1. Spirit Fanfics >
  2. Haikyuu: Lost In Paradise (Kagehina) >
  3. 00.2; Troca de olhares

História Haikyuu: Lost In Paradise (Kagehina) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Sim!! Eu estou postando mais cedo por que terminei mais cedo kkkkk

Eu estou adiantando alguns capítulos das minhas fics, talvez faça a mesma coisa com kuroken.

Enfim, tenham uma boa leitura e espero que gostem.

Capítulo 2 - 00.2; Troca de olhares


Fanfic / Fanfiction Haikyuu: Lost In Paradise (Kagehina) - Capítulo 2 - 00.2; Troca de olhares

Kageyama não tirava os olhos daquele ômega ruivo, o cheiro doce e ao mesmo tempo azedo era extremamente viciante e o pequeno nem havia soltado seus feromônios. Os amigos do alfa olhavam aquilo e a única coisa que viam era uma cena de um coelhinho laranja apuros e um grande lobo à espreita. 


— Kageyama para de encarar você vai acabar assustando ele.. - Avisou kuroo, mas tobio nem lhe deu ouvidos. 


Já o ômega sentiu um certo incômodo atrás de si e olhou para trás, se encontrando com o olhar do alfa que se surpreendeu ao ver que o ruivo havia olhado, ele continuou a olhar e sorriu suavemente e em seguida se virou para falar com o ômega lúpus meio loiro. 


— Não acredito que ele sorriu pra esse idiota... - Bokuto olhou aquilo incrédulo. 


— Cala boca bokuto.. - Praguejou com o platinado que fez resmungou em resposta. 


Iria responder o moreno mas. 


— Me desculpem pelo atraso. - A figura de um ômega dominante entrou no salão, moreno, olhos azuis e uma expressão séria que atraía qualquer um. A presença do ômega naquele local mexeu com todos, principalmente com koutaro. 


— Keiji!! - Shoyo pulou no em cima do moreno abraçando o mesmo, que retribuiu. - Eu tenho um presente pra você quando chegar em casa.. 


— Você vai amar akaashii! - Kenma falou em animação com um copo de bebida em suas mãos. 


— Kenma... você já está bêbado ? - Os dois ômegas perguntaram uníssono enquanto encarava o ômega lúpus que sorria e tinha as bochechas levemente avermelhadas. 


— Não.. - Deu um soluço e sorriu. 


— Não devia ter deixado ele trazer a garrafa de whisky.. - Suspirou o ruivo. 



De longe os três alfas olhavam aquela cena com um forte palpitação no peito, kuroo já gostava do ômega lúpus a muito tempo e a maioria das vezes que via o loiro, ele estava bêbado ou irritado, ou os dois ao mesmo tempo. 


Bokuto nunca teve interesse em se apaixonar por alguém mas depois daquele ômega dominante de olhos azuis, havia mudado completamente de ideia. E kageyama estava na mesma estaca que bokuto, nunca gostou de ninguém desde, mas depois daquele ruivo.. não tinha o que resistir. 


— A gente tá olhando demais... - Falou kuroo olhando para kenma. 


— É, eu sei... - Respondeu bokuto, que não parava de olhar para o moreno. 


— Vamos virar para o lado. - Kageyama virou o rosto junto com os outros dois tentando disfarçar. 



Os ômegas que também estavam olhando para os alfas viraram para o outro lado. 


— Aquele é o tal de kuroo que você odeia kenma ? - Perguntou akaashi olhando para o loiro que estava completamente bêbado mas pelo menos não estava irritado. 


O meio loiro moveu a cabeça em concordância. — Ele é um galinha, qualquer um que passa ele pega e o pior, ele vive me encarando e parece que me quer como próxima presa.. — Sentiu calafrios mas em seguida olhou para o moreno que também estava encarando-o. — Mas ele é muito bonito.. 


— Iih, baixou kenma piranha agora. - Hinata falou rindo junto com keiji deixando kenma irritado. 


— Não me digam que o kenma já está bêbado.. ? - Figura da mãe de kenma apareceu no salão chamando a atenção do grupo de ômegas. 


— Não estou bêbado. - Inflou as bochechas e resmungou. 


— Aham sei, o seu pai vai poder vir, ele está cansado.. - Suspirou. - Na verdade é mentira isso, ele só não quer descer e prefere ficar assistindo aquelas séries que ele gosta. - Sussurrou a última parte para que apenas eles ouvissem, fazendo os três rirem. 


— Então não tem problema colocar umas músicas né mãe.. ? - Sorriu para sua mãe alegre esperando que dissesse sim e foi o que fez. - Legal.. - Saiu do salão e foi na direção da garagem, pois a caixa de som estava lá. 


— Eu só espero que ele não fique doido igual antes.. - Suspirou keiji em preocupação. 


A mãe de kenma olhou direito para Hinata, finalmente percebeu, o ruivo estava usando o vestido que havia lhe dado. 


— Você ficou bem nesse vestido shoyo.. -  a mulher sorriu para hinata que ficou um pouco envergonhado. 


— Obrigado tia. 



Kenma estava demorando, e muito, o que acabou deixando tanto seus amigos ômegas quanto sua mãe. 


Kenma entrou no salão junto com kuroo, o que surpreendeu os dois alfas que nem haviam percebido que ele tinha saído. E os ômegas e a mãe do meio loiro olharam aquela cena incrédulos, kuroo estava trazendo a caixa de som e kenma andava olhando para o lado. 


A caixa de som foi colocada no chão e kuroo a ligou na tomada, o moreno se aproximou do meio loiro e sorriu. 


— Não se esqueça da promessa, gatinho.. - Sorriu ladino e se distanciou do ômega que o olhou irritado, estava tão possesso que dava para perceber a veia em sua testa saltar, parecia que ia estourar. 


— O que foi kenma ? - Shoyo o olhou preocupado. 


— Aquele filho de uma mal amada só me ajudou se eu fizesse umas coisas.. - Seus amigos sentiram calafrios sentindo o pior. - Ele pediu para mim dar o número de vocês dois à ele e me pediu pra sair com ele, eu não estava conseguindo trazer a caixa de som e acabei aceitando.. - Parecia deprimido. 


— Para que ele pediria nossos números de telefone ? - Perguntou akaashi que realmente não havia entendido aquela parte. 



No outro lado da sala, kuroo sorria convencido enquanto os outros dois estavam com os pequenos papéis que tinha o contato dos dois ômegas. E não só tinha conseguido os números como também um encontro com o ômega lúpus. 


— Kuroo! - Bokuto choramingou em felicidade. - Muito obrigado! Eu nunca teria coragem de pedir. 


— Sei disso... 


— Agradeço, kuroo.. - Kageyama estava neutro por fora, porém por dentro estava surtando completamente. 


Todos no salão estavam conversando tranquilamente até kenma subir na mesa chamando a atenção de todo mundo. 


— Eu não queria atrapalhar a conversa de ninguém mas, que tal a gente se divertir um pouco ? - Falou levemente alcoolizado e olhou para hinata que estava com o celular na mão, e escolheu uma música. 


E a música escolhida foi, Somebody 's Watching Me


— Boa escolha shoyo. - Keiji colocou a mão sobre o ombro do ruivo que sorriu levemente envergonhado. 


Algumas pessoas resolveram se divertir e dançar, até mesmo a mãe de kenma estava dançando enquanto o meio loiro dançava em cima da mesa e os dois ômegas apenas olhavam rindo. 


Estava tudo tranquilo, akaashi e hinata apenas mexiam o corpo suavemente ao ritmo da música mas aquilo era o suficiente para deixar kageyama e bokuto com palpitações. 


Os dois ômegas olhavam para o loiro que dançava na mesa rindo, ele realmente perdia a linha quando bebia, os dois estavam muito bem sozinhos, principalmente akaashi que nunca quis algum tipo de relacionamento em sua vida, para ele estava tudo bem. Até im alfa maldito se aproximar dos dois porém parecia estar interessado em akaashi então hinata passou a observar a situação. 


— Você está acompanhado com alguém ? Se não estiver, posso ter seu número ? - Perguntou sorrindo e se aproximando do moreno que manteve a sua expressão séria de sempre. 


— Você joga space invaders ? - Era uma pergunta aleatória que deixou tanto o alfa  quanto hinata confusos. 


— Não, por que ? 


— Porque está invadindo meu espaço, se afasta... - Falou com o rosto neutro o que deixou o alfa acanhado e fazendo o mesmo se afastar, hinata via tudo do lado apenas riu. 


— Estou cansado, vamos para casa.. - Ele estava irritado, aquele tipo de cantada era realmente sufocante. Se aproximou da mesa que kenma estava dançando e o puxou. - kenma vamos embora. 


— O que? Não! Eu ainda tenho que dançar mais! - Gritou manhoso deixando keiji ainda mais irritado, recebeu um cascudo do ômega dominante. 


— Kenma se você não for para fora e entrar no carro juntobdo hinata agora mesmo, eu vou quebrar o seu maldito PSP e cortar esse cabelo. - O loiro sentiu medo naquele momento e concordou. Saiu da mesa e se despediu de sua mãe junto de shoyo, em seguida saíram do salão.  - Me perdoe senhora kozume, mas já está na hora do kenma dormir... antes que ele beba mais. 


— Concordo com você akaashi, obrigada por cuidar do meu filho. 


— Ele meu amigo afinal de contas né.. - Sorriu e despediu da loira, logo saiu do salão porém antes de sair não pode deixar de olhar para o alfa de madeixas esbranquiçadas que tanto olhava para si e sorrir ladino. 



Kenma já tinha desmaiado, havia chamado o raul umas duas vezes, estava sendo carregado até seu quarto por shoyo e keiji. 


Os dois jogaram o loiro no chão e logo depois saíram para fechar a porta, se entreolharam e suspiraram. 


— Boa noite keiji.. - Se dirigiu ao seu quarto e abriu a porta. 


— Boa noite shoyo. - Entrou em seu quarto, e fechou a porta, assim que acendeu a luz teve uma grande surpresa. O quadro que o pequeno ruivo havia feito. Sorriu ao ver aquele quadro e no dia seguinte iria agradecer shoyo. 


Já no quarto do ruivo, shoyo havia terminado de trocar de roupa e já iria deitar, apagou as luzes e se deitou na cama, porém ouviu a notificação de seu celular e resolveu ver o que era. Uma mensagem de um número desconhecido. 


— "Boa noite, ruivo." 




Notas Finais


Kageyama e kuroo ja estão na linha de frentekkkkk.

Música;;

https://music.youtube.com/watch?v=vf6i5DdB1OA&feature=share

Os casais principais são bokuaka, kuroken e kagehina, ja os secundários vocês podem escolher dois. O mais votado vai aparecer depois na fic.

Espero que tenham gostado e até a próxima!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...