História Good Morning Call - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Escolar, Japonesa, Paixão
Visualizações 9
Palavras 549
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia
Avisos: Álcool, Bissexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Capitulo um pouco pequeno, mas blz

Capítulo 4 - Quites


Fanfic / Fanfiction Good Morning Call - Capítulo 4 - Quites

Capítulo Anterior

Me arrepiei por inteira ao perceber que a rua citada no documentário, era a que eu estava andando nessa hora da noite, até que sinto uma mão agarrar meu braço...

C.A. Off

P.O.V. Hisashi Uehara

Eu estava jogando enquanto a Nao havia saído pra comprar meu pudim de leite, olhei as horas e vi que já era tarde e nada dela voltar.. me deitei no chão da sala com as pernas de baixo da mesa, até que senti algo ali, peguei o objeto embrulhado e retirei da sacola, vendo ali um quadro quase idêntico ao que ela havia quebrado, com um bilhete: "Querido Uehara, perdão. Da Nao"

Senti que fui um pouco grossso com a Nao. Me levantei, coloquei um casaco e fui procurar a Nao que não havia voltado depois de tanto tempo. Passei em um supermercado, mas não a encontrei, pedi informações, se ela já havia passado por aqui e me disseram que a mesma já havia saído faz tempo, o que deixou mais preocupado. Corri mais um pouco em direção pra casa, pra ver se encontrava ela no caminho..

P.O.V. Nao Yoshikawa

Ouvi barulho de passos cada vez mais proximos, abaixei minha cabeça junto aos meus joelhos com medo, até ouvir uma voz familiar.

Nao: Uehara?!

Falei olhando para o mesmo me sentindo mais aliviada​.

Uehara: O que faz aqui escondida no mato? Ouvi seu choro..

Nao: Eu... Eu...

Fui interrompida pelas lágrimas

Uehara: Não estou te entendendo.

Nao: Tinha alguém atraz de mim, fiquei com medo, sai correndo e me escondi..

O mesmo se senta proximo de mim cansado da corrida. Ficamos um tempo em silêncio.

Nao: Uehara.. O que veio fazer aqui?

Uehara: O que?...

O mesmo vira o rosto.

Uehara: Vim comprar leite.

Nos olhamos por um tempo, até que ele começa a rir, fiquei sem entender.

Uehara: Que cara triste.

Enxuguei as lágrimas do meu rosto e o mesmo me olha sorrindo.

Uehara: Vamos embora pra casa.

Uehara se levanta.

Nao: É meio difícil dizer isto.

Sorri com a cabeça baixa e logo o olho nos olhos.

Quebra de tempo

Uehara estava me carregando nas costas enquanto voltavamos para casa. Meus braços estavam envolvidos em volta de seu pescoço e ele me segurava pelas pernas.

Uehara: Você é tão pesada. E também difícil de aguentar.

O mesmo fala enquanto caminha com a mesma na madrugada.

Nao: Eu realmente sinto muito pelo porta-retratos. Você tem razão, fui indelicada. A foto é do seus pais, não é? Eu não sabia que eles haviam morrido. 

Uehara: Você conseguiu achar um igual.

Seguimos para casa de volta em silêncio, estavamos quites um com o outro.

Chegamos em casa e ele foi direto para a cama. Tomei um banho e fui conferir a geladeira, abrindo a mesma percebi que..

Nao: Já tem leite aqui.

Sorri ao saber que o mesmo havia saído em minha busca. Fui para meu quarto me deitei e logo dormi.

Acordei novamente com seus alarmes barulhentos. Me levantei, fui ao quarto do mesmo e bati na porta.

Nao: Uehara, seus alaemes estão tocando..

Falo em um tom alto, mas não sou retribuída. Respirei fundo e entrei no quarto do mesmo, que estava deitado na cama, dormindo que nem morto.

Nao: Uehara, os alarmes! Vai se atrasar para o trabalho.

Cutuquei o mesmo para ver se acordava, mas o mesmo só se move e continua dormindo.

Nao: Levante.

Ele abre os olhos e me olha.

Uehara: Yuri?

Nao: Como?

Uehara coloca sua mão em minha nuca e puxa meu rosto mais próximo do dele, logo me beijando.



Notas Finais


Vou fazer um maior no próximo, juro skkdks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...