História Guerra dos 100 anos - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Densetsu, Guerra, Magia
Visualizações 5
Palavras 1.921
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa pela demora e espero que gostem.

Capítulo 5 - Rebeldes


Fanfic / Fanfiction Guerra dos 100 anos - Capítulo 5 - Rebeldes

Layla acorda um pouco sonolenta antes do sol raiar, ela abre a janela e uma brisa gélida passa pelo seu corpo a fazendo arrepiar.

Layla troca de roupa antes de Emmet acordar e começa a fazer suas malas, após ela terminar de arrumar suas malas o sol nasce.

Emmet acordo e ao olhar para Layla ele abre um sorriso em seu rosto - Você acordou bem cedo.

- Eu queria me preparar para sair daqui o mais rápido possível.

- Isso também e por causa da discussão com seu pai?

- Sim...da pra acreditar que ele quer que eu fique no lugar da Luana?!

- Da sim.

- Eu vou dar meu jeito de acabar com essa guerra - Layla fala enquanto coloca sua mochila nas costas - É melhor você já ir arrumando suas coisas.

Emmet da uma risadinha - Eu já estava preparado caso você fosse atrás dos rebeldes e preparei minhas malas.

- Você é bem precavido - Layla fala surpresa.

- Eu sei - Após falar Emmet vai rapidamente até seu quarto e pega suas coisas. Enquanto isso Layla vai até onde Eva estava presa.

Chegando lá Layla acorda Eva que desperta supresa, mas quando ela quase iria falar algo, Layla faz um sinal de silêncio - Bom dia

- O que você tá fazendo aqui tão cedo? - Eva diz surpresa.

- Vim te pedir informações.

- Que tipo de informações?

- Decidi me unir aos rebeldes, mas não sei onde achar eles, você provavelmente deve saber.

- Se não me engano eles estão perto do centro de todo esse continente, no meio de uma floresta.

- Muito obrigado pela informação - Layla fala sorrindo.

- Mas como você vai convencer que você é confiável?

- Layla sorri - Eu vou te levar comigo

- Eu recuso - Eva diz seria

- Como assim você recusa? Da pra sairmos agora que não tem ninguém e eu posso corta as corrente do meu pai que estão te prendendo

- Se eu fugir o acordo entre meu povo e esse reino vai acabar, muitas pessoas vão morrer

- Mas eu não quero te ver sofrendo mais, desde que eu era uma garotinha você está sendo torturada - Layla diz com uma expressão visivelmente triste.

- Eu posso aguentar o quanto for preciso para proteger gente inocente - Eva da um sorriso.

Layla a abraça - Espere só mais um pouco Eva, eu vou acabar com tudo e te tirar daqui.

- Eu sei que você vai conseguir - Eva sorrir - Já que não poderei ir então quando os achar chegue até a líder, ela parecida comigo por se minha irmã gêmea, mas tem cabelos preto com uma franja cobrindo um dos olhos e uma tatuagem na mão igual a minha, fale que eu mandei dizer a seguintes palavras "fide atque fiducia inter interfectores".

- Entendido - Layla se despede de Eva e vai para fora do castelo e aguarda Emmet.

Os dois começam a sair do castelo sem levantar suspeitas, por estar bem cedo ninguém percebeu que haviam saído.

Se passaram vários dias de caminha até chegarem em uma grande floresta, assim que entraram na mesma uma par de olhos os observam.

Rapidamente a pessoa que estava olhando eles correr pelas árvores até o acampamento, chegando lá ele vai até uma mulher que estava aparentemente ocupada -  Senhorita Pandora, temos invasores, aparentemente estão nos procurando.

- Não poderei resolver isso pessoalmente, você poderia dar um jeito neles Oliver? - Diz a mulher com um leve sotaque similar ao francês.

- Claro sim - Oliver da um sorriso e pequenos raios são emanados pelo seu corpo, e um piscar de olhos ele desaparece  indo em direção de Layla e Emmet.

Oliver rápidamente tenta dar um soco em Layla que por sua vez desvia por pouco fazendo Oliver passar reto e em de encontro contra uma árvore, antes de bater a cara, Oliver põe seus pés na frente e da um pulo do tronco até uma galho que estava sobre Layla.

Ele pega impulso no galho e vai rapidamente dando um soco em Layla que segura o seu punho com uma de suas manoplas.

Em um movimento rápido, Oliver antes de encostar no chão da um chute em direção ao rosto de Layla que rapidamente segura a perna do mesmo.

Emmet olha para o lado vendo Layla segurando Oliver, aquela pequena luta foi tão rápida que Emmet não conseguiu acompanhar.

Oliver consegue se livrar das mãos de Layla e se recompõe batendo a mão nas roupas para tirar a poeira - Você é bem rápida garota - Oliver sorri surpreso.

- Você também é muito rápido garoto - Layla começa a reparar na aparência de Oliver, ele era um pouco magro, tinha cicatrizes leves em seu braço esquerdo, cabelos loiros e vestia uma regata com uma calça cinza com uma espada na cintura e botas pretas.

Oliver tira sua espada da bainha, Layla faz o mesmo surpreendendo o garoto - Não pode ser, essa é a Demon Breaker?!

- Tem algum problema? - Layla fala o olhando com uma expressão confusa.

- Claro que não, na verdade isso é ótimo, vou poder provar meu valor pra senhorita Pandora!

- Então se você me vencer pode levar todos os créditos de me derrotar e seu eu vencer você me leva até seu acampamento. 

- Fechado! - Raios passam por todo corpo de Oliver que parte em uma velocidade incrível para cima de Layla que se teleporta para trás do mesmo e com um movimento rápido da uma cotovelada na nuca de Oliver o fazendo ficar inconsciente.

- Isso foi decepcionantemente rápido - Emmet fala decepcionado.

Layla da alguns tapas no rosto de Oliver que acorda assustado - O que aconteceu?!

- Eu venci, agora cumpra sua parte do acordo!

Oliver bota a mão na cabeça ainda um pouco zonzo - tá bom - Ele se levanta e vai até o acampamento sendo seguido por Layla de Emmet.

Chegando no acampamento várias pessoas começam a olhar fixamente para Layla e Emmet.

Uma garota de cabelos vermelhos longos e levemente espetados, regata branca, calça comprida com uma faixa vermelha amarrada na cintura, um tapa olho e botas, pega Oliver pela gola da camisa - Por que tá trazendo pessoas estranhas pra cá?!

- Eu não tive escolha Alia, eu fui derrotado e tiver que trazer eles pra cá.

- A senhorita Pandora e o John não vão gostar disso - Alia o solta.

- Com licença, você poderia nos levar até a sua líder por favor? - Emmet Diz se aproximando de Alia.

- Primeiramente se identifiquem - Alia diz rispidamente.

- Meu nome é Emmet Bentum sou um ex soldado do sul.

- Eu sou Layla Takeda, filha do governante do sul, é um prazer te conhece - Layla fala sorrindo.

- Filha do governante do sul?! então você é aquela que é chamada de a invencível! - Alia diz surpresa.

- Sou eu mesma, agora você poderia nos levar até a sua comandante?

- Claro que sim, me sigam - Alia os leva até a barraca de Pandora no caminho Emmet repara no local e Layla tosse um pouco- Senhorita Pandora, esse dois querem conversar com você.

Pandora suspira - Alia, pode se retirar, quero um conversa partícula com eles - Pandora cruza os braços e mantém uma expressão séria.

- Sim senhora - Alia se retira do local.

Layla repara naquela mulher e percebe que ela se parecia em muito com Eva, tirando apenas a cor e estilo do cabelo, ela usava uma camisa preta sem manga com um simbolo vermelho no peito igual o que tinha na roupa de Eva, faixas vermelhas nos braços e na cintura e um outras faixas nos ombros e pescoço.

- O que vocês querem aqui?

- Nós queremos ser rebeldes - Layla fala a olhando.

- Eu nem sei quem são vocês direito, não posso arriscar a segurança de quem está aqui, principalmente agora que sabem onde estamos - Pandora diz rispidamente.

Emmet tenta se explicar - Nós saímos do reino do sul pra gente se aliar a vocês.

- Sinceramente, eu tenho forte ódio do seu reino, seu governante tirou uma coisa muito importante de mim - Pandora olha para o chão com uma expressão triste no rosto.

- Essa coisa que você está falando é a Eva? - Layla diz a olhando.

- Como você conhece a minha irmã?! - Pandora se surpreende.

- Ela é uma amiga minha.

- Como posso saber que isso é verdade?

- Ela me disse pra te dizer o seguinte "fide atque fiducia inter interfectores" - Layla pronúncia as palavras levemente diferente de Eva, mas de maneira que Pandora entenda.

-Ela deve confiar muito de você - Pandora da um sorriso de leve - Como que ela está?

- Não muito bem, ela é torturada às vezes para revelar onde vocês estão e algumas outras coisas, mas ela nunca revelou nada, eu até tentei a trazer comigo, porém ela disse que muitas pessoas morreriam se ela fugisse.

- Ela é refém para proteger nosso clã, seu reino não nos ataca e nós não os atacamos, poucos escolheram se juntar aos rebeldes...mudando de assunto, como vocês podem ser úteis para os rebeldes e porquê querem se unir?

- Bem...minha irmã morreu por causa dessa maldita guerra, antes eu não tinha coragem de ser contra o meu pai, até que me pediu pra ficar no lugar dela como general, ele nem esperou ela alguns dias depois que ela morreu, até parecia que ele não se importava com ela, naquele dia eu me lembrei que ela disse pra mim que eu saberia o que fazer e tomei coragem de ser contra essa guerra - Layla limpa a pequena lágrima que escorria pelo seu rosto - Eu era a mais forte do reino e tenho um das armas mais forte do mundo comigo - Layla sorri e aponta para a Demon Breaker.

- Gostei de você - Pandora sorri e aponta para Emmet - Enquanto a você?

- Eu não tenho um objetivo tão bom quanto o dela, só quero a ajudar a parar essa guerra, eu era o terceiro mais forte do reino, atrás apenas dela e de sua irmã e entendo o jeito de lutar do exército do sul.

- Você será útil, com vocês dois os rebeldes ganharam um aumento de força bruta e o sul ficou mais fraco - Pandora boceja - Já tá tarde, procurem um lugar aqui no acampamento para montarem um barraca, o resto de nós está caçando então vão chegar só amanhã.

- Sim senhora - Os dois se retiram e encontram um espaço para montarem a barraca.

Layla se senta não chão e começa a desenhar o acampamento enquanto Emmet monta a barraca.

Layla termina e mostra o desenho para Emmet - ficou bom? 

- Ficou ótimo, você tá desenhando cada vez melhor - Emmet sorri gentilmente e termina de montar a barraca.

Layla tira suas manoplas, botas e guarda sua espada, em seguida entra na barraca e deita.

Emmet tira suas botas e guarda sua espada - finalmente podemos descansar um pouco - emmet entra na barraca e tira sua camisa deixando Layla um pouco corada.

- Porque você tirou a camisa? - Layla diz ainda um pouco corada.

- Hoje tá fazendo muito calor, eu pensei que não teria problema já que nos nosso treinos eu na usava camisa - Emmet se deita ao lado de Layla - Boa noite pra você

- Boa noite pra você também - Layla dorme abraçada com o travesseiro



Notas Finais


Desculpa qualquer erro e obrigado pela leitura


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...