História Good Life X - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Virando a cor da parede


Eu estava em casa dormindo estava muito tarde até que meu telemóvel toca

-Estou com um problema Rui – Diz o Edu

-Que aconteceu – Pergunto bocejando

-Lembraste de falar sobre mais ou menos das metralballs – Fala o Edu

-Sim o que isso tem – Pergunto confuso

-Alguém acabou de me roubar as minhas poderosas metralballs – Diz o Edu

-Como assim – Pergunto confuso

-Vem aqui Rui e falo contigo melhor – Diz o Edu desligando a ligação

A seguir disso eu segui caminho para a mansão do Edu

Eu cheguei na casa e ele estava na entrada

-Podes me explicar porque estou aqui a esta hora, são quatro da manhã – Falo furioso

-Não sei quando foi mas roubaram as minhas poderosas Metralballs, maldita gangue de rua – Diz o Edu furioso

-Então vamos na casa dele ajustar as contas com o Hugo – Falo furioso

Não são eles – Fala o Edu

-Como não – Digo confuso

-Sim eles tem a haver mas não tem muito a haver, eles só roubam e entregam depois e além disso eles são secretos e não roubam para conseguir eles conseguiram criando cópias ou sozinhos – Fala o Edu

-Então quem foi – Pergunto confuso

-Suspeito que tenha um novo líder nos homens de negro – Fala o Edu

-Whats – Pergunto confuso

-Vamos no centro da cidade eu dirigo – Fala o Edu

-Tu diriges – Pergunto confuso

-Sim eu dirigo as vezes as escondidas de meus pais – Fala o Edu

A seguir disso entramos no carro e ele começa a dirigir

-Desde quando um miúdo de doze anos dirige – Pergunto confuso

-Desde que me apanhem eu posso pagar as multas a vontade e meus pais perdem tempo a brigar porque querem se separar mas querem a fortuna e esqueceram de mim, fizeram muito bem brigar no estrangeiro e me deixar com os avós – Fala Edu

-Pelo menos é melhor que teres um pai que só bebe e quase te espanca – Falo chateado

-Talvez mas não quero saber dessas cenas deles – Diz Edu

-Que história é essa dos homens de negro – Pergunto confuso

-Eles eram um grupo poderoso durante anos foram um segredo importante, eram eles que escondiam o poder das metralballs, mas depois apareceu uns miúdos de dez anos que durante cinco anos enfraqueceram os homens de negro, no inicio eram dois e não eram um perigo muito grande mas DEPOIS APARECEU O terceiro que era um perigo, simplemente apagaram os mais importantes membros dos homens de negro, depois foram embora e veio betinhos que espalharam e estragaram tudo e por isso existe esta gangue – Diz o Edu

-Não tem solução – Pergunto confuso

-Para os homens de negro, já tem, se o novo líder for de jeito – Fala Edu rindo nervoso

-Pareces nervoso – Pergunto curioso

-És um bocado burro Rui, ele parece ser mesmo bom chefe para saber aonde estou – Diz o Edu furioso

-Pois esqueci disso desculpa – Digo desanimado

A seguir disso ele estaciona o carro e o telemóvel dele toca e ele atende e depois de uns minutos ele desliga e liga o carro

-Está tudo bem – Pergunto confuso

-Tenho de bazar e tu não podes vir – Diz o Edu

-Porque não – Pergunto confuso

-Problemas do grupo de karaté – Fala o Edu

-Ok – Digo pensativo

-Podes sair – Pergunta Edu

A seguir disso sem responder eu sai do carro e ele foi embora a alta velocidade

Povs Edu

Eu cheguei no beco aonde estava o Marcus

-Mano tu não tens noção – Diz o Marcus

-O que raios se passou – Falo saindo do carro

-Podemos ficar sem rapazes para o torneio, o funcionário de cacifros que deixa os visuais de karaté apanhou droga em metade da equipa e como o meu cacifro foi pintando, acham que eu tenho a haver – Fala o Marcus furioso

-Eu fiquei tardes a treinar para poder ganhar aquela porra – Falo furioso

-Ainda por cima podem trocar as horas de karaté pelas aulas de apoio já que os resultados do colégio baixaram – Diz o Marcus furioso

-Porra, mas calma vão deixar outras turmas devem fazer reunião – Falo furioso

-A reunião é hoje as oito, podemos ir e estragar a reunião, se estragarmos ainda conseguimos tudo de volta – Fala o Marcus

-Ya tens razão – Digo dando um sorriso

A seguir disso o Marcus entrou no meu carro

-Mano que vamos fazer – Pergunto curioso

-Ser inteligente, vamos estragar as luzes vandalizar o local, colocar armadilhas nas cadeiras, estragar comida e atirar coisas na janela quando estiverem na reunião – Fala o Marcus

-Isso não é má ideia – Digo rindo

A seguir disso seguimos caminho para o colégio e fizemos tudo que o Marcus falou

Algumas horas depois começou a reunião e o Marcus escondido me deu uma fisga

-Isso vai ajudar – Diz o Marcus

-Perfeito – Falo dando risada

A seguir disso começamos a fisgar a reunião e eles saíram da sala furiosos e ficamos rindo e dando mais cinco

 


Notas Finais


Se gostam da fanfic não se esqueçam de favoritar FUIIIII!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...