História Grávida do meu ex (Cellbit) - Capítulo 19


Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Ashley Benson, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", Flavia Sayuri, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Ashley Benson, Rafael "CellBit" Lange
Tags Ashley Benson, Cellbit, Gravidez, Rafael Lange, Youtubers
Visualizações 160
Palavras 1.195
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura❤️

Capítulo 19 - Thank you


Ainda segunda

Continuamos no silêncio até sermos interrompido pela médica :

-ANNA OLIVEIRA ! Grita a médica me chamando 

Nós quatro nos levantamos, mas a médica fala :

-Só quero os pais.

Eu vou até o Alex e dou um selinho no mesmo e ele fala : 

-Te encontro na frente do prédio- Ele fala no meu ouvido 

Eu apenas indico um sim com a cabeça.

Rafael ficou me esperando no corredor, eu vou até ele. E nós caminhamos até a sala da doutora, seja que Deus quiser.

Entramos na sala e a doutora estava nos esperando sentada em sua cadeira :

-Como estamos indo ?

-Bem.

-Ótimo, você fez aqueles exames que eu te pedi ?

-Sim- Respondo pegando os meus exames na bolsa- Aqui- Falo dando os exames pra ela.

Ela da uma olhada rápida nos exames e me fala :

-Bem, está tudo bem, o bebê está saudável, não é ótimo papai ?

-Sim, muito- Rafael responde.

-Vamos se pesar ?- Ela fala se levantando da cadeira 

Eu tiro a minha sapatilha e sigo a doutora até a balança :

-Pode subir.

Eu subo em cima da balança, depois de alguns segundo vem o meu peso e a doutora fala :

-Está na média, meus parabéns.

Queria entender como eu não estou acima do peso, eu to comendo mais que pedreiro em dia de obra.

-Obrigada- Respondo saindo em cima da balança 

Eu volto pra minha cadeira, e coloco a minha sapatilha novamente. A doutora volta pra sua cadeira e fala :

-Bem, eu antes do ultrassom eu queria dar um aviso pra vocês.

-Tá tudo bem com ela ?- Pergunta Rafael preocupado.

-Não, o bebê está ótimo, como ela está no 6 mês de gestação récem completado, eu recomendo que dê alguns repousos, descansa bastante, não se esforce, não faça atividades físicas, está proibido academia e caminhadas, você está entrando numa fase muito complicada da gestação não pode se arriscar.

-Mas tem perigo dela nascer prematura ?- Pergunto muito preocupada.

-Nenhum, como você teve quase um aborto, só queira te dar um toque- Ela se levanta da cadeira- Vamos pro ultrassom ?

         (.........)

Nós saímos da sala e seguimos em direção até a recepção. Rafael ficou a consulta inteira calado, ele está muito quieto, ele tá estranho demais, por quê eu to me preocupando com ele, ele me traiu. Eu puxo assunto :

-Você tá quieto demais, aconteceu alguma coisa ?- Pergunto

-Nada, só perdi a mulher da minha vida por uma besteira, agora eu estou namorando a minha ex que me meteu um puta chifre, tirando isso to ótimo- Rafael me responde.

Era bem raro Rafael ser irônico na minha frente, em vídeo até que era comum, ele sempre foi muito transparente comigo. 

-Desculpa ter perguntado, não queria que fosse grosso.

Ele fica quieto por alguns segundos mas me responde :

-Desculpa- Ele fala me abraçando- Sério, me perdoa, ando meio estressado esses dias.

Tadinho ter terminado com ele deve ter deixado ele triste, merda, por quê eu to com dó do meu ex ? Ele que me traiu, quem mandou me trair, né ?

Eu termino o abraço, e caminho junto com ele até o elevador me silêncio, ele chama o elevador e eu falo :

-O pior dia da minha vida, foi quando eu terminei com você.

-Sério, me perdoa, eu te amo ainda- Eu o interrompo.

-Eu me arrependo sabe de ter terminado com você, mas- Começo a chorar- Eu queira te dar uma segunda chance, só que não dá, você acha que eu amo o Alex ? Eu to com ele porque ele me dá segurança e confiança, se eu voltasse com você, seria como eu tivesse me dando um certificado de trouxa.

-Sério, me deixa eu explicar aquele dia, por favor- Ele fala implorando.

-Só explicar.

-Muito obrigada.

(Flashback do Rafael)

-Amor eu vou visitar a minha mãe, quer ir ?- Fala Anna entrando no meu quarto.

Como eu queria ter aceitado o convite, preferia gravar um vídeo com uma desconhecida, burrice ? Sim muita, mas é sempre legal dar uma oportunidade pra novos canais crescerem.

-Bem que eu queria, mas eu tenho aquela colab, lembra ?- Respondo editando um vídeo.

-Aí meu Deus, eu me esqueci, bom vídeo pra você- Ela fala vindo até mim e me dá um selinho 

Que saudades disso, okay posso estar sendo um pouco exagerado mas dá uma puta saudade disso.

-Te amo- Ela fala saindo do quarto 

-Também te amo.

Depois disso se passaram alguns horas, eu estou na sala esperando a youtuber chegar, até que recebo uma surpresa inesperada :

A companhia toca, eu corro até a porta pra atender, e dou de cara com a Sofia em pessoa :

-Saudades minhas ?

-Sai Sofia.

-Vai, deve estar com saudade de uma mulher de verdade, né ? Transar com uma grávida não pode ?

-Como você soube ?

-Sabendo, to brincando, eu tenho as minhas fontes, ou você acha que não dá pra ver uma barriguinha naquela foto sua juntos, né ? Suas fãs não são retardadas.

Ela tinha razão, precisava contar pra as minhas fãs sobre a minha filha que estava a caminho.

-Sai, deve estar aqui porque o Rezende deve ter rejeitado você, né ? Não tiro a razão dele.

-Nossa Rafael, não me trata assim ou você quer que as langers sabiam sobre sua filhinha, né ? Se eu fosse mãe da criança, eu ia rezar pra elas não descobrirem.

Ela tava me fazendo uma chantagem, tinha que fazer alguma coisa.

-Bem- Falo pegando o meu celular no bolso, entro no Twitter- Se você diz que as minhas fãs precisam saber sobre eu ser pai, eu irei contar agora- Falo digitando um puta textão contando a novidade.

-Você sabe Rafael que elas vão massacrar a coitada da Anna, você não a ama ? Se a amasse não estaria digitando isso agora.

Eu paro de digitar no mesmo momento, ela tinha razão minhas fãs iam atrapalhar a gravidez, e a coisa que a Anna menos precisa no momento e passar nervoso.

-O que você quer ?

-Bem você sabe que o meu silêncio custa caro, pra sua sorte eu tenho uma ótima proposta. A Anna tá a caminho daqui, eu preciso melhorar minha imagem na internet graças a suas fãs minha imagem tá uma verdadeira bosta, estão quando ela chegar aqui eu quero que finja que está me traindo- Eu a interrompe.

-Não era mais fácil eu terminar com ela ?

-Claro que não, você não é o tipo de cara que termina relacionamento, ia ficar bem na cara que está acontecendo alguma coisa. Bem você decide a Anna ou seu amor por ela.

Claro que eu ia escolher a Anna, eu a amo, com certeza eu ia querer o bem maior dela.

-A Anna- Eu falo dando espaço pra ela entrar 

-Ótima escolha- Ela fala entrando em casa.

Eu entro logo em seguida e deixo a porta meio aberta, perfeita cena de novela. Sofia tira a camisa e fala :

-Precisamos simular que estamos transando, tira a calça.

Eu a obedeço, tiro minha calça. Bem o resto vocês já sabem.

(Fim do flashback)

Continua............................

 

 

 


Notas Finais


Obrigada por ter lido❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...