu paro os movimentos o que o faz literalmente choramingar.


– Por que parou ?.– ele diz ofegante com a cabeça apoiada em meu ombro.


– Eu faço seu tipo Otabek ?.– pergunto e dou uma mordida em seu pescoço, então continuo rápido com os movimentos de vai e vem em seu pênis enquanto acaricio seu mamilo.


– É...– ele responde e eu sorrio sabendo que ele está delirando de prazer.


Quando percebo que ele está chegando ao seu ápice mais uma vez eu paro com os movimentos e então vejo que uma lágrima desce de seu olho.


– O que eu te fiz ? Me deixa gozar, por favor.– ele choraminga de olhos fechados.


Dou um sorriso sádico e continuo com meus beijos e os movimentos.


– Estou mancinho o suficiente pra você agora ?.– pergunto com a voz sexy e paro com os movimentos.


– Ah meu Deus, por favor.– ele diz e outra lágrima desce de seu olho.


Começo mais uma vez com os movimentos e Otabek parece estar chorando, é disso que eu gosto, sinto seu pré gozo escorrendo em minha mão e ele mexe seu quadril pra tentar acompanhar a velocidade dos movimentos que eu faço com a mão, então mais uma vez eu paro.


– Eu tô te implorando Yuri, por favor me deixa gozar.– ele diz manhoso.


Começo mais uma vez os movimentos mas dessa vez estou decidido a deixá-lo gozar.


– Pede pra mim, pede.– falo frenético.


– Por favor Yuri, por favor, eu faço o que você quiser.– ele implora manhoso.


Aumento a velocidade dos movimentos no máximo que consigo e então depois de alguns minutos Otabek se desmancha de prazer no chão, em seu abdômen, sua camiseta, seu próprio rosto e minha mão, enquanto ele goza seu abdômen se contrai e seus olhos se reviram e eu não diminuo a velocidade até que ele pare de expelir o sêmen.


Ele está ofegante e seus olhos estão fechados, ele está totalmente escorado em meu corpo. Passo a mão pelo seu abdômen e esfrego parte do sêmen no local, passo a língua no que está em seu rosto e o engulo todinho.


– Vamos pro banho, vem.– me levanto e pego em sua mão depois de alguns curtos minutos, ele tira a parte do moletom de seus pés e fica só com a camiseta e seu membro pra fora.


Chegamos no banheiro e eu tiro o meu roupão, ele tira sua camiseta e me olha da cabeça aos pés, antes de subir o olhar ele o fixa em minha ereção e então chega perto de mim e me beija. Ele desce a mão até meu pênis e então diz.


– Me deixe cuidar disso aqui pra você.–


Ele se ajoelha, pega meu pênis em sua mão, começa masturba-lo devagar e o levanta para acariciar minhas bolas com sua língua. Observo seu rosto, o que só me deixa mais excitado.


Ele para de chupar meu saco e começa lamber minha glande, solto um gemido e então ele abocanha meu pênis por inteiro o que me faz olhar para cima e gemer de prazer. Agarro em seus cabelos e ele continua chupando em uma velocidade rápida.


Depois de alguns minutos, me desmancho em sua boca e ele engole todo meu sêmen, estou ofegante e Otabek se levanta para me beijar mais uma vez me fazendo sentir o meu próprio gosto.


Entramos no box e tomamos banho juntos, depois de nos secarmos e limparmos o sêmen que Otabek expeliu por grande parte do chão ao lado cama, deitamos exaustos e nus na mesma e dormimos observando um ao outro.



Acordo do meu transe hipnótico dentro do banheiro e minha mão está cheia do meu sêmen que escorre lentamente, ainda sedento de prazer levo essa mão até meu rosto e espalho uma parte pelo mesmo e então engulo um pouco.


Depois de terminar o banho tudo o que consigo pensar é “ que loucura eu tô fazendo ? “.


Notas Finais


É isso meus anjos, espero de verdade que tenham gostado pois fiz de coração.
I LOVE U ALL ♥.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...