História Guilty of your Jealousy -SIN - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Monsta X
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Won Ho
Tags Jin, Seokjin, Sin, Suga, Sugajin, Sujin, Uchiha-m, Yoongi, Yoonjin
Visualizações 216
Palavras 1.805
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi :) venho aqui atualizar na maior cara de pau, aí eu sou um péssimo autor. Só me desculpem a demora.

Tem HOT nesse capítulo, é basicamente isso, avisei. (não tenho culpa se alguns ignoram as notas do autor).

Boa leitura 💜

Capítulo 8 - So Hot


Fanfic / Fanfiction Guilty of your Jealousy -SIN - Capítulo 8 - So Hot




Alguns dias se passaram depois da reconciliação do casal Kim. Os dois estavam no quarto do casal, aproveitando a tarde de sábado, YoonGi passava os canais da televisão procurando algo interessante, falhando brevemente, e SeokJin lia um revista que mostrava um artigo sobre si, enquanto fazia um carinho gostoso no menor.

- Hyung - o Kim mais velho apenas murmurou algo para que o mais novo continuasse - a gente tem que conversar, você não acha? - SeokJin deixou a revista de lado, prestando toda sua atenção no ex Min - a gente não conversou direito desde de aquele dia... você sabe - YoonGi se levantou, se sentou em cima dos calcanhares e apoiou as mãos branquinhas nas coxas igualmente alvas, posição um tanto submissa, SeokJin pensou.

- Okay, você começa - o mais alto um pouco incomodado, puxou o outro para que ele sentasse em suas pernas, com os rostos frente a frente.

E assim começaram a falar sobre o que tinha acontecido a semanas a trás, sobre o que um tinha feito que o outro não gostou, desde as provocações até a agressividade visível, SeokJin continuava a fazer carinho no mais novo, nas coxas claras expostas, pois o menor usava só um shortinho, era uma forma de demonstrar que ele estava ali e tinha mudado por causa do seu pequeno, YoonGi, que agora estava com as mãos apoiadas nos ombros do mais alto, roubou um selar simples do outros como o primeiro beijo que haviam trocado há anos.

- Sabe... eu te amo, Hyung - se escondeu na curvatura do pescoço de SeokJin, totalmente envergonhado pelo o que tinha dito, sempre fazia isso, realmente quando estavam a sós pareciam dois adolescentes na flor da idade, como as primeiras declarações trocadas.

- Eu também te amo, e muito, meu Yoon-chi - o mais velho começou a sentir beijinhos por toda sua clavícula e, também, leves mordidinhas totalmente provocativas, YoonGi começou subir e deixou um selinho demorado no nó da garganta de SeokJin, até que chegou nos lábios tão atrativos e saborosos do Kim e os tomou para si, os estalinhos e barulhos obscenos logos começaram sair daquele beijo afoito, por conta do excesso de saliva.

SeokJin ajeitou bem o mais novo em seu colo, fazendo com eles se encaixassem perfeitamente, o íntimo do Kim mais velho ficou exatamente no meio das bandas redondinhas e macias de YoonGi.

- O Hyung está tão duro e eu nem comecei ainda - falou calmo dando um beijo estalado na bochecha do maior e descendo uma das mãos para pressionar o pênis dele.

O de pele alva saiu das pernas do outro Kim, para tirar as próprias roupas, tirando primeiro a camisa grossa de manga longa e depois o shortinho, ficando apenas com a peça íntima, SeokJin admirava o corpo belo do esposo, não tinha nenhuma parte que não gostasse, desde a clavícula exposta, com os ossos levemente marcados, a cintura não tão fina quando a sua, até a bunda cheinha e redondinha, a pele do Kim mais novo parecia tão mais branca, fora a cintura pois dava para ver que o mais alto tinha acabado de apertar ali, fazia um tempo que eles não faziam... hm... coisas tão interessantes como agora, as vezes só umas carícias antes de dormir ou um beijo afoito, mas não aprofundavam tanto.

YoonGi se abaixou na altura do pênis do marido, deixando o bumbum branquinho levemente empinado, abaixou o bermuda do maior, junto com a peça íntima, a respiração quente do Kim no íntimo do outro deixava arfares escaparem de SeokJin, oh Céus YoonGi o tirava a sanidade com atos tão simples, começou uma masturbação lenta e gostosa, olhando inocente para o mais velhos, era tão bonito os olhos pequeninos transbordando desejo, o Kim menor deu um selinho na glande do outro, fazendo com que SeokJin suspirasse, passou a língua quentinha pelo local, deu um um pouco de atenção à fenda pequena, de certo modo ele estava conseguindo tortura o mais velho.

- Yoon-chi, por favor - um sorrisinho sapeca desenhou os lábios fininhos do menor que logo acomodou a cabecinha em sua boca, fazendo um certo volume na bochecha esquerda, e continuava a massagear o pênis do maior, vez ou outra brincava com os testículos dele.


Não que SeokJin fosse fraco na hora do sexo, mas o problema era que YoonGi fazia um oral incrível, divino diga-se de passagem, em cerca de minutos ele faria qualquer um chegar ao orgasmo, só com aquela boquinha, mas para a sorte do mais velho ela era o único que sentiria aquela cavidade quentinha e umida.

Sem perceber o mais alto já mexia um pouco o quadril na medida que YoonGi fazia garganta profunda em si, ele adorava sentir as veias grossas pulsantes em si, vamos dizer que o baixinho era realmente bom naquilo, assim como era bom em fazer rap, o ex Min era bom com palavras e ótimo sem elas.

O estalo foi escutado, YoonGi havia deixado o íntimo do maior para se sentar novamente nas pernas dele, já ia pondo o membro em seu interior, mas foi impedido pelo outro.

- Quer assim mesmo? A seco? - perguntou olhando a feição emburrada do outro por não ter deixado continuar o que ele queria - e acha mesmo que você vai comandar tudo? - deitou o corpo do outro Kim com cuidado na cama, e deu um beijo estalado nos lábios deliciosos.

- Mas eu te lubrifiquei o bastante, Hyung - encarava o outro para que não enrolasse.

- Tem certeza que quer assim mesmo? - o menor apenas concordou.

SeokJin começou um beijo lento enquanto penetrava o menor, apoiava um dos braços na altura do peitoral do outro, o de cabelos claros gemia entre o beijo, por esta sendo invadido, o moreno deixou uma trilha de beijos e leves chupões, que depois estariam evidentes, até o ombro do ex Min, desceu mais um pouco e começou a maltratar os mamilos sensíveis, a boca de YoonGi estava entreaberta, era incapaz de sair algum tipo de som dali. Já totalmente dentro do mais novo, SeokJin resolveu dar mais um pouco de prazer a seu esposo e começou a bombear o pênis do baixinho, ele que já tinha os braços em volta dos ombros largos do Kim mais velho.

- Pode ir, amor - falou cortado, queria que SeokJin parasse de ser tão carinhoso e enrolasse menos.

E assim o mais velho o fez, começou às investidas, fortes e fundas, como o menor gostava, pegou em baixo da dobra do joelho e ergueu um pouco a perna branquinha, para que fosse atingido o ponto especial do menor em todas as vezes que o maior se afundava no corpo do pequeno, e a outra perna ficou em volta da cintura de SeokJin.

As respirações quentes estavam mescladas, assim como os gemidos, os roucos parte de SeokJin e os manhosos de YoonGi, os cabelos escuros do mais velho estavam em sua testa por conta do suor, o mais alto admirava mais uma vez o quão belo seu esposo era, os olhinhos apertados enquanto o menor de deliciava com as ondas de prazer que SeokJin o dava, YoonGi logo sentiu fisgadas bem a baixo do seu umbigo.

- Jinnie, eu vou... - fincou as unhas curtinhas na pele do mais alto assim que seus orgasmos veio, melando ambos os abdômens, YoonGi também sentia os espasmos do orgasmo anal e mais ainda as investidas que SeokJin dava em si, estava todo molinho, o mais velho estava quase em seu ápice e com a entrada do menor apertando seu íntimo, SeokJin se desfez no interior do baixinho, enchendo o menor com seu prazer quentinho, saiu de dentro do branquelo e se deitou ao lado dele, logo puxou o menor para que deitasse sobre o seu corpo. Acariciou os fios alvos e deu alguns beijinhos nos cabelos que estavam úmidos pelo suor.

- Tão lindo - elogiou o menor que logo se escondeu no meio entre o pescoço e o ombro.

- Hyung, para - falou abafado, SeokJin não podia ver, mas sabia, YoonGi tinha um sorriso bobo nos lábios fininhos - pare de ser chato e me leve para tomar banho.

- Claro meu Senhor - falou irônico e levantou da cama com o corpo do menor nos braços.

- Nada além da sua obrigação - empinou o nariz, no estilo riquinho mimado, SeokJin encarou o mais novo como se perguntasse 'sério isso?', ficaram em silêncio e depois riram - Idiota.

- Eu sei que você me ama - pôs o menor dentro a banheira e foi pegar os produtos de higiene pessoal de cada um.

- Quem te garante isso? - o baixinho enchia a banheira na temperatura fria enquanto via o mais velho de costa, realmente havia feito uma arte ali com suas unhas.

- Você - apontou para o outro e entrou na banheira - quer o qual sabonete - mostrou os dois potes com sabonete líquido.

- O seu - YoonGi gostava de usar sempre que podia as coisas do mais alto, SeokJin botou o menor em seu colo, com os troncos se tocando e o menor deitou no corpo do outro, sabia o que o marido ia fazer, o maior pegou um pouco do sabão e espalhou pelas costas branca, ensaboando aos poucos, molhou a mão para tirar a espuma e direcionou dois dedos ao ânus do menor, precisava tirar sua porra de dentro de YoonGi, poderia fazer mal se ficasse ali, o ex Min gemia baixinho com os movimentos, como se fosse uma tesoura em seu interior, o sêmen logo saiu todo - foi tudo? - o mais alto afirmou.

Depois de dar banho ao bebê e a si mesmo, SeokJin levou o menor até a cama dos dois.

- Essa cama está um nojo - o menor falou, se recusando a se sentar na cama, ele estava todo limpinho, foi até o a estante, estava mancando, e pegou roupas de cama limpas, SeokJin logo tirou as que tinham sujado e botou no sexto de roupas sujas - quer só uma calça? - perguntou ao maior, assim que terminou de arrumar a cama e foi até o guarda roupas, SeokJin assentiu. O de cabelos claros vestiu uma camiseta do maior, uma calça moletom e meias, talvez estivesse com frio, e jogou a calça e a cueca de SeokJin na rosto dele.

- Obrigado, meu anjo - ironizou - pega meu celular aí é ver que horas são.

- Céus, já são nove horas, a gente ficou mais de duas horas transando, SeokJin - o maior sorriu inocente como se não tivesse culpa, se jogou na cama e agarrou a cintura do Kim mais novo, que grunhiu pela ação repentina.

- Desculpe, mas não fui eu que comecei, Senhor Kim - riu e recebeu um tapa, não tão forte - aí, também te amo - sorriu e tentou se aconchegar no corpo pequeno, YoonGi estava tão quentinho.


Depois a animação, agora a noite dos Kim seria bem calma.






Notas Finais


Gostaram? Sei que não ficou legal, mas tentei.

Meu Twitter: @KimUchiha_K


Até o próximo capítulo, estamos quase acabando a fic :''')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...