História Green Wife (Yandere Simulator) [em pausa] - Capítulo 21


Escrita por: ~

Visualizações 34
Palavras 492
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi.
Sinto muito ter sumido por três meses, mas depois de postar mais 3 ou 4 capítulos provavelmente irei sumir novamente.
Fiquei de recuperação em muitas matérias...

Capítulo 21 - Prestes a explodir


Abri os olhos, a luz estava incomodando. As cortinas estavam abertas. Me sentei coçando meus olhos, que ardiam por conta da luz forte que adentrava o quarto. Minha cabeça doía um pouco. Senti braços envolverem minha cintura.

  – Fique mais um pouco, Waifu... por favor não me deixe... – Midori resmungou, com a voz chorosa, firmando mais seus braços à minha volta. Espera... por que Midori estava em meu quarto? Por que meu despertador não havia tocado? Senti meu rosto esquentar absurdamente e me contive a vontade de levantar na hora. Levantei um pouco os cobertores. Eu estava com o meu uniforme. Ainda estava com sono. Não me lembrava muito bem de ontem. Lembrava que eu tinha chorado... em um piscar de olhos todas as memórias vieram de vez à minha mente, fazendo minha cabeça doer mais ainda. Resmunguei alto, voltando a me deitar.

 – Hm....? Waifu-chan! – ouvi a voz de Midori, a mesma estava com os olhos marejados. – Você... está aqui! Foi só um pesadelo... – Me abraçou com força, então se levantou muito rápido – EU NÃO DEVIA TER DORMIDO! – falou alto, minha cabeça latejou. – Você está bem???

 – Fale um pouco mais baixo, Midori-chan... estou...

 – Ah, Sumimasen! Eu devia ter ficado acordada para cuidar de você... – fechou as cortinas – eu vou pegar um remédio para dor de cabeç... – eu interrompi-a, puxando a mesma para se deitar comigo ao mesmo tempo que fechava os olhos. – W-

 – Sshhhhhh, me deixa dormir. – ordenei, abraçando-a

 – Eu tenho que pegar o remédio para cuidar de você... – ela disse, baixinho.

 – Eu já estou com meu remédio. – ela ficou em silêncio, parecia estar tentando entender o que eu havia dito – Você. [N/A: Mai Waifu mais gay que eu]

 – Mai Waifuuuuuuuu – senti ela se encolhendo. Sorri. – É sério, Waifu-chan... – suspirei

 – Tudo bem... – soltei a esverdeada.

 – Eu já volto – virei minha cabeça para a direção em que ouvi a sua voz e então senti algo gelado em meus lábios, abrindo os olhos em instinto. Me assustei, Midori estava me dando um selinho. Meu coração acelerou instantaneamente, sentia que ele iria explodir. Me afastei na hora, junto dela que mantinha os olhos arregalados. – S-Sumimasen Waifu-chan! Eu iria beijar sua bochecha, você virou a cabeça de repente... – ela estava vermelha e eu sentia meu rosto esquentar como um forno - e-eu vou pegar seu remédio – saiu às pressas de meu quarto, o que resultou em vários tropeços. Me encolhi entre os cobertores, levando minha mão direita aos meus lábios... não sabia como eu deveria me sentir, mas sentia muitas coisas. Apenas fechei meus olhos com força. Midori era só uma amiga... certo? Minha melhor amiga... era comum eu me sentir assim, não? Foi o primeiro selinho que eu havia recebido em minha vida... era normal eu me sentir desse jeito. Pelo menos, eu queria que fosse.

 

"Meu coração está batendo, o que faço se você descobrir?

Eu finjo que nada está acontecendo para que você não note

Se você percebesse, eu não saberia o que fazer"


Notas Finais


Ficou curto, eu sei.
O próximo capítulo será mais uma exceção exclusiva

Essa letra no final é de Next Page, de TWICE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...