História Haikyuu!! e Harry Potter? - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Haikyuu!!, Harry Potter
Personagens Akaashi Keiji, Asahi Azumane, Bokuto Koutarou, Chikara Ennoshita, Daichi Sawamura, Hajime Iwaizumi, Issei Matsukawa, Kei Tsukishima, Kenma Kozume, Koushi Sugawara, Lev Haiba, Personagens Originais, Ryuunosuke Tanaka, Satori Tendou, Shouyou Hinata, Tadashi Yamaguchi, Tetsurou Kuroo, Tobio Kageyama, Tooru Oikawa, Ushijima Wakatoshi, Yaku Morisuke, Yuu Nishinoya
Tags Asanoya, Bokuaka, Daisuga, Iwaoi, Kagehina, Kurotsuki, Kurotsukki, Kyouhaba, Levyaku, Matsuhana
Visualizações 114
Palavras 486
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura~

Cóf cof referência ao cap 6

Desculpa pelos erros

Capítulo 10 - KuroTsuki - Canetas


"Tsukishima, onde está sua pena?" Kuroo se inclinou para ver o que Tsukishima estava usando para escrever sua lição de casa.

"Não tenha um", respondeu Tsukishima enquanto ele terminava o seu artigo pedido na aula anterior. Honestamente, as penas eram inúteis. Com o constante mergulho em um pote de tinta e esperando que ele seque, Tsukishima estava convencido de que era puramente estética. Ele era tudo sobre eficiência.

Quem precisava de plumas e tinta quando tinha canetas.

"Bem, então, como você faz sua lição de casa?"

Tsukishima mantém sua caneta enquanto tira sua próxima tarefa. Não foi devido até a próxima semana, mas ele gostou de terminar suas atribuições cedo. Dá-lhe mais tempo para ler sobre dragões. Eles eram o mais próximo dos dinossauros.

"O que é isso?"

"Uma caneta". Tsukishima sem olhar para cima de sua tarefa pesca uma caneta sobressalente de seu estojo de lápis (outra invenção trouxa que era uma promessa de Deus). "É como uma pena, exceto que você nunca precisa re-mergulhar e seca mais rápido".

"Você está brincando!" Kuroo leva a caneta e Tsukishima não pode deixar de resmungar as expressões faciais de Kuroo enquanto descobre a caneta.

"Eles são caros?"

"Depende do que você gosta", Tsukishima encolhe os ombros. "Eu costumo obter as coisas baratas porque elas vêm em embalagens".

"Ei," Kuroo olha para Tsukishima com um sorriso intrigante. "Eu conheço alguns corvinais que perderiam a cabeça se descobrissem sobre isso. Eles tentaram fazer um charme que basicamente faz isso por anos".

"Você sabe", Tsukishima volta o sorriso. "Tenho certeza de que há um punhado de alunos que pagariam uma fossa bonita por um desses. Nunca tenha que se preocupar com um copo de tinta derramando ou manchando sua tarefa ".

"Quantas canetas você tem agora?"

"Eu tenho pelo menos 3 pacotes de 60, então ... 180 canetas".

"Por que você precisa de tantos?"

"Eu não", Tsukishima geme. "Meu irmão os compra em massa e os envia. Ele sempre se preocupa com isso desde que nossos pais são trouxas ".

"Espere, seu irmão é mágico?"

"Sim", Tsukishima responde enquanto ele coloca seu trabalho de lado. Ele não fará mais trabalho nenhum com a conversa. "Ele queria ficar e estudar no mundo trouxa. Ele gosta de todas as coisas mágicas, mas acho que ele não achou que fosse para ele ".

"Eu provavelmente seria o mesmo", comenta Kuroo enquanto toca com a caneta entre os dedos. "Quero dizer, com o que você me fala sobre o mundo trouxa, isso não parece ruim. Na verdade, parece muito mais interessante do que o que temos aqui ".

Kuroo empilha o banco e se aproxima para que ele possa abraçar Tsukishima e descansar a cabeça no ombro dele.

"Então, quanto estamos cobrando?"

"Eu entendi tudo", sorriu Tsukishima. "Traga uma câmera, eu quero ver os olhares nos rostos dos corvinais".

"Oya oya oya*, eu sabia que havia um motivo pelo qual o chapéu o colocava em Sonserina além de sua aparência".

Eles fizeram cerca de 45 galeões antes de serem percebidos e enviados para o escritório da diretora.


Notas Finais


Google responde

*Kuroo diz essa frase no anime quando encontra tsukishima no campo de treinamento

Esse é meu cap Favorito até agora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...