1. Spirit Fanfics >
  2. Grávido por um Demônio >
  3. Cap.3

História Grávido por um Demônio - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oii, estão bem? Tomara que sim!
Boa leitura 🍷

Capítulo 3 - Cap.3


Fanfic / Fanfiction Grávido por um Demônio - Capítulo 3 - Cap.3

𝐆𝐫á𝐯𝐢𝐝𝐨 𝐩𝐨𝐫 𝐮𝐦 𝐃𝐞𝐦ô𝐧𝐢𝐨

Biblioteca do centro de Seul/ 12:00/ Beomgyu POV.

- Sim Hyuka já bebi o remédio, vou passar um tempo aqui na biblioteca para estudar, tenho uma prova importante amanhã, não se preocupe volto antes das 17:00.

Pela primeira vez durante os meus 19 anos de vida não sei o que fazer, eu sempre conseguia achar um solução para os meus pequenos problemas, estou confuso, e sem acreditar que isso pode ser possível. E a imagem daquele homem do meu sonho não sai da minha cabeça.

A Biblioteca de Seul sempre ficava cheia mas em dias de Domingo esse movimento diminuía, e sempre que podia gostava de vir até aqui para poder estudar ou passar o tempo.

Eu que estava sentado em uma das mesas fui até as prateleiras que mais gostava, a senhora gerente da Biblioteca que já me conhecia me comprimentou e me entregou os livros de estudos que eu alugaria.

- Aqui está meu jovem Beomgyu, os livros que pediu, por enquanto o movimento hoje está tranquilo, vou até o depósito, mas se precisar de algo venha até mim.

- Sim senhora, muito obrigado.

Passando pelas prateleiras de livros vi um solto que aparentemente não era daquele setor, fiquei um tanto curioso já que sua capa era preta e as letras em destaques eram vermelhas. O peguei e li o título:

Relatos

"Pessoas relevam ter sido engravidados por seres do mal"

Folheei algumas páginas, aquilo parecia muito estranho, onde tudo o que eu queria era esquecer de qualquer assunto sobre gravidez, quando nem eu sei quem é o pai da criança. Deveria ignorar e voltar para meus livros de estudo, mas por algum motivo fiquei e li uma página onde uma mulher relatava a estranha gravidez.

"Mulher de 28 anos, nome (prefere sigilo)

Manhattan, EUA 2010"

"A mulher contou que havia dado à luz ao anticristo. ** de 28 anos, percebeu que havia algo de errado com o bebê ainda na gestação, já que durante todo o processo ela tinha a sensação de estar sendo cortada por dentro com lâminas – sem falar que, segundo a mulher, a criança parecia com um demônio nas imagens de ultrassom.

Todavia na sessão de parto depois 36 horas de complicações, os médicos relatam que nunca haviam passado por tal experiência, e quando conseguiram optando por uma Cesária, encontraram o Útero e saco amniótico destruídos completamente.

[...]"

O desespero tomou conta de mim, lembrei imediatamente do que aconteceu ontem quando vi os cortes em minha barriga, começei a suar frio, me apoiei na prateleira sentindo uma forte presença atrás de mim e antes que pudesse virar, vi abaixo do meu queixo unhas negras que mais pareciam lâminas.

- lamento a demora carneirinho, tive muitos assuntos pendentes.

- Quem... É... Você??

Antes de se pronunciar este me virou brutalmente para sua frente, a esta altura não tinha forças contra ele, sua presença tomava toda a energia do ambiente.

- Como não sabe?? Já nos vimos antes.

Ele sorriu e o reconheci imediatamente, o mesmo sorriso perverso, era ele, o homem do sonho, estava tão chocado que nada saia de minha boca, estranhamente meu corpo não obedecia a meu comando, queria sair o mais rápido dali, vendo minha intenção suas unhas enormes passaram por meu pescoço fazendo cortes não profundo.

- Não seja um menininho levado, obedeça a seu mestre ahm...! não tenho tempo a perder por isso você vem comigo.

༒︎

_Beomgyun inconsciência_

Sinto mãos me pengando, estou desarcodado, mas sinto meu corpo leve e calmo, a sensação de estar finalmente em um lugar que me pertence.

༒︎

Castelo pessoal do princípe/ em algum lugar do submundo penitencial/ tempo desconhecido/ Beomgyu POV.

Abro olhos e vejo que estou em uma superfície macia, era uma cama definitivamente, logo ao me levatar sinto um desconforto em minha garganta, o ar parecia pesado, muito difícil de respirar, minha cabeça lateja e sinto que morreria asfixiado, porém lutei para não desmaiar apesar de fraco. O mesmo homem de antes que até então estava de costar para mim, virou-se e me olhou com desprezo.

- Respire fundo e devagar, não posso fazer nada contra isso, terá de se acostumar com o ar daqui já que é um mero humano.

Fiz o que pediu, e aos poucos fui me acostumando. Percebi então o quanto gracioso ele parecia, suas vezes pareciam ser feitos a mão de um tecido fino, usava um roxo rico e atrás vi o movimento de sua capa longa e preta. Parecia ter voltado dos anos de principe e rainha.

- Onde estou? E porque se veste assim??... Eu não.. Estou entendo, o que quer de mim e-

- Irei te explicar brevemente, por isso preste atenção, não irei repetir, tudo que precisa saber é o básico já que irá ser descartado de qualquer forma..., você teve a honrra de ser escolhido como hospedeiro do meu primogênito, como deve saber você está grávido, e o filho que carrega em seu ventre é meu, até você dar a luz serei infelizmente responsável por sua estadia aqui. Este é o seu aposento, meu fiel conselheiro irá vir daqui a algumas horas para hora do jantar, irei me retirar, tenho deveres a cumprir.

Ao sair ele me olhou com o olhar mais ignorante e perverso, suas palavras ecoaram na minha cabeça, Lucifer??? LUCIFER!!?? Um Demônio??? Mas como isso é possível.... Eu estou grávido dem um DEMÔNIO??? Isso tudo só pode ser sonho!! Mas todas as coisas que aconteceram... Isso definitivamente não é um sonho!

Não consigo pensar claramente, não consigo digerir tudo claramente, eu só pude chorar, chorei ao lembrar dos meus planos, de que queria ser um educador, ensinar me facinava, ver meus sonhos e meus esforços irem de ladeira abaixo, como poderia cuidar de um filho?? E estar grávido supostamente do rei do inferno me chocava ainda mais.

🍷𝙰𝚕𝚐𝚞𝚖𝚊𝚜 𝚜𝚞𝚙𝚘𝚜𝚝𝚊𝚜 𝚑𝚘𝚛𝚊𝚜 𝚍𝚎𝚙𝚘𝚒𝚜🍷

Batidas soaram na porta do quarto, em seguida escutei um "com licença estou entrando", um homem alto com vestes parecidas porém nas cores preto e prateado. Ele era de aparência incrivelmente bonita mas com a mesma aura obscura.

- Olá me chamo Choi Soobin, sou conselheiro oficial do príncipe Taehyun, a partir de hoje serei seu acompanhante do Castelo, portanto irei servir ao senhor também.

- ... Eu preciso de respostas!! Não quero ficar aqui, preciso.. Preciso ligar para meu amigo Hyuningkai! Sim preciso ligar para ele me tirar daqui!!

- Creio que o senhor ainda está confuso, precisa de descanso porém por agora peço que venha ao jantar, sua presença é indispensável, prepararei o seu banho senhor.

- N-Não por favor preciso que me tire daqui...

Choi Soobin que parecia estar me tratando bem, um sorriso doce e amigável, e quando sorria aparecia covinhas em sua bochecha.

- Lamento senhor Beomgyu mas terá de obedecer as ordens do Castelo e principalmente do príncipe Taehyun, se quiser sobreviver.

Ele me olhou furiosamente quando me opus, seus olhos eram de coloração amarela, as orbes pareciam ter domínio, não tive escolha a não ser obedece-lo.

۞


Notas Finais


Obrigada por ler hoje!
bjs da Kety
Até amanhã❤️🍷


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...