História Grey's Anatomy parte 2 - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Grey's Anatomy
Personagens Alexander "Alex" Karev, Amelia Shepherd, Cristina Yang, Derek Shepherd, Meredith Grey, Personagens Originais
Tags Grey's Anatomy, Meredith Grey
Visualizações 23
Palavras 704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente espero que gostem, alguns vão dizer que este capitulo não tem nada de especial, mas o especial que me refiro é que não esta centrada na contesto original da fic. espero que gostem

Capítulo 7 - Tenente Hunt ( Capitulo especial )


Fanfic / Fanfiction Grey's Anatomy parte 2 - Capítulo 7 - Tenente Hunt ( Capitulo especial )

  O dia já estava nascendo e para os soldados do exército isso era um alivio, não tem nada pior do que ser atacado na noite. A tenda estava cheia de refugiados e de soldados baleados. Teddy estava fazendo curativos em uma senhora, Hunt caminhou até ela, e ela ergueu os lindos olhos verdes para ele.

- Esta nervoso?- Ela perguntou voltando a olhar o curativo, e vendo que estava bom, deu um sorriso e se levanto.

- Um pouco- Ele disse passando a mão no cabelo- eles disseram que esses caras são bem violentos.

- Achei que você tinha servido ao exercito seu medroso- Ela disse dando umas risadinhas.

-Você vai ir nessa missão?

- Até o principio, sim, mas vou para ajudar nos feridos.

  Hunt suspirou e olhou o sol raiar no horizonte. Ele caminhou até o caixote e vestiu a roupa e o capacete, eles sairiam em apenas quinze minutos.

  Hunt distribuiu armas para os soldados, que por enfim saíram para a missão. O dia estava lindo, o céu azul, as montanhas e a floresta que se estendiam a frente estavam tão verdes que nem parecia reais. Alguns pássaros passaram sobre as suas cabeças, e alguns soldados apontaram as armas por legitima defesa.

- Pelo amor de Deus, se vocês continuarem assim vão acabar morrendo.

  Eles avançaram mais dois quilômetros e chegaram à outra tenda onde mais soldados esperavam.

- OK gente, vamos subir com cuidado a montanha, não vamos perder mais tempo- Ele colocou a cabeça para fora da tenda- devem ser uns cinco quilômetros até lá. Quando chegarmos lá, vamos começar a atirar e nos defender o Maximo que podermos. 

  Eles pegaram algumas coisas para comer e novamente partiram. O sol aquela altura do campeonato começava a queimar a pele de tão forte. Então alguns barulhos de tiros vieram de algum lugar não muito longe. Todos pegaram as armas e ficaram atentos seguindo o caminho. Alguns homens apareceram do topo da montanha e vários tiros vieram na direção deles. Hunt se jogou para o lado se escondendo atrás de uma enorme rocha, Teddy tinha se jogado em um canto onde o pasto estava alto.

  Hunt acenou a chamando para se esconder com ele, Teddy segurou o capacete e foi correndo na direção dele. Mas antes de chegar à rocha um tiro a jogou no chão.

- Teddy- Gritou Hunt correndo para arrastá-la.

  Hunt se aliviou ao ver que ela estava viva.

- Calma foi só de raspão- Ela disse.

- Ta, espera- Ele tirou a jaqueta camuflada e rasgou um pedaço da camisa para fazer uma faixa para estancar o sangue- pronto.

- Owen eu estou bem!

Hunt se jogou para o lado e atirou no topo da montanha com certeza acertando alguém. No topo da montanha tinha fumaça por causa das bombas e homens avançavam cada vez mais.

- Vamos pessoal atirem.

Uma onda de raios laranja passaram por Hunt e ele pode ver alguns homens caindo. Um homem pequeno pegou uma bomba e atirou. Hunt se virou para voltar até a rocha onde estava a Teddy, mas foi jogado no chão com a mistura de um tiro no ombro e a explosão. A força da bomba o jogou contra a pedra, onde ele bateu de cabeça e desmaiou.

- Owen- Gritou Teddy.

 

...

 

  Hunt acordou em uma trouxa de pano que colocaram ele para levar até a tenda no pé da montanha. Hunt não enxergava nada nos lados, mas via fumaça e helicópteros no ar.

  Quando o largaram na tenda, o alivio para seus olhos fora intenso. Teddy caminhou até ele com lagrimas nos olhos.

- Eu achei que você tinha morrido- Ela suspirou- seu braço, o tiro comprometeu ele, talvez você não volte mais para a cirurgia, mas se algum milagre acontecer, eles podem salvar o seu braço, mas você vai ficar com a síndrome de Parkinson.

Lagrimas se formaram nos olhos de Hunt e ele não pode mais ver a Teddy.

  Algumas horas depois, Hunt se levantou e caminhou para ver o que tinha acontecido enquanto estava apagado. O topo da montanha estava em brasas, helicópteros tinham explodido e haviam vários corpos atirados.

- Meu Deus- Disse Hunt vendo o desastre daquele paraíso que era antes.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...