1. Spirit Fanfics >
  2. Good Trip -Kiribaku. >
  3. Álcool.

História Good Trip -Kiribaku. - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Aqui está.

Boa leitura :3

Capítulo 8 - Álcool.


Fanfic / Fanfiction Good Trip -Kiribaku. - Capítulo 8 - Álcool.

Havia se passado dois dias até as identidades se encontrarem prontas, estavam prestes a ir embora de São Francisco.

-Muito obrigado pela companhia Kazinho, venham me visitar mais vezes -Piscou para o ruivo que sorriu gentilmente para o esverdeado.

-Foi muito boa sua hospedagem Deku, agradecemos não é bombinha? -Eijiro passou seu braço sobre o ombro do menor.

-Por mim tanto faz -Deu de ombros.

-Foi ótimo ficar por aqui, Deku cozinha muito bem e as garotas desse lugar são muito gentis -Denki comentou.

-Bom, acho melhor irmos ou iremos enfrentar um trânsito -O ruivo disse alçando sua mochila.

E foi o que aconteceu, não tinha 4 horas que haviam saído de São Francisco e um trânsito um tanto que ruim, atrapalhava a estrada que antes era completamente vazia.

-Estou muito enjoado Eiji, falta muito para chegar na próxima parada? -O menor se pronunciava no banco traseiro.

-Primeira vez que concordo com esse imbecil, vamos dar uma parada Eijiro, está muito cansativo ficar parado aqui -O louro permanecia seu olhar na jenela bufando pelo descontamento.

-Tudo bem gente, estamos pertos de Napa Valley a famosa cidade do vinho, vamos descer assim que chegarmos e irmos descansar tá bom? -O ruivo encarou Katsuki, que concordou positivamente com um aceno de cabeça.

   -~♡~-

Não tinha tanto tempo que havia estacionado o carro enfrente a um restaurante de Napa valley,  entrando no mesmo a fim de uma refeição para os três.

-Desejam vinho de acompanhamento senhores? -O garçom elegante que os servia disse.

A cidade era conhecida pelos seus vinhos tão sofisticados e saborosos, não custaria saborear uma taça.

-Por favor, copo para apenas dois - Eijiro disse, fitando Denki que mostrou a língua para si assim que o garçom se afastou.

-Por que eu não posso tomar vinho? -O menor estava indignado com isso, não era uma criança pois já tomava vinho ou até mesmo bebidas piores.

-Voce pode ser maior de idade na sua carteira de identidade agora, porém eu sei que nem 18 ano tu tens -Cruzou o braço devolvendo o gesto de língua para o mesmo.

-Crianças -O louro bufou.

   Denki se arrepende de todas as formas por estar naquela situação, os dois "responsáveis" estavam completamente bêbados.

Eijiro dava em cima de Katsuki a cada frase que era dita, dizendo o quanto que o louro era atraente, e o explosivo ria a cada coisa que era pronunciada.

Aquilo estava insuportável até mesmo para si, já estavam em cerca de uma hora naquele estado, precisava seguir a viagem.

Puxou os dois rapidamente para fora daquele local, deixando o dinheiro do pagamento em cima da mesma.

-Para onde estamos indo Kamizinho - Que diabos de apelido era aquele que o louro inventou?

-Voce está com pressa 'ein Kami, não tanta pressa quanto o Katsuki que está louco para me d- Foi cortado pela risada alta do menor.

- Eu gosto muito de vocês sabiam? Invejo a amizade de vocês -Katsuki fez um expressão triste, enquanto era enfiado pelo menor no banco traseiro- Nunca vou ter uma amizade assim, todos vocês idiotas me odeiam.

- Eu não te odeio - Disse o ruivo que era justaposto ao seu lado.

-Por favor, calem a bendita boca nem eu suporto mais -Denki inseriu a chave ligando o motor do carro.

Kaminari não sabia dirigir, havia reprovado não só uma vez na auto-escola, porém aquela viagem não poderia ser travada apenas por conta de dois alcoolizados.

Os dois haviam finalmente ficados taciturnos, olhou para os jovens pelo retrovisor percebendo que Kirishima havia dormido no colo de Bakugo enquanto recebia um carinho em seus cabelos pelo louro.

-Sabe Kami, eu conheço ele tão pouco mais gosto dele -Sorriu- Ele é um puta gostoso, e tão fofo ao mesmo tempo, como é que isso pode ser possível?

-Nao sei Katsuki, mas isso que está sentindo é amor não acha?-Voltou seus olhos para a estrada, que finalmente se encontrava vazia.

-Acho que é desejo -Começou a dar risada- estou com sono também, irei dormir.

- Tudo bem -O menor ajustou sua postura.

   -~♡~-

Kaminari é um homem morto.

Não sabia como que deixou aquilo acontecer, mas ao tentar fazer uma virada acabou por arranhar o carro de seu melhor amigo, não sabia como mas quando escutou o barulho de arranhado seu coração congelou.

Saiu imediatamente para fora, se desesperando ao ver que não era apenas um arranho qualquer,  aquele risco enorme havia arrancado a pintura do carro, e ainda mais tinha amassado a parte traseira do capô.

-Kami, o que está acontecendo - Ah não, o ruivo estava ali de pé aparentemente com uma resseca horrivel- que horas são?

-Deve ser umas 17 horas Eiji, volte para dentro dormir -Seu sorriso de nervosismo o entregava.

- Que porra tu fez com o carro Pikachu? -O louro estava atrás de si, apontando de queixo caído para seu pequeno acidente.

O ruivo se dirigiu ao lado deles, percebendo o estrago que estava em seu carro.

- Eu vou deixar você explicar -O ruivo massageou sua testa, tentando evitar o estresse e a dor de sua cabeça.

-Voces ficaram bêbados em Napa Valley, e eu pensei que estaria tudo bem se eu tentasse seguir a viagem até Yosetime, tudo estava ótimo durante as 4 horas de viagem, até eu não conseguir controlar corretamente o carro numa curva  -Suspirou- Me perdoe.

O ruivo transferiu um tapa em sua nuca.

-Idiota, você é menor de idade Denki! preste atenção nessas coisas, deveria ter nos levado a um hotel! -Sentiu a mão do seu amado pousar sobre seu ombro.

-Ate que não foi um grande estrago, necessitamos dar continuidade a viagem até Yosetime, quando chegamos lá vamos direto a um hotel ok? -Sorriu.

- Tudo bem, dessa vez passa Kami.

  -~♡~-

Assim que chegaram em Yosetime, foram diretos no primeiro hotel que haviam encontrado, necessitavam de um banho principalmente os amantes que cheiravam a álcool.

-Temos um quarto de casal, e apenas um de solteiro, o de casal sai em desconto rapaz  - Disse uma senhora simpática para o Katsuki, que estava indignado pelo preso porém mesmo assim aceitou, pegou as chaves estendida pela mesma.

-Toma Pikachu, a 'veia é uma grande ladra, dois quartos por 90 euros? Só por uma noite? -Revirou suas orbes em desprezo.

Kaminari nada disse apenas pegou sua chave sorrindo maliciosamente para Eijiro, que até agora não havia se pronunciado.

- Ja vou indo ao meu quarto, tenham uma noite magnífica meus amados -Piscou para o cônjuge se retirando apressadamente. 

Seguiram justapostos ao quarto que iriam descansar, assim que adentraram compreenderam o preso devidamente caro na visão de Bakugo.

Além de ser um belo cômodo, os objetos daquele local era muito chamativos e decorativos, bonitos na visão dos garotos.

-Irei tomar um banho apressadamente -Kirishima deu as costas para Bakugo, porém sentiu o mesmo abraçar sua cintura o mobilizando.

-Posso ir junto a você?


Notas Finais


Estava muito exausto, então o capítulo não ficou tão bom assim.
Obrigado por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...