1. Spirit Fanfics >
  2. Grandão e baixinha >
  3. Aurora 55

História Grandão e baixinha - Capítulo 55


Escrita por:


Capítulo 55 - Aurora 55


Mas tarde Ricardo chega acordando ela.

Ele acordou beijando.

Ricardo : Boa noite ,pequena!.

Ela mordeu o labio dela depois olhou para o cel.

Leiticia : 22:00 horas Ricardo.

Ricardo : fui adiantar as paradas da boca.

Leiticia : Você ta com cheiro de maconha.

Ricardo : Desculpa.

Liticia : Foi por causa do Derick.

Ele começou a chorar .

Ricardo : Eu não quero te perde denovo.

Leiticia : para com isso amor,olha oque você ta dizendo.

Ricardo : Se ele for o pai vc vai ficar com ele.

ela puxou ele para cama e fez carrinho.

Leiticia : Você é o amor da minha vida,sempre foi eu te amo,quantos você fumou Ricardo?.

Ricardo : apertei doiszinho.

Leiticia : se ela for dele ,eu vou criar minha filha sem ou com vc,vou ama-la como já amo,e queria que amasse.

Ricardo : Eu amo Você,queria tanto que fosse minha,mas se não for me deixa ficar do seu lado,não fica com ele.

Leiticia : nunca mas vou fugir de você.

Ricardo : Sei que um sem noção idiota mas to tentando mudar por você,to fazendo faculdade,to preucurando ser o homem melhor, tudo por amor.

Leiticia : não pedi,para mudar pedir para melhorar e você ta melhor,e eu nunca mas vou desistir de você,por nada eu sou sua Ricardo e sempre vou ser.

Eles se amaram e dormiram.

Acordaram aos beijos e trocando acarias.

Ricardo : Você vai me dar mas filhos?.

Leiticia : Quer mas?.

Ricardo. :eu quero varias bagunça aqui em casa,varias alegria,e você quer termas meus?.

Leiticia : Se for seus sim,to indo para a segunda filha já.

Ricardo : ela não quer ficar com agente.

Leiticia : mas não deixa de ser nossa bb.

Ricardo : Aurora é minha também,sinto.

Leiticia : não quero brigar,com você.

Ricardo : ainda quero fazer o churrasco,lá na favela.

Leiticia : ta com sdds de lá né.

Ricardo : sinto,fui criado e queria criar meus filhos lá tabém,mas você não gosta de lá da nossa casa,não volto para lá sem você.

Leiticia : Depois que ela nascer,agente pode voltar,vamos ficar por aqui por enquanto,o hospital é mas perto se acontecer qualquer é só agente correr para o hospital.

Leiticia :Lá é pequeno para a bebê e para quem quer mas filho.

Ricardo : Amanhã mesmo começo com as obras.

Leiticia : A faculdade,mas as obras mas eu é muita coisa,não sei se te quero perto da boca.

Ricardo : Eu sou traficante,mas fica tranquilo,não ixagero mas no na maconha.

Leiticia : Te amo,meu maconheiro.

Ricardo : te amo minha preta.

ela forrou os peitos puxando o coberto.

Ricardo : vamos poder voltar mesmo que a Aurora nascer?.

Leiticia : vamos,para de olhar.

Ele deu uma mordidinha na bochecha dela.

Leiticia : sente tanto tesão assim por mim grávida?.

Ricardo : sim,pow tu não deixar de ser minha,fica mas carrinhosa concegue me intender melhor.

Leiticia : to com fome.

Eles comeram,uns meses se passaram.

Ricardo : Você tabém?.

Leiticia : to cansada,mas to.

Ricardo : Sua barriga tão grande.

Leiticia : vai se fuder gorda é você.

Ricardo : Você é a mulher mas linda desse mundo,fica mas bonita gravida.

Leiticia : brigada.

Ele ajudou ela se ageitar na cama com cuidado.

Ricardo fez carrinho nela.

Ricardo : não,chora pequena.

Leiticia : Não aguento mas de dor Ricardo,se não for amanhã depois eu vou ter.

Ricardo : você tomou tantos remédios.

Leiticia : Não,adianta muito a dor vem,arruma as coisas da bebê e a minha .

Ricardo : não precisa ficar insigura eu vou tar lá ,vou segurar sua mão.

Leiticia : Não me deixa sozinha lá não.

Ricardo : Não vou,vai ficar tudo bem.

Ela dormiu gemendo de dor e ele arrumou a bolsa,de madrugada a bolsa estorou e ele levou ela correndo para o hospital.

Ele foi.

Logo os pais dela e dele chegou depois de horas a enfermeira deixou ver o parto.

Ele foi lá segurou na mão dela.

Leiticia : Você veio.

Ricardo : vim,você ta linda.

Leiticia ela ficou chorosa.

Ricardo : isso amor,faz força para ela nascer.

depois de horas a menininha nasceu.

De nove meses certinho,mas nasceu gordinha.

Leiticia : você é tão linda.

Ela é branca como a neve.

cabeludinha,cabelinho todo enrroladinho.

Ricardo : deixa eu pegar um pouco ela.

Ela deu um beijo nela e deu para o Ricardo que fez seus ultimos carrinhos na menina que foi levada para tomar banho e fazer isame de sangue.

Eles fizeram os isames nela enquanto ela descançava ele não saiu nem um momento do lado dela.

Quando ela acordou ela pediu a ele que fosse para casa para tomar banho e comer,ele não queria ela fez suas xantagens emocionais e ele foi.

Mas voltou rapido.

Leiticia : já?.

Ricardo : Já.

Leiticia : A enfermeira disse que já podemos fazer o isame.

Ricardo : Eu não quero fazer, ela é minha filha.

Leiticia : Derick veio. trouxe umas rosas ela.

Leiticia : Vamo fazer Ricardo,Derick ele ta querendo registrar a menina,se não já.

Ricardo : Que ,fica tranquila que vou resolver isso.

Leiticia : Amor vamos fazer o teste,não quero ter duvida.

Ricardo : do meu sangue ou não ela é a minha filha.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...