1. Spirit Fanfics >
  2. Gravidez ABO - 2Temporada >
  3. Four

História Gravidez ABO - 2Temporada - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Four


Fanfic / Fanfiction Gravidez ABO - 2Temporada - Capítulo 4 - Four

Atenção: esse capítulo contém insinuações de abuso sexual, se você já sofreu com isso, por favor não leia, pode ser um gatilho para você, obrigado e boa leitura.

Não é todo dia que uma criança aparece em seu quarto de hotel e diz que é seu filho, não é mesmo?

-Ok, acho que você se enganou, onde está seu pai?

-Há essa hora ele deve estar na polícia, sai sem avisar.

-Po-Polícia? Eu sou jovem de mais para se preso - IN pega seu telefone e liga para o 190 - alô, boa noite eu queria relatar um desaparecimento.

-Boa noite, tudo bem pode falar estou anotando.

-Uma criança de aproximadamente cinco anos, usa uma jaqueta azul e uma calça de moletom, ei pirralho qual seu nome?

-Sarang

-O nome dele é Sarang, isso esse é meu número.

-Omma, eu quero ficar com você, to com fome - o polícia acaba escutando a fala do mais novo.

-Senhor você está dando seu filho como desaparecido?

-Ele não é meu filho.

-Entendi, bom fique com ele até que alguém entre em contato a procura dele.

-O que? Como assim?

-Tenha uma boa noite Senhor

- Não, espera - a ligação foi encerrada. IN olha para a cara do menino que sorria doce para ele - tudo bem você ficará comigo hoje, mas amanhã te deixo em um orfanato se ninguém te procurar!

-Ebaaa, to com fome - IN leva uma de suas mãos à testa a massageando, nunca havia cuidado de uma criança em sua vida.

-O que você costuma comer?

-Appa sempre me leva para comer coisas saudáveis.

-Que Appa mais careta esse seu em, que tal irmos comer algo mais gorduroso? - o garotinho faz um carinha de indecisão- prometo que será legal.

-Tudo bem Omma.

-Garoto não me chame assim me chama de...

-IN, ainda prefiro Omma.

-Isso, como sabe meu apelido?

-Eu tenho meus informantes- o garoto levanta da cama - vamos?

Ele começa a puxar o ômega mais velho pela mão o dando tempo apenas de pega uma jaqueta.

⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳

Hyunjin estava desesperado chorando em quanto dirigia seu carro, fazia 30min que seu filho avisa desaparecido, ele procurou pelo shopping inteiro, sem saber o que mais fazer ligou para seus pais para ver se o garoto não havia fugido para a casa deles, mas não, ligou para amigos e familiares, mas o pequeno ômega não havia ido para a casa de ninguém, ele está dirigindo para a delegacia mais perto e não demora a chegar, ele desce do seu carro e entra correndo no local.

-Boa noite, meu filho sumiu, eu não sei o que fazer - a Polícial que se encantou na beleza do alfa da toda sua atenção para ele.

-Preciso que preencha isso e em seguida iremos fazer de tudo para pode encontrar seu filho.

-Obrigado

-Não a de que - a mulher tinha um sorriso sapeca em seu rosto.

Não demorou para que Jimin e Jungkook se juntassem ao filho e Félix e Chan também, para sua sorte o filho de Jackson e Jihyo que era seu primo trabalhava no local como policial.

-Faremos o possível para encontrá-lo primo não se preocupe.

-Obrigado Lucas.

⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳⏳

O lugar que IN escolheu para levar a criança era um bar não muito distante de um hotel que ele estava que vendia porções e hambúrguer, eles se sentam em uma mesa, o garotinho olha para os lados não era nada parecido com os locais que seu pai o levava.

-Omma que lugar é esse?

-É apenas um lugar pra gente comer não se preocupe - IN precisava de um plano para sair dali, iria abandonar o garoto sozinho - Eu vou ao banheiro tudo bem? Não saia daqui.

-Ok

O ômega sai e alguns minutos se passam, Sarang estava sozinho na mesa, ele olhava para onde o ômega mais velho tinha ido na esperança de o ver voltando, havia muitas pessoas ali.

-Oi garotinho - uma alfa bem mais velha sentasse ao lado da criança- onde seus pais estão?

-Meu Omma foi ao banheiro.

-Serio?- o homem também havia ido ao banheiro e não tinha ninguém lá- eu irei te acompanhar então- o homem coloca sua mão na perna da pequena criança.

Um ato horrível iria acontecer ali, a criança iria ser assediada por um desconhecido. A única coisa que o alfa havia sentido era uma dor insuportável em seu rosto, o mesmo havia levado um soco, ao olhar para o lado se depara com um ômega.

-Não coloque suas mãos imundas nele! - era IN o ômega havia ido embora mais ao sair não conseguiu se mover e ficou olhando a pequena criança até o alfa desconhecido chegar, ele não é bobo e já sabia o que iria acontecer.

O alfa se levanta pronto para brigar, aquele seria apenas mais um dos inúmeros ômegas que o mais velho já machucou, assim que ele se levanta IN chuta seu membro tão forte que a única coisa que o alfa conseguiu foi ficar de joelhos.

-Venha querido - o ômega chama pela criança - Eu vou te tirar daqui.

O mais novo vai para o colo do ômega, seus olhos mostravam seu medo e brilhando como se fosse chorar, IN o leva para o carro e o coloca no banco da frente ao seu lado.

-Droga- ele bate sua cabeça no volante - Você está bem? - ao levar seu olhar para a criança viu o mesmo chorando - querido não chore, me perdoe, o erro foi meu.

-Você ia me deixar não é? - as batidas de seu coração ficam descompensadas.

-Me perdoe - a criança limpa seu rosto.

-Tudo bem eu não vou mais te incomodar - Sarang simplesmente abre a porta do carro e desce, IN ficou sem reação queria aquilo, mas não poderia o deixar sozinho, e agora o que fazer?

-Já sei - ele abre a porta do carro - filho - ele chama Sarang o fazendo parar e vai até a pequena criança - Você pode me perdoar? Eu prometo não te deixar, Ok?

Ele sorria doce para Sarang e estava na mesma altura que o pequeno, os olhos de Sarang tinham um brilho intenso e cheio de ternura por fim se joga nos braços do mais velho.

-Eu senti tanto medo Omma.

-Eu sei querido, tudo bem eu estou aqui, nada de mal acontecerá.

Depois daquilo eles decidem voltar para o quarto de hotel e pedirem comida lá mesmo.

Assim que terminaram de comer o pequeno ômega vai tomar seu banho, IN havia lhe comprado um pijama. Eram 23h30min Já havia passado do horário de dormi da pequena criança, IN estava resolvendo algumas coisas por vídeo chama com Ro Woon.

-Ok, você deve estar lá amanhã as 9h00.

-Eu sou o chefe e tenho que cumprir horário? - IN pergunta incrédulo.

-Sim, o alfa é pontual então você também deve ser!

A atenção do alfa que estava na Inglaterra foi toda roubada por Sarang saindo do banheiro com seu pijama de vaca.

-IN acho que um anão está assaltando seu quarto.

-Não chame ele assim - IN repreende o amigo que fica abismado - Sarang venha aqui, quero te apresentar a um amigo - o garoto chega mais perto e se senta no colo do ômega.

-Oi anão de jardim - o alfa cumprimenta o mais novo.

-Seu nariz é grande - esse foi o comprimento que recebeu - Omma to com sono.

No mesmo instante o alfa fica de queixo caído, "Omma” conhecia o ômega há quatro anos e nunca sequer soube que o mesmo tinha um filho.

-Vamos dormir então- a criança sai de seu colo, IN sabia que receberia uma enxurrada de pergunta - conversamos amanhã, boa noite - ele desliga a chamada não dando tempo do alfa se pronunciar.

Sarang segue para a cama e se deita.

-Omma, posso dormi com você?

IN estava meio receoso mais se lembra de tudo que havia feito Sarang passar e então cede.

- Tudo bem - ele se deita ao lado da criança que se aconchega em seus braços e adormece, IN fica ali o observando mais depois pega no sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...