1. Spirit Fanfics >
  2. Gotham Academy >
  3. .PRÓLOGO,, crybaby

História Gotham Academy - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - .PRÓLOGO,, crybaby


Fanfic / Fanfiction Gotham Academy - Capítulo 2 - .PRÓLOGO,, crybaby

                  ● GOTHAM ACADEMY ●

                • P R Ó L O G O •

              ▪︎C R Y B A B Y▪︎

       Gotham City | Fevereiro | 2020

Damian cruzou os corredores com sua típica elegância que apenas ele tinha. Seus olhos verdes esmeralda percorreram todo o ambiente até focar em um único ponto.

Jon já o esperava em frente ao seu armário. Damian balançou a cabeça em reprovação. Apertou os lábios entediado, ouvindo a tagarelice do garoto de olhos azuis enquanto pegava seus livros.

Fora surpreendido por um alguém que pulou em seus ombros, um alguém que ele conhecia muito bem : Lucy Quinzel. A filha do maior criminoso de Gotham, o homem que matou a própria esposa, Harley Quinzel.

Com um sorriso brilhante, e suas maria-chiquinha loiras, um tanto infantil, conheçam a garota mais irritante da face da Terra.

Damian Wayne esperava tudo em Ghotam Academy, menos amigos. Ele era o tipo de garoto que ficava horas e horas em uma biblioteca lendo e jogava Mortal Kombat. Talvez os anos de convivência com seu pai, e seus "irmãos" o enfraqueceram. Mas como dizia seu avô : Se apegar demais é uma fraqueza. Afinal, pessoas morrem.

No início foi difícil. Damian só queria ficar sozinho, preso em seu próprio mundinho particular. Mas com a insistência de Jon e Lucy ele talvez tenha finalmente cedido.

Esfregou os olhos dando um leve bocejo. Insônia ataca novamente. Pesadelos e sonhos com a sua mãe eram comuns para ele.

- Kent ? - O garoto chamou a atenção do amigo. Damian tinha um problema sério com nomes. Todos a quem conhecia ele chamava pelo sobrenome. Era uma forma de irritar as pessoas.

- Sim ?

- Porque ontem você chegou atrasado ? - Damian perguntou já sabendo a resposta. Estava fazendo aquilo para provocar.

- Bem, err... Eu - Jon parecia um tomate de tão vermelho. Suas bochechas estavam coradas.

- Ele estava dando uns amassos com sua prima! - Lucy interrompeu a conversa dos dois enquanto mascava seu chiclete.

Damian deu um pequeno sorriso discreto, que não passou despercebido pela loira.

Mara e Jon era o típico casal que ficavam entre tapas e beijos.

Era bem interessante ver a relação deles. Os encontros as escondidas eram realmente engraçados. Damian não era nada bobo, e rapidamente percebeu o que rolava entre os dois.

Mara assim como ele foram resgatados daquela vida de sofrimentos de Ra' s Al Ghul, carregar o sobrenome de um dos maiores criminosos era um verdadeiro fardo.

Um fardo pesado até demais para carregar.

                         ●》•《●

A bolinha de papel passou raspando em sua orelha. Damian suspirou, antes de arquear as sombrancelhas irritado.

- Logan, se continuar cuspindo essas merda na minha cabeça, serei obrigado a tomar providências.

O garoto de cabelos pintados de verde guinchou como um felino. Seus olhos castanhos reduziram em satisfação ao perseber que havia irritado o "geninho".

- Ou vai fazer o que ? Me mandar  para a diretoria?

Damian não se limitou  a responder. Apenas apontou o dedo do meio.

A relação de Damian e Garfield era considerada como um tanto estranha. Uma hora eram parceiros em suas traquinagens, outra hora eram inimigos declarados. 

Seus olhos esmeralda se elevaram até a porta. O barulho de tamanco ecoava pelas paredes. Todos prenderam a respiração. Era o diretor. Oswald, ou melhor, como é mais conhecido, pinguim, assustava qualquer um. Tanto pelo seu charmoso nariz. Quanto pelo seu mal-humor diário.

E o pior de tudo : Ele odiava Bruce Wayne, e fazia de tudo, para deixar a vida de Damian mais infeliz.

- Você - Seu dedo indicador apontou na direção de Damian - Sala da diretoria.

Ótimo. Jon estremeceu ao seu lado. Ele havia descoberto ? Eles haviam colocado uma barata dentro do sanduíche de presunto do diretor na semana passada. Seu pai iria o matar.

Damian seguiu Osward até a sala da diretoria em silêncio. 

- Damian... como novo presidente do grêmio estudantil, você sabe que possui responsabilidades não? 

O garoto apenas assentiu. E o mais velho continuou.

- Pois bem. Aqui está sua primeira missão.

Logo após dizer estas palavras o diretor foi até uma salinha particular da diretoria.

Damian conseguiu ouvir alguns sussurros. Rapidamente a porta novamente foi aberta.

- Damian Wayne, conheça Rachel Roth.

__________________■____________________









Notas Finais


🖋só os mitos vão entender pq eu coloquei o título de Crybaby
🖋o próximo capítulo vai ser grandão, esse foi só uma introdução.
🖋deixe sua crítica construtiva, para mim estar sempre melhorando minha escrita. Um comentário melhora meu dia. Deixe sua opinião.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...