1. Spirit Fanfics >
  2. Guerra das almas >
  3. CAPÍTULO 214

História Guerra das almas - Capítulo 214


Escrita por: joaovpf23

Capítulo 214 - CAPÍTULO 214


Na luta de Lilian contra Gael, ela vai desviando dos ataques velozes do gavião de Gael e do próprio sargento. O gavião tenta atingi-la com as asas e garras, enquanto Gael tenta acerta-la com a maça, mas Lilian vai conseguindo desviar dos ataques apenas ouvindo a pressão do vento que os dois fazem


Lilian: (preciso mantê-los ocupados até a Yuliya vir, espero que ela esteja fazendo algo bom para demorar tanto)


Gael quase a acerta na cabeça, mas ela consegue se curvar um pouco para trás e assim, acerta uma das asas do gavião, a cortando fora


Gael: sua cega filha da puta!


Lilian: uma já foi, mas ainda falta três


Ela escuta algo vindo em sua direção, olhando para trás, ela vê duas almas, que são Yuliya e seu desenho que é um grande pombo


Yuliya: Lilian, aqui!


Gael: finalmente, se não tô conseguindo matar você, vou dar um fim naquela pirralha!


Ele começa a voar um pouco para trás e avança rapidamente até Yuliya


Lilian: Yuliya, cuidado!


Gael: tarde demais!


Ele se aproxima dela, mas quando Gael vai atingi-la, Yuliya se lembra de algo antes de embarcar na nave de Steve


Yuliya: Steve


Steve: o que foi?


Yuliya: o papai disse que você ia me dar alguma coisa


Steve: ah sim, já tava esquecendo, pegue isso aqui


Ele entrega uma esfera para ela e um óculos escuro


Yuliya: o que é isso?


Steve: isso daí vai servir pra você escapar dos inimigos, e o óculos é pra você não se cegar


No presente, ela tira a esfera do bolso e a põe na frente de Gael, ela aciona o objeto e um forte brilho branco cega o inimigo, fazendo ele mudar a trajetória de seu gavião. Yuliya chega até Lilian e a ajuda a montar no pombo


Lilian: o que você desenhou?


Yuliya: é um pombo, tava tentando deixar ele o mais realista possível


Lilian: acho que não era tão necessário, mas vai servir pra igualar as coisas


Gael recupera a visão e fica cara a cara com as duas


Gael: um pombo? O que você vai tentar fazer com ele? Cagar na minha cabeça?


Lilian: essa coisa é resistente, não é?


Yuliya: foi o que eu tentei fazer também


Gael: seja como for, tá na hora de brigar que nem cavaleiros


Ele voa com o gavião em outra direção


Yuliya: pra onde ele tá indo?


Lilian: ele tá indo pra trás da gente, começa a voar!


Ela começa a avançar com o pombo. Voando entre as construções, Gael atravessa um prédio e está usando uma das asas do gavião como lança


Lilian: ele arrancou uma das asas?


Yuliya: isso é bom?


Lilian: falta apenas duas agora para derrubar esse maldito


O gavião começa a voar numa velocidade absurda e se aproxima o suficiente até as duas, quase acertando Lilian com a asa, mas o gavião entra na frente do pombo e Gael rapidamente tenta atacar Yuliya com a maça


Lilian: cuidado!


Lilian abaixa a cabeça de Yuliya e acaba sendo atingida no braço esquerdo pela maça, o gavião volta a ficar atrás delas


Yuliya: você tá bem?


Lilian: eu tô legal... Se preocupe em não deixar o pássaro ser atingido


Gael: vocês deveriam prestar atenção por onde voam


Elas acabam entrando numa área que está cheio de pássaros sombrios e alguns sombrios gigantes


Yuliya: que droga!


Lilian: continua em frente, tive uma ideia


Os pássaros começam a perseguir elas, Lilian usa o campo de força para proteger a elas duas


Lilian: reduza um pouco a velocidade


O pombo fica um pouco mais lento, os pássaros acabam se aproximando e começam a bicar o campo, quando vários deles se reúnem, Lilian estoura o campo e faz ele irem para trás, atrapalhando a visão de Gael


Gael: mas que droga!


Ele começa a enxergar o que está na sua frente e vê Lilian mirando o seu cajado nele, ela o arremessa em Gael e acerta em seu ombro direito, quase o derrubando


Lilian: isso aí!


As duas batem as mãos, mas na frente delas, um sombrio gigante atrapalha o caminho


Yuliya: porcaria!


Ela voa o mais rápido para cima, mas o sombrio consegue agarrar uma das pernas do pombo, Lilian corta os seus dedos e voltam a voar e vão em direção a Gael, mesmo ferido, ele também avança em direção a elas, Lilian e Gael apontam suas "lanças" um para o outro, eles se aproximam o suficiente, mas o pombo se abaixa um pouco e Lilian acerta a penúltima asa do gavião, fazendo os dois caírem, mas na hora, Gael aproveita e arremessa a asa que estava usando para acertar o pombo pelo peito, fazendo elas duas caírem também


Gael: agora, nós estamos no mesmo nível...


Lilian: tem certeza?


Gael: você pode ter arrancado as asas dele, mas ainda temos uma boa vantagem sobre vocês, somos mais fortes!


Lilian: Yuliya, pegue isso


Ela entrega o se canivete para Yuliya


Lilian: sabe como funciona?


Yuliya: já vi na televisão, não é difícil


Lilian: quando o momento certo chegar, use-o!


Gael e o gavião avançam em direção a elas duas, Gael tenta acertar Lilian, mas ela usa o cajado para pular por cima dele e tenta ataca-lo por trás, mas ele segura o ataque com a maça. O gavião tenta acertar Yuliya bicando ela, Yuliya simplesmente foge do pássaro


Yuliya: vê se luta com alguém da mesma espécie!


Ela estala os dedos, dentro do desenho de pombo, pequenos passarinhos saem de dentro do desenho e avançam no gavião sombrio


Yuliya: arrebentem ele!


Yuliya se lembra de se treinamento com Solaris. Ela está observando alguns animais na floresta


Solaris: e então?


Yuliya: aqueles passarinhos são fofinhos, aquela mãe deve ter tido os filhotes a pouco tempo


Solaris: pois é, a natureza é bela, isso te dá algum tipo de inspiração?


Yuliya: como assim?


Solaris: bem, você é uma artista, achei que observar a natureza fosse lhe ajudar a criar novos desenhos 


Yuliya: isso que é o meu treinamento?


Solaris: é o que pensei por hora, mas também não é apenas isso, nós vamos aperfeiçoar a resistência dos seus desenhos


Yuliya: e como vamos fazer isso?


Solaris: nossa força e resistência vem de nossas almas, basta doar muito mais de sua energia, e pra saber se está funcionando, o Jack vai tentar destruí-los toda vez que fizer algo


Jack está deitando enquanto gira um kukri


Solaris: e também vamos tentar encurtar um pouco mais do seu tempo de desenhar. Toda vez que você vai criar algo, você repete várias vezes, não é?


Yuliya: sim


Solaris: então, que tal a gente tentar apenas multiplicar invés de fazer várias vezes?


No presente


Yuliya: (aprendi a como multiplicar os desenhos apenas fazendo uma cópia e depois puxando outras versões dele, nem precisei desenhar várias vezes. E também, aquele pombo não morreu mesmo sendo atingido, ele ainda segue vivo!)


O pombo se levanta e solta um grito agudo, depois corre até o gavião que está sendo perseguido pelos pequenos pássaros, o pombo começa a bater no gavião. Yuliya aproveita a oportunidade e desenha uma lâmina em volta do seu lápis e se aproxima do gavião, enquanto ele está distraído, ela corta uma de suas patas e derruba o gavião no chão, o pombo começa a bicar o gavião para o matar, mas o gavião aproveita e morde o pescoço do pombo, conseguindo arrancar sua cabeça fora, mas sem ver Yuliya, ela consegue cortar a cabeça do gavião


Yuliya: eu... CONSEGUI!


Ela começa a pular de alegria. Mas vendo a situação que está, Gael começa a ficar furioso


Gael: mas que merda!


Lilian acerta sua cintura com o cajado, mas ele o agarra e acaba puxando Lilian, depois ele acerta um soco no seu joelho direito, uma ajoelhada na sua barriga, ele agarra sua cabeça e depois dá uma ajoelhada em seu rosto, e por último acerta a maça em seu queixo, a empurrando para longe


Yuliya: Lilian!


Ela corre até Lilian


Yuliya: você tá legal? Ele acertou vários golpes em você


Ela cospe um pouco de sangue e consegue ficar de pé com um pouco de dificuldade


Lilian: eu... Ainda tô bem!


Gael: vocês tão me irritando demais! Suas vadiazinhas...


Lilian: você beija sua mãe com essa boca?


Yuliya: mas e se ele não tiver mãe?


Lilian: é só pra ser uma frase de efeito


Gael: já chega! Dessa vez... Eu vou explodir o crânio de vocês e dar para os urubus comerem!



FIM DO CAPÍTULO 214









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...