1. Spirit Fanfics >
  2. Guarda noturno - Nomin >
  3. Bônus

História Guarda noturno - Nomin - Capítulo 2


Escrita por: Im_haruu_

Notas do Autor


Oii! Estou de volta aqui haha! Dessa vez trouxe um bônus de Guarda Noturno!
Acho que não ficou muito bom, além do mais, nunca escrevi um bônus pra uma história que desenvolvi, havia pensado em trazer um bônus pra Guarda Noturno mas não era 100% certo que iria ter, mas, aqui está, não é?
Espero que gostem do mesmo!

Capítulo 2 - Bônus


- "Vossa alteza! Acorde! Você irá se atrasar para o casamento!" - a jovem criada dizia enquanto depositava leves batidas na porta

O jovem príncipe logo se acorda rapidamente, sentindo o peso dos braços de seu amado sobre si, logo se lembra de tudo que havia passado nesses últimos dias. Já fazia uma semana desde que ambos estão juntos sem precisar se esconder, a felicidade não cabia no peito do mais novo, o mesmo encara Jeno, quem diria que poderia um dia finalmente ver seu amado ao seu lado ao amanhecer? Se lhe contassem isso a algum tempo atrás, ele com certeza não acreditaria.

Deixando seus pensamentos de lado, Jaemin se vê perdido na beleza do seu amado Lee, que não demora muito a acordar.

- "Bom dia, Nana" - diz Jeno roucamente, fazendo Jaemin suspirar.

- "Bom dia, Nono" - Jaemin diz esboçando um grande sorriso, depositando um leve selar nos lábios de seu guarda, ambos são retirados de seu próprio mundo após ouvir mais e mais batidas na porta.

- "Alteza, está acordado? Não se esqueça do casamento do príncipe Donghyuck que acontecerá daqui a meia hora!" - Jaemin se assusta, havia dormido por tanto tempo? Era melhor correr se quiser chegar a tempo, não queria se atrasar para tal evento tão importante.

O príncipe e o jovem guarda logo tratam de se arrumar às pressas, caminhando rapidamente para o local do casamento,chegando apenas alguns minutos atrasados.

- "Vocês dois tem sorte que Donghyuck gosta de chegar atrasado em eventos, por que demoraram tanto?" - diz o rei Taeyong, abraçado ao seu marido, Doyoung.

- "Acabamos perdendo a hora, pai, mas estamos aqui" - diz Jaemin, desviando o olhar, vendo a carruagem se aproximando. - "vamos nos sentar, Hyuck acabou de chegar!"

O casamento seria ao ar livre, por preferência de Donghyuck, o príncipe de Canadian, Mark, apenas pode concordar com seu noivo, visto que o mais novo era muito teimoso, a decoração era simples, após muita discussão por parte das flores, ficou decidido que seria ambos, tanto tulipas vermelhas e margaridas, o qual resultou em algo incrivelmente belo. Mark se encontrava no altar, ansioso para ver seu noivo, o qual havia se atrasado muito.

Após muito nervosismo, finalmente o mesmo vê Donghyuck caminhando até si, o mais novo estava deslumbrante, não poderia estar mais lindo, Mark estava quase babando ali mesmo, mas se recompôs a ver o príncipe frente a frente consigo.

Enquanto isso, um pouco distante do altar, se encontrava um certo príncipe e um certo guarda soltando leves risadinhas por ver o príncipe de Canadian quase babando por Donghyuck.

O casamento seguiu, arrancando choros de alguns, sendo um deles o rei Doyoung, que por mais que não parecesse, tinha um lado bem sentimental, no fim, aplausos foram ouvidos e os recém casados junto dos convidados seguiram para o local da festa.

- "parabéns, meu irmão! Quem diria que eu veria você casando!"- diz o jovem Na, abraçando o mais recém casado

- "Obrigado Jae! Estou tão feliz! Também jamais imaginei que me casaria, principalmente com o príncipe de Canadian, mas eu não sabia que ele era tão bom, principalmente de cama!"- Donghyuck diz, arrancando boas risadas do príncipe mais novo

- "Hey! Está na hora de jogar o buquê!" - diz o rei Chittaphon de Canadian, arrastando Donghyuck pro centro, o deixando ao lado de seu esposo, Mark.

- "Vamos lá! Um, dois, três!" -Donghyuck logo joga o buquê, houve uma batalha pra ver quem pegaria o buquê, aliás, quem pegasse seria o próximo a casar, logo o buquê estava nas mãos de Jaemin, o qual foi parabenizado por ter pego o buquê.

- "Parece que você é o próximo, Jae!" - diz Shotaro, ao lado de Sungchan

- "eu? Não acho que acontecerá tão cedo.." -Jaemin diz logo se envergonhando, olhando para Jeno, o qual estava ajoelhado segurando um anel.

- "Eu estou disposto a fazer isso acontecer o mais rápido possível, Nana, aceita se casar comigo?"- diz olhando para o jovem príncipe, o qual estava paralisado, recebendo aplausos de todos ali presente.

- "...eu aceito, nono."



Notas Finais


E foi isso! Sinto que poderia ter ficado muito melhor, mas isso foi o melhor que consegui escrever infelizmente, espero que tenham gostado e até uma próxima história!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...