1. Spirit Fanfics >
  2. Há sim esperança nesse amor (Giyuu Tomioka x Leitora) >
  3. Despedida

História Há sim esperança nesse amor (Giyuu Tomioka x Leitora) - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa a demora..me perdoe pelos erros ortográficos.

Capítulo 25 - Despedida


Após daquela noite maravilhosa, Giyuu, estava arrumando suas coisas para partir para a França.

*Giyuu Pv ON*

Estava terminando de me arrumar para deixar minha vida de lado nessa cidade, olho para a porta e me deparo com meu irmão.

Sabito - Vejo que já está se arrumando..voc_

- Não fale sobre ela, tenho que esquecer s/n._ falei bravo.

Sabito- Você sabe que um dia ela ira descobrir,que nossos pais te forçou a casa com aquela garota, como era o nome mesmo? Deixa eu ver..._ falou tentando lembrar.

- momiji.._ falei baixo.

Sabito - sim aquela riquinha de merda, nossos pais só se enteressam em dinheiro._ falou sínico, apenas acenti, me levantei e sair do quarto deixando sabito sozinho.

- ......desculpa s/n._ falei quase que num sussurro.

Sair de casa com as malas,fui direto para o areoporto ao chegar lá vejo s/n parada me esperando, a ignorei, não queria vê-la, ao passar por ela, a mesma me puxou.

- hum?_ olhei para a mesma que estava chorando.

S/n - A-antes de você...me deixar...fique com isso_ a mesma me deu uma foto do nosso segundo encontro.

- obrigada s/n e_ queria falar para ela me esperar mas não conseguia _ se cuide ok?

S/n - G-giyuu.....eu_ a interrompi com um beijo.

- Adeus s/n.

S/n - A-adeus Giyuu...Eu te amo.._ falou quase chorando.

Apenas seguir meu caminho normalmente,enquanto deixa para trás a única pessoa que eu amei.

*Giyuu PV OFF*

S/n pegou um táxi e voltou para casa, seu sorriso que antes era nítido em seu rosto,desapareceu completamente, o brilho em seus olhos, viraram apenas um poço sem fundo.

S/n chegou em casa, já que estava sozinha aproveitou para refletir sobre sua vida.

S/n- por que? Por que?_ a mesma falava chorando, ela se encolheu no canto da casa.

*QUEBRA DE TEMPO*

Giyuu,estava no avião sua expressão era séria, sem dúvidas ele estava triste e s/n permanecia lá naquele local de sua casa.

Dias depois....

S/n estava atrás de um emprego, pois ela já tinha terminado sua faculdade.

S/n - Bom dia, me chamo s/n s/s, acabei de fazer 20 anos.

- bom senhorita, qual suas qualidades.

S/n - Amo ler livros de história antiga, Adoro cozinhar e entre outras coisas.

- foi uma ótima ideia escolher nossa escola, você foi aprovada, você começa na semana que vem.

S/n - Obrigada, agora me dê licença.

A mesma saiu da sala alegre, mas mesmo assim seu sorriso não estava em seu rosto.

*Quebra de tempo*

S/n - Como você deve está Giyuu?_pensa consigo mesma.

Giyuu estava na sala com seus pais.

- Filho, vamos direto ao assunto, você vai se casar com a senhorita Momiji, quero que você tenha no minimo três filhos, precisamos do dinheiro dela entendeu?

Giyuu - hai.

- oh querido não seja tão rude com o nosso pequeno Giyuu, então meu filho quem era sua antiga namorada?

Giyuu - S/n S/s..

- S/n s/s!!! ......_ falou surpreso._ Ah então eles ainda estão vivos..hum?_ pensou consigo.

Giyuu - Ela morava no mesmo bairro que o meu, mas agora ela deve está atrás de emprego.

O pai de Giyuu se levantou e foi para seu escritório,logo pegou seu celular e ligou para alguem.

(Ligação On)

-Olá Tsuri! Como está as vitimas do irmão de Makoto?

- Não fele sobre aquele homem de novo, oque você quer?

-Oh! Não quero nada, só quero Dizer que vou avisar Makoto de que seus filhos ainda estão vivos,Pensei que o irmão gêmeo de Makoto tinha  matado vocês três,afinal,como está a pobre da s/n? O irmão de Makoto aproveitou muito do corpo dela.

-Não me lembre daquele lixo humano,ele abusou da minha pequena, eu fiquei ao lado dele pois pensava que ele poderia dar aos meus filhos e de Makoto uma vida melhor!

-Por isso traiu seu Marido? Com o próprio irmão gêmeo dele?Conte outra!

(Ligação off)

-oque será que Makoto vai fazer ao descobrir que seus filhos ainda estão vivos?

*Lembrança On*

Tsuri - Makoto está indo pra onde?

Makoto - Depois de me trair você quer que eu lhe dê satisfação?

Tsuri- você nunca foi um pai presente como seu irmao que cuida dos meus filhos com se fosse os seus!

Makoto -Pois então agora eles são deles, adeus estou partindo daqui desse lugar.

Após 1 ano depois que Makoto foi embora, Tsuri passou a viver a vida com o irmão de seu antigo esposo.

S/n - mamãe? Por que o papai ainda não chegou?

Shinku - Baka! Papai acabou de chegar!

Tsuri - Que bom vamos cumprimenta-lo.

Os três foram até a sala.

- oi pequenos..oi tsuri.

Tsuri - eles gostam mesmo de você.

- tsuri eu .....

O mesmo começou a enforcar tsuri, que tentava gritar, em uma tentativa falha de socar o homem, tsuri bateu sua cabeça em uma cadeira.

Shinku -vem mana vamos correr rapido!

S/n - h-hai!

- vocês pensão que vão aonde? Senhorita Ritsu mandou matar vocês, três então vamos acabar com isso!

S/n - maninho vem eu vou te ajudar.

Shinku - me solta eu vou correr sozinho!! Sai!!!!

S/n - maninho eu to cansada!

Shinku -corre anda!_ shinku caiu e foi puxado pelo homem, s/n apenas correu e se escondeu!

Após alguns minutos, a única coisa que s/n ouvia era gemidos de dor, do garoto de 9 anos.. a garota estava chorando e viu um ser passar em frente a ela.

- s/n? Cadê você? Vamos brincar?

S/n apenas se encolheu, mas quando ela menos esperou o homem a encontrou!

- te achei_ ele puxou a garota e a jogou no chão, prendeu seus dois braços e despiu a menina.

Logo o terror da vida da pequena começou!

S/n - S-socorro mamãe!!!!!!!!!!_ a garota gritava entre soluços.

Logo o homem foi atingido com um objeto.

Tsuri - s/n! Esse lixo !!!!

S/n - m-mamãe me ajuda!

Tsuri a carregou e chamou a polícia!

1 ano depois o homem foi morto no presídio,no dia do aniversário de 10 anos dos gêmeos, tsuri foi festejar com os seus pais.

Tsuri - mamãe oque foi?

-Essa garota! Ela se parece com aqueles dois,o que te abandonou e o que queria te matar!

Tsuri - isso lhe incomoda?

- sim! Não quero mais essa garota aqui! Shinku é meu neto essa menina é só outra qualquer!

-isso mesmo s/n, não a traga mais!

Tsuri - sim mãe e pai...

Após isso, todos os dias de comemoração do ano s/n passava sozinha, até seu aniversário ela passou sozinha, mas tsuri sempre deixava algo pra ela, tsuri sempre amou sua pequena.

*Lembrança off*

-hahaha Makoto como você reagiria ao ver sua filha?hum?


Notas Finais


Obg por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...