1. Spirit Fanfics >
  2. Guerreiros de Marley - AOT >
  3. Armadilhas

História Guerreiros de Marley - AOT - Capítulo 5


Escrita por: Sarinhah41

Capítulo 5 - Armadilhas


Fanfic / Fanfiction Guerreiros de Marley - AOT - Capítulo 5 - Armadilhas

- Nossa mas eu detesto tudo isso... Bem feito, nasceu eldiano agora tem que passar por isso!- Galliard resmungava com uma touca na cabeça limpando o banheiro.- Uma aranha nossa que ódio!

- Uma aranha gigante!- Porco ouviu a voz de Pieck atrás de si e paralisou.

- Você tá vestida né?

- Sim.

- Que bom, espera um pouco que eu saio pra você tomar banho...

- Não, eu não vou tomar banho hoje.

- E o que tá fazendo aqui?

- Não achei normal uma voz vir do chuveiro, então eu vim ver quem era.- Sorriu.

- Você devia tomar banho! Todo mundo já tomou pelo menos um banho hoje!

- Eu tô tão cansada, eu vou dormir, sábado eu tomo banho.- Disse virando as costas pra ir embora.

- Não mesmo, Pieck, vai já tomar banho! Sábado é só depois de amanhã!- A garota deu de ombros.- Se for tomar banho eu te pago um sorvete... Como uma forma de me redimir.

- Tá bom, não é nem pelo sorvete só não quero que fique me perturbando toda hora!

Pieck entrou na banheira que estava inteiramente cheia de água e sabonete.

- Nada de banho de gato!- Galliard entrou no banheiro com a mão nos olhos.

- Tá bom, eba.- Dizia sem muita animação.- Aqui é um bom lugar pra dormir.

- Não vai dormir!

- Então eu já posso sair?

- Lavou o cabelo?

- Não...

- Me dá isso aqui.- Pegou shampoo começando a lavar o cabelo de Finger.- Olha eu quero contar uma coisa... Eu fui um babaca e quero me desculpar profundamente, eu juro que não era a minha intenção te atingir, espero que não esteja brava.

- Tudo bem, eu não tô brava.- Pieck se dispersava brincando com bolhas de sabão.

- Então me perdoa?

- Sim.

- Sério?

- É.

- Tem certeza mesmo disso?

- Tenho!

- Galliard, tá falando sozinho? Deve ter terminado o trabalho então.- Zeke entrou e logo se assustou.

- Bom... O banheiro tá limpinho se quer saber.

- Eu te mandei lavar o banheiro e não a garota! Tá tudo totalmente errado fora das regras aqui! Porco sai e Pieck termina logo isso!- Zeke saiu furioso.

Porco voltou ao dormitório onde Berthold e Reiner já dormiam.

- Trancou a Pieck aonde por Zeke ficar tão bravo?- Annie perguntou.

- Eu não fiz nada!

- Ah, Porco, já tava metido em confusão de novo.- Marcel colocou a mão no rosto.

- Não é isso, eu só me desculpei com ela... Só não tenho certeza se ela aceitou muito bem, parecia chateada.

...

Algumas semanas depois...

- Um teste físico de resistência, coragem e inteligência.- Magath lia semicerrando os olhos com os óculos em frente a prancheta.- Onde a única regra é sobreviver e nada mais... Tentem não perder uma perna no percurso... Mas avisando que nem é tão difícil.

Zeke e as crianças estavam reunidas na linha de largada próximo a um milharal onde foi criado um percurso com armadilhas para teste.

- O importante é manter a calma e sempre andar em grupo, prestar atenção nos mínimos detalhes.- Yeager andava na frente com todos o seguindo.

- Esse chão tá meio barrento, provavelmente foi molhado recentemente, cuidado pra ninguém escorregar.

- Bem pensado Berthold... Peraí gente, cadê a Annie?- Zeke olhou em volta vendo que faltava a loirinha.

- Annie!- Hoover correu desesperado atrás da garota.

- Ei Berthold espera!- Zeke correu o seguindo.

- E o que a gente faz agora?- Porco perguntou.

- A gente vai atrás!- Marcel falou correndo mas não vendo mais Zeke.

- Isso parece um lá labirinto...- Finger analisou.

- Zeke!- Marcel continuava atrás dele.

- Olha que florzinha bonita.- Reiner se dispersou.

- Presta atenção no caminho seu cabeção!- Porco falou.- Marcel pra onde agora?- Porco virou não vendo a presença do irmão.

- A gente vai morrer?- Braun questionou.

- Me recuso a morrer aqui!- Galliard se apoiou num muro plantas e caiu atravessando para o outro lado.

- Porco!- Pieck gritou indo atrás do garoto caindo também.

- Pessoal? Vocês tão aí?- Reiner se afastava de costas pisando numa armadilha com folhas secas no chão o prendendo numa rede no alto da árvore.- Mas que merda comandante Magath!

Galliard caiu batendo a cabeça e desacordando.

- Eu morri?- Disse abrindo os olhos vendo tudo embaçado e apenas uma silhueta.- Certeza que eu morri e tô vendo um anjo.

- Porco! Levanta!- Pieck o encarava.

- Pieck! Eu tô a quantas horas desacordado?

- Na verdade você tá a dois minutos de olhos fechados.

- Ah tá...

- Mas eu achei uma coisa.- Mostrou uma maleta.- Tem lanche aqui, parece que tem coisas distribuídas no percurso.

- Finalmente uma coisa boa nesse lugar...- Se sentou ao lado da garota comendo sanduíche.

- Vamos deixar alguns pros outros, devem estar com fome.

- Ou já chegaram no final!- Porco se levantou determinado.

- Porco cuidado!- Galliard saiu andando e não viu uma armadilha bem a sua frente. Pieck o empurrou caindo no buraco em seu lugar.

- Pieck! Não! Por favor não morre!- Galliard se ajoelhou no chão quase chorando.

- Porco, eu não morri mas aqui tá escuro!

- Pera... Fica aí... Eu vou arrumar um jeito de te tirar daí!

- Não tem como eu sair daqui mesmo!

Galliard marcou o lugar onde deixara a amiga e saiu correndo procurando ajuda.

- Porco...- Uma voz chamou o garoto e ele se virou levando um susto.- Não grita, sou eu! Eu só derrapei caindo direto na lama.

- Marcel... Me ajuda a tirar a Pieck do buraco.- Porco voltou seguindo as próprias pegadas.

- Tem certeza que é aqui?- Marcel perguntou vendo o buraco vazio.

- Ah não... Pieck, levaram ela!

- Ou ela saiu por conta própria, parece que a sua princesa saiu da torre sem precisar de você.- Marcel gargalhou do irmão o deixando vermelho de raiva.

- Para com isso, vamos procurar os outros!

...

- Porco? Ainda tá aí?- Pieck chamava.

- Não é o Porco mas é alguém que pode ajudar!- Zeke jogou uma corda.

- Obrigada! Achou a Annie?

- Se for essa daqui?- Zeke se virou mostrando a garota dormindo nas suas costas.- Eu achei ela com essa corda, deve ter se cansado de procurar a gente e dormiu. Não vou mentir que eu me assustei vendo ela desacordada no chão.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...