História Green - A cor do amor - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Brolly, Goku, Vegeta
Tags Gokuxvegetaxbroly, Kakavege, Momochii, Políamor
Visualizações 81
Palavras 3.366
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo 😘.
Esse capítulo tá pegando fogo 😏. Essa história tá ficando muito pervertida 😳. Não vou nem falar mais nada 😳.
Eu realmente não sabia que título dar a esse capítulo 😑.
E vamo LER?
Boa leitura.

Capítulo 4 - Sentimentos



O peito subia e descia devagar, Vegeta observava o corpo nu de Broly enquanto tinha o rosto repousado sobre o peito. Ele observou as cicatrizes que havia espalhadas ali, lembrou-se de suas próprias cicatrizes espalhadas por todo o corpo, mas depois que ele reviveu na batalha contra Majin Boo, elas também havia sumido, ele não tinha mais cicatrizes apenas em suas lembranças.

Ele levantou a mão e passou sobre a cicatriz que havia no peito, seguindo as linhas com a ponta do dedo. Ouviu um barulho alto que veio do estômago abaixo.

— Estou com fome. — ouviu a voz de Broly soando e vibrando através do peito.

— Eu também estou. — Vegeta inclinou o corpo para alhar no rosto dele. Broly aproximou e deu um pequeno beijo nos lábios.

Vegeta se levantou e colocou as roupas, segundos depois sentiu o calor nas costas e os braços de Broly o envolveram ao redor do corpo.

— Onde Vegeta vai? — ele pergunta enquanto dá pequenos beijos na nuca de Vegeta que se arrepia.

— Comer alguma coisa. — Vegeta responde sorrindo.

Broly veste o shortinho depressa e segura na mão direita de Vegeta o puxando para a cozinha. Abriu o armário e pegou vários pacotes de biscoito colocando sobre a mesa, pegou um pacote abriu cuidadosamente o saquinho e entregou para Vegeta.

— Biscoito delicioso. — Broly fala enfiando um na boca de Vegeta.

— Isso não mata nem o começo da fome. — Vegeta responde e abre o armário a procura de mais comida — Só tem coisas enlatadas e empacotadas, eu sabia que o Kakaroto não estava cuidando direito de você.

Vegeta pegou um saco de arroz e foi para o fogão, decidiu que iria cozinhar alguma coisa. Quando a comida estava quase acabando de cozinhar ele sentiu aquele ki.

Goku apareceu bem atrás dele e ficou de queixo caído ao vê-lo cozinhando. Broly estava em pé bem ao lado observando tudo que fazia.

— Desde quando você cozinha? — Goku pergunta surpreso.

— Desde que fui treinar com Whis. — Vegeta respondeu sem olhar — Você não está alimento ele direito. — Vegeta se vira com aquela expressão de zangado apontando o dedo para ele.

— Tem bastante comida aí nos armários. — Goku responde dando de ombros.

— Mas não são comidas saudáveis! — Vegeta responde alto.

— Eu não sei cozinhar. — Goku responde com um suspiro.

Goku observa como Broly encara o rosto de Vegeta, observando cada gesto que ele fazia. O olhar tão atento tão inocente, mas que naquelas horas não tinha nada de inocente. Goku sorriu um sorriso malicioso e então pensou no dia de hoje, o que teria acontecido entre os dois? Ele estava curioso, mas estava hesitante em perguntar.

Vegeta terminou de fazer a comida, fez Broly sentar na cadeira e colocou um prato cheio a sua frente. Broly cheirou a comida depois levou um pouco na boca, em seguida começou a comer feito louco. Goku observou como Vegeta olhava para Broly e viu um pequeno sorriso brotar no canto dos lábios. Goku sentiu o coração saltar mais rápido, era raro ver Vegeta sorrindo e quando Vegeta percebeu estar sendo observado ele corou.

Com a boca toda suja Broly ergueu a cabeça para os dois e sorriu. Goku se aproximou de Vegeta, queria muito segurar a mão dele, abraçá-lo e também beijá-lo, mas depois daquele dia na montanha ele percebeu que não havia chances para ele.

— Vegeta. — Goku o chamou já sentindo o coração se agitar — Vocês conversaram?

— Sim, ele não ficou com raiva como achei que ficaria. — Vegeta respondeu ainda observando Broly, os braços estavam cruzados na frente do corpo.

— E foi só isso? Ou... Aconteceu algo a mais? — Goku perguntou hesitante e viu as bochechas de Vegeta ficarem completamente vermelhas — É claro que vocês transaram. — Goku suspirou fundo vendo Vegeta ficar ainda mais vermelho.

— Vegeta e Broly fizeram amor. — a voz de Broly veio bem de perto e os dois notaram que ele estava bem ao lado ouvindo a conversa — E foi muito gostoso. — ele sorriu malicioso fazendo com que Vegeta engasgasse com a própria saliva.

— Isso é tudo culpa sua. — Vegeta fala zangado apontando para Goku — Você o transformou em um pervertido. — cruzou os braços e se virou de costas.

— Eu não fiz nada, não tenho culpa se ele gosta. — Goku respondeu um pouco irritado também virando de costas.

— Não fez nada? — Vegeta se virou para ele zangado — Ele disse que você ensinou umas coisinhas a ele.

— Eu só estou tentando fazer com que ele viva de verdade, uma vida que ele nunca viveu, mostrando pra ele o que é amar. — Goku responde irritado se virando para encarar Vegeta.

— A é? E pra você só sexo é amar? — Vegeta pergunta com uma leve magoa na voz.

— Não é isso que eu acho Vegeta, não é apenas sexo que acontece quando venho ver ele. Você não sabe por que nunca veio junto! — Goku falou acusadoramente.

— Pois parece que você só pensa no sexo e não em amor. — Vegeta fala cruzando os braços, virando-se de costas e fechando os olhos.

— Não você está enganado eu gosto muito dele. E quando eu penso em você não é apenas de uma forma física. — Goku começa a falar e Vegeta se assusta com o coração agitado — O meu coração dispara e fica apertado sempre que eu penso em você. Durante todo o decorrer do dia eu penso em você, se você está bem, o que tá fazendo. Meu peito sufoca de ansiedade quando fico muito tempo sem ver você. Me diz se isso não é amor? Porque se não for então eu não sei o que é! Eu te amo tanto que chega doer dentro do meio peito por saber que você não sente o mesmo por mim. Dói tanto que às vezes eu até... — Goku suspira abaixando a cabeça — Às lágrimas saem dos meus olhos.

Vegeta está com o coração completamente apertado agora, seus olhos estão ardendo e a garganta levemente dolorida.

— Não briguem! — Broly grita alto, depois toca no rosto de Goku percebendo que uma lágrima escorria, ele se aproxima de Vegeta por trás e pega na cintura dele, ergue o corpo para cima assustando Vegeta e o vira de frente para Goku, colocando de volta ao chão bem próximo a ele — Goku ama Vegeta. — Broly fala pegando na mão de Vegeta e colocando sobre a mão de Goku — Broly quer ver Goku e Vegeta feliz.

Vegeta ergue seu olhar com as bochechas avermelhadas e olha para os olhos de Goku, estão brilhantes por causa das lágrimas. Broly coloca uma mão na cabeça de cada um e empurra fazendo com que os lábios dos dois se toquem, surpreendendo os dois. Goku aproveita os lábios surpresos entreabertos de Vegeta e enfia a língua toda dentro, segura na nuca de Vegeta e ele corresponde ao beijo fechando os olhos. Os lábios se enroscam e as línguas brigam dentro da boca de maneira selvagem com certa urgência, afastando-se apenas pela falta do fôlego.

Os olhos de ambos estão fixos, mas se quebram quando Broly puxa o queixo de Goku e o beija.

— Broly quer fazer amor com os dois. — Broly fala puxando o queixo de Vegeta e o beijando com intensidade — Igual à primeira vez. — ele fala puxando a cabeça dos dois unindo com a sua, um sorriso torto brota nos lábios dele o mesmo sorriso que agora Vegeta via brotando nos lábios de Goku. Kami ele estava no meio de dois pervertidos. Vegeta revira os olhos balançando a cabeça negativamente. Broly desce a mão e aperta o volume na calça de Goku, depois desliza sua mão até o volume de Vegeta.

Ele abre o botão da calça e abrindo o zíper tira o pênis já bem ereto de Vegeta. Ele fica completamente envergonhado com isso, mas não consegue esconder um suspiro forte quando Broly começa a massagear devagar a glande. Quando notou Goku já estava com seu pênis na mão movimentando devagar enquanto não tirava os olhos do pênis dele. Isso deixava Vegeta ainda mais envergonhado, as bochechas não o deixava esconder isso som a vermelhidão.

Broly pegou na mão direita de Vegeta e o fez segurar o próprio pênis, depois Broly pegou seu pênis tirando pra fora do shortinho e começou a mover a mão. Goku aproximou mais e esfregou a cabeça de seu pênis contra a glande de Broly. Ele geme ao sentir o toque gostoso.

Vegeta ainda completamente envergonhado move a mão timidamente em seu pênis, vê Goku se aproximar e também esfregar a cabeça do pênis contra a dele, Broly também se aproxima e esfrega, fazendo movimentos lentos com as mãos as três glandes se tocam espremendo uma a outra e misturando o pré-gozo.

— Nhh! Isso é muito bom. — Goku fala arfando com a respiração profunda.

Broly puxa Vegeta de uma vez e começa a beijá-lo intensamente. Goku não ficar de fora é claro e vai atrás de Vegeta e se atreve a beijar e chupar o pescoço dele. Vegeta começa a ficar fora do ar com tantas mãos e lábios o tocando. Está completamente a mercê dos dois, por algum motivo não consegue parar os dois é incrível como ele se perde nos braços dos dois e deixam fazerem o que bem querem com seu corpo.

Broly cessa o beijo e desce os lábios para o outro lado do pescoço enquanto aperta os músculos do peito com força. Goku aproveita e puxa o queixo de Vegeta para o lado e envolve seus lábios em um beijo urgente, desce a mão direita e agarra no pênis de Vegeta fazendo movimentos lentos de vai e vem.

— Nhh... — Vegeta geme entre os lábios, o coração está batendo forte e a pele já pega fogo com os toques — O plano... De vocês era me usar como bem querem não é? — ele fala entre suspiros.

— Nós apenas sentimos muito a sua falta. — Goku responde olhando nos olhos dele com um sorriso malicioso.

— É sentimos falta de Vegeta. — Broly também fala com o rosto ainda enfiado no pescoço dele.

Broly desceu e tirou os sapatos e a calça deixando Vegeta com a parte de baixo nua. Ele se ajoelhou na frente dele e tirou a mão de Goku que o masturbava lentamente, depois chupou levemente a glande. Goku subiu as mãos para os mamilos e apertou deixando-os bem firme, desabotoou a camisa e tirou deixando Vegeta completamente nu. Goku voltou a apertar os mamilos e chupou o pescoço, Vegeta gemeu sofrido sentindo a boca de Broly deslizar devagar em seu pênis.

Goku desceu as mãos e se atreveu a apertar as nádegas com força. Ele tocou na nuca de Vegeta e o fez curvar o corpo apoiando em uma cadeira que estava próxima. Vegeta gemeu alto ao sentir Goku passar a língua em sua entrada.

— Aaaah... V-Vocês querem... Me matar de tanta vergonha... — Vegeta fala entre gemidos e seu rosto todo fica vermelho.

Goku chupou a entrada, fez movimentos circulares em volta com a ponta da língua. Do outro lado Broly chupava o pênis com força enquanto fazia um movimento de vai vem com a mão na base. Deslizou com a língua até em baixo e chupou os testículos encontrou a língua de Goku e os dois deram um leve beijo chupando a língua um do outro, depois voltaram ao que faziam. Enquanto Broly sugava o pênis com vigor, Goku estocava com a língua na entrada.

Vegeta agarrou a cadeira com força, as pernas estavam completamente fracas e trêmulas. Ele tentava segurar, mas não conseguia deixar de gemer alto, gemeu tanto que o faltava o fôlego.

— Parem... Parem... Assim eu não aguento aaahh... Nem mais um minuto umnh.

Goku parou e subiu o corpo beijando a boca de Vegeta de surpresa, Broly também subiu e colocou sua língua entre a boca dos dois, Goku afastou os lábios e as três línguas deslizavam uma com a outra. Broly pegou Vegeta no colo de surpresa e o carregou para o quarto com Goku logo atrás, tirando as roupas e jogando por onde passava. Broly colocou Vegeta sobre a cama deu leve beijo nos lábios dele, Goku estava ao lado ajoelhado na cama segurando seu pênis com a mão direita massageando devagar. Pegou na mão direita de Vegeta e o fez segurar em seu pênis, ele observou o pênis completamente vermelho, mas não hesitou em aproximar e dar uma pequena chupa.

Goku suspirou fundo e passou a mão entre os frios pretos e arrepiados dos cabelos dele. Vegeta começou a deslizar a língua e chupar com vigor, sentiu o calor em seu pênis o fazendo gemer com o membro duro dentro da boca. Broly o estava chupando com força. Depois de várias chupadas ele afastou a boca levantando o corpo. Goku puxou o queixo dele e o beijou intensamente enquanto agarrava e movimentava sua mão no pênis grande dele.

Broly se posicionou entra as pernas de Vegeta e Goku aproximou curvando o corpo.

— Me deixe fazer isso com ele hoje. — Goku pediu baixo no ouvido dele.

— Mas Broly quer muito fazer isso. — Broly respondeu esfregando o pênis na entrada de Vegeta.

— Por favor. Você já fez isso com ele hoje. — Goku pediu acariciando a bochecha de Broly e ele sorriu malicioso se lembrando.

— Hei o que vocês estão falando aí? — Vegeta pergunta afastando a boca do pênis já todo melado — Vão ficar me disputando como se eu fosse um troféu? — os dois não deram ouvidos e continuaram falando.

— Você não gostaria de sentir o Vegeta dentro de você? — Goku pergunta sorrindo torto e o sorriso malicioso de Broly só aumenta.

— Tudo bem. — Broly se afasta — Broly quer sentir Vegeta dentro. — sussurrou no ouvido dele o fazendo estremecer e entrar em chamas.

Triunfante Goku olha com um sorriso malicioso para Vegeta. Ele olha para os dois rostos que sorriem descaradamente para ele, esperando uma resposta o deixando ainda mais envergonhado.

— Tudo bem façam o que quiserem. — Vegeta responde cobrindo o rosto com o braço — Estão me transformando em um pervertido seus tarados por sexo. — ele se aproxima de Broly que o espera com as pernas abertas.

Sem nem ter tempo Broly o puxa derrubando sobre seu corpo e começa a beijá-lo. Ele segura o pênis de Vegeta e esfrega sobre sua própria entrada empurrando o corpo contra ele. Vegeta começa a empurrar devagar e se mover lentamente, logo sente o calor em suas costas e a respiração quente se chocar com sua nuca. Vegeta estremece o corpo ao sentir o pênis quente tocar sua entrada e então Goku começa a se mover devagar. Vegeta fecha os olhos com força erguendo a cabeça para cima encostando-se ao ombro de Goku.

De repente Goku começou a se mover mais rápido, sua força era tão grande que fazia com que Vegeta se movesse dentro de Broly, o coro dos gemidos se misturavam ecoando sobre o espaço do quarto. Goku diminuiu a velocidade e Vegeta continuou se movendo, enquanto movia seu pênis para dentro de Broly se arrepiava e gemia sentindo o pênis de Kakaroto entrar mais conforme ele empurrava para trás.

Goku tocou no rosto de Vegeta e acariciou suavemente, puxou o queixo devagar e envolveu a boca dele em um beijo lento e calmo. Goku estava extremamente feliz em tê-lo assim em seus braços, mas não exatamente como ele queria.

— Aaahh... Broly se sente tão bem. — ele fala de olhos fechados.

Goku sorri o observando a boca estava levemente entreaberta e havia uma expressão que Goku achou fofa no rosto de Broly, ele sempre achava todas as expressões que Broly fazia fofa. Mas os gemidos eram realmente sexy. Goku abaixou a mão esquerda, entrelaçou com os dedos da mão de Broly que estavam sobre a cama ao lado de sua cabeça. Vegeta observou esse movimento e desceu rápido sua mão colocando sobre de Kakaroto. Goku sentiu o coração disparar com esse movimento inesperado.

Vegeta levou a mão livre até o pênis de Broly e começou a masturbá-lo devagar. Goku não deixa de acariciar Vegeta, passando a mão por seu corpo, acariciando o cabelo, o rosto em todo momento. Assim como também não se esquecia de Broly deslizando sua mão pelo peito dele, segurando algumas vezes junto com a mão de Vegeta e o masturbando, levou seus dedos até a boca dele o fazendo lhe chupar e Broly chupava com vontade. Ver isso deixava Vegeta ainda mais excitado.

Depois de um tempo os três acabam atingindo juntos o ápice do prazer. Vegeta deita o corpo sobre Broly encostando a cabeça no peito. Goku se aproxima e beija a boca de Broly calmamente sentir aquele sabor gostoso, há horas que ele sentir aquela boca. Depois deita o corpo apoiando a cabeça sobre as costas de Vegeta que sorri observando o rosto de Broly e a situação onde se encontram.

— Isso é uma loucura. — Vegeta fala levantando a mão esquerda e acaricia os lábios de Broly que os separa e passa a língua sobre os dedos. Ele olha pela janela e vê que já estava escuro — Precisamos voltar logo Kakaroto. — ele fala sentindo Goku suspirar em suas costas.

— Porque não passamos a noite aqui? — Goku fala e Vegeta o sente passando a ponta dos dedos nas costas subindo até os cabelos.

— Será que é porque temos esposa? — Vegeta fala com sarcasmo — Isso é uma loucura, eu não sei o que estou fazendo aqui. É errado com nossas esposas. — Vegeta fala se levantando tirando Goku de cima dele e senta na cama colocando a mão no rosto.

— Então porque você está aqui? Porque pediu pra te trazer aqui? — Goku pergunta levantando a mão direita e começa a acariciar as costas dele.

— Não vou te responder essa pergunta. — Vegeta fala rápido.

— Vegeta vai voltar amanhã? — Broly pergunta sentando na cama em frente a ele.

Vegeta vê aqueles olhos brilhantes, sente um pequeno agitamento no coração.

— Sim eu prometo. — ele responde acariciando o rosto de Broly.

— Pensei que isso era errado. — Goku fala meio irritado.

— Acontece que eu já estou envolvido até o pescoço, eu não conseguiria me afastar a esse ponto se eu quisesse. — Vegeta fala suspirando se levanta e caminha até a cozinha para pegar suas roupas.

— Eu vou sentir saudades. — Broly fala o abraçando e beijando na boca.

— Eu também vou. — Vegeta responde baixo, não queria que Goku ouvisse. Não queria demostrar esse sentimento.

Quando Goku se aproxima Broly o abraça com força também beija e puxa Vegeta envolvendo cada um com um braço. O sorriso radiante está presente em seu rosto. Ele empurra os dois para mais perto.

— Beija. — Broly fala olhando para os dois.

Um pouco sem graça Vegeta aproxima o rosto de olhos fechados e dá apenas um selinho em Goku, depois afasta se virando de costas.

— Vamos embora. — ele fala voltando a olhar para Goku que se aproxima pegando na mão dele.

Goku sorri para Broly e abana a mão antes de sumir com o tele transporte, reaparecem em uma varanda da corporação. Antes de Vegeta sair Goku segurou a mão direita dele.

— Vegeta... O que você sente por mim? — Goku pergunta um pouco hesitante.

— Também não vou te responder essa pergunta. — Vegeta responde soltando a mão dele e se vira de costas. — Depois que você terminar o seu trabalho venha me buscar amanhã. — ele responde e se afasta.

— Tudo bem. — Goku responde se preparando para sair.

— E Kakaroto os meus atos respondem as suas perguntas. — ele fala enquanto caminha devagar e entra na casa.

Goku sorri e saiu com o tele transporte.

Continua...


Notas Finais


O Vegeta tá perdido no meio desses dois 😲😂. Todo mundo querendo uma casquinha dele rsrs.
Espero que tenham gostado desse capítulo.
Beijinhos e abraços até a próxima 😘.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...