História Há segredos que nós mantemos para sempre - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Thor
Personagens Loki, Personagens Originais, Thor
Tags Femthor, Thorki
Visualizações 86
Palavras 2.497
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu sou publiquei essa história, por que o caralho da mi..
???: Opa, opa, opa aí! Eu não gosto de ser descriminada assim, ainda mais por que sou o gênio dessa pora aqui.
Quem é você?!
???: Ora eu sou a sua subconsciencia.
Não queres dizer subconsciente?
Subciência: É artigo feminino que inventei.
OK! Vou deixar a vossa majestade em paz, fazendo o que a senhora desejai

Capítulo 1 - Eu odeio e amo... Amar você


Thory pov on

Eu estava sentada no sofá do meu quarto, chorando pensando numa solução para consertar o meu erro. Acabei de por a minha reputação em risco, confessando que amava  Loki no meu diário. Era era pra ser segredo sim! Mas isso mudou quando fui tomar um banho, deixando o meu diário aberto. A Sigyn entrou no meu quarto para dizer algo sem importância para mim, mas encontrou o meu diário aberto.  Começou a ler no início era coisa monótona, mas depois leu a parte dos meus sentimentos pelo Loki, eu juro que a coisa ficou muito feia.  Resumindo: Deu merda pra mim. Sabia que a Sigyn amava-o e nunca disse pra ela, senão ía dar nisso que acabou de acontecer. Eu e ela discutimos alí e o Loki acabou ouvindo, que ele estava a passar pelos corredores do palácio. Antes de entrar ele ouviu alguém dando um tapa na cara e entrou para parar a briga antes de começar. Me encontrou enquanto esfregando minha bochecha vermelha por causa do tapa que recebi da Sigyn. Tentei explicar o que aconteceu, mas ele não quis ouvir o que tinha a dizer e a Sigyn saiu antes dele. 

Flashback on

A Sigyn saiu do quarto e nós ficamos ali sem dizer uma única palavra, daí ele disse. 

Loki: Irmã és uma pessoa tão estúpida. Porque foste escolher logo a mim? - Perguntou pra mim. 

Eu: Não sei, mas eu não tive escolha. Você sabe bem que o amor não dá as escolhas as pessoas de quem você deve amar. - Falei sinceramente. 

Loki: Eu não te entendo, nem o amor, mas não preciso de espaço pra pensar.  - falou estando desiludido comigo. 

Eu: OK, mas te peço pra não contar isso pra ninguém, já basta você e a Sigyn saberem e não quero que todo mundo saiba.- pedi pra ele. 

Loki: Vou ver o que posso fazer, mas não te garanto nada. Você não devia sentir disso por mim. -disse e saiu do meu quarto, ajoelhei-me no chão e comecei a chorar em prantos. 

Eu: P que tinha… que ser assim…por quê? - Disse soluçando. 

Flashback off 

Agora é só esperar e arcar com as minhas consequências. Não podia ser assim,  não podia. Eu chorei até que o sono me pegou. 

Thory pov off

Loki pov on

Por que eu, por quê? Não podia ser uma outra pessoa, pelo amor de Val-hala me ajuda. Eu amo aquela mulher mas era a minha irmã. Eu estava andando pelos corredores e esbarrei-me na minha mãe.

Eu: Peço desculpas minha mãe, é que eu estava muito distraído com uma coisa que me incomoda. - falei. 

Frigga: Não faz mal, mas o que é essa coisa que te incomoda? -pergunto me deixando me desconfortável. 

Eu: Vamos para o jardim,  aqui não é lugar para falar disso.-  disse desconfortável. 

Frigga: Sim tens razão aqui não é o lugar pra isso, vamos ao jardim. - disse e fomos pra o jardim. 

No jardim 

Chegamos no jardim e começamos a conversar. 

Frigga: OK já estamos aqui me fala qual é essa coisa que tanto te incomoda. - falou começando a conversa. 

Eu: Boom...  É um pouco difícil, mas é um dos guerreiros que está com problemas e pediu me um conselho. - falei me sentindo muito incomodado mentido por que o problema era meu.

Frigga: E qual é o problema dele? - perguntou me. 

Eu: Ele ama uma mulher, mas só que o problema é que ela e prima dele que também o ama e já não sabe o que fazer e acabou de descobrir isso ontem. Eu não sei o que fazer com esse problema. - disse um pouco menos incomodado. 

Frigga: Isso é um problema sério,  mas acho que pode ser resolvido. - disse ela um pouco pensativa. 

Eu: Mas como se as duas famílias são as mesmas? - perguntei dificultando a situação. 

Frigga: Bom eles se amam não? - Perguntou me e acenei um sim com a cabeça. - Quem é a família pra proibir? O amor só se encontra uma vez na vida e não podem ficar separados. O amor é a coisa mais linda desse mundo e não acaba tão fácil assim. Diz a ele que só devia contar a verdade a ela e assumir logo, não fugir como um covarde. - disse me deixando feliz, essa era a rainha de Asgard disposta a ajudar os outros, se fosse o Odin seria outra coisa. 

Eu: Obrigado pelo conselho, me sinto mais confortável. - disse pegando um narciso, dei um beijo na bochecha dela e saí dalí. 

Frigga: Hey espera aí! Pra quem você leva esse narciso? E por que você quis ajudar esse guerreiro? Você não é muito de ajudar pessoas. - disse me paralisando e falei. 

Eu: Pra uma pessoa que eu gosto muito. E esse narciso me lembra dela. E hoje me apeteceu ajudar alguém. - ela sorriu pra mim e falou. 

Frigga: Ainda bem que pude ajudar e que essa pessoa maravilhosa seja feliz com essa flor. Podes ir agora. - saí dalí andando em direção ao quarto da Thory. Quando cheguei vi que a porta ainda tava um pouco aberta, abri a  porta e vi que a Thory estava dormindo como um anjo. Cheguei perto do sofá, sentei ao lado dela e comecei a fazer um cafuné nas cabeça dela. Vi como ela era linda dormindo, já era tarde pus a flor nos cabelos loiros dela e saí dalí.

Thory: Loki. O que você faz aqui? - falou um pouco sonolenta. Era tão fofa, selvagem, louca e linda. Os seus olhos azuis como safiras, seus longos cabelos loiros como o sol,  seus lábios rosados, sua pele branca como a neve e seu corpo que hipnotizava qualquer um. Ela era a definição de anjo em pessoa.  

Eu: Vim ver como você tava, não quis te acordar. Você está bem? - disse e ela respondeu pondo a mão na cabeça.

Thory: Sim tó bem, tenho alguma coisa? - perguntou me e disse sim.- O que é? - perguntou ainda mais curiosa e respondi. 

Eu: É uma flor pode tirar se quiser. Confesso que ficou linda nos seus cabelos. - ela corou muito. - Mas eu vim pra outra coisa, decidi que não vou contar o seu segredo. - continuei - Alguém me disse devo fazer feliz as pessoas que nós gostamos. E gosto de você irmã mas foste muito estúpida a dizer que me ama. Mas por que eu? - falei. 

Thory: Desculpa eu prometo manter distância de você. Mas é que... - falou um baixinho mas consegui ouvir. 

Eu: Mas é queee.. -tentei ajudar a acabar. 

Thory: É que você é inteligente, corajoso, está sempre me ajudando, protegendo mesmo  não querendo e és... o único que não me trata como os outros pra além de Sif e não sei. Era pra ser um sentimento de irmandade mas não é!  Peço desculpas mais uma vez. - falou sendo sincera comigo. 

Eu: Ok! Mas há uma mulher que eu amo. - falei referindo a ela. 

Thory: A Sigyn não é? - falou um pouco triste, aquilo me doeu. 

Eu: Não! Não é a Sigyn, ela é melhor que ela e muito mais forte que ela. Ela é chata, insistente, louca, exibida e selvagem e um pouco mais baixinha que a Sif... Mas também é corajosa, leal, feliz, fofa e sempre arriscando a sua vida pelos outros e essa mulher...  Essa mulher és tu Thory eu amo-te. - falei com todo o meu coração e ela começou a chorar mas tinha um sorriso na cara. 

Thory: Loki eu...  Não sei o que dizer. - falou surpresa. 

Eu: Que tal começar com um beijo.  - falei ela não pensou duas vezes e beijou-me com paixão e selvagem retribui o beijo durou muito tempo, mas pela maldita falta de ar tivemos que parar. 

Thory: Então gostou? - perguntou me com um sorriso mais que perfeito estampado na cara. 

Eu: Claro que não... -  falei e ela ficou triste - que não podia gostar,  isso foi fantástico. E já vou falando estou a começar a ficar excitado. - disse ela deu um sorriso ela já estava prestes a me beijar,  mas parei deixando-a confusa. - Porém tenho que trancar a porta senão nunca ficaremos em paz. - disse a recordando desse pequeno detalhe. 

Thory: OK! Eu vou mas só pra não descobrirem-nos. - disse ela que foi trancar a porta e voltou - Agora onde paramos. - disse dei um selinho nela e falei. 

Eu: Paramos ná parte onde você me beija e começamos a transar. - logo Thory me beija intensamente, começou a retribuir o beijo,  pego na coxa dela, ah apertei com força e ouvi um gemido no meio do beijo que me deixou ainda mais excitado, retribui os beijos, até ao pescoço e comecei a dar beijos, chupões e lambidas.

Thory: Aahhh... Loki não... Humm... Deixa... Mmmm... Nenhuma marca... Áhhhhh! - falou entre gemidos, enquanto isso peguei um dos seios e comecei a brincar com ele, era tão fofo quanto algodão. -Hhmmm... Lokiiii. - gemeu meu nome e o meu amigo de longa data quis sair das pernas.

Eu: Droga! Você é tão gostosa, hora da primeira fase. - disse carregando-a até a cama, comecei a tirar a roupa dela e ela tirou a minha. Tinha um detalhe importante: ' onde ela arranjou calcinha e sutiã ' - Onde você arranjou uma calcinha e sutiã? - perguntei pra ela. 

Thory: Bom,  fui dar um pequeno passeio em Midgard e já que tinha muitas jóias que já não precisava e nem queria fui trocar por dinheiro de lá, fui comprar novas roupas e ai descubri a calcinha e o sutiã.  Satisfeito agora. -  Acenei sim a cabeça e tirei o sutiã branco dela mostrando os seios grandes dela, não me contive e comecei a massagear o seio direito e chupei o esquerdo, era tão bom chupa-lo. - Lokiiii... É tãoooo bommm...  Ahhhh. - Gemeu um pouco alto, aranhando minhas costas nuas quando brinquei com o seu mamilo. 

Eu: Shhhh! Não queres que eles nos ouçam não? - sussurrei no seu ouvido e arrepiou lhe toquei perto da sua calcinha , fez um não com a cabeça. - Ótimo por que já estou ansioso por atacar sua intimidade. - sussurro vendo o calor intenso nos nossos corpos,  beijei ela e enrolou-se no meu pescoço. O beijo durou pouco tempo separamo-nos e ela sussurou no meu ouvindo. 

Thory: Então do que essa esperando... Me faça sua. - então eu tirei a calcinha dela pus os dói dedos na intimidade. 

Eu: Humm! Ta bem molhado aqui dentro. - disse começando a mexer os dedos no sexo dela.

Thory: Isso é por que... Mmmm... Você... Ahn... Me excita.... Ahhh! - disse entre os gemidos e arranhando mais as minhas costas. Fiquei brincando ali durante algum durante algum tempo, até que me apeteceu chupar a sua intimidade.  - Loki aonde vaiiiis... Ohhh.- comecei a lamber e a chupar íntimo dela, deixando-a muito envergonhada.

Eu : Tá tão bom aqui - falei chupando aquela coisa a rosa e fofa. E fiquei alí lambendo até chegar clitóris dela. 

Thory: Kyahh... Lokiihii... Aíí mesmooo... Mmm. -gemeu abafando o gemido com um travesseiro,  continuei a fazer o que ela tanto gosta e ao mesmo tempo descobri o ponto fraco dela. - Loki eu...  Vou gozar... Não aguento mais.. Ahhhh! - Ela gozou dentro da minha boca dando aquele leite gostoso deixei ela descansando um pouco. Tirei as calças e a cueca mostrando o meu membro que tava bem duro. -Isso vai caber dentro de mim? - Perguntou me vendo que tava assustada, chegando a conclusão de que ela era virgem. Dei um beijo nos seus lábios doces como cerejas. 

Eu: Calma vai correr tudo bem, vai doer um pouco, mas habituaste com o tempo. - disse acariciando o rosto dela e ela acenou sim com a cabeça corada.

Thory: Ta bom eu confio em ti. Mas prometes ser gentil comigo? - perguntou me corada. 

Eu: Prometo, minha flor. -falei dando-lhe um selinho no rosto, posicionei o membro perto da intimidade dela e entrei com cuidado para não machuca-la. 

Thory: Ngh... Dói muito...  Mas eu aguento. -  falou tirando algumas lágrimas beijei ela pra acalma-la,  enquanto entrava dentro da intimidade apertada dela vi sangue saindo da sua vagina acabei de entrar dentro dela.

Eu: Me diga se doer muito para eu parar. - falei pra ela e acenou sim com a cabeça e comecei a fazer movimentos de vai e vem dentro dela.  No início doía até ao ponto de querer parar, mas depois foi uma baita porá de prazer. - Ahhh... Thoryyy... Tão apertada... Tão booom. - disse gemendo de prazer enquanto a fodia. 

Thory: Hummm... Lokiii...  Mais rápido... Mais fuhundo... Ahhhh. - disse entre os gemidos e concedi o seu desejo. Era tão quente, tão molhado lá. Ela me pedia ir mais rápido, mais fundo e eu ía.  -Lokiii... Eu vouuu... Gozaaar... Não aguento maiiiis...- disse ela entre os gemidos e estocadas fortes que recebia enquanto via os peitos dela mexendo-se. 

Eu: Também euhu... Thoryy... Argh. - Disse já que ela não também não aguentava depois de algumas estocadas gozamos - THORYYYYY! -gemi alto seu nome. Foda-se se alguém está ouvindo, eu só queria ela alí agora. 

Thory: LOKIIII! -disse gemendo alto sem se importar se alguém ouviu. E saiu aquele líquido pegajoso das nossas intimidades. Ficamos aos beijos depois de transar nossos corpos agora suados e colados um ao outro, nossos rostos juntos misturados com sorrisos. - Eu te amo Loki. - entres os beijos e ofegante. 

Eu: Eu também te amo. Que se lixe se alguém ouviu nossos gemidos, eu vou mentir dizer que foram outras pessoas. -disse e ela riu.

Thory: Hahahaha. Eis o grande deus da mentira Loki... Mas por que disseste que  não podíamos ficar juntos? - me perguntou e respondi. 

Eu: Por que achava errado mas me apercebi de uma importante... - falei dando uma pequena pausa. 

Thory: Que é... - disse arqueando a sombrancelha. 

Eu: Que o amor só acontece uma vez na vida e não podemos fugir disso. -Disse e ela me deu um beijo cheio de amor e paixão e eu correspondi,  depois de algum tempo nos separamos por falta de ar. 

Thory: Essa foi a coisa mais linda que alguma vez já disseste,  eu amo-te sempre e pra sempre. -disse com no meio do sorriso. 

Eu: Eu também minha linda flor, eu também. -disse dando um beijo na testa e dormimos no meio dos lençóis. Esse segredo vou manter pra sempre. E a Sigyn não vai dizer nada e a conheço-a a muito tempo. 

Loki pov off

Thory pov on 

Há surpresas na vida e essa é uma das melhores mas vos garanto... Que Loki vai sofrer amanhã por não me contar q saiu sangue da minha vagina. Eu amo muito ele mas não pense que sair do meu quarto tão cedo. Eu odeio e amo amar ele por que é tão errado e tão certo. Esse segredo vou manter para sempre. 

Thory pov off

Fim


Notas Finais


Gostaram? Se gostaram vejam minha história opposites acttrat


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...