História Grito de Amor - Capítulo 9


Escrita por: e Mel63

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Elizabeth Liones, Gelda, Meliodas, Zeldris
Tags Geldris, Melizabeth, Nanatsu No Taizai
Visualizações 120
Palavras 739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Necrofilia, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorei mas voltei! 40 favoritos😱😱😍
Boa leitura (^^)

Capítulo 9 - Plano quase perfeito


Fanfic / Fanfiction Grito de Amor - Capítulo 9 - Plano quase perfeito

De repente sua mão percorre minha cintura até chegar mais embaixo onde me empurra mais pra si. Sinto sua respiração contra a minha, quando dou um pequeno sorriso e o empurro

 

 

Elizabeth: Não sabe que deve respeitar mocinhas frágeis e indefesas?- o olho fingindo reprovação com um sorriso travesso

 

Meliodas: Tenho certeza que você não é nem frágil, nem indefesa meu amor.

 

Elizabeth: Amor? – o olho incrédula mas divertida

 

Meliodas: Assim que costumo chamar quem me excita..

 

Elizabeth: Por que não vai dar uma volta e me deixa em paz?

 

Ele sorri travesso e sai a caminho de alguma prostituta. Realmente, eu estava me divertindo muito com isso. 

 

 

 

Vou a procura de Gelda, que coincidentemente está conversando com Zeldris. Estava na hora de ir. Decido espera-la no hall de entrada, enquanto vários homens passam por mim me olhando com luxúria e desejo.

 

Gelda on

 

Tudo estava saindo conforme o plano da Elizabeth. Zeldris veio conversar comigo enquanto eu observava a festa em um canto escuro.

 

Gelda: Bela festa. – falo quando sinto o mesmo se aproximar 

 

Zeldris: Sempre são. Mas, senhorita Winchester, devia ser mais esperta, junto com sua amiga. Se ainda não sabe, nós massacramos a máfia Winchester, ela já é extinta. Então vou perguntar uma vez, e espero ter uma resposta para seu bem. Quem são vocês?

 

Zeldris on: 

 

No momento em que começo a questiona-la sobre sua mentira, seu sorriso travesso se desmancha, e logo brota lágrimas em seus olhos.

 

Zeldris: Por que está chorando, não chore, isso me deixa maluco.

 

Luíza: E-eu e Katarine... Somos escravas sexuais de uma certa máfia.. estamos aqui como representantes da máfia Liones. Por favor não me machuque!- ela diz entre soluços- E-eu e Katarine já sofremos demais com as agressões daqueles idiotas . Eles são terríveis, não tem coração. Nós estamos cansadas de ser exploradas todos os dias..

 

Certo, aquilo me comoveu, mas Luiza entregar os Liones assim de bandeja tão rápido? Com certeza previram que as questionaríamos elas sobre a máfia Winchester. Algo está errado. Ou elas estão desesperadas , ou isso faz parte de algum plano daqueles salafrários. Fico triste em poder pensar que estão usando Luíza e Katarine, como as mesmas estão dizendo, ou elas podem até mesmo serem mulheres dos mafiosos. Eu tenho que checar isso a fundo.

 

Zeldris: Não se preocupe. Está tudo sobre nosso controle.

 

Gelda: Eu tenho que ir! Adeus!- me diz com sorriso triste e lágrimas nos olhos que me convence por um segundo de tudo que ela falou. Por um segundo. Me desculpa, mas tenho que ser inteligente, ela pode estar ou não falando a verdade.

 

Gelda on

 

Droga, creio que ele não caiu completamente. Deve estar desconfiado. São mais espertos do que eu esperava. 

 

 Fui ao encontro de Elizabeth, e saímos daquele local rumo ao nosso esconderijo. Nós checamos uma a outra, pra ver se tudo estava ok, poderiam muito bem ter colocado um rastreador, e como pensávamos, tinha um preso no decote das costas da Elizabeth. Provavelmente colocada pelo loiro. Jogamos o mais longe possível e seguimos o rumo contrário do nosso esconderijo.

 

Elizabeth on

 

 

Chegamos em casa, e eu precisava concretizar minha nova chacina . Gelda e eu esperamos anos por esse momento, onde nossa vingança será completa.  Começamos a treinar nossos homens , os direcionando sobre tudo que teriam que fazer. Claro que quase nada, pois eu queria sentir o sangue quente escorrendo em minhas mãos. Mas estávamos treinando duro. Seria o melhor massacre de todos. 

 

 

Meliodas on

 

Depois de conversar com Zeldris, também fiquei desconfiado, e fui atrás de informações sobre a máfia Liones.  E acabei subornando um homem que dizia ter uma informação importante. Ele cobrou caro pela informação, mas eu precisava.

 

Cheguei em casa, e fui até o escritório, retiro minha gravata e abro alguns botões da camisa que me incomodava. Vejo Zeldris sentado me encarando esperando que eu o dissesse o que consegui.

 

Zeldris: Alguma coisa? 

 

Meliodas: Sim, irmãozinho... Acabei descobrindo que logo logo, os Liones farão uma visitinha a uma casa de prostituição, D'Luxe se não me engano, a 500 km daqui. 

 

Zeldris: O que estão planejando?...- ele encara a mesa fria tentando raciocinar

 

Meliodas: Está mais que óbvio não? Só não entendo o que vão caçar lá, com aquelas mulheres divinas que eles tem, nunca vi mais linda do que Katarine

 

Zeldris: Ou elas estavam mentindo.

 

Meliodas: Bem provável. Mas , tenho um plano que vai tirar todas as nossas dúvidas.


Notas Finais


😱😱😱(^^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...