1. Spirit Fanfics >
  2. Habib Galbi >
  3. Capítulo Único

História Habib Galbi - Capítulo 1



Notas do Autor


Eu mega atrasada para o ciclo das mil palavras do @ProjetoHaruno e do Grandes Impérios do @proj_Commuovere 🌸💛

Tá mais para um conto do que uma fanfic, mas espero que gostem dessa história mirabolante que criei, para o que eu considero, um dos castelos mais bonitos da Europa e que foi construído durante o domínio árabe.

Muito obrigada @Agatha_Lis pela betagem 🥰

Capítulo 1 - Capítulo Único


Alhambra, em árabe الحمراء, vermelho, a Vermelha. 

Ao longo dos séculos, muito se especulou como lugar tão majestoso se ergueu em meio a tantos conflitos, e também como seu primeiro governante deve ter sido um homem com o ego maior do que as conquistas Árabes, para nomear seu próprio palácio à sua imagem, contudo, o que não imaginam é como aquela alcunha não refletia o homem que ali viveu, mas sim a mulher que aqueceu seu coração desde o primeiro momento que seus olhares se cruzaram.

Apesar das vitórias, Sabaku no Gaara estava cansado e quando se sentou no chão de pedra e vislumbrou ao seu redor a destruição que os combates causaram, soube que seu coração estava exausto de guerras e destruição, e que agora estava na hora de buscar a paz. Contudo, mesmo com os cofres repletos de ouro e a devoção de seus homens e povo, ainda assim se sentia incompleto. 

Já havia se envolvido com os prazeres da carne, porém, com a mesma intensidade que vinha a onda de êxtase, ela se esvaía, preenchendo apenas momentaneamente a casca que se formara no homem tão corrompido por batalhas. A verdade é que o Sabaku não se sentia digno de um sentimento tão puro quanto o amor, as vidas que haviam sido retiradas por seu comando ou por suas próprias mãos o assombravam, acabando com seu sono noite após noite. 

E fora em uma dessas noites em claro, perambulando por seu castelo, que encontrou algo, ou melhor, alguém, que fez seu coração bater como há muitos anos não soava. Em meio à penumbra na cozinha, a mulher — que mais parecia para si a personificação de tudo que há de mais belo no mundo — assustou-se com os olhos verdes e densos sobre ela, soltando das mãos pequenas o recipiente de vidro que se rompeu contra o piso frio. 

O impulso de ajudá-la apenas causou mais assombro na criada, porém foi quando a mão calejada do rei se cortou que a mulher de olhos também verdes se impôs, segurando com força no braço masculino e colocando-o em uma cadeira para começar a tratar com delicadeza o corte. E o Sabaku que era conhecido por sua defesa invejável em lutas, agora mirava a mão coberta de sangue por culpa da cabeça enevoada que queria apenas contemplar a bela moça. 

O silêncio não deixou os dois, mas Gaara se admirava com a pequena mulher que, mesmo envergonhada, não deixou de mira-lo nos olhos de forma tão intensa e sincera como a tempos não via. Claramente ela batalhava em um misto de sentimentos ao querer xingar o governante por piorar a situação, mas também ruborizava com os olhares masculinos sobre si. 

Sakura, como descobriu ser seu nome no fim daquela noite, adentrou os pensamentos do temível rei, que passou a aproveitar suas terríveis insónias para visitar a cozinha quando a noite já se fazia presente e o silêncio engolia o castelo. Mas ela estaria lá, sempre estaria, porque a rotina dos encontros também começou a se tornar o momento que mais aguardava em seu dia. 

E assim, a moça de cabelos ruivos tão únicos, pele pálida como o leite e de costumes deveras distintos dos seus, invadiu com a maior das tropas o coração adormecido do Sabaku e, ao vislumbrar com ela seu futuro, sabia que queria apenas o mais belo para os dois, mesmo não entendendo como ela não o repudiava, ele, o homem que por muitos era considerado um invasor daquelas terras. 

Contudo, fora naquela região da vasta península ibérica que o amor deles floresceu, e mesmo com todas as provações que os enamorados tiveram que enfrentar, eles passaram por todas elas juntos, provando que mesmo nos mais improváveis dos cenários, os corações poderiam bater juntos. 

Então, foi pensando nela e no futuro que eles construíram juntos — unindo dois povos — que Alhambra, em homenagem aos cabelos de sua amada, fora arquitetada e que o casal desfrutou junto, até os fins de seus dias. 

O grande e temido rei árabe, Sabaku no Gaara, e Haruno Sakura, ou como o ruivo a chamava carinhosamente, Habib Galbi — o amor do meu coração.


Notas Finais


É isso, obrigada por lerem 💖

E procurem mais sobre Alhambra e escutem essa música que me inspirou demais para escrever, é uma música pop, mas inspirada nas músicas tradicionais do Iêmen ✨

https://open.spotify.com/track/6ajUc5t43UoJlwoG0ISuGa?si=34b6eb71d93f4653
https://www.youtube.com/watch?v=g3bjZlmsb4A


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...