História Gramática - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens JB, Youngjae
Tags 2jae, Fluffy, Romance
Visualizações 37
Palavras 305
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Verbo amar


Verbo amar

Youngjae & Jaebum

Eu amo, tu amas, ele ama, nós amamos, vós amais, eles amam. Eu amei, tu amaste, ele amou, nós amamos, vós amastes, eles amaram. Eu amaria, tu amarias, ele amaria, nós amariamos, vós amarieis, eles amariam. Eu amarei, tu amarás, ele amará, nós amaremos, vós amarei, eles amarão.

O mesmo verbo conjugado diversas vezes em tempos distintos não muda o seu significado, seja no presente, no pretérito, no futuro do pretérito ou no futuro ele continuará o mesmo. Ele continuará sendo o verbo amar, assim como eu continuarei te amando.

Eu te amaria mesmo que não fosse recíproco - futuro do pretérito; amar verbo amar; eu - pronome do caso reto; te - pronome do caso oblíquo. Viu? Ainda assim não deixou de ser o verbo amar! Eu te amei desde o primeiro olhar - pretérito; amei - verbo amar; eu - pronome do caso reto; te - pronome do caso oblíquo. Percebeu? Não deixou de ser o verbo amar.

Eu te amo de todas as formas possíveis - presente; amo - verbo amar; eu - pronome do caso reto; te - pronome do caso oblíquo. Viu? Está no presente e ainda assim é o verbo amar! Eu te amarei até o fim da minha vida - futuro; amarei - verbo amar; eu - pronome do caso reto; te - pronome do caso oblíquo. Nada mudou hum?

Eu te amo com todos os seus defeitos, te amaria independente de como nos conheceríamos, te amei por todos esses dezoito anos e se possível te amarei por mais dezoito porque não há nada nesse mundo que possa diminuir, acabar ou mudar o que sinto por você, assim como o verbo amar conjugado em todos os tempos verbais não perde sua essência o meu amor por você ainda é o mesmo de quando nos conhecemos há dezoito anos atrás.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...