História Guerra entre populares. Imagine Jungkook - Capítulo 23


Escrita por: e TheMidnightFox

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook)
Visualizações 135
Palavras 684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - Só quero ela novamente.


Fanfic / Fanfiction Guerra entre populares. Imagine Jungkook - Capítulo 23 - Só quero ela novamente.

Os médicos levaram S/n para o hospital,e ela iria viajar hoje pra Coréia,Lalisa Fugiu ta sendo preocurada por todo o país. S/n esta na sala de  cirurgia,ela bateu muito forte a cabeça e a coluna no gramado verde.

— Acompanhante de Park S/n.— A voz do médico soou pelo cômodo branco cheio de pacientes e seus acompanhantes,a televisão estava no mudo apenas com legenda.— 

—  Aqui.— Falei rápido enquanto me levantava da cadeira acolchoada preta.—  Como ela está?

— Bom, não foi nada muito grave com sua cabeça apesar da queda ter sido muito alta.— Falou pegando sua prancheta e passando algumas páginas.— Porém,sua coluna sofreu alguns ferimentos internos.— Neste momento eu já me encontrava nervoso.— Mas, resolvemos tudo. E agora ela está em repouso no quarto 201.—

— Posso vê-la Doutor?— Perguntei passando as mãos em meus cabelos negros.— 

— Sim, mas, por favor tenha cuidado ela ainda está com o efeito da anestesia.— Assenti rapidamente.—  Enfermeira.—  Chamou uma moça vestida de branco e usando saltos brancos,bem comportada.—  Leve o mesmo até o quarto 201.

Os alunos voltaram pra Coréia,porém, eu tive que ficar com S/n não iria deixá-la sozinha nessa cidade. 

Segui a Enfermeira que dava passos curtos enquanto alguns pacientes a comprimentavam. Seus cabelos eram curtos e negros,e usava um pequeno chapéu branco com uma cruz vermelha na cabeça. Logo, a mesma para enfrente a uma porta branca com uma plaquinha dourada e nela estava "201".

— Aqui Senhor.— Abriu a porta e logo senti o ar gelado do ar-condicionado que fez meu corpo se arrepiar.—  Qualquer coisa pode me chamar.

— Sim,pode deixar.— Assenti e adentrei no quarto fechando a porta em seguida.— 

Meu olhar percorreu todo o quarto até se encontrar ao corpo de S/n todo ferido e vermelho, tinha uma agulha em sua veia que estava passando soro pela corrente sanguínea. O aparelho cardíaco estava apitando fracamente,enquanto tinha uma máscara que estava transmitindo ar para a mesma. Aquela cena doeu meu coração,me aproximei de seu corpo lentamente com medo de mexer em qualquer equipamento,e fiquei fitando a mesma.

— Desculpa.— Baixei a cabeça triste.—  Eu deveria ter feito algo pra impedir..Ter desistido dessa aposta inútil,e tentar ter um relacionamento com você..— Falei.— Eu não sabia que Sunhee ia fazer uma coisa dessas...Eu só,espero que você me escute e possa me perdoar e ainda me amar..— Me ajoelhei e peguei em suas mãos.— S/n desculpa,era só uma aposta boba...E eu não sabia que eu iria me apaixonar por você...Eu sou o pior cara do mundo.—  Falo quase chorando por conta do ocorrido.— 

 Derrepente senti algo apertar minha mão calmamente,e logo pude ver que era S/n tentando falar algo me levanto rapidamente e vou até a porta chamando pela enfermeira enquanto S/n abre lentamente os olhos.

— Princesa..— Iniciei feliz e contente.— Que bom que acordou.— Deposito um beijo delicado em sua testa.— 

— Vejo que acordou S/n.—  A fiz da enfermeira invadiu o cômodo.—  Bom, provavelmente o soro acabou.— Vai até ao suporte com rodinhas onde estava pendurado o pote de soro já vazio.— Vamos trocar então.E você mocinha, voltará a dormir.— Se retirou.— 

Vejo S/n se mover um pouco e tiro a máscara de seu rosto.

— Princesa.— Beijei suas mãos delicadamente.— 

— J-Jungkook..— Sua voz saio falha.—

— Não faça esforço.— Faço carinho em seu rosto com a canhota.— 

— L-lalisa..— Seu tom saio quase inaudível,logo a mesma desmaia fazendo o aparelho cardíaco desparar e logo escuto a enfermeira gritar ''Ajuda paciente 1280''.— 

Rapidamente me tiraram da sala enquanto eu me debatia em seus braços enquanto gritava seu nome,assim que colocaram para fora trancaram a porta e fiquei na janela de vidro com minhas mãos observando a cena. Abriram sua camisa branca e começaram a fazer massagem cardíaca e aplicar alguns medicamentos,e rapidamente pegaram o desfibrilador e prosseguiram os procedimentos.

                            •••



Notas Finais


Cap curto pra não deixar vcs sem cap hj,blz??









Será que ela volta??
E Lalisa?
Mark??

O que aconteceu na verdade.??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...