1. Spirit Fanfics >
  2. Grávido? >
  3. Capitulo 4

História Grávido? - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem! Boa leitura Mochis!!!

Capítulo 4 - Capitulo 4


- Que bom que foi um breve mal-estar, com sua licença. – Falou se distanciando, Wei sorriu entrando de volta para almoçar.

Já sentado começou a comer, estava a meio caminho de colocar a colher na boca quando começou a se sentir novamente nauseado, fechou os olhos se concentrado, mas não adiantou muito, pois o enjoou não cessou. Levantando correu para o lado de fora onde vomitou mais uma vez, agora estava começando a ficar preocupado consigo mesmo, certo que o corpo de Mo XuanYu não era um dos mais fortes, mas estava com a saúde em dia, não sabia o que estava acontecendo.

- Wei Ying! – Era Lan Zhan novamente este se abaixou ao seu lado – O que houve? – Perguntou vendo WuXian se sentar no chão.

- Acho que preciso ver um curandeiro. – Falou passando a mão sobre o estomago – Não consegui comer quase nada e o que consegui comer, botei para fora. – Apontou para o local onde tinha vomitado.

- Vamos entrar. – Ajudou Wei Ying a se levantar. Apoiando-se em Lan Zhan ambos adentraram o Jingshi.

- Deite-se, irei chamar o curandeiro da seita. – Informou enquanto passava um pouco de energia para o patriarca que adormeceu.

Percebendo que Wei tinha dormido rapidamente saiu em busca do curandeiro, assim que voltaram WuXian ainda não havia acordado. Lan Zhan sentou-se ao lado do mesmo na cama e tocou gentilmente o ombro do amado.

- Wei Ying. – Chamou balançando-o levemente, as pálpebras se mexeram e enfim Lan Zhan viu os olhos acinzentados do amado.

- Lan Zhan. – Falou piscando para focar a visão logo se sentando.

- Trouxe o curandeiro. – Falou e Wei Ying olhou para o lado vendo o homem parado no meio da sala – Comporte-se. – Wei acenou positivamente com a cabeça e HanGuang-jun fez sinal para que o outro homem se aproximasse e se afastou, dando espaço para eles.

- Boa tarde Mestre Wei pode me contar o que vem sentindo? – Pediu checando o pulso do mesmo.

- Nada de mais, só estou me sentindo muito enjoado e não consigo comer direito. – Falou olhando para o teto.

- Mais alguma coisa? – Perguntou soltando o pulso dele.

- Senti umas dores na parte inferior do abdômen, mas faz um bom tempo, como sumiram não achei que fosse algo importante. – Comentou ele podia sentir o olhar de reprovação do marido sobre si por ter escondido esse fato.

- Por favor retire suas vestimentas da parte superior. – Pediu e Wei logo começou a retirar ficando seminu.

O curandeiro projetou um pouco de sua energia cultivacional para sua palma passando por cima do tronco do Wei enquanto fazia um selo com sua outra mão, foi quando sentiu algo bem no final do abdômen, piscou algumas vezes, se concentrando mais um pouco fechou os olhos por alguns segundos e quando os abriu novamente sua expressão estava confusão.

- O que eu tenho de errado? – Perguntou com certo receio do que o senhor iria falar.

- Eu realmente nunca vi nada parecido assim em um homem. – Comentou fazendo mais exames no jovem.

- O que? – Lan Zhan perguntou.

- Ele... esta gravido. – Informou após ter terminado os exames finais – Realmente o senhor Wei esta... gravido. – Falou sem nem ele mesmo acreditar nas palavras que saiam de sua boca.

- Como assim eu estou gravido!? É impossível! Eu sou homem! – Falou se sentando em um único movimento o que resultou em uma tontura, o curandeiro o segurou.

- Se acalme isso não é bom para você nestas condições. – Falou o fazendo deitar-se.

- Como isso é possível? – Wangji perguntou ainda em estado de choque, pois nem ele esperava um diagnóstico como esse.

- Como eu disse, também não entendo como o senhor Wei pode estar gravido, de um mês para ser mais exato, isto é totalmente inédito, nunca se ouviu falar em uma gravidez masculina antes. – Comentou guardando suas coisas – Por enquanto vou lhe passar uma dieta para gestantes, já que enjoos são normais para sua situação. – Falou pegando uma folha começando a escrever – Siga a dieta, enquanto isso não se descuidem, seu caso é delicado por si só. – Advertiu olhando para ambos que concordaram – Farei o possível. – Informou se levantando, antes que ele se afastasse WuXian o chamou.

- O senhor poderia manter isso em segredo? Por favor. – Pediu ao curandeiro que acenou positivamente com a cabeça se despedindo.

Assim que os dois ficaram a sós o silêncio dominou o lugar, nenhum dos dois sabia o que falar. Wangji andou até a cama sentando-se ao lado do patriarca segurou sua mão fazendo um singelo carinho sobre ela.

- Não sabemos como isso aconteceu, mas vamos cuidar desta criança. – Falou, mas travou ao ver o esposo tremer um pouco, ele estava chorando – Wei Ying? – Chamou, novamente preocupado.

- Lan Zhan, como é que... agente... vai ser quando ele ou ela nascer? Será que vou ser uma boa mamãe? Haha. – Perguntou entre soluços – Estou tão feliz. – Comentou enlaçando suas mãos com as do Lan, que suspirou aliviado.

- Vamos tentar nosso melhor. – Falou trazendo o mais novo para seus braços.

- Fácil pra você falar isso! Você praticamente criou o A-Yuan! – Reclamou se aconchegando nos braços do marido.

Eles pararam por alguns minutos ambos aproveitando o calor que o corpo do outro transmitia, enquanto tentavam processar a notícia de que seriam pais dentro de 8 messes.

Depois que estavam mais tranquilos Lan Zhan saiu para lhe trazer algo para comer. Suspirando Wei Ying se sentou na soleira da porta e fechou seus olhos tentando se lembra de algo que havia feito para estar nestas condições, depois de pensar por algum tempo ele começou a rir.

- Não acredito que isso aconteceu mesmo. – Falou rindo alto e quando olhou para o lado viu HanGuang-jun chegar com uma bandeja nas mãos – Já sei como isso aconteceu Lan Zhan! – Exclamou enquanto pegava a pequena tigela em mãos começando a comer.

- Como? – Perguntou ainda de pé.

- Lembra quando fomos a um templo? Que os desejos dos fiéis se realizavam ao contrário? – Perguntou recebendo uma confirmação por parte do Lan – Então, eu pedi a ele que me deixasse ter um filho, só para testar se ele realmente era real ou se era só energia ressentida, não achei que isso realmente aconteceria. – Falou rindo enquanto comia.

- Você não deveria incomodar os Deuses Wei Ying. – Repreendeu-o – Vou terminar meus afazeres, descanse. – Mandou deixando um beijo na testa de Wei que acenou com a mão e Lan Zhan se foi.

Wei Ying ainda não acreditava que realmente estava gravido, sua ficha só caiu quando sua barriga começou a crescer, estava um pouco protuberante, nada que não desse para esconder. Despois que o curandeiro veio lhe visitar no outro mês e os avisou que relações sexuais podiam ser um pouco problemáticas ele tinha se sentido envergonhado, pois eles precisaram o chamar justamente por terem transado na noite anterior, receberam um baita de um sermão, que agora era seguido à risca pela segunda jade de Gusu.

- Não aguento mais ficar preso aqui, quero comer alguma coisa picante! – Resmungou saindo a procura do marido.

Este era outro ponto de sua gestação, os desejos, ele já havia pedido de coisas esquisitas a algumas que chegavam a assustar HanGuang-jun, pela mistura ser um tanto quanto suspeita, por algumas vezes ele tinha acordado o Lan pela noite contando o que queria comer e mesmo quebrando as regras, saia para lhe trazer a iguaria que pedia.


Notas Finais


Obrigado por ler!!!
Desculpa qualquer!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...