História Gruvia, só amigos? - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Fairy Tail, Gruvia
Visualizações 46
Palavras 800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 15 - Ir embora


*Gray*

Depois de Juvia chorar muito pois eu contei que o filho era meu , e ela se culpou por não comer , e voltou a chorar

Gray: eí Ju- limpo uma das lágrimas caindo em sua bochecha - ta tudo bem agora coma para nosso filho ficar bem OK?

Juvia: o-ok...- tenta parar de soluçar, eu dou um pão para ela e o copo de suco e ela come , e muito rápido ela estava mesmo com fome - Gray eu... Posso ir embora daqui?

Gray: Juvia isso é uma situação complicada , eu vou ficar aqui até a criança nascer , e depois nos iremos fugir mas... A gente vai ter que deixar nosso filho ou filha- ela me encara pasma arregala os olhos e fica me olhando assustada , depois olha para sua própria barriga, volta a olhar para mim

Juvia: eu não posso deixar minha filha com esse maluco- ela abraça a barriga 

Gray: eu sei que não , mas é preciso pois o seus pais só te fez "casar" com ele por causa das empresas , e para gerar um filho para comando da empresa , e depois disso iremos voltar - eu sei que é mentira mas... É o único geito de fazer ela ir embora comigo , e deixar um pedacinho de mim aqui também não vai ser fácil

Juvia: então se viermos buscar ela depois , então eu irei embora com você , mas só espere ela parar de amamentar e eu vou -  eu concordo e ela me dá uma piscadinha , e um sorriso fraco , ela estava tentando mostrar que estava bem mas não estava e aquilo apertou meu coração, eu a abraçei e encostei nossas testas

Gray: eí não fassa essa cara - dou um selinho nela - nos vamos voltar e pegar ela , mas primeiro vai ser você 

Juvia: eu entendo , bom melhor você ir né Gray antes que Lyon venha - ela fez uma cara triste

Gray: o Lyon ta fazendo algo com você?

Juvia: NÃO ele só... É muito bom com a Juvia mas eu não consigo me apaixonar por ele...- seguro os dois braços dela é olho no fundo de seus olhos 

Gray: você não vai apaixonar nem por ele e nem por ninguém , você é minha- e mais uma vez eu exagero, ela fica vermelhinha de vergonha que fofa , eu ia beija-la mas a porta é aberta entao eu volto a postura de um empregado .

Lyon: Juvia linda ta melhor? - ele vem para perto dela 

Juvia: sim Lyon sama- O QUE??? por que o sama ??

Lyon: ufa- da um suspiro pesado- você tem que comer e ficar saudável para ela nascer saudável- começa a acariciar a barriga da MINHA mulher 

Juvia: Lyon- chama o branquelo

Lyon: oi linda?- só eu posso chama MiNHA mulher de linda, calma gray não taca a mão na cara dele 

Juvia: eu estou com fome- da um sorrisinho amarelo.

Lyon: entendido, logo logo chegará sua comida- ela faz graça colocando a mão na testa como um soldado fazendo ela rir, ele olha para mim- senhor ? O senhor pode trazer mais comida para minha dama ?- ele fala comigo , e como assim sua?.

Gray: trago sim senhor - saio e vou buscar a comida , chego na cozinha e vem um velhinha e me dá um prato com sopa ,ué ela já sabia que rápido, ela me dá o prati e sai andando eu fui atrás para agradece-la , entro na cozinha e ela me dá uma bandeija com dois pedaços de bolo e um copo de suco fala para eu colocar a sopa lá também é levar e foi isso que fiz, subi as escadas e parei na porta , ouvi a risada mais gostosa do mundo , bati na mesma e Lyon abriu e eu entrei Juvia estava sorrindo, e logo Lyon fez denovo a pose de soldado

Lyon: sua comida chegou senhora - e Juvia esbossou um sorriso lindo , e olhou para mim sorrindo e depois para comida que estava segurando , depois coloquei no seu colo e ela comeu , como se nunca tivesse comido antes eu saio do quarto e vejo  Lyon sentando perto dela é segurando uma de sua maos e assim que ele fais isso eu faço cho a porta e fico ouvindo atrás dela - eu estava preocupado, você tava tão fraca ... É agora está pedindo comida.

Juvia: eu estava pensando em matar a criança junto comigo , mas... Eu vi o quanto ela é importante não só para vc e para mim também , por isso vou me esforçar e ser uma ótima mãe - acho que estou sobrando aqui pelo visto ela parece estar bem com ele ou será só uma encenação ? , depois disso vou para meu quarto com esses pensamentos .





C

O

N

T

I

N

U

A

.

.

.



Notas Finais


Desculpa dinovo ser pequeno , não desistem dessa história por favor❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...