História Gravity Falls x Reverse Falls - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Tags Bill, Cipher, Dipper, Gravity Falls, Mabel, Reverse Falls
Visualizações 74
Palavras 999
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem não postar o capitulo antes.....acabei ficando ocupado e um pouco estressado.
E além de tudo.....fiquei stagnado por um bom tempo.

Capítulo 6 - Rachaduras


Olá, tudo bem? Desculpem a demora. Bem aonde estávamos?

A, Pacifica e Gideon iriam levar Dipper e Mabel ao seu esconderijo secreto.....mas era na....

Pacifica – Bem acabamos voltando aqui.

Sim eles voltaram na cabana.

Dipper – Podem explicar?

Mabel – Dipper parece meio obvio o lugar secreto deles.

Gideon – Bem não se surpreendam mas......sigam me.

Dipper e Mabel se olham como se já soubessem o que estava acontecendo.

Ao entrarem na cabana mais um tremor forte acontecia.

Pacifica – Mas o que é isso?

Dipper – Nós queremos saber também.

Bem não temos tempo....

Dipper vai até a geladeira e começa a apertar os botões

Gideon – O que você está.....

A geladeira abre uma passagem secreta com um elevador.

Dipper – Não era esse o lugar secreto?

Pacifica – Na verdade não....

Mabel – Vamos entrar antes que comece a tremer tudo de novo.

Dipper e Mabel guiaram eles pelo elevador.

Gideon – Como nunca tínhamos visto isso?

Pacifica – Não faço a menor ideia.

Dipper – Eu que estou surpreso, aonde vocês queriam ir?

Pacifica – No Sotão.....o Dip....quer dizer o Gleeful fez algum tipo de barreira magica lá então achei que seria uma boa escolha.

Mabel – Parece realmente muito bom.

Quando todos chegam ao final eles se deparam com uma sala gigante e um pano parecendo cobrir algo, além de monitores e afins.

Dipper – Isso é novo.

Mabel – Dipper você não vai...

Dipper tira o pano e por baixo está.

Mabel – Cipher?

Dipper – 1, 2 , 3 , 4 quantos.

........ – Parece que o pintor tem um bom estilo.

Uma voz familiar soa atrás deles.

Dipper – Quem.....a você!

Mabel – Bill.

Bill Cipher – Eu mesmo, estava resolvendo alguns assuntos mas não pensava que isso poderia existir.

Dipper – Esse quadro?

Mabel – O que ele tem de mais?

Bill Cipher – Bem, se vocês não perceberam nenhum Cipher é igual ao outro todos são diferentes de suas próprias maneiras.

Dipper – E?

Bill Cipher – Esse quadro representa a união de todos os multiversos, alguém sabe sobre nossa existência e isso não é algo bom. Digamos que não seria bom se um universo batesse com outro pois ambos acabariam sendo destruídos.

Dipper – Espere? Tudo isso por causa de  um quadro.

Bill C. – Nem tanto pelo quadro e sim por que o pintou. Mas estou curioso com esses monitores.

Mabel – O que será que eles mostram?

Gideon – Acho que é só apertar esse botão.

Gideon aperta um botão que havia próximo.

Os monitores se ascendem e imagens aparecem.

Dipper – Aquele? Sou eu? Com um taco de basebol?

Pacifica encontra um livro próximo aos monitores.

Pacifica – Monitor 1 FIGHTFALLS , esse mundo gira em torno de violência ou melhor quase tudo é resolvido na violência, evite Kill Cipher perigo eminente 100% violento.

Will C – Ora parece que temos um esquentadinho na família.

Pacifica – Monitor 2 – Esse mundo consiste que Gravity Falls é um mundo magico que mistura animais e humanos sendo muitos deles metade humano e metade animal, Bill Cipher é meio humano.

Dipper – Meio......humano?

Mabel – Isso é possível?

Pacifica – Monitor 3 mundo do Guardians....

Mabel – Ok já deu pra entender esses monitores são de outros mundos e bla bla bla.

Dipper – Mabel?

Mabel – O que foi?

Dipper aponta para um monitor...

Dipper e Mabel acabam ficando sem palavras.

Bill C. – Olhe eu estou orgulhoso de vocês nesse mundo.

Pacifica – Monitor 12 , nesse mundo Cipher mata Mabel e Dipper mas percebe que não era aquilo que queria então ele os traz de volta.......mas não perfeitamente.

Pacifica – Pessoal isso são outros mundos não se preocupem.

Dipper – Ok, perdemos tempo de mais aqui o que faremos agora?

Bill C – Bem eles devem estar de volta a qualquer momento.

Gideon – Olhem aquilo.

Dipper observa Gideon apontando para algo.....espera aquilo......é a maquina do Stanford.....

Dipper – Mas.....

E agora ela estava ligando.

Mabel – Se segurem em algo.

Todos se seguraram.....parecia que todos estavam sendo sugados pela maquina.

Quando parou.

Dipper – Ufa, isso foi rápido.

.......... – DIPPER , MABEL!

Dipper reconhecia a voz.

Dipper – Tio Avô.

Stanley estava ali no portão junto Stanford e os irmão Gleeful.

Stanford – Se afastem crianças.

Stanford tira uma arma e aponta para Cipher.

Bill Cipher levanta as mãos com um sorriso no rosto.

Bill C – Bem eu achei que isso iria acontecer....então Bye.

Ao estalar os dedos Cipher desaparece.

Stanford – Maldito.

Mabel – Tio Avô Stanford.

Stanford – Mabel é bom ve-la novamente.

Stanford dá um abraço em Mabel.

Mabel – Eu também estou feliz.

Stanley – É bom ver que estão bem.

Dipper – Esper mas como.....

Dipper G. – Acho que eu posso.....

Gleeful ia falar mas Pacifica o abraça.

Dipper G. – Pacifica....

Pacifica. – O que diabos você....

Mabel G. – A vocês vão ficar melosos agora ¬¬’

Dipper G. – Bem....

Dipper G. abraça de volta Pacifica.

Dipper G. – Estou de volta.

Com isso vemos um bater de palmas vindo de todos ao redor.

Dipper – Uau , esse cara sabe o que faz.

Mabel – Devia aprender com ele.

Dipper – O que?

Mabel- O que?

Stanford – Bem.

Stanford vai em direção aos monitores.

Stanford – Parece que chegamos a tempo, ainda não a rachaduras entre os mundos.

Dipper – Rachaduras?

Stanley – Ao derrubar a barreira ao redor dessa cidade é capaz de criar rachaduras entre os mundo permitindo a conexão de um para o outro.

Dipper G. – Isso não é tudo.

Mabel G. – Agora que estamos aqui devemos fazer o máximo possível para impedir que a barreira se quebre.

Stanford – Eu aprendi como quebra-la mas também aprendi como reforca-la depois de alguns anos estudando GF.

Dipper – Espere, o que temos que fazer?

Stanley – Temos que ir a 4 pontos em GF, e alinha-los. Ao total temos......

Stanford – Temos 4 pontos que já se ligam, criando mais 4 faremos uma estrela de 8 pontas.

Mabel – Uma estrela? UAU.

Pacifica e Dipper G. finalmente desgrudam.

Pacifica – Uma estrela é uma boa escolha.

Dipper G. – Estou impressionado que em pouco tempo conseguiu planejar algo assim.

Stanford – Infelizmente esse plano tem uma falha mas sei como resolve-la.....mas irei precisar da ajuda de vocês.

E assim começa o plano para manter a barreira.....enquanto isso em outro lugar.

Continua


Notas Finais


Proximo capitulo teremos alguns personagens extras de outras AUs aproveitem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...