1. Spirit Fanfics >
  2. Green Valley >
  3. Capítulo 08- U.A E A Caixa De Inko!

História Green Valley - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa a demora meus anjos, eu tava parando por problemas pessoas... E minhas aulas voltarão, daí já sabem né? Sou muito preguiçosa e mais as aulas... aí aí
Cap curto? Sim, mas eu juro que vou tentar fazer mais um e postar ele o mais rápido possível!!
Ah! Minhas outras fics ficaram como terminadas por um tempo, até eu terminar essa aqui, ou quando eu quiser continuar, depende da minha vontade :v

Bem...

~Boa leitura, Darlings! 💖🌠~

Capítulo 8 - Capítulo 08- U.A E A Caixa De Inko!


~Anteriormente~

E se passou os dias até as aulas de Izuku começar na U.A, ele estava bem animado pra ver seus pais muito mais vezes.

Eles não passavam muito tempo, pois Shouta e Hizashi tinham que dar aula na U.A e depois patrulhar a noite, enquanto Izuku ficava em casa por pequenos traumas de ir na rua.

~Agora, povs autore~

Era hoje.

Hoje que Izuku Yamada Aizawa iria ir para a escola que sempre sonhou entrar, a grande U.A.

Izuku estava inseguro, ele ouviu seu pai Shouta falar que tinha ocorrido um ataque da liga dos vilões meses atrás, ele temia que Izuku perdesse a calma ou melhor que Izuku tivesse um gatilho e se descontrole.

Mas o esverdeado não iria deixar uma chance de entrar na tão grande U.A só por causa de vilões!

Foi aí que ele percebeu.

Como iria se tornar um herói sendo que ele tinha medo? Foi aí que a determinação de Izuku aumentou, ele nunca iria desistir de seu sonho por causa de vilões. Lutou a vida inteira para finalmente conseguir realizar seu sonho.

Sua mãe iria ficar orgulhosa pelo filho que criou, então Izuku lembrou sobre o que a esverdeada mais velha falou: "Filho… lembra que a mamãe. Pediu que você fosse procurar uma caixa no meu quarto? Então, lá vão estar todas as respostas das suas perguntas".

Era lá que ele iria ter suas respostas respondidas, ficou duvidoso, será que todas seriam respondidas? Provavelmente as mais fáceis e óbvias, já as mais difíceis ele teria que encontrar, certo? Certo.

Iria aproveitar que seu pai Hizashi estava em casa e iria pedir para ir a sua antiga casa, ainda não tinha terminado de pegar suas coisas, usaria isso para ir lá. 

Izuku: Ei, pai! — chamou Hizashi assim que saiu do quarto e foi a sala

Hizashi: Yes my boy? — perguntou animado e saiu de trás do sofá?

Izuku: Hã… Porque você estava atrás do sofá, pai? — perguntou com uma gota d'água em sua bochecha. 

Hizashi: Há! Estava procurando uma coisa que Shouta perdeu — respondeu ainda animado.

Izuku: Ah, certo. — ficou levante com medo — Pai, a gente pode ir na minha antiga casa? — O olhou esperançoso. Hisashi por sua vez ficou desconfiado. 

Hisashi: Porque? — perguntou

Izuku: B-bem ainda tem umas coisas na minha antiga casa… Queria pegar antes de colocarem pra vender…. — falou tremendo levemente.

Hisashi: Se é assim, então por mim está tudo certo! — sorriu largo enquanto bagunçava os cabelos enormes de Izuku, o mesmo sorriu.

Um fato bem curioso: passou nem três semanas e o cabelo dele já ficou grande, agora estava passando da bunda, vê se pode!

Izuku e Hisashi saíram no momento em que o mais velho deixou, Izuku estava nervoso. Fazia um tempo em que não tomava seus remédios, tinha medo de acabar perdendo o controle da sua mais nova quirk.

Não queria machucar ninguém novamente…

Tinham que ser rápidos, não queriam se atrasar logo no primeiro dia de aula de Izuku, o mesmo estava batendo a mão ou melhor as unhas na porta do carro enquanto olhava para a rua movimentada.

Passou -se um tempo e eles chegaram na antiga moradia do esverdeado. Os dois descerem do carro e foram em direção ao devido apartamento, chegando lá Izuku se abaixa e de baixo do tapete que havia ali, tirou uma pequena chave reserva e abriu a porta com um pouco de receio, ainda não estava pronto, mas precisava ir lá ou suas respostas não seriam respondidas, claro que ia demorar um pouco, não queria ir rápido de mais.

Ele entrou no ap junto do loiro, foi em direção primeiro ao seu quarto, ainda tinha umas coisas suas, entrando em seu quarto, percebeu o quão vazio estava o quarto se sentiu bem.

Foi em direção ao seu antigo guarda roupa, tirando de um fundo falso, Izuku pegou sua guitarra preta com detalhes verdes, foi o seu primeiro gasto quando começou a trabalhar para ajudar sua mãe a pagar as contas de casa, ficou um pouco triste mas depois sorriu, finalmente poderia tirar toda a raiva, angústia e medo que tinha, sua fiel guitarra tinha voltado ao seu lado, pode parecer estranho? Pode, mas quem disse que Izuku liga?

Mas não era só isso que tinha em seu quarto roupa, pegou mais uma caixa, ela era retangular e beem grande, Hisashi se perguntou o que era aquilo, depois de pegar, Izuku pegou por fim uma caixinha pequena, e não, não era a caixa de Inko.

Hisashi: My dear, o que tem dentro dessas caixas? — perguntou nem um pouco curioso, off já mais!

Izu: Hm? A isso? Isso é minha caixinha de jóias e essa aqui é onde está a minha tela e coisas de desenho! — estendeu a menor e logo após a grande, deu um pequeno sorriso — Foram um presente da mamãe… — sorriu triste, Hisashi vendo seu filho um pouco triste, decidiu então mudar de assunto:

Hisashi: Hm, my boy tem mais alguma coisa ou já podemos ir?  — perguntou — Depois se quiser podemos ir na sorveteria que você adora. — sorriu largo, Izuku sorriu junto com a animação do pai

Izu: Falta só mais uma coisa… — foi em direção ao quarto de sua mãe.

Abriu a porta com tamanha delicadeza e carinho do mundo, respirou fundo e foi em direção à cama de casal do quarto, se abaixou e de lá pegou a caixa que Inko havia falado.

Izu: É isso… — sussurrou enquanto saia e fechava a porta com a mesma delicadeza e carinho do mundo.

Foi em direção à cozinha e abriu a porta do armário superior que ficava acima da pia, de lá tirou três remédios de caixinha, voltou para seu quarto, onde o loiro o esperava, o mesmo estava arrumando as coisas que o esverdeado pegou.

Hisashi: Mas já? — olhou indignado, não fazia nem 5 minutos que Izuku tinha saído do quarto, porque choras Flash?

Izuku riu envergonhado, a verdade é que ele não queria ficar muito tempo no antigo quarto de sua mãe, só de pensar nisso Izuku se sentiu triste e mais vazio, suas chamas por sinal começaram a aparecer com mais intensidade.

Mic vendo isso decide novamente mudar de assunto.

Hisashi: Então my dear, o que acha de irmos para a sua sorveteria favorita?? — perguntou enquanto fazia um leve cafuné em seus cabelos, pegou a caixa ou melhor a bolsa onde ficava as coisas de desenho e colocou em seu ombro, a tela/quadro colocaria em baixo do braço, assim que colocasse a guitarra em suas costas.

Izu: Sim! — sorriu animado, vendo que seu pai teria um pequeno problema ao passar da porta, pegou sua guitarra e a colocou em suas costas, aproveitando que a faixa da mesma tinha uma espécie de bolsos, colocou seus remédios lá, e ficou com as caixinhas na mão direita e a outra pegou o suporte do quadro/tela — Vamos? — perguntou enquanto saia do quarto sem dificuldades.

Mic: HEY MY BOY! ME ESPERE! — gritou correndo atrás do esverdeado que já esperava do lado de fora do ap.

Izuku riu do escândalo do pai, quando o mais velho saiu do apartamento, Zuzu fechou a porta e logo após trancou, sem antes largar as caixinhas com cuidado no chão.

Zuzu, logo após fazer tais ações, pegou novamente a caixinha e correu em direção ao carro, tinha mais um tempinho extra até ir para a U.A. 

Izu: Quero chocolate! — falou logo após entrar no carro, Mic sorriu.

●Time Skip: já na U.A●

Aizawa se amaldiçoava por ter aceitado dar aulas para aqueles idiotas que chama de alunos.

Queria voar no pescoço de cada um, se perguntava quantos anos de prisão levaria por matar seus alunos.

Mas antes de fazer se lembrou de um recado muito importante, respirou fundo e saiu lentamente de seu "casulo amarelo", chamou a atenção da turma, que milagrosamente prestaram atenção. 

Aizawa: Tenho um anúncio a fazer…. — começou, Tenya Iida iria perguntar algo, mas Aizawa foi mais esperto — Teremos um aluno novo. — foi direto ao ponto, e novamente a turma voltou a baderna.

Kiri: QUEM SERÁ ELE?! — gritou, como boa parte da turma estava uma bagunça, teve de gritar para seu Sensei o ouvir.

Kami: OU ELA! — gritou animado. 

Iida: Silêncio classe! — pediu enquanto fazia movimentos estranhos com a mão, milagrosamente a turma ficou quieta, Ilda vendo isso, voltou a falar — Mas sensei porque ele ou ela entrou só agora? Ele/ela tinha que ter feito o exame de admissão que nem todos nós, não? — perguntou sério enquanto arrumava seus óculos.

Aizawa suspirou, teria que explicar tudo para aquelas pestes….

….

Depois de explicar tudo, Aizawa voltou para seu casulo amarelo, dormiria até Zuzu chegar, o que não demorou para acontecer para a felicidade ou infelicidade de Aizawa, ele só queria dormir…. Mas bem, Shouta saiu novamente do casulo e foi até a porta.

Zuzu deu mais duas batidinhas na porta. Logo depois Shouta abriu a mesma, Mic queria gargalhar ao ver a cara emburrada de Shouta, mas se conteve, ainda tinha amor à sua vida e um filho para criar.

Aizawa: Entre. — falou dando um pequeno sorriso, todos da sala estavam morrendo de curiosidade, Aizawa só tinha explicado bem simples o do porque ele só veio para a U.A e que ele era um garoto e seu filho, com certeza a 1-A estava ansiosa, tanto que nem o dia em que a L.O.V os atacou eles ficaram assim.

E foi nesse momento que a 1-A conheceu o anjo que vivia na terra, as garotas quase morriam de fofura ao ver o esverdeado e alguns garotos também, o resto (cof cof TodoKiriDenkiMineta cof cof) estavam corados e com sangue saindo de seus narizes, mas não podemos esquecer do nosso querido pinscher não é?

Bakugou estava como? Surpreso igual toda a classe, mas ele era diferente, sentia raiva do esverdeado, afinal, como caralhos aquele nerd de merda estava fazendo ali?! Queria ir pra cima dele, mas se conteve.

Mas foi quando um Flash de memórias passou pelas cabeças da turma, aquele não era o garoto que surtou num ataque da vila e que perdeu a mãe?


Notas Finais


Sorry se começou a ficar sem sentido, tô com sono e minha criatividade parou!

Hm, se quiserem trocar uma ideia comigo, me chamem lá no discord:
Tie_fuu_#2067 é uma fotinho da Konan vestida de coelhinho 🛐🛐

Aí aí boa madrugada carai :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...