História GUNE - You are my dream - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Malhação
Tags Benê, Bruno Gadiol, Daphne Bozaski, Gune, Guto, Malhação
Visualizações 164
Palavras 490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello, capitulo novo.

Capítulo 3 - Novas amizades



No capítulo anterior vimos como é a minha vida, regada de muito sofrimento e preconceitos que não sei mais como suportar, mas, a partir de agora penso que ganhei amigas. Quando ainda estávamos no metro, nos tornamos o centro das atenções, pois, a imprensa já estava no local. Era algo perceptível de que estávamos nervosas, mas, respondemos todas as perguntas com a maior clareza possível. Eu estou feliz, pois, sinto que ganhei amigas para vida toda, mas, tenho medo do que possa acontecer e que as garotas não me aceitem do jeito que sou.

Lembro até hoje de quando era apenas uma criança e meu pai ainda era casado com a minha mãe, o mesmo, nunca aceitou que a sua filha era “esquisita”, como ele gostava de me chamar. Claro que ficava triste, mas, nunca entendi por que as pessoas eram irônicas. Sempre acreditei que todas as pessoas eram bondosas e que eu poderia mudar o pensamento de cada uma delas, mas, quando fiz doze anos fui perceber que o que eu desejava era apenas um sonho, que estava longe de acontecer. Descobri o que era Bullying quando estava em minha classe aguardando ansiosamente para mais uma aula da minha matéria preferida, matemática.

Tudo estava perfeito, mas, como diz aquele ditado “Alegria de pobre dura pouco”, senti uma bolinha de papel ser arremessada em minha cabeça e ao ler o que estava escrito meu coração quase saiu pela boca. “Ninguém gosta de alguém esquisita como você”, este bilhete “Carinhoso” estava assinado por Keylane, a garota mais popular da escola, conhecida como K1. Claro que fiquei triste, mas, desde pequena sempre soube esconder meus sentimentos da melhor forma possível.

Ninguém da minha família desconfia do que eu passei, por conta do meu pai nunca me aceitar do jeito que sou, e por que sempre me deixava para baixo, seja por agressões físicas ou verbais. Agora estou indo para a minha casa para que eu possa descansar de um dia cansativo que nunca imaginei que passaria, mas, perdida em meus pensamentos algo inesperado aconteceu, acabei esbarando em alguém que poderia dizer com todas as palavras que era a pessoa mais linda do mundo, mas, como nada é igual a um conto de fadas, a “minha” quase “alma gêmea” logo se tornou um ogro, me empurrando de encontro ao chão me machucando, e o mesmo, percebendo o que acabou de fazer não fez o menor esforço para me ajudar.

Ele estava pensando que eu baixaria a cabeça apenas por ser uma pessoa tímida e que pediria desculpas pelo ocorrido, mas, apenas me levantei como se nada houvesse acontecido como faço com a maioria dos meus problemas, coloquei o meu melhor sorriso e segui em frente.

Ao chegar em casa fui questionada pela minha mãe, pois, a mesma, viu as notícias na televisão de que a sua filha era uma heroína que ajudou a salvar a vida de duas pessoas em apenas uma noite.


Notas Finais


Eaaaiii. Blz??? O que acharam????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...