História Gravida - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 10
Palavras 1.033
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Parte final


12 anos depois

James POV

Eu estou com quinze anos e mamãe ainda não perdoou o papai, tudo o que eu mais quero é que eles fiquem juntos, esse sempre foi o meu pedido nos meus aniversários.

Se dependesse do meu pai, nós três estaríamos vivendo como uma família, mas a minha mãe diz que eles não podem ser mais que amigos. Eu sei de tudo o que aconteceu quando mamãe descobriu que estava grávida e sei também que meu pai está arrependido, ele me pede desculpas todos os dias e eu sempre digo que não a nada para ser perdoado porque ele sempre esteve ao meu lado.

Eu e meu pai sempre demos um jeito para acabar com os namoros da mamãe e ela nem suspeita disso. Hoje é meu aniversário e diferente de todos os outros eu falei para a mamãe que não quero uma festa, apenas um jantar em família, ou seja, Eu, ela e o papai.

Desci as escadas e vi minha mãe arrumando a mesa, ela estava tão linda, toda arrumada e o cheiro doce do seu perfume podia ser sentindo de longe. Aproximei-me e assim que ela me viu sorriu.

Mãe: Precisa de alguma coisa filho? – perguntou arrumando os talheres em seus devidos ligares

Eu: Eu tenho que ir à casa do Rick buscar uma camisa que esqueci lá. – ela me olhou

Mãe: Não pode ser outro dia? – me analisou – Essa camisa está ótima!

Eu: Eu queria usar a que está na casa dele, foi o papai que me deu. – ela assentiu

Mãe: Não demore... Seu pai já vai chegar. – beijou minha testa

Sai de casa e fui até a janela do meu quarto, subindo a escada que deixei lá hoje a tarde. Minha parte do plano foi executada com sucesso, agora é com meu pai.

Harry POV

Recebi uma mensagem de James dizendo que eu já podia ir, desci do carro no qual eu estava a dez minutos esperando o sinal do meu filho. Apertei a campainha e sem demora Stella abriu a porta. Uou com como ela estava gata, os anos a fizeram tão bem que a cada dia ela fica mais linda.

Stella: Oi Harry! – sorriu e me deu um rápido abraço – Entre, James foi à casa de um amigo e já volta.

Eu: Você está linda! – disse e a vi corar sorrindo envergonhada

Entrei, caminhei até a sala sentando-me no sofá e Stella fez o mesmo. Parece impossível parar de olha-la, desde o momento que a perdi eu não consigo pensar em outra coisa a não ser tê-la de volta, essa história que ela inventou de sermos amigos não da muito certo pelo mesmo não no meu caso.

Stella: Pare de me olhar desse jeito, está me deixando envergonhada. – abaixou o olhar

Harry: Você continua tímida como sempre. – sorri

Stella: Nem tudo em mim continua a mesma coisa. – me olhou

Harry: Claro, agora você consegue assistir um filme de terror sem morrer de medo. – rimos

Stella: Eu estou bem grandinha Styles. – sorriu

Harry: E linda como sempre. – mais uma vez ela sorriu envergonhada

Stella: James está demorando! – mudou de assunto e olhou para o relógio na parede

Harry: Eu acho que ele não vem! – mordi meu lábio

Stella: Como não vem é o aniversário dele! – caminhou até seu celular na estante e eu a impedi de pega-lo segurando suas mãos

Harry: Ele queria que ficássemos sozinhos para podermos conversar. – falei enquanto olhava em seus olhos

Stella: Nós sempre nos falamos e ele sempre esteve perto. – se afastou ficando de costas para mim

Harry: Conversar sobre nós! – ela negou com a cabeça

Stella: Esse assunto foi encerrado há muito tempo. – caminhei até ela a virando de frente para mim

Harry: Para mim não! – ela fechou os olhos – Olhe nos meus olhos e diga que não me ama.

Stella: Harry eu não...

Harry: Nos meus olhos Stella! – ela abriu os olhos lentamente

Stella: Eu ainda te amo! – suspirou – Como você quer que eu te esqueça, se você não dá chance para que isso aconteça?! – disse com os olhos marejados

Harry: Eu já me desculpei me redimi, não estive presente na gravidez, mas não abandonei completamente o meu filho. – falei vendo uma lágrima escorrer em seu rosto

Stella: Mas me abandonou! – disse baixo e se eu não estivesse tão perto não teria ouvido

Harry: Eu estou aqui agora... Na verdade eu sempre estive ao seu lado. – limpei suas lágrimas que agora caiam sem controle

Stella: Até quando você vai estar aqui? Eu não quero ceder e você me abandonar de novo. – desviou seu olhar do meu

Harry: Eu vou estar aqui sempre, por que você querendo ou não, somos uma família. Eu sei que te dei motivos para ficar com um pé atrás, mas agora eu te digo que eu não vou mais te deixar. – acariciei sua bochecha com o polegar – Vamos dar uma família normal para o James? Uma família que os pais não morem em casa separada.

Stella: Eu posso me arrepender, mas eu aceito você de volta. – sorri – Porém, se você for embora mais uma vez, não precisa voltar.

Harry: Eu não vou!

Então depois de tantos anos eu a beijei e como esses lábios me fazia falta. Não é como as vezes que a beijei de surpresa e ela me empurrava e batia na minha cara, esse era retribuído por ela. 

Apertei-a em meus lábios e ela sorriu entre o beijo, ouvi passos na escada e em seguida aplausos, separamos o beijo.

James: Somos uma família! – disse alegre

Stella: Você armou tudo isso as minhas costas. – disse em uma falsa indignação – Obrigado filho, se não fosse por você eu não teria dado outra chance para o seu pai. – me olhou sorrindo e me abraçou de lado

Harry: Eu também participei do plano, quero meus créditos. – ela riu e me beijou

James: Agora que vocês voltaram, vão mesmo ficar fazendo isso na minha frente?

Stella: Se acostume filho, isso se chama saudade. – disse o puxando para um abraço em família.

Família, eu não me cansaria de falar essa palavra, agora finalmente eu tenho a chance de ser feliz e fazê-los felizes, eu não vou jogar tudo fora de novo, vou fazer dar certo.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...