História Good Morning Ten - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jaehyun, Mark, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Taeten, Taeyong, Ten
Visualizações 103
Palavras 671
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Escrevi alguns capitulos hoje,provavelmente irei liberar no decorrer da semana
Espero que gostem

Boa Leitura <3

Capítulo 11 - Capitulo 11


- AI ÓDIO DA MINHA VIDA!

- Você não pode ficar 1 minuto sem gritar,berrar ou comer minhas coisas não? - Taeyong diz revirando os olhos

- Não. - como um pedaço de seu sanduíche

- Aish - revira os olhos - Por que você está "com ódio da sua vida?"

- Por muitos motivos e a maioria é por sua culpa,mas dessa vez não - digo a ele e pego minha prova de química em minhas mãos - Tá vendo? EU TIREI 2!

Ele começa a rir - Aí que pena...Eu acertei todas - da de ombros

- Não acredito que vou fazer isso mas...Você pode me ajudar a estudar para a próxima prova? - digo com um bico em meus lábios e fazendo minha cara mais fofa

- Huum...Não!

- Argh,mas por que não?

- Porque você é muito lento pra aprender as coisas,e eu não tenho paciência simples... - ele diz se levantando e indo até o lixo

- Mas...se eu tirar nota baixa você vai ser prejudicado também!

- Eu - aponta para si mesmo e se senta novamente - Por que motivo?

- Se eu tirar nota baixa meus pais não deixarão que eu more sozinho,eu terei que voltar para a Tailândia e você sabe muito bem que não conseguiria pagar a minha parte e a sua no aluguel - digo com um sorriso irônico - Então,ou você me ajuda,ou eu volto para a Tailândia e você para a casa de sua irmã!

- Grr...Eu te odeio - diz ele colocando as mãos sobre suas têmporas e as massageando - Tudo bem...Eu te ajudo a estudar

- Eeeeba - por reflexo e por eu ser trouxa acabo o abraçando e depois de alguns segundos percebo e retomo minha pose - Cof,cof...Enfim,eu já vou indo.

- Tchau!

~~~~~~~~~

- Aish,preste a atenção!

- Eu estou prestando,você que é um péssimo professor... - digo com um bico em meus lábios

- Ok então,aprenda sozinho - ele se levanta e vai em direção ao seu quarto

- ENTÃO TÁ,EU TENHO CERTEZA DE QUE SUA IRMÃ VAI ADORAR TÊ-LO DE VOLTA EM SUA CASA!

Imediatamente ele volta e se senta novamente ao meu lado - Vamos continuar...

~~~~~~~~

- Olha,olha,olha olha....EU TIREI 10!

- Boa notícia para você... - responde ele sem expressão

- Aish sem graça - me sento ao seu lado - Ei,obrigado por me ajudar.

- De nada... - nesse momento uma garota abre a porta do terraço

- Taeyong-oppa...Você está ocupado? - uma garota magrela pergunta para ele - Puff,você está aqui...Oppa,como você consegue aguentar esse anão irritante?

Nesse momento meu sangue começa a ferver e eu parto para cima daquela tábua de saia.

- Olha aqui sua... - Taeyong me puxa antes que eu agarre o pescoço dela e me coloca de frente para ele

- Calma amor...Não ligue para ela - ele deposita suas mãos em minha cintura e me beija

Ai não,de novo não...

Vejo o vulto daquela tábua correndo atrás de nós e empurro Taeyong

- AAAAAAAA...SE AFASTE!

- Nossa,pra que tanto estresse "amor" - diz ele com um sorriso cínico nos lábios

- Aiish,não me chame assim...Eca,eca,eca...Nunca pensei que meu primeiro beijo fosse ser com alguém como você - limpo minha língua com a manga do meu uniforme

- Eii,deveria se sentir honrado - diz com um bico nos lábios - Todo mundo dessa escola adoraria me beijar!

- Hum,que bom pra você...Eu vou embora.

- Não vai não! O intervalo ainda não acabou,senta ai e termina de comer - ele me puxa me fazendo sentar no banco e posiciona sua perna sobre a minha

- Grr,você quem deveria comer...Não fui em quem "esqueceu de comer" e foi parar no hospital...

- Own,olha só...Parece que você se preocupa comigo...- começa a apertar minha bochechas e eu sinto meu rosto esquentar

- Sai cão! - digo dando tapas em sua mão

- Tenho uma pergunta.

- Hum - o respondo sem dar muita atenção

- Por que você não gosta de mim?


Notas Finais


Altas revelações no proximo capitulo rsrsrs
(Concertei os erros a ;-;)

Até qualquer dia <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...