1. Spirit Fanfics >
  2. Guerra e Paz >
  3. Capítulo 30

História Guerra e Paz - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 30 - Capítulo 30


Uma semana atrás…

Felipe havia chego dos Estados Unidos, com ele veio a sua namorada Natasha que trabalhava como promoter de festas e unindo o útil ao agradável, Felipe chamou Natasha para ajudado a montar a estrutura do cenário do casamento Limantha, o casal passou no escritório de Lica que recebeu seu melhor amigo com muita animação, afinal eles não se viam fazia quase três anos. 

Depois do breve reencontro Felipe tinha que correr para montar a tempo tudo o que iria precisar, passaram por lojas de decoração e materiais. Natasha tinha a paleta de cores a qual Marta havia escolhido para ornar o casamento e a festa. 

-Acha que conseguimos entregar tudo isso até o fim de semana?_Perguntou Felipe para sua namorada. 

-Fê, depende se chover você já sabe… acho melhor iniciarmos pela cobertura o que acha?_Perguntou Natasha mostrando o projeto feito por Heloísa. 

-Sim, vamos começar pelo caminho feito pelo pergolado e a cobertura principal._Disse o arquiteto, bom claro que essa empreitada não seria enfrentada pelos dois apenas, ainda tinha a equipe de obra  que Heloísa havia liberado. 

-Pessoal, por favor... Temos pouco tempo para executar esse projeto, então atenção redobrada dentro do canteiro de obra, não queremos acidentes e nem perder prazo, fechado? Quero duas equipes para montar o deque em direção a cachoeira e mais uma equipe para montar os pergolados._Pediu Felipe e logo os funcionários já estavam em suas equipes. 

Enquanto a obra iniciava Felipe aproveitou o tempo para tomar um banho de cachoeira com sua namorada americana, aproveitando o dia de sol que estava fazendo. Enquanto o pessoal trabalhava o arquiteto tirava folga (onde já se viu isso?), tá bão era para exagerar, foi um banho mais para refrescar e conhecer o lugar, logo o casal estava em cima para acompanhar cada passo da mega estrutura montada entre materiais metálicos e madeira. 

***

Clara estava tão concentrada em seu trabalho que não notou a hora em que Tina tinha entrado em sua sala, saiu da sua concentra quando Tina plantou um beijo em seu ombro pegando a loira de surpresa, saltando da cadeira levando a japonesa reprimir o riso enquanto a loira olhava brava.

-Tu quer me matar de susto?_Perguntou Clara com a mão no coração na tentativa de controlar as batidas. 

-Desculpa, pensei que você tinha notado eu entrando na sala._Disse Tina apontando para a porta.

-Aí tudo bem, foi mal eu reagir assim. É que eu estava tão concentrada._Disse a loira aproveitando que já estava em pé e plantou um selinho na japonesa.

-É que o pessoal chegou para fazer a primeira prova do vestido da Sam e da Heloísa, só que as duas não podem se verem... Então, você pode ficar com a Heloísa hoje?_Perguntou Tina enquanto brincava com os dedos de Clara entrelaçados aos seus.

-Posso sim, pode ir tranquila com a Sam._Disse a loira sorrindo e Tina concordou com a cabeça. 

-Ok, qualquer coisa só me gritar._Disse a japonesa dando um beijo na bochecha de Clara e saindo do escritório da loira. 

Lica estava apertando as bochechas de Samantha quando Tina entrou na sala de espera, achava o casal tão fofo que a vontade era de colocar em um potinho e guardar e cuidar. Samantha resmungava para a noiva parar que estava doendo duas bochechas fazendo Tina achar graça da cena e atrapalhar o clima do casal tirando elas da bolha. 

-Ei casal, estão prontas?_Perguntou Tina animada.
 
-Sim._Respondeu Lica animada. 

-Bom, Sam você vem comigo e Heloísa a sua irmã já vem atender você._Disse a japonesa e Lica apenas concordou e Samantha levantou se deu um beijo nos lábios rosados de Lica e acompanhou Tina. 

Samantha entrou na sala tão conhecida por ela, afinal ali era um dos seus ateliês espalhado pela cidade, ao qual sua sócia era Tina. Grandes espelhos nas paredes e cabines de provadores a sua frente a manequim estava com o vestido que Samantha havia escolhido para o casamento. 

-Meu Deus Tina… Tá incrível._Disse Samantha apaixonada pelo trabalho que Tina fez no vestido.

-Você merece o melhor amiga... Mas anda eu quero te ver com ele._Disse Tina batendo palminhas animada em ver o resultado do seu trabalho. 

-Ta me ajuda aqui._Pediu Samantha tirando o vestido da manequim e indo para o espaçoso provador. 

Depois de alguns minutos Samantha sai do provador encantando Tina de uma forma que deixou a japonesa completamente sem palavras. Samantha virou se em sentido ao espelho e estancou ficou com os olhos vidrados em seu reflexos. 

-Meu Deus! Que perfeição Tina._Disse Samantha.

-Eu tô tão chocada quanto você._Disse a asiática.

-Acha que preciso alterar alguma coisa?_Perguntou Tina, porque aparentemente estava perfeito no corpo de Samantha. 

-Creio que não, tá muito bom._Disse Samantha, Tina conhecia bem o corpo de sua amiga, até porque uma fazia roupa pra outra durante a faculdade de moda afim de treinar.  

No espaço vizinho Clara estava irritada com Heloísa, o vestido estava folgado um dedo de cada lado, bom Heloísa trabalhava tanto que mal conseguia se alimentar direito, perdia peso fácil, a loira já tinha ajustado o vestido umas três vezes hora alargando, hora estreitando. Mas no entanto o trabalho estava perfeito o vestido era tão a cara de Lica que Clara ficou orgulhosa de si e muito orgulhosa de sua irmã.

-Pronto, agora vê se consegue manter esse peso por mais duas semanas garota!_Resmungou a loira e Lica olhou para a loirinha. 

-Clara… Eu nem acredito que vou casar._Disse Heloísa colocando uma mão de cada lado do seu próprio rosto. 

-Isso é ruim?_Perguntou Clara. 

-Não. Na verdade é um sonho casar com a Samantha._Disse Heloísa com seu olhar apaixonado entregando que ela era arrastada de km por sua mulher.

-E você cuida bem da minha amiga viu!_Disse Clara estreitando os olhos para sua irmã. 

-Sua irmã sou eu tá? Só pra constar._Disse Lica ressentida, mas grata por Samantha ter amigas para estarem ali pra ela. 

-Bom, ajuste feito. Tá liberada irmãzinha._Clara tirou uma foto de Lica vestida e enviou para sua mãe que logo veio a resposta. 

"Heloísa está adorável, que linda! - Marta". 

Depois de fazer o ajuste final, o casal foi para a prova do bolo, petisco e doces, o que Samantha não achou nem um pouco chato já que a estilista amava comer. Marta logo encontrou as meninas e fizeram juntas todas as provas necessárias escolhendo finalmente o sabor do bolo e o restante das coisas que faltava, Marta ficou resolvendo os detalhes enquanto Lica se despediu de Samantha e voltou para o trabalho. 

***

Duas semanas depois… 

Lica ainda estava de ressaca da noite anterior, tinha saído com Felipe e Natasha na despedida de solteiro, bom ela encheu a cara e dançou como nunca tinha dançado antes pelos bares da cidade, o famoso "de bar em bar". Felipe cuidou para que Heloísa não passasse tanta vergonha alheia, no dia seguinte Heloísa acordou e quase não abria os olhos por conta da claridade. 

-Aí que droga! Fecha essa cortina._Pediu Heloísa. 

-Acordou bela adormecida!? Levanta essa bunda da cama precisamos te levar para o SPA._Disse Clara e Felipe entrando no quarto com uma xícara de café bem forte para sua amiga curar a ressaca. 

-Eu nunca mais vou beber._Disse Heloísa praguejando por ter bebido tanto que perdeu a noção da hora, estava atrasada. 

-Toma o café e tem alguns analgésicos aí também._Disse Felipe entregando para Heloísa. 

-Ela tá melhor?_Perguntou Natasha

-Ela é forte precisa de muito mais pra derrubar essa tourinha._Disse a loira para a americana que achou engraçado a comparação. 

Samantha já estava em outro SPA com Tina, aproveitando do bom e do melhor, até tinha provado o banho de lama que de lama não tinha nada, ela jurava que sua pele nunca esteve tão macia como estava hoje depois do tal banho. Tina por outro lado provou de quase todas as massagens existentes no SPA aproveitando que era a madrinha de Samantha.

-Que tal um champanhe agora?_Perguntou a japonesa pegando morangos e mergulhando no chocolate derretido. 

-Pode pedir, também quero comer alguma coisa._Pediu Samantha e Tina chamou a moça responsável e pediu champanhe e petiscos. 

-Ta nervosa para mais tarde?_Perguntou a japonesa. 

-Até que não, acho que vou surtar quase na hora._Respondeu Samantha conhecendo si como ninguém bem sabia que ela sempre surtava na hora H e não antecipadamente igual as outras pessoas.

-Eu tô tão feliz, meu Limantha reina sobre todos os shippers_Disse a asiática tirando uma gargalhada gostosa de Samantha. 

-Ai Ti, eu tô ficando com saudade da minha narigudinha._Disse Samantha fazendo beicinho triste.

-Respira amiga, logo vocês vão está juntas… Por longos anos._Samantha sorriu concordando com a menina oriental. 

- Amém._Disse Samantha erguendo as mãos para o alto. 

***

No início da tarde…

Marta estava dando os últimos retoques todo o cenário estava montado, mais parecia coisa de filme ou aqueles filmes de casamento real? Tudo parecia tão lindo e ao mesmo tempo integrado a natureza, o deck bem feito em madeira. As cadeiras acolchoadas em cor de marfim claro, tapete vermelho até o altar onde seria realizada a cerimônia. As colunas do pergolado tinham floreiras caindo formando um túnel agradável e perfumado com as flores, o altar ficava de frente a cachoeira onde o sol iluminava dando um ar harmonioso. 

Os convidados iam chegando e comentando como tudo estava lindo, os amigos e familiares eram os primeiros a chegarem. Os garçons já estavam liberados para servir os convidados enquanto a cerimônia não começava, Felipe estava todo feliz com o resultado do seu trabalho ao lado de Natasha.

-Fizemos um bom trabalho não é?_Perguntou Felipe.

-Um belo trabalho, meu anjo._Disse Natasha dando um selinho no rapaz.

-Felipe querido ajuda aquela senhora a achar o lugar dela?_Pediu Marta apontando para um senhoria que era vizinha do casal.

-Claro, vamos amor._Chamou o rapaz a sua namorada e ajudaram a idosa encontrar seu lugar. 

O juiz que iria realizar a cerimônia já havia chego e estava sentado conversando com Luis, todo mundo que chegava ao lugar ficava impressionado como tudo estava lindo, algumas pessoas tiravam fotos e outras faziam stories registrando aquele lugar.

***

Samantha estava esperando seu pai chegar para levá-la para onde a cerimônia seria realizada, Heloísa já estava pronta também esperando por Luis, na verdade Lica se quer chamou Edgar para cerimônia de casamento, até porque Luis era muito mais presente do que seu próprio pai que era uma canalha completo. Após todos os convidados chegarem e estavam a postos em suas cadeiras, o juiz de paz foi para o altar.

-Bom, agora que está tudo ok, pode liberar a entrada das noivas._Disse Marta pelo fone de ouvido enquanto se comunicava com a assistente. 

-Ok senhora._Disse a assistente. 

Marta retirou o fone de ouvido e sentou-se no lugar onde estava reservado para ela e Luis. Esperando que a cerimônia começasse, e então os violinistas começaram a tocar a marcha nupcial e todos ficaram de pé a espera da noiva e quem apareceu primeiro foi Heloísa ao lado de Luis que sorria de orelha a orelha, passavam o caminho inteiro cumprimentando com a cabeça os convidados e acenando e sorrindo. Tudo como tinham ensaiado, Lica estava tão nervosa que precisou desligar o cérebro por um instante para não surtar. 

-Nossa ela ta maravilhosa._Comentou Alfredinho amigo particular de Samantha. 

-Divina meu amor, toda trabalhada nas pedras._Disse MB de queixo caído com o vestido que Clara tinha feito em pequenas pedras preciosas. 

Lica sorriu para sua mãe que soltava beijo no ar para a sua filha, Luis parou em frente ao altar beijou no alto da cabeça de Lica e disse "Eu te desejo felicidade em abundância minha filha" e foi se sentar ao lado de Marta. 

-Ela está tão nervosa tadinha._Disse Luis ainda sorrindo para Marta que entendeu o nervosismo de sua filhota.

O salão parou quando Samantha Lambertini entrou, todos os amigos que fez no mundo da moda estava impactados com a perfeição do vestido de Samantha assinado por Tina, a estilista estava sorrindo de nervoso ao lado de seu pai que falava palavras afim de acalmar sua filha.

-Sam, se sentir nervosismo olhe para os olhos de Lica e continue caminhando._Disse o seu pai segurando o braço da filha firme passando segurança.

-Aí meu Deus, tem muita gente aqui né._Disse Samantha falando entre os dentes.

-Respire fundo minha filha._Disse o seu pai.

Samantha respirou fundo e começou andar em caminho ao altar, Heloísa ainda estava atônita desde que viu Samantha entrar em seu campo de visão, nunca tinha visto mulher mais linda do que a sua, Samantha sorria tão fácil quando olhava para Lica que esquecia as pessoas a sua volta. Quando chegou ao altar, o pai de Samantha entregou a filha para Lica dizendo "Cuide dela, porque é o bem mais precioso que eu tenho na vida". 

-Pode ter certeza, que eu vou cuidar com minha vida._Disse Heloísa pegando a mão de Samantha e subindo ao altar. 

O juiz então cumprimentou a todos e começou a cerimônia, Heloísa não tirava os olhos de Samantha que tinha em seu rosto um sorriso de mil watts. Quando chegou nos votos Lica procurou pelo papel que tinha guardado para falar as palavras que tinha tanto pensado, mas não conseguia encontrar. 

-Bem, eu tinha escrito muitas coisas (risos), mas eu perdi._Disse a jovem arquiteta ficando nervosa.

-Mas falar de você Sammy… Nunca é difícil, porque você faz tudo ficar perfeito, lindo e colorido, todos os dias quando acordo e te vejo agradeço a Deus por essa oportunidade de ter uma pessoa tão especial e iluminada ao meu lado, eu Heloísa Gutierrez prometo cuidar, amar, está ao seu lado na saúde e na doença até que a morte nos separe._ Heloísa beija a mão de Samantha e coloca aliança.

-Aí jesus, eu fico nervosa quando falo em público… Mas vamos lá, eu sempre subestimei o amor achav não era pra mim, cá pra nós amor nos conhecemos há um tempão, mas foi através de uma mensagem numa rede social que fez a gente se ligar no que rolava a muito tempo entre nós. Sempre foi amor e do mais atrapalhado e sincero… Heloísa você é predestinada a grandeza, eu admiro seu esforço, como você cuida tão bem de mim e atura minhas chatices (risos), mas foi você que me ensinou que o amor pode ser leve e tão bom, que eu não consigo me imaginar sem sentir o teu amor. Eu Samantha Lambertini prometo cuidar, amar, está ao seu lado na saúde e na doença até que a morte nos separe._Disse Samantha sorrindo para Heloísa tão apaixonada e feliz. 

-Com os poderes impostos a mim, eu vos declaro casadas._Disse o juiz de paz e assim Samantha aproximou se de Heloísa dando um selinho. 

O sol estava se pondo e os raios de sol refletiam nas águas da cachoeira, iluminando todo o espaço. Na estrutura da cobertura tinha lugares vazados para entrada de luz natural, milimetricamente calculado por Heloísa e Felipe. 

***

A festa…

Quando o casal adentrou na área da festa foram surpreendidas pelo presente de MB, era o DJ Alok tocando na festa do casal, Lica amava o DJ assim como Samantha, a dança do casal foi feita de maneira diferente, dançava ao som do DJ com passinhos sincronizados, bom e a troca de roupa foi feita assim que a dança foi finalizada, novamente vestidos assinados por Clara e Tina. Tudo exalava amor naquele momento, Samantha e Lica não se desgrudavam por nada, trocavam beijos apaixonados e abraços.

-Ei amor, esse lugar tá incrível._Disse Samantha quase em um grito para vencer o volume da música. 

-Gostou? Eu não achei que ficaria tão lindo assim, quando eu projetei._Disse Lica no ouvido de Samantha e abraçando por trás.

-Ta perfeito meu amor._Disse Samantha balançando se conforme a música. 

-SAM VOCÊ TEM QUE JOGAR O BUQUÊ!!_Gritou Tina com taças de champanhe nas mãos levando para o casal.

-Não é no fim da festa?_Perguntou Samantha. 

-Pode ser agora também._Respondeu a japonesa. 

-Vamos amor?_Perguntou Samantha. 

-Bora, depois podemos curtir a noite toda._Disse Heloísa beijando o pescoço de Samantha. 

Samantha chegou até o meio do salão ao lado de Heloísa as duas tinham buquês, as meninas aglomeravam-se na tentativa de pegar pelo menos um dos buquês. 

-Um…

-Dois…

-Três… 

Samantha arremessou primeiro que Heloísa e em seguida Lica arremessou o seu, o de Samantha caiu nas mãos de Clara que estava afastada da aglomeração lhe pegando de surpresa e Tina piscou para a loira. O buquê de Heloísa caiu exatamente não mão de Natasha que entregou o buquê para Felipe que sorriu nervoso. 

-Calma, não vamos casar… Eu não acredito nessas coisas._Disse Natasha sorrindo para o rapaz que coçou a barba.

-Mas um dia eu quero e seria ótimo se fosse com você._Respondeu Felipe. 

-Quem sabe._Disse Natasha deixando no ar. 

-Ei gatinha._Tina pegou Clara pela mão e a puxou para a pista de dança. 

-Owww… Você parece que tá bebendo de mais não acha?_Perguntou a loira e Tina balançou a cabeça.

-Não gatinha, só estou feliz._Disse a japonesa dando um selinho em Clara e depois descendo até o chão conforme o ritmo da música.

-Um dia vai ser a nossa vez._Disse Clara piscando para Tina que sorriu para a namorada.

-Mal posso esperar por isso._Disse a japonesa puxando a loira para um beijo sedento e apaixonado. 

Algumas pessoas aproveitou a iluminação artificial na cachoeira e aproveitou para tomar banho, até o DJ que havia acabado de tocar aproveitou para banhar-se nas águas geladas da cachoeira, o bom era que o clima estava muito favorável o dia estava quente e a água gelada. 

-Meninas desejo a vocês toda felicidade do mundo._Disse o DJ para o casal que agradeceu. 

Lica aproveitou que as pessoas estavam distraídas na pista de dança e as outras na cachoeira e levou Samantha para longe de tudo, para ter um momento a sós com a sua esposa. Era tão louco ela ter casado com a menina mais linda e especial do mundo que Heloísa não cansaçava de agradecer a Deus, o universo e tudo que conspirou para chegarem até ali. 

-Bom, enfim a sós._Disse Lica puxando sua namorada pela nuca e a beijando. 

-Mor teu beijo tá com gosto de champanhe._Disse Samantha achando graça da careta que Lica fez.

-Isso é ruim?_Perguntou Lica.

-Nenhum pouco meu amor._Disse Samantha abraçando sua esposa e a enchendo de beijos no rosto todo.

-Eu te amo sabia? Você é o amor da minha vida inteira e só Deus sabe o quanto esse amor é verdadeiro._Disse Heloísa olhando no fundo dos olhos de Samantha. 

-Heloísa, eu nunca vou me arrepender…  Entre paz e guerra… Eu fui abençoada e encontrei o amor da minha vida, eu te amo tanto… Tanto que eu não consigo mais imaginar viver sem você e sem ao menos três filhos contigo._Disse Samantha sorrindo, Heloísa enxugou as lágrimas que caiam em seu rosto e abraçou Samantha de um jeito tão bom. 

-Te amo amor._Disse Heloísa.

-Também te amo, pra sempre._Disse Samantha.


Fim...


Notas Finais


Meninas, primeiramente muito obrigada por todo o carinho e apoio, sou muito grata a vocês.
Espero que tenham gostado de todo o enredo até o fim, desculpem qualquer erro e até uma próxima.
Florence xoxo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...