História Guardião Dimensional - Capítulo 49


Escrita por: ~ e ~LordeKoorishiro

Visualizações 38
Palavras 2.731
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 49 - Visita Indesejada


Capítulo 49: Visita Indesejada

Ash havia retornado de sua missão e entrou na sua casa suspirando. Ele viu Wendy deitada no sofá ainda acordada com Kazehana, dormindo em seu colo. Os dois então levaram a menina até o seu quarto.

Wendy: Como foi?

Ash: Fácil. Deve ter sido única vez que não fui obrigado a lutar. E quanto a Ichigo?

Wendy (suspira): Nada. Eu espero que aqueles bastardos que se autoitulam "deuses" não o tenham colocado numa cela cheia de degenerados, ou vão enfrentar a minha ira. É bom ele voltar do mesmo jeito que entrou. (rosna)

Ash (acena): A minha também.

Os dois não achavam o seu filho fraco. Longe disso mas não se sentiam seguros de saber que o mesmo estava num local cheio das piores mentes de Fiore, se não de toda Earth Land.

Wendy: Eu vou te dar algo para distrair um pouco. (puxa ele pela mão)

Ash: Wendy-chan eu não acho que vou conseguir fazer amor com você agora.

Wendy: Nem eu. É por isso que eu encontrei outra coisa embora não chegue nem perto. (abre a porta da sala de torturas e eles vêem Valucy ferida presa a parede)

Ash: O natal chegou mais cedo. (pega uma das ferramentas de tortura)

Valucy gritou de desespero enquanto Ash começava a decepar lentamente a sua perna direita.

Com Zeref, Natsu e Igneel:

Escritório do Quatro Deuses de Ishgar:

God Serena estava batido, queimado e quebrado. Ele cospia sangue no chão enquanto era observado por um Zeref muito irritado. Natsu e Igneel apenas observavam a cena, com curiosidade.

Zeref (levanta ele pelo pescoço): Eu pensei que havia dito a você para ficar longe de qualquer coisa relacionada a Fairy Tail, desde que dissolvi o Império Alvarez. (Igneel olha para seu filho interessado e Natsu decide perguntar sobre isso mais tarde)

God Serena: Sabe como é eu tive ordens superiores celestiais. (leva soco na cara) Esqueci que você não gosta de como me refiro a Anhkseram-sama. (leva soco duplo de Igneel e Natsu) E pelo visto a sua família também não gosta.

Natsu: Posso usar ele como boneco de prática para usar minhas Oujis?

Zeref: Eu estou tentado a concordar Natsu mas não. O que eu quero saber é porque você mandou prender o meu sobrinho? Sem piadinhas ou enigmas ou juro que seus últimos minutos nesse mundo serão horríveis.

God Serena: Ok. Quinhentos anos atrás Anhkseram recebeu uma profecia de que um Dragon Slayer de Fogo iria arranca-lo de seu trono, e fazê-lo pagar por seus crimes. Inicialmente ele pensou que fosse você ou seu irmão mas como nenhum de vocês dois foi atrás dele, ele se esqueceu da profecia. Até o moleque de cabelos azuis aparecer.

Natsu: Mas por quê levá-lo para a prisão?

God Serena: Lá ele está longe da proteção de vocês oras. Um aliado de Anhkseram disse que isso também era para prejudicar os pais dele.

Igneel (de cenho franzido): E por quê esse aliado quer prejudicar minha filha e genro?

God Serena: Como vou saber?

Natsu: Sabe o nome dele pelo menos?

God Serena: Cyrus eu acho.

Zeref: Ótimo. Agora assine os papéis ordenando a libertação dele e limpe seu nome das falsas acusações.

God Serena (sorri): Bem ele não matou Jose. Mas ele certamente matou alguém. (recebe olhares irritados) Só porque ele não cheira a sangue não significa que ele não é assassino. Eu vou assinar os papéis. Mas ele só sairá daqui a duas semanas a partir de hoje.

Natsu: Já que vai fazer isso. Libere também Erik também conhecido como Cobra, Angel Agria e Hoteye de lá. Eu quero que os nomes deles sejam limpos também.

God Serena: Claro. Para ser franco... (mostra papelada já pronta dos quatro mais de várias outras pessoas) Já está pronta.

Zeref checa a papelada desconfiado e nota que está tudo ok. Os três olham para o mago santo desconfiados com a "bondade" dele.

Natsu: Qual é a piadinha aqui God Serena?

God Serena (sorrindo): Anhkseram-sama me traiu. (tira a camisa e mostra o peito cheio de veias negras) Ele me prometeu o antídoto do veneno que ele administrou em mim anos atrás se eu fizesse a garota Mavis, usar o Law e parar de crescer. (uma veia surge na testa de Zeref) Não me olhe assim. Estou morrendo dolorosamente e só agora vejo que ele planejava me descartar, já que sou uma ameaça a ele.

Igneel: Você é um Dragon Slayer. (não era uma pergunta)

God Serena: Sou. Agora vão embora logo. Tenho de escrever meu testamento. (analisando papéis)

Natsu: Isso foi tão... (eles saem do escritório) sem graça.

Igneel: Nem sempre investigações levam a batalhas espetaculares filho. Eu já vi o que aquele veneno faz com um dragão. Ele só deve ter mais uma semana de vida talvez menos. (pensando) Para ser franco eu não me surpreenderia se ele caísse morto assim que sairmos desse prédio.

Prisão de Ishgar:

Celas estavam em chamas e vários prisioneiros estavam lutando e matando uns aos outros. Ichigo, Snake, Angel, Erik e Hoteye assistiam o massacre da cela deles. Todas as celas estavam abertas incluindo a deles mas eles não saíram.

Para que eles sairiam? Ichigo tinha literalmente um cartaz de procurado na prisão, Snake era um ex-Rune Knight que foi jogado ali e ele revelou divertido que pelo menos uns cem prisioneiros estavam ali por causa dele, Erik não queria ficar "ouvindo" pensamentos desnecessários, Hoteye não queria lutar a não ser que fosse necessário e Angel sabia que a maioria dos homens da prisão não viam mulheres a anos. Em resumo eles estavam ferrados.

Ichigo (olha Snake tirando algumas pedras da parede): Ei o que está fazendo Snake?

Snake: Espere um momento. (arranca uma última pedra) Está aqui! (pega uma katana embainhada)

Erik (curioso): O que é isso?

Snake: É uma HF Blade. (nota os olhares curiosos) Uma lâmina de alta frequência. Com ela você pode cortar vários tipos de metais e desviar pojéteis. Claro você tem de ser um bom espadachim para isso.

Erik: E você é?

Snake: Não. Prefiro armas ou corpo a corpo. Lâminas não são a minha praia. (joga a HF Blade para Ichigo) E você garoto?

Ichigo (balança a espada habilmente): Eu andei aprendendo esgrima com meu pai mas como ele prefere espadas européias e eu Katanas tive de pedir ajuda, a Erza-san. (faz cortes no ar)

Snake: Então fique com ela. (explosões do lado de fora) Daqui a pouco a luta vai chegar aqui. Acho melhor irmos para um local mais aberto. (eles saem da cela)

Hoteye: E que local seria esse?

Angel: O refeitório.

Mermaid Heel:

Haru: Não.

Milliana: Só um pouquinho Haru-chan.

Haru: Não.

Milliana: Mas ela parece tão fofinha...

Haru: E novamente eu digo não. (veia na testa perdendo a paciência)

Beth: O que está acontecendo?

Risley: Milliana está tentando convencer Haru a deixa-la esfregar a cauda dela um pouco.

Haru: Pare de me pedir isso Milliana!

Milliana (olhos de gatinho): Só por um momento. Por favorzinho...

Haru: Milliana se você não parar com isso eu juro que irei te transformar numa estátua de gelo! (Milliana faz círculos no chão deprimida) Olha a hora eu preciso ir. (se levanta e começa a sair da guilda)

Kagura: Aonde vai?

Haru: Shirou-kun disse que ia arrumar um hotel para nós dois enquanto eu vinha aqui para poder me juntar. (sai)

Risley: Ela tem um namorado?

Marine: É o que parece. (pensando) Shirou seria Shirou Fubuki? O dragão de gelo que vive na floresta a alguns quilômetros daqui?

Prisão de Ishgar:

Erik: Eu gostei da sugestão do Snake! (dispara um Hoko em vários prisioneiros)

Angel: Cale a boca e lute! (bate as cabeças de dois umas contra as outras)

Hoteye: Já se acostumou com a espada? (derruba vários prisioneiros usando um bastão de ferro improvisado)

Ichigo (corta o braço de um): Mais ou menos. Isso até que é divertido. (corta a cabeça de um e para o desconforto de Angel, Erik e Hoteye ele está sorrindo enquanto faz isso) É uma pena que os meus pais não estejam aqui! (começa a perseguir Bora e Brain que estão gritando por misericórdia)

Snake: Que bom que acha isso garoto. (dá um tiro que explode um bando de prisioneiros) Hum... parece que os guardas estão voltando. Não sei o porquê.

Ichigo: Vamos voltar para a cela? Está divertido aqui fora. (estraçalhando mais alguns e de repente nota o guarda que o levou para a cela no primeiro dia)

Erik: É melhor. O último idiota que decidiu desafiá-los morreu fuzilado. (enquanto eles lutam fazem o caminho de volta para a cela ele pensa) Isso e esse seu sorriso e comportamento estão me assustando. (fala) Como será que Cubelius está agora?

Ichigo (sai de seu "modo alegria sangrenta"): Está falando de Kinana-san? (eles entram na cela e ele fecha as grades)

Erik: Kinana? (agarra Ichigo pelos ombros) Onde ela está? E qual é a relação dela com Cubelius?

Ichigo: Esse Brain era mesmo um bastardo. (meia hora de explicações depois) E é isso. O Mestre Makarov a libertou do feitiço e ela está numa idade de dezoito anos.

Erik (se senta desnorteado): Eu não acredito. Kinana esteve comigo esse tempo todo e eu nunca notei. Ela deve me odiar...

Ichigo: Ela morre de saudades de você isso sim. (Erik arregala os olhos) Ela sabe que você estava sendo manipulado Erik.

Angel: Tem alguma notícia de uma garota chamada Yukino? (ansiosa)

Ichigo: Ela é a noiva do tio Natsu. Foi ela que pegou o buquê no casamento dos meus pais.

Hoteye: O que significa que o garoto cujo você colocou a cabeça entre seus seios é o seu sobrinho Angel. (leva um soco que enterra seu rosto no chão)

Angel: Cale-se.

Ichigo, Snake e Erik: Baka. (a prisão ia voltando ao normal)

Guarda (o mesmo que levou Ichigo a cela): Ichigo Ketchum Marvell você tem visitas.

Ichigo: Sério? Bem então vamos. (sai da cela e segue o guarda)

O que o guarda não notou mas os companheiros de cela do meio saiyajin e dragon slayer sim era que este havia, arrancado uma pedra da parede. O guarda e Ichigo chegaram na sala de visitas.

Guarda: Aqui está. Vejo que ainda não foi estu-... (Ichigo soca-o no estômago e em seguida enfia a pedra na garganta dele fazendo-o ter problemas para respirar antes de finalmente cair morto no chão)

Ichigo: Céus você era um cara chato. (vaporiza o corpo com uma rajada de Ki) Agora quem veio me visitar? (entra na sala e rosna ao ver quem era)

Demigra: Olá Ichigo.

Ichigo: Me dê um motivo para não arrancar as suas bolas. Eu ouvi que você tentou estuprar a minha irmã.

Demigra: Pensei que ficaria feliz que eu ensinei uma lição a ela.

Ichigo (veia na testa): Lição? Por sua causa ela está marcada emocionalmente para a vida inteira! Sempre que tem muitos homens perto dela mesmo que não estejam prestando atenção nela, Haru morre de medo! Você tem muita sorte que não estava lá pessoalmente. E eu aposto que como você é um covarde esse "você" que está na minha frente é um clone.

Demigra (desinteressado): Sei. De qualquer forma eu tenho uma proposta para você.

Ichigo: Qual?

Demigra: Se una a mim e me ajude a acabar com a Kaioshin do Tempo. Você será o meu braço direito e tudo que eu peço em troca são as suas irmãs.

Ichigo: Você é realmente doente. (rosnando) Eu nunca vou trair minha família, a Kaioshin do Tempo ou o Multiverso me aliando a você! Qualquer pessoa que fizesse isso é completamente louca!

Ele trair os seus pais? Que o amavam apesar dele ser um abominação feita do DNA de ambos? Trair Fairy Tail uma guilda que havia sido fundada por sua própria companheira?

Nunca! Um dragão era leal a sua família e amigos e ponto final. Os trair significava que ele não merecia uma única gota de sangue dos dois.

Pra ser franco significaria que ele nem merecia ter nascido para início de conversa.

Demigra (divertido): Bem isso é uma pena.

Uma voz no fundo da sala disse desinteressadamente:

"Eu te disse que ele não iria aceitar a proposta Demigra-sama."

Ichigo: Quem é esse?

Demigra: Veja. Saia das sombras e cumprimente o seu irmão... Kyosuke.

Ichigo olhou para a pessoa saindo das sombras com descrença. Em sua frente havia o que parecia ser o seu pai só que o cabelo dele era ruivo, e não negro e seus olhos eram esmeralda.

Kyosuke: Surpreso irmãozinho?

Demigra (observa a face de Ichigo divertido): Este na sua frente é a Experiência 000 ou Kyosuke como ele prefere ser chamado. Ao contrário de você e suas irmãs que tem apenas DNA de Ash Ketchum Marvell e Wendy Ketchum Marvell, ele também tem o DNA de Issei Hyoudou nele. E ao contrário de você ele aceitou a minha proposta.

Ichigo (olha para Kyosuke): Eu não acredito. Por que está fazendo isso?

Kyosuke: Estou do lado do qual irei ganhar alguma coisa irmãozinho.

Ichigo (irritado): Ganhar o que? Além de uma passagem só de ida para o inferno é claro.

Kyosuke (agarra Ichigo pelo pescoço irritado): O meu direito de primogenitura! O que você e a bastarda indigna de nosso DNA que Haru é tiraram de mim!

Ichigo: Que direito? Você traiu os nossos próprios pais!

Kyosuke: Pais? Eles não passam de doadores de DNA! E aquele dragão demônio não é diferente!

Demigra: Tanto quanto é divertido ouvir a discussão temos de ir Kyosuke. (some num flash roxo junto de Kyosuke)

Ichigo: Que visita irritante. E como vou explicar isso para o pessoal? (começa a sair da sala quando um jovem de cabelo castanho longo entra nela ele tinha os olhos negros cheios de ódio) E você é... (ele estava sentindo cada vez mais vontade de matar alguém a cada segundo que passava desde que viu Demigra)

Anhkseram: Eu sou Anhkseram o deus das trevas.

Ichigo: Oh. (pisca durante alguns segundos antes de sacar a HF Blade e tentar corta-lo no meio mas ele esquiva) Fique parado para eu poder te matar!

Anhkseram: Cyrus mentiu para mim! Ele disse que você iria morrer na rebelião! (dispara uma rajada de magia negro no rapaz mas ele esquiva)

Ichigo: Esse Cyrus foi o que me fez ser jogado nesse buraco? Não importa agora. (infla as bochechas) Aoi Karyuu no Houko! (uma rajada de chamas azuis é disparada da sua boca atingindo o deus que ruge de dor enquanto é queimado) Surpreso? As chamas dos dragões de fogo azul são sagradas. Perfeitas para serem usadas em demônios ou deuses perversos como você! (juntas as mãos) Aoi Karyuu no Koen (Chama Brilhante do Dragão de Fogo Azul)! (dispara uma esfera de chamas azuis no deus que esquiva por pouco)

Anhkseram: Você não tem consciência do meu poder máximo!

Ichigo (desinteressado): Você aparenta ser um cara fraco. Aposto que só conseguiu amaldiçoar o meu tio Zeref porque ele estava com o coração partido, pela morte de Tsubaki-san. Vocês deuses querem ser como os dragões mas a verdade é que vocês são apenas... (sorri cruelmente) vermes desdentados!

Anhkseram: Seu bastardo!

Ichigo (sorri): Esse é o seu melhor insulto? (explosões ocorrem do lado de fora) O que foi isso?

Anhkseram: A rebelião deve ter se reiniciado. Você pode perder seu tempo aqui comigo ou ir ajudar os seus amigos.

Ichigo (seus cabelos se tornam dourados e escamas surgem em sua pele durante um breve momento): Da próxima vez que nos encontrarmos eu vou enfiar minha espada na sua espinha dorsal. (sai da sala correndo em direção aos gritos de desespero e as explosões)

Anhkseram: É o que veremos garoto. (some nas sombras)

O que nenhum deles sabia era que os "Deuses de Ishgar" com exceção de God Serena assistiram toda as cenas que ocorreram, na sala por uma lacrima câmera.

Warrod: O que acham do garoto?

Draculos: Ele é interessante.

Wolfheim: Mas esse temperamento sádico me preocupa. Você viu o olhar dele?

Warrod: Desde que não o irritemos não temos com o que nos preocupar. Vamos oferecer a ele? (os outros acenaram)

Dimensão DxD:

Issei: Se divertindo Kireiko-chan? (caminhando por um parque da cidade com ela no colo)

Kireiko: Ua! Papa!

De repente uma jovem de cabelos negros emitindo uma aura sagrada se aproximou dos dois. Ela então perguntou a ele:

"Você é o Sekiryuutei, Issei Hyoudou?"

Issei (tenso): Sou. O que quer?

Aiko: Eu sou Aiko. Precisamos conversar Issei-san.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...