1. Spirit Fanfics >
  2. Guerra de Santos: 1 temporada >
  3. Apenas imagine

História Guerra de Santos: 1 temporada - Capítulo 35


Escrita por:


Notas do Autor


Esse capitulo foi muito pessoal bbs. Direto do coração.

Capítulo 35 - Apenas imagine


POV MIGUEL. 

"Imagine um mundo onde nós poderíamos ser nós mesmos sem que ninguém nos julgasse por isso" 

Essa frase sussurrou no subconsciente de Miguel. 

Houve um tempo em que Miguel não podia mais imaginar. E oras, ele adorava imaginar. Quando era criança Miguel imaginava que o quintal era o espaço e brincava de guerra nas estrelas. Imaginava que a sala de casa era uma caverna com lava quente e o sofá sua única salvação. Imaginava que seus pais eram super herois que o salvavam todos os dias. 

E conforme o tempo foi passando suas imaginações foram mudando. Ele imaginava o colégio como um circo de horrores cheio de bichos engraçados. Imaginava a igreja como um teatro cheio de atores loucos. Mas gostava mais das mitologias dos deuses gregos com herois lutando contra monstros.

A mente de Miguel era maluca. Miguel nunca vivia na realidade, ele sempre vivia imaginando coisas e criando em sua mente. É o que as pessoas chamam de garoto do mundo da lua. 

Miguel foi uma criança feliz. Ou pelo menos em metade da sua infância. Enquanto ele podia brincar e sonhar. Ele adorava mais o mundo que ele criava do que o ele era obrigado a viver. A realidade era chata. Miguel não se esforçava nenhum pouco para parar de ser daquele jeito. Ele não ligava de ser chamado de doido problemático. 

Foi quando seus amigos fantasmas surgiram também.  E desde então tudo piorou. Seus pais achavam que ele era louco mesmo e iniciaram um tratamento. Mas Miguel não fazia mal a ninguém. Procurava se comportar. 

Sua familia não o aceitava por ter uma mente tão fértil e imaginativa. Isso o entristeceu muito.

Naquela época Miguel teve uma depressão. Ainda criança. Estava sendo forçado a parar de ser quem ele era e fazer o que ele mais gostava. E ainda por cima por seus próprios pais. Ele não entendia. Por que não podia ser ele mesmo? O mundo de Miguel ficara escuro e sem graça,  quando teve que viver de aparências para agradar seus pais. 

Miguel escrevia coisas no papel. Coisas que ele imaginava. Escrevia historias e as contava para seus amigos fantasmas antes de dormir. Quando seus pais não estavam vendo. 

"Imagine um mundo onde nós poderíamos ser nós mesmo sem que ninguém nos julgasse por isso" disse ele aos fantasmas.  Contando que esse era o seu sonho que ele gostaria que se realizasse. 

Miguel se lembrava da dor que sentia mesmo sendo uma criança.  De não ser aceito por seus próprios pais que lhe chamavam de menino problemático. 

Miguel odiava a realidade. Por isso gostava mais do mundo imaginário,  onde tudo era perfeito. 

Sonhava com seu mundo feliz. Ao seu jeito. 

Então ele acorda.

Miguel abre seus olhos e percebe que tudo aquilo que ele acabara de recordar da sua infância era um sonho. 

Então ele se lembra de ter desmaiado e tudo mais que aconteceu. Olha para os dois lados e percebe que esta em um quarto deitado em uma cama. Sua cabeça doía um pouco. 

Miguel sorri de felicidade.

Lembrou que a maldição estava desfeita. E também estava feliz por se lembrar de uma coisa do seu passado que ele quase havia perdido: seu dom de imaginar. Seu amor pela imaginação. 

Essa era sua marca e ele não pretendia perde-la.

De acreditar em um mundo melhor e feliz. 

Era so imaginar para ter. 

Apenas imagine...



Notas Finais


Uma informação útil ele não esta mais com Hera ok?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...