1. Spirit Fanfics >
  2. Gotta Be You Yunho (Ateez) >
  3. Cap.06

História Gotta Be You Yunho (Ateez) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um capítulo para vocês, me perdoem pela demora. Hoje faz 34 dias que minha mãe morreu, pra ser bem sincera, por causa do ocorrido tava sem vontade de escrever

Capítulo 6 - Cap.06


Cap. 06

Enfim o outro dia chegou, a noite tinha sido longa, acordei várias e várias vezes pensando na mensagem recebida algumas horas atrás. Levantei e fui logo ao banheiro, precisava tomar um banho.

**Yunho On**

Pensamentos on:

Acordei sem nenhuma mensagem da s/n, acho que ela deve estar dormindo ainda.

Hoje é meu dia de folga, quero aproveitar o máximo possível. Estou pensando em chamar ela para um passeio, quero muito a conhecer melhor, sei que devo tomar muito cuidado, mas, mesmo assim quero que esse passeio seja perfeito.

Só tem um problema... Não sei aonde levá-la.

Vou perguntar ao Hyung, ele deverá me ajudar!

Pensamentos off

...


Yunho: Hyung, posso falar com você um minuto?

Seonghwa: sim, pode falar.

Yunho: Não sei bem como te perguntar isso, mas... Me fale um lugar bom para levar uma garota num primeiro encontro? (Falei baixinho)

Seonghwa: Yunho, Você tem alguém? (Seonghwa disse surpreso)

Yunho: Bem, não tenho, ainda.

Derrepente ouvimos uma voz calma, era o San. San era novo e tinha um jeito de durão, mas quando o assunto era amor, San sabia muito bem o que fazer.

San: Yunho, acho que posso te ajudar!

Seonghwa: Mas quem é a pessoa ?

Nunca menti para os meninos, Hongjoong mesmo fala que somos uma família. Falar de amor, para mim era algo estranho, mas isso ficou no passado.

Yunho: Lembra aquela brasileira, dos cabelos cacheados que estava ontem no Fansing?

San: Acho que o nome dela é S/n não é?

Yunho: sim, essa mesma.

Seonghwa: Não vou criticar. Ela realmente é linda.

San: Então o nosso pequeno Yunho, quer sair com a brasileira dos cabelos de molinhas??

Yunho: Sim, se possível ainda hoje!

Seonghwa: Já que hoje é nossa folga mesmo, leve ela para jantar fora.

San: Mas não em qualquer restaurante. Leve em um brasileiro, para ela se sentir em casa.

Yunho: está certo. Vou mandar mensagem para ela agora!

**


**S/n on**

Aproveitei o banho para lavar os cabelos que estavam uma bucha. Ouvi o celular tocar, era mensagem de Yunho. Puta merda, foi aí que lembrei que me esqueci de responder o mesmo na noite passada.

Que ódio de mim, agora estou com medo dele achar que estou o ignorando.

**MENSAGEM ON**

Yunho: Oi. Como você está ?

S/n: Oi Yunho, estou bem obrigada por perguntar. E você? Como está hoje ?

Yunho: Estou bem, mas, ficaria melhor se respondesse um SIM para uma pergunta minha!

S/n: Qual seria ?

Yunho: Não quero ser atrevido, mas... Você aceitaria sair comigo para jantar?

S/n: Claro que aceito. Só me falar o dia.

Yunho: Hoje mesmo. Quero aproveitar o dia, não é toda semana que temos folga.

S/n: O que ? hoje já ?

Yunho: Você tem outro compromisso? Se tiver, tudo bem. Marcamos para outro dia.

S/n: Não, não tenho. É que não esperava ser tão rápido assim.

Yunho: Então pode ser hoje?

S/n: Pode sim -enquanto digito sinto meu rosto esquentar e meu coração errar as batidas- Que horas e onde vamos nos encontrar?

Yunho: As oitos, tudo bem para você?

S/n: sim

Yunho: E não se preocupe com o local. Irei na sua casa lhe buscar.

S/n: você sabe onde eu moro ? 

Yunho: Me desculpe, depois que te conheci não podia deixar você ir sozinha para a casa sem alguém cuidado. As ruas de Seul são muito perigosas a noite.

S/n: Tudo bem Yunho, não precisa se explicar.

Yunho: Então, até as oitos ?

S/n: até as oitos! 


***


Mal posso esperar para a noite chegar, estou meia sem jeito de como agir na frente dele, vou tentar ser o mais natural possível! Isso aí s/n você consegue!!


***


A noite então chegou, olhei para o relógio e era exatamente sete horas. Comecei a me arrumar, cada segundo que passava junto com o ponteiro do relógio, meu coração batia no ritmo do mesmo.

Rapidamente soltei um "VOU COMEÇAR PELO MAIS DIFÍCIL!"

Olhei no espelho pensando em que penteado fazer. O que não resolveu muito, resolvi ir com o cabelo solto mesmo. Depois de alguns minutos me olhando no espelho me observando, vi que tinha chegado uma mensagem.


**Mensagem on**

Yunho: Boa noite princesa! já estou aqui na frente te esperando.

***


Senti meu rosto esquentar de vergonha, mas nem deu tempo de pensar direito na mensagem que iria responder. Corri entre os corredores do apartamento, quando cheguei a porta de recepção dei de topo com o mesmo que esperava por mim de pé ao lado da porta.

S/n: Oi. Você não deveria estar dentro do carro me esperando?! Assim alguém pode te ver.

Yunho: é que estava ansioso para ter ver. 

Yunho ficou um tempo me olhando, confesso que estava curiosa para saber o que se passava pela sua cabeça.

S/n: O que foi ? - falei com um sorriso nos lábios.

Yunho: hum..? Ah.. você está linda s/n.


Ri envergonhada, porém tinha gostado do elogio.

Yunho: Vamos ?

S/n: Claro.

Quando entrei dentro do carro vi que tinha além do motorista dois seguranças, Yunho percebeu que tinha ficado meio confusa com a cena.

Yunho: Eu preciso andar com eles, é segurança para nós dois s/n!

S/n: Eu sei, por você ser um idol tem que tomar seus cuidados. Mas... É que nunca passei por isso, só estranhei. -falei baixinho, tensa com a situação.


Yunho não esperou nem eu terminar de falar, rapidamente segurou minhas mãos e pôs o braço em volta de meus ombros como sinal de proteção. Me senti segura em seus braços, era como se fosse minha âncora. Logo chegando ao nosso destino, um restaurante super luxuoso. Descemos do carro vi que as luzes do mesmo estava acesas, porém não tinha ninguém lá.

S/n: Ué, está fechado ?

-Yunho riu de minha inocência-

Yunho: achei melhor fechar o restaurante só para nós dois.

S/n: Ah tá, entendi- soltei uma risada baixa-

Entramos no restaurante de mãos dadas, os funcionários nos olhavam como se falassem por dentro: -"Eles estão juntos ?" , "São namorados?"

***


Depois de jantar, Yunho parecia querer falar alguma coisa, parecia estar nervoso. Procurava com cuidado as palavras, ele já é fofo e assim ficou mais fofinho ainda.

Yunho: Você quer dá uma volta no parque?

S/n: Não tem medo de alguém nos ver juntos ?

-Yunho balança a cabeça em negação-

S/n: Então vamos!


Demos a volta no parque até que avistei um banquinho de longe.


S/n: Será que você me alcança Yunho. -Disse rindo indo em direção ao banco-

Yunho: Assim não é vale. -Gritou já quase me alcançando-

Não demorou muito para Yunho me alcançar, porém eu já estava sentando no banco. Comecei a rir do mesmo que logo se juntou a mim.

S/n: Ei, obrigada por essa noite. Foi muito bom passar um tempo livre com você!

Yunho me encarou por alguns segundos. Seus olhinhos brilhavam, era mágico ficar perto dele.

Yunho: eu quero te falar uma coisa... Mas estou com um pouco de vergonha- disse baixando o olhar.

S/n: não precisa ter vergonha de mim, pode falar.

-Yunho concordou com a cabeça e respirou fundo-

Yunho: É que eu gosto de estar com você, na verdade eu gosto de você. Desde o fansing, foi lá que meus sentimentos começou.

-Franzi o cenho em forma de interrogação-

S/n: An? Sério ?

Yunho: Não estaria preocupado se o povo falassem de nós dois se fosse só amizade, não ligaria com as câmeras e as fotos de nós dois. Mas eu quero mais...

-Fiquei olhando para o mesmo.. Yunho estava com vergonha, seu rosto estava vermelho.. segurei seu rosto com as duas mãos-

S/n: Eu também quero mais. 

-nao aguentando esperar por ele que ficou me olhando rindo, selei nossos lábios com um beijo calmo.-



Notas Finais


Continua???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...