História Habitar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Baeksoo, Baekxing, Soobaek
Visualizações 18
Palavras 450
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), FemmeSlash, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Às vezes o amor não acompanha.


ele vai voltar? — a voz de Baekhyun se fez audível, e a garota que a acompanhava sorriu em compreensão.


você quer que ele volte?


sim.


então faça por onde.


eu deveria desistir? porque parece que estou lutando sozinha.


é complicado.


ele não me ama mais, você sabe né?


amor acaba. iria acontecer mais cedo ou mais tarde.


Arctic Monkeys soou no rádio velho da sala, a Budweiser intocada nas mãos da pequena Byun parecia querer invadir a boca da garota. Não queria estar bêbada, não queria ser quem realmente era. Não podia ser.


ele me enganou, soo. ele fingiu sentimentos que não existiam, e por deus, não há crueldade maior que essa.


você se enganou, e você não deu escolha, você nunca dá escolha a ninguém. — Kyungsoo aprofundou o tom da voz, queria jogar o próprio ódio para fora. — você é obcecada, byun.


as pessoas mudam.


mas você nunca mudou, a sua máscara continua a mesma. A música parecia mais baixa, os corpos pareciam mais alcoolizados a cada momento. Era uma daquelas noite em que as garotas acabavam por dormir em meio a discussões e garrafas de cervejas. — não é a primeira vez que você diz que mudou. o problema é que você continua igual, a sua maquiagem ainda é a mesma e eu tenho medo que ela escorra.


você não é de sentir medo.


mas a tua base está gasta demais, e a cor do batom não é mais a mesma. tenho medo que acabe, e você volte a ser aquela baekhyun.


eu deveria parar de me esconder?


deveria se libertar, limpar o rosto e sair daqui como se fosse outra pessoa.


e se ele ligar?


diga que mudou, diga que sempre que olha pra ele, seu coração dói, e você prefere que seja um infarto cardíaco, mas sabe que é amor.


você  já sentiu isso?perguntou a Byun.


mais do que você imagina. Soo respondeu sorrindo; o peito doendo, o coração apertado e as mãos suando. Não podia dar as caras, já havia levado até aquele ponto, suas mentiras não poderiam cair na metade do campeonato.


eu não sei amar, soo. eu tenho essa mania feia de culpar o amor, ele não entenderia.


ele sempre entendeu, baek. quando você ligar, ele vai insistir, vai dizer que no fundinho você o ama, e você vai concordar. (sempre concordou) — a Soo disse, quase chorando. Se perguntassem, diria que era a amizade batendo na porta.


eu não quero ter que esquecê-lo.


então não esqueça. (e não me esquece, não finge que eu estou no bolso da sua calça, não é um bom lugar para habitar.) 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...