História Guardians - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias My Little Pony, Sonic The Hedgehog
Personagens Apple Bloom, Applejack, Chaos, Discórdia, Flash Sentry, Fluttershy, Holly Dash, Iblis, Personagens Originais, Pinkie Pie, Príncesa Cadance, Princesa Celestia, Princesa Luna, Rainbow Dash, Rarity, Scootaloo, Shining Armor, Spike, Sunset Shimmer, Sweetie Belle, Trixie, Twilight Sparkle, Vovó Smith
Tags Futuro, Guardiãs, Humanos, Magia, My Little Pony
Visualizações 20
Palavras 2.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aloha meus doces de caramelo! Mais um capítulo de Guardians e esse inicia um novo arco na história que eu chamo de "Trabalho de Guardiã" onde veremos mais de como é a vida de uma Guardiã da Harmonia, espero que gostem! Boa Leitura!

Capítulo 6 - O Dever de uma Guardiã


Fanfic / Fanfiction Guardians - Capítulo 6 - O Dever de uma Guardiã

Mais uma vez a lua deu lugar ao sol e muitas pessoas podiam dormir até tarde já que era sábado… passou praticamente uma semana desde o incidente com Nightmare Moon e Twilight não conseguia mais dormir de tão ansiosa que estava para treinar com sua tia e descobrir mais acerca de seus poderes… claro que tudo aquilo ainda parecia estranho, mas uma conversa ou outra com Celeste a ajudou com a adaptação para esse novo mundo…

As duas guardiãs estavam frente a frente, debaixo de uma ponte que a mulher mais velha sabia que ninguém iria as incomodar, ou notar sua presença, afinal, só de noite que alguém passava por ali, já que era um lugar deveras romântico para casais…

-Então, como começamos? –Perguntou a roxeada, inclinando a cabeça enquanto mostrava curiosidade, sua mentora riu e respondeu de forma gentil…

-Primeiro temos de ir pela parte teórica, você deve entender o dever de uma guardiã antes de começar a treinar… -Twilight assentiu. –Primeiro, nós as guardiãs devemos tomar cuidado com a essência de Discórdia espalhada pelo mundo, mesmo que isso sempre tenha existido, acaba havendo pessoas, ou seres, que despertam certo controle sobre essa essência e isso pode acabar levando a sérios problemas, afinal, essas pessoas podem ter controlo por um tempo, mas logo se transformam em monstros cujo o desejo é pegar as Jóias da Harmonia…

-E como sabemos que alguém está sendo possuído por essa essência?

-Isso é fácil, principalmente para você que é a Guardiã da Magia, seus olhos são especiais e sempre que houver uma concentração massiva de essência de Discórdia em alguém, você irá ver e poderá até a retirar do corpo da pessoa sem precisar lutar.

-Como um exorcista? –Perguntou, só recebendo mais risadas da tia.

-Hihih, sim, como um exorcista, pra falar a verdade, existem mesmo exorcistas nesse mundo, são humanos cuja a vontade, força espiritual e mágica são suficientes para se opôr à energia do Discórdia nas pessoas.

-Que demais… e você vai me ensinar como se exorciza essa energia?

-Na verdade, só você tocar na pessoa e se concentrar vai ser suficiente… mas aviso… -Antes de terminar, Celeste colocou uma face séria que a jovem Sparkle nunca havia visto. –Se sua vontade fraquejar perante a da pessoa infectada, você, mesmo com sua jóia, será apanhada no meio… por isso tente sempre estar estável emocionalmente quando for fazer isso…

-Entendido!

-Bem, acho que por hora você sabe o básico… mas devemos ter cuidado com a Luna, afinal, o poder da Jóia da Generosidade é dar forças aos outros, além de claro poder invocar armas de diamantes e outras do tipo… a Luna pode acabar aumentando a essência de Discórdia nas pessoas apenas para tentar pegar as jóias para si, por isso, vamos ter de treinar bastante!

-Você acha que ela vai mesmo conseguir fazer algo assim, tia? –Dessa vez, a pergunta apanhou Celeste de surpresa. –Quer dizer, você praticamente acabou com ela…

-Eu sei que todo aquele show de luz que eu fiz parece algo divino e super poderoso, porém posso afirmar que não foi o suficiente para incapacitar a Luna… ela está muito mais poderosa do que me lembro… porém nem ela será capaz de vencer você e suas companheiras guardiãs! –Ao ouvir isso, Twilight soube que aquele era o momento de falar com Celeste sobre sua escolha à dias atrás de lutar sozinha, mas ia manter-se calada até realmente a esverdeada-azulada não querer esperar mais… -Bem, chega de enrolação, vamos treinar o combate! Vamos, mostre-me o que sabe fazer!

-Ok… uhhh… ahhh! –Gritou a roxeada, se concentrando ao máximo enquanto a jóia brilhava e vários flashes de luz emanaram dela, a Guardiã do Sol não podia estar mais orgulhosa, era incrível o poder que a sobrinha emanava, mas a mesma acabou quebrando no meio da transformação, ficando ofegante enquanto segurava o peito. -Agh… agh… isso é difícil… quando foi na festa eu me transformei tão bem… -Disse, com certa pena até que Celeste chegou até ela e deu um beijo na testa.

-Isso é normal, querida… você ainda não está habituada… além disso, o poder vem em resposta a uma necessidade, não ao querer… só quando você realmente sentir que é a hora, irá conseguir despertar a transformação…

-Obrigada tia, mas eu quero mesmo controlar essa coisa toda! Quero mesmo fazer parte disso tudo! –A determinação da jovem era adorável, pelo menos na opinião da mulher, mais um beijo pousou em sua testa enquanto Celeste segurava o ombro da menor.

-Tudo bem, tente agora… -Twilight voltou a se concentrar e nem deu 5 segundos e todo seu corpo havia mudado e ganhado aquelas roupas da noite em que se transformou. –Estou passando um pouco de minha energia para você, assim será mais fácil usar magia, mas, lembre-se, seu poder mágico ainda é fraco e só com a transformação pode acabar rápido… você deve buscar a magia na jóia para permanecer como está e lutar, entendeu?

-Sim! Agora vamos a uma luta? –Essa foi inesperada, uma luta com sua sobrinha? Bem… era só de treino mesmo…

-Tudo bem, assuma a posição guardiã! –Brincou, vendo a mais nova recuar habilmente, dando um mortal para trás enquanto Celeste se transformava… os pensamentos de Twilight foram a mil, seus movimentos pareciam ser leves brisas de vento que se mexiam através do instinto e suas roupas nem pareciam ter peso, era como estar nua e o melhor, em sua opinião, era aquela sensação boa de poder correndo por suas veias… nada estragaria aquele momento. –Cuidado!

A não ser pelo fato de sua tia quase ter acertado um chute certeiro na jovem, que desviou facilmente e só o vento daquele chute a mandou para longe, tendo de se agarrar ao chão para não ir voando.

-Nossa…! Ah! –E os ataques não pararam, Celeste criou vários discos solares e começou a atirar na direção de Twiight.

-Solar Disks! –Gritou Celeste o nome do ataque, vendo que todos eram rápidos como raios de sol, porém nenhum acertou de verdade a garota, era incrível como uma novata podia ser tão livre e esperava que isso não fosse por causa de sua energia e sim por Twilight ter habilidade própria para a transformação.

Dessa vez, era Twilight quem atacava, dando uma investida para a frente e depois um salto giratório, como se fosse uma bola, só para poder levantar a perna e tentar golpear a tia, porém ela era muito superior em todos os aspectos, desviando e, sem querer, acabou dando um golpe com muita força no ombro da garota, sendo um choque estrondoso ao ponto da colocar inconsciente…

-Oh meu Deus! Twilight! –Foi só isso que a jovem ouviu antes de dormir…

«…»

Se passou um dia inteiro, mais o resto de sábado e a jovem voltou à sua escola, onde andava com Pinkie pelos corredores com a mão no ombro…

-Tudo bem Twily? Você parece exausta…

-Não é nada Pinkie… eu só… tive um fim-de-semana difícil… -Explicou de forma vaga, passando a mão pelo ombro que doía… essa experiência fez a jovem entender o nivel que estava e o quanto faltava para chegar no de Celeste… era uma assombrosa subida cheia de pontos que poderia cair… mas deveria o fazer… sozinha…

-Bem! Não se preocupe porque eu usei o fim-de-semana para preparar algo muito bom para nós duas! –Disse, esperando até as duas irem para fora, se sentando num banco no pátio e revelar uma caixa cheia de doces. –Esses são os meus pourmesois! É um doce francês que minha irmã mandou a receita!

-Irmã? Você tem uma irmã Pinkie? –Perguntou Twilight, curiosa.

-Uma? Tenho três irmãs! Uma é a Marble, a outra é a Maud e a última é a Limestone! –A roxeada não podia esconder a surpresa, Pinkie tinha 3 irmãs e não conheceu nenhuma até hoje!

-E onde elas estão? Vivem com você?

-Não… meu pai é um arqueólogo famoso que adora descobrir pedras preciosas em suas expedições e leva sempre minhas irmãs com ele… mas nunca me levou… diz que sou muito energética e posso quebrar algo… me deixando em casa com algum dinheiro… sozinha… -De repente, os olhos de Twilight brilharam intensamente, vendo que Pinkie estava rodeada por uma energia negra… seria…? Sim! Era a energia de Discórdia rodeando seu corpo, a roxeada respirou fundo e colocou a mão no ombro da jovem, se concentrando um pouco ao ponto dela ir embora… mas só essa ação custou muito de si, suando bastante após isso… -Huh?

-V-você não está sozinha Pinkie, tem a mim não tem? –Perguntou Twilight… mesmo que isso fosse só para deixar a rosada mais feliz, o que resultou, a roxeada viu a aura negra se ir embora enquanto o sorriso da garota crescia de orelha a orelha.

-Sim! Claro! Eu nunca ia me esquecer de você! –Exclamou a jovem Pie, se agarrando à amiga com força e cheia de vontade da espremer, já que a força naquele abraço era avassaladora… -Obrigada…

Aquela simples palavra… “obrigada…” foi capaz de criar emoções de conforto dentro da Guardiã da Magia… seria ela realmente amiga de Pinkie? E ela seria o mesmo para Twilight… ambas eram diferentes, mas as duas tinham sua… “escuridão”… é, poderia realmente dar certo essa amizade e, quem sabe, a jovem rosada poderia ajudar a roxeada na sua missão de guardiã!

Porém os pensamentos de Twilight foram interrompidos com uma explosão que houve perto da escola, todos os alunos ou gritaram, ou simplesmente caíram por causa do tremor que houve, isso incluía a rosada que se segurava a Twilight com ainda mais força… seria possível…? Sim… seus olhos não mentiam, uma grande essência maligna vinha do local que veio a explosão!

-Pinkie! Vamos sair daqui! –Pediu, quase implorando, Pinkie não entendeu bem porquê desse pedido, mas assentiu e foi junto da jovem para a saída da escola, mas só até ali, já que, após um tempo correndo, a jovem percebeu que a amiga tinha desaparecido…

-Twilight…?

«…»

O que ela não sabia era que a roxeada estava indo na direção da explosão, onde várias pessoas corriam no sentido contrário, infelizmente pelos gritos era impossível saber o que se passava, mas não foi preciso nenhuma explicação ao ver uma espécie de quimera com corpo de leão, corpo de cobra como cauda, duas asas de águia nas costas e patas traseiras de cavalo cuspindo fogo pela cidade… era surreal… nunca havia visto tal coisa… era agora… a jovem pegou em sua jóia e a apontou para o monstro, se certificando que não havia ninguém por perto…

-Ei! –Chamou, vendo os olhos amarelos de felino da quimera olharem para a jovem… -Você escolheu uma má hora para atacar a minha cidade! Eu estava na hora do almoço e agora vai pagar! –Isso tudo era só para colocar um estilo a mais na coisa, mas Twilight tinha a sensação de parecer uma idiota falando essas coisas… a jovem se concentrou na jóia enquanto a criatura corria na sua direção, pronta para arrancar a cabeça da jovem à dentada…

Porém ela não contava com um feixe de luz violeta que foi até o céu e chamou a atenção de várias pessoas ao redor, além desse feixe ter empurrado a quimera para trás, batendo algumas vezes no chão até ganhar o equilíbrio novamente…

Após a luz sumir, Twilight estava em sua roupa de Guardiã da Magia, até ganhou um lenço na cara para esconder sua identidade, junto de um capuz… o sorriso escondido da roxeada quase sobressaía na máscara, ela olhou para a criatura e ia apontar para a quimera em modo de impôr medo… mas não conseguiu… a jovem percebeu que seu braço… não… seu corpo inteiro não se movia!

M-m-meu corpo não se move! O que se passa?!

Assistindo tudo isso, estava Nightmare Moon, em seu trono com uma lua minguante no cimo, seu corpo ainda estava fraco, porém conseguiu dar alguma força a uns animais maltratados para conseguir “suas” jóias…

-Você vai entender pela maneira mais difícil o quão duro é o dever de uma guardiã… garota… hahahahahahahaha…


Notas Finais


E o que acham meus doces? Porquê a Twilight ficou paralisada, irá conseguir se mover ao menos para desviar da quimera? Quem acham que vai vencer nesse embate? Quero saber isso e o que acharam do capítulo nos comentários porque me incentiva demais para continuar e trazer capítulos o mais rápido possível! É isso, até mais! Aloha!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...