1. Spirit Fanfics >
  2. Haduan, o Agiota >
  3. Introdução

História Haduan, o Agiota - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


e vamo que vamo

Capítulo 1 - Introdução


24 de Agosto, de ????

Ninguém sabia que dia era hoje, muito menos, a hora. 
O grupo mais perigoso de toda Lecolecocatibiroba estavam a mais de uma semana em seu esconderijo do subúrbio, pois sua última aparição naquela sociedade tão idiota havia se tornado um caos, e para a sobrevivência do grupo eles tiveram que se esconder até a poeira abaixar, pois estavam sendo caçados até por outras ações.
-Não, sério, quem não limpou o funil do café?
A música calma sendo tocada pelo líder da Purururoca, que mais uma vez se encontrava abatido e não esquecia um certo sorrido manchado de batom vermelho cereja desde aquela noite de chuva. Sim, ele sentia saudades daquela garçonete mal amada.
-Sabe, Josué-disse Antoniel, que se encontrava penteando seus longos cabelos esverdeados, olhando com total desprezo para o mais alto-você pode muito bem lavar, eu não bebo café.
-Não é nem questão de quem usou, é ter senso de vir aqui e ver que tá sujo e lavar, a mão não cai.
Ambos se olharam com tremendo olhar de ódio, mas todos ali presentes sabiam que aqueles dois se amavam quando ninguém estava presente. 
Sentada ao lado de Antoniel, estava Larissa, lendo seu centésimo livro daquela semana, ás vezes ela gritava com o esverdeado e tacava o sapato neste. Não que os dois dormiam juntos, longe disso, mas a relação desses dois é muito linda, mas ninguém comentava sobre. Era até inútil mesmo.
Perto de Josué que lavava a louça, havia uma menina, Sarah, baixinha, que vivia rabiscando a parede com desenhos bonitos e coloridos, e bem próxima do moreno, a relação parecia extremamente errada ao primeiro olhar, e continuava no segundo e no terceiro, mas como ninguém tinha prova de nada e nem ousava a dizer algo sobre, nada acontecia, e bem, a pequena nunca reclamou nem nada e nem dizia nada, como se fosse um gato doméstico ali.
Limpando o chão com produto de lavar cabelo, estava Geraldo, que era só um personagem pra preencher a cena, mas fora isso ele não aparenta ser alguém que irá brilhar em nenhuma cena, mas só aparenta mesmo.
-Sabe, eu quero sair.-disse por fim, o mais respeitado por todos dali, Haduan-Eu to cansado de dormir com as mesmas pessoas.
-Você não tá cansado, tá enjoado. é diferente.-disse Antoniel, que prendeu seu cabelo em marias chiquinhas e em seguida tacou o pente em Josué, que bufou de raiva.
-Tu é uma puta mesmo, vadia.-resmungou o moreno, que sentou no sofá rosa ao lado de Larissa que surtava com os livros que lia e colocou Sarah em seu colo, fazendo carinho em seus cabelos negros.
-Melhor vadia do que pedófilo, tiozão.
-Dá pra calarem a boca, eu to tentando ler aqui.
Haduan suspirou pesadamente, se levantando do banco do piano e indo direto servir um café a si mesmo, sentou-se na cadeira da mesa que era decorada por uma toalha cheia de desenhos feita pela menor. E ele gostava dos desenhos dela, todos gostavam, ninguém reclamava.
Josué e Antoniel ainda discutiam, e todos sabiam que naquela noite ninguém iria dormir.
Porventura, a discussão fora interrompida por Jacqueline, que era tipo uma informante do grupo, e também que trazia alimento pare aquelas doentes, com um olhar cansada e um sorriso morto na cara disse, com poucas palavras.
-A barra tá limpa.
Não era necessário ser um gênio para decifrar aquela tão comum frase que era citada em desenhos e filmes, mas fora o suficiente para desnortear Haduan, que durrubara a xicara de café pela toalha e pelo chão.
-Finalmente, estamos livres!-Exclamou Antoniel, que se levantou junto com os outros para sair daquele lugar que não tinha contato com a luz do dia.
E Haduan foi também, com esperança de se encontrar com aquela doce garçonete novamente.
-Espere por mim...Jéssica
 


Notas Finais


nyaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
e vamo de surto né
ó
ffanfic que to fazendo com os migs
Kaique- Jéssica/Carlos
Pedro-Geraldo
Lívia-Larissa
Zagatto-Antoniel
Léuh-Josué
Jacqueline-Maria
Sarah-autora da fic, né bbs

e sim, me fiz criança na fanfic porq eu posso e tenho direitos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...